Celular na Europa sem roaming: mudança nas regras da UE

Celular na Europa sem roaming: mudança nas regras da UE

Ontem eu recebi uma notícia maravilhosa e que já vinha esperando há tempos. Acabou o roaming para celular na Europa, pelo menos entre os países membros da União Europeia. Isso significa, na prática, que você pode comprar um chip pré-pago em um dos países da UE e usar em todos eles sem cobranças adicionais. Antigamente, não havia essa opção e as taxas eram realmente muito altas. Então vamos lá explicar tintin por tintin como vai funcionar! Lembrando que a medida entrou em vigor do dia 15 de junho e nós já conseguimos testar!

Quais países fazem parte desse acordo?

Todos os 28 países que fazem parte da União Européia atualmente, ou seja: Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Polônia, Portugal, Romênia, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Suécia e Reino Unido.

Há negociações para incluir futuramente Islândia, Liechtenstein e Noruega. A nova lei não vale para grande parte dos países do Leste Europeu e nem para Suíça.

Celular na Europa sem roaming

Quais são as regras novas em relação a celular na Europa?

Basicamente, agora é permitido fazer chamadas, enviar SMS e navegar na Internet com o mesmo preço do país do chip de origem. Ou seja, com um simcard de Portugal vou pagar o mesmo valor pela utilização na Itália ou Espanha. Não é preciso fazer nada, nenhuma ativação extra ou reconfiguração, basta utilizar.

Antes, essas taxas eram muito altas: eu, por exemplo, tinha que pagar €3,99 extra por dia com meu chip português para ter acesso aos serviços do meu celular.

A única limitação provavelmente não afetará turistas brasileiros – que só têm direito a 90 dias de viagem – mas afeta quem mora no continente europeu: se as comunicações em roaming forem superiores às domésticas num período de quatro meses, poderão ser sobretaxas.

Existe algum limite de utilização de dados na Europa?

Essa limitação vai ir de acordo com o chip europeu que você tiver comprado. Por exemplo, se você comprar um chip com dados ilimitados (que são bem caros e normalmente não são incluídos na opção pré-pago) não terá limite. Já para um chip com 1GB, 3GB ou 5GB mensais de uso, por exemplo, vale o mesmo limite para qualquer país onde você estiver, incluindo também as chamadas e SMS. Eu, por exemplo, tenho uma franquia de 5GB em Portugal e para usar no País de Gales o limite foi de 3,75GB. SMS e ligações eram ilimitados.

Celular na Europa sem roaming

Como comprar um chip de celular para utilizar na Europa?

Minha sugestão é que você procure uma das grandes operadoras, como a Vodafone, Orange, O2 ou a TIM. Assim você garante uma cobertura melhor. Além disso, é importante consultar antes se a operadora oferece serviço de roaming: algumas menores e com planos mais baratos não têm essa opção e por isso não entram na nova lei.

Basta ir a uma loja dessas empresas (sempre tem em shoppings ou nas principais ruas de comércio) com o seu celular desbloqueado e passaporte, e pedir um simcard pré-pago (pre paid). Os valores variam muito:

Na Itália, por exemplo, paguei na TIM 30 euros pelo chip + plano de 3GB para 30 dias. Aqui em Portugal, pela Vodafone, um chip custa €10 + valores semanais variados de acordo com a utilização: 1GB por mês sai por €2,75 por semana e 5GB são €3,99 (pelo plano Yorn). Como estive recentemente em Londres, pesquisei por lá os valores na O2: são 20 libras por 3GB, no esquema “pay as you go” ou seja, pague o que use.

Basta pesquisar entre as operadoras do primeiro país que você for visitar e aproveitar no resto da viagem.

*Crédito imagens: Shutterstock

Sou jornalista, tenho 29 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite “morar no aeroporto”. Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

9 comentários em Celular na Europa sem roaming: mudança nas regras da UE

  1. Oi, Luiza
    Muito boas as tuas dicas.
    Vou viajar em agosto para Noruega, Suécia, Dinamarca e Alemanha.
    Farei escala em Lisboa antes de tomar o avião para Oslo.
    Você sabe se existe uma loja no aeroporto de Lisboa onde eu possa adquirir um chip para usar em todos esses países? Qual a operadora? Gostaria de acessar o site para verificar as condições de uso do chip, pois fiquei preocupada com o que o Dan falou.
    Obrigada.

  2. Uma super notícia pra todos que moram aqui na Europa e pra quem quer vir pra ca fazer o famoso mochilão. Só uma pequena correção nas informações sobre o uso de dados: diferente das ligações e SMS, que devem funcionar como se você estivesse no país de origem do seu sim card, os dados entram na política de “fair use” que permite que cada operadora crie regras de acordo com o plano do usuário, e não que extenda o mesmo uso quando cruzar as fronteiras. Entre outras coisas essa política permite que as operadoras limitem os dados de acordo com os créditos que o usuário tem restantes no telefone (em caso de pré pago) ou que defina uma porcentagem dos dados locais para serem usados quando em roaming. Por exemplo: moro na Irlanda e uso um chip da Three, que me permite dados ilimitados. Porém, quando estiver fora da Irlanda eu não carrego comigo o mesmo benefício, mas sim tenho direito a 5GB de dados mensais nessa situação.

  3. Mesmo já tendo viajado bastante e por muitos paises, conheci e estou gostando muito deste site. Acabo de ver a nova regulamentação de uso da telefonia celular na europa e já está me ajudando pois devo viajar em setembro próximo. Parabéns.

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: