Praias na Grécia: a península de Halkidiki

Praias na Grécia: a península de Halkidiki

A minha escolha de praias na Grécia não foi usual. Por questões de logística e trabalho, como eu já estava visitando Tessalônica e a região da Macedônia Central, decidi não conhecer nenhuma ilha e explorar a península de Halkidiki (pronúncia-se Ral-ki-ri-ki), também conhecida como Calcídica ou Chalkidiki. A região tem três “pernas” e uma costa de mais de 500 km.

A verdade é que muitos dos brasileiros que viajam para a Grécia não pensam em se aventurar pela região continental do país e desconhecem as belezas que você encontra nessa área, sem contar a cultura e culinária sensacionais. Eu já dediquei um post inteiro para a história da região da Macedônia Central grega, berço de grandes nomes como Alexandre, o Grande, o filósofo Aristóteles e que também foi dominada pelos maiores impérios da humanidade.

Leia também: Onde ficar em Halkidiki, dicas de hospedagem

Seguro de Viagem Internacional com desconto

Halkidiki Grécia

Mas as belezas naturais e opções de diversão e relaxamento são sem dúvida o maior atrativo. Halkidiki não perde em nada para as ilhas gregas no quesito beleza ou variedade de opções de restaurantes e bares a beira da praia.

Kassandra é a primeira perna, a mais movimentada e animada. Em Sithonia, a segunda, o clima é mais natural e calmo. E por fim, a terceira é Mt. Athos, um estado monástico e proibido para mulheres. Além disso, a região das costas Oeste e Norte de Halkidiki também tem várias praias, com a facilidade de estarem mais próximas de Tessalônica.

Por que incluir Halkidiki no seu roteiro pela Grécia?

Se você estiver interessado em montar um roteiro que combine a história grega com as belezas naturais do país, escolher Halkidiki pode ser uma aposta diferente, mas interessante. Meu trajeto na Grécia, por exemplo, foi de 5 dias em Atenas, 2 dias em Meteora, 3 dias em Tessalônica e 4 dias em Halkidiki.

Tudo isso facilitou bem a minha vida em dois quesitos:

Praia em Halkidiki grécia

1. Eu evitei o uso de transporte caro como são as Ferrys que levam de uma ilha a outra. Como todo meu trajeto foi no continente, foi possível me locomover usando apenas ônibus e trem. Além disso, também seria possível alugar um carro e explorar tudo por terra.

2. Mesmo na alta temporada, a região da Macedônia Central é mais barata do que ilhas como Santorini ou Mykonos. Logo, dá para se hospedar em lugares legais (ou ficar num dos famosos campings de Sithonia) e comer bem sem gastar uma fortuna.

Saiba mais: Como se locomover pela Grécia

Como organizar seu roteiro pela Grécia

Quanto custa uma viagem para a Grécia

Além disso, tem toda a questão da história, que para mim é um grande atrativo. E, claro, é tudo maravilhoso: água tão azul e transparente que você acha que é de mentira. Poucas ondas e a possibilidade de caminhar muitos metros mar a dentro sem afundar demais. Areias brancas ou douradas. E a possibilidade de encontrar praias bem tranquilas, quase desertas, e outras muito animadas, com bares e festas a beira-mar.

praias na grécia halkidiki

A prova são as fotos aí embaixo:

Algumas praias legais em Halkidiki

Kassandra

Praia em Pefkchori Halkidiki Grecia

Pefkochori

qual a melhor época para viajar pela europa

Lefki Ammos Beach Bar em Paliouri

Kallithea praia Grécia Shutterstock

Kallithea. Foto: Shutterstock

Sithonia

Kavourotripes praias da grécia shutterstock

Kavourotripes. Foto: Shutterstock

Koviou Beach praias grécia

Koviou Beach. Foto: Shutterstock

Kalamitsi praia na grécia

Kalamitsi. Foto: Shutterstock

Costa Norte

Praia em Nea Moudania Halkidiki Grecia

Nea Moudania

Nea Kallikratia praias na grécia

Nea Kallikratia. Foto: Shutterstock

A minha viagem por Halkidiki teve o apoio da Discover Greece

Sou jornalista, tenho 29 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite “morar no aeroporto”. Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

11 comentários em Praias na Grécia: a península de Halkidiki

  1. Oi Luiza,
    Tudo bem?
    Tenho viagem programada para julho desse ano para Tessalônica. Como você chegou de Tessalônica até Halkidiki? Não consigo informações suficientes pela internet sobre transporte público. Desde já, agradeço.
    Beijos

  2. Ola Luiza em Agosto vou a Halkidiki com o meu marido e dois filhos, tenho visto fotos lindas, mas estou um pouco preocupada, vamos ficar na Sonia Village, sera que me sabe dizer alguma coisa sobre a area? Obrigada.

    • Oi Cristina,

      Não conheço o hotel nem essa região específica. Recomendo você dar uma olhada com calma nos comentários de antigos hóspedes no booking e tripadvisor.

      No mais, não vejo muito motivo para preocupação. É uma região bem tranquila e segura.

  3. Olá Luiza,
    Estou a planear umas férias de praia em família, em agosto. Tenho três filhos, que terão 15, 11 e 6 anos nessa altura.
    Pensei no Art Boutique, em Pefkochori porque me parece que as praias ali são boas e as águas quentes (bem, mais quentes que o Algarve).
    Será uma boa opção? Quanto tempo de viagem entre o aeroporto e Pefkochori? Vale a pena alugar carro?
    Muito obrigada!!

    • Olá Teresa,

      Desculpe pela demora para responder

      As praias em Halkidiki são muito mais quentes do que as do Algarve mesmo. E gostei bastante de Pefkochori.

      Eu acho uma boa alugar um carro (só não aluguel porque estava sozinha) porque o transporte entre as cidades e entre as praias fica muito mais fácil, visto que o transporte público tem horários específicos e acho que seria bem confuso se organizar com três crianças.

  4. Achei muito instrutiva sua informação sobre Halkidiki,fiquei, bem como minha filha que esta me acompanhando aqui em Atenas, extasiados. Parabéns. Quem sabe faremos uma outra viagem em breve!?

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: