Conheça a política do 360meridianos

Vamos pausar a conversa sobre viagens só um minutinho? Sei que isso nunca é fácil, mas o assunto é importante. Talvez você não saiba, mas o 360meridianos tem um documento chamado “Políticas do blog“, que pode ser acessado no menu inferior, lá no rodapé do site. Esse texto explica um pouco sobre os nossos valores e a forma que trabalhamos por aqui. Só que esse post tinha sido escrito há quase um ano. E muita coisa mudou de lá pra cá, inclusive o número de leitores do 360meridianos, que aumentou de forma considerável. Ainda bem, né?

Por isso, resolvemos atualizar esse documento, colocando lá algumas informações que na prática já são conhecidas por quem passa por aqui frequentemente, mas que um leitor novo – que chega no blog sem saber do que se trata e como funciona – pode não saber. Entre outros assuntos, falamos sobre uma coisa importante – a estratégia de monetização do 360meridianos.

Pode acreditar: escrever para o 360meridianos é o grande prazer das nossas vidas. Como somos formados em Comunicação Social, encaramos este blog como a oportunidade para fazer exatamente o que amamos, que é escrever. Até mesmo por conta da nossa área profissional, respondemos com naturalidade a questão de monetizar o blog ou não. Apurar, produzir e escrever artigos sobre os mais diversos temas e em variados formatos é o nosso trabalho há anos, só que antes fazíamos  isso para empresas, e não para um projeto pessoal. Por sorte, vivemos num momento fantástico da história, com uma tremenda democratização da informação. Há 15 anos, um jornalista que quisesse escrever sobre viagens precisava se submeter a uma empresa, afinal publicar algo era caro, complicado e alcançável só para poucos.  Hoje a cena mudou, sendo possível e relativamente simples criar seu próprio veículo de comunicação. Dá muito (mas muito mesmo!) trabalho, mas é possível.

Nosso objetivo com o 360meridianos é inspirar você, caro leitor, a cair na estrada. Queremos que você conheça novas culturas, prove novas comidas, viva grandes aventuras e cresça com todas essas experiências – e depois nos conte como foi. Mas como qualquer veículo de comunicação, este site usa alguns modelos de publicidade para se manter, afinal há um enorme trabalho envolvido em cada pequeno detalhe do blog. Para mais detalhes, convidamos que você leia e dê sua opinião sobre nossas políticas nesse sentido, clicando aqui.

Agora, queremos chamar sua atenção para uma coisa em especial, que explica…

Como você pode ajudar o 360meridianos

Sim, você pode. E não estou falando de doação de dinheiro não. Uma das nossas estratégias de monetização envolve uma coisa chamada programa de afiliados. Oferecidos por empresas de vendas online, eles tornam possível que um leitor compre algum produto ou reserve um quarto de hotel diretamente no blog. Atualmente nós participamos de apenas um programa desse tipo, o do Booking.com.

Com isso, disponibilizamos a você um serviço bacana: a opção de procurar,  num site confiável e em português, os hotéis onde nos hospedamos ou que são indicados por algum de nossos leitores. Recentemente implantamos links dessa parceria na página “Ache seu Hotel“, que pode ser acessada no menu inicial do blog, ao lado da nossa logomarca.  Nessa página, fizemos uma lista com várias indicações de hotéis mundo afora, tanto estabelecimentos onde ficamos como também indicados por leitores ou que simplesmente achamos interessantes ao fazermos uma análise via internet. A situação do hotel (se testado, indicado ou fruto de pesquisa via internet) é dita claramente.

Também há links para esse programa de afiliados em alguns posts de blog. Outra opção é a caixa de pesquisa do Booking, que permite que o próprio leitor procure hotéis na cidade e nas datas em que ele vai viajar, como a exibida abaixo.

“E como funciona isso?”, você pode perguntar. Simples. Quando você reserva um hotel a partir de um desses links, o Booking sabe que você usou nosso blog para escolher a hospedagem. Com isso, o Booking paga uma comissão para o 360meridianos. E detalhe: você não gasta nenhum centavo a mais por isso. Esse dinheiro que recebemos vem do Booking, não do seu bolso. O preço será o mesmo se você reservar de outro link ou até diretamente do site do Booking. Vale dizer também que não ganhamos nada pela simples colocação desses links no site e nem mesmo se um leitor for até o site da empresa, pesquisar, mas não reservar e se hospedar no hotel.

Por isso, se você acha que nossas dicas são úteis, curte o blog e se diverte com nossas histórias, uma forma muito fácil de ajudar o 360meridianos a seguir em frente é achando seu hotel a partir daqui. Caso queira nossas indicações, use a página “Ache seu Hotel”. Inclusive, você mesmo pode contribuir para aumentar aquela lista, que por enquanto segue um pouco, digamos, tímida. É só falar com a gente um hotel que você acha muito legal que vamos colocar a indicação por lá, dizendo que tal estabelecimento tem o seu selo de qualidade. =)

Não tem o hotel que você procura lá? Não tem a cidade? Quer pesquisar mais? Simples! Entra lá naquela aba e procura a partir da caixa de pesquisa, igual a que está acima. Basta colocar o nome da cidade de destino e as datas. Pronto! O Booking faz o resto, te mostrando uma lista enorme com várias opções de hospedagem, luxuosas ou econômicas.  Lá, você vai ver se o hotel tem café da manhã, se tem banheiro privativo, se tem internet, se está bem localizado… E o Booking ainda conta com com um monte de textos com impressões que outros viajantes tiveram daquele hotel, o que pode te ajudar a decidir o mais indicado para você. Afinal, nada melhor do que seguir os conselhos de quem já testou o serviço.

Ficou com alguma dúvida? É só falar com a gente. Teremos um prazer enorme em te ajudar, afinal sabemos muito bem a importância que uma viagem tem na vida das pessoas.

E reforçamos novamente o convite: conheça nossa política de monetização. Um dos nossos maiores valores é a transparência nesse sentido. Entendemos que escrever para uma das chamadas novas mídias é um privilégio, e isso vai muito além do estilo informal e interativo permitido por esses formatos – também é nossa obrigação fazer diferente da mídia tradicional quando o assunto é dinheiro. Afinal de contas, como já trabalhamos nesse meio, sabemos muito bem como falta transparência nesse sentido em parte da chamada grande imprensa. Esse é um erro que não vamos cometer. A confiança que você deposita na gente: esse é o maior patrimônio do 360meridianos.

Blog de três jornalistas perdidos na vida que resolveram colocar uma mochila nas costas e se perder no mundo.

Um comentário em Conheça a política do 360meridianos

  1. Olá equipe 360 meridianos.
    Boa tarde, gostaria de saber mais à respeito dos intercambios Study and Work. Quais são os melhores lugares para se procurar e alguns acessíveis. Desde já muito grato.

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: