Como é morar no Porto: experiência, custo de vida e dicas de aluguel

Como é morar no Porto: experiência, custo de vida e dicas de aluguel

Outro dia, chegando cansada de uma viagem, resolvi inventar um jogo para mim mesma no metrô, do aeroporto até minha casa, para passar o tempo. A brincadeira consistia em tentar adivinhar qual seria a próxima estação. Eu ganhei por pouco, mas fiquei bastante feliz em perceber que já conheço mais da cidade que chamo de casa desde março. Já estou aqui há tempo suficiente para poder contar para vocês como é morar no Porto e dar algumas dicas sobre a cidade.

Como é morar no Porto?

O Porto é a segunda maior cidade de Portugal, o que pode parecer pequeno em termos brasileiros, se pensarmos em área urbana ou número de habitantes. Mas não dá para comparar Brasil e Portugal nesses parâmetros, porque, obviamente, as dimensões são completamente diferentes.

Leia também: De mudança para o Porto: morando sozinha

O que fazer no Porto: roteiro de 3 dias

Onde ficar em Porto: dicas de hospedagem

como e morar no porto portugal

Porto é sim uma cidade grande, com tudo o que tem uma cidade grande: vida cultural bastante animada, restaurantes de todos os tipos, programações para toda a semana, transporte público, aeroporto internacional, muitos turistas, trânsito, estresse, etc. Mas também é uma cidade com alma de cidade pequena – é possível caminhar para os lugares, é muito segura e tranquila, as pessoas são simpáticas e sorridentes.

Uma coisa que eu gosto muito por aqui é como é uma cidade de pequenos segredos que vão se revelando. Aquela casa com uma fachada bonita é um bar com um jardim incrível nos fundos. Aquele cheiro bom que você sente quando passa na rua vem de um restaurante com o melhor franguinho de Portugal, sempre com fila. Toda rua tem seu charme de azulejos, árvores, flores ou algum encanto do gênero.

E basta você conversar com alguém nascido e crescido na cidade, ou que já mora aqui há algum tempo, para descobrir mais uma novidade que nenhuma dica na internet vai te dar. Foi assim que outro dia fui parar numa gelateria artesanal que fica aberta até meia-noite. Ou descobri um bar no terceiro andar de um prédio que, mesmo sendo na zona turística, só é conhecido e frequentado por locais.

Isso sem contar que o Porto é uma cidade com mar, rio e montanha à disposição. A vista é sempre bonita e não faltam espaços ao ar livre para aproveitar os dias ensolarados. Sem contar que há a facilidade de pegar comboios urbanos e regionais baratinhos para visitar os arredores do Norte de Portugal e provar o vinho douro direto da fonte.

como e morar no porto portugal

Por falar em Norte, saiba essa é a região mais fria de Portugal. Os invernos são bem gelados e chuvosos, mais do que no resto do país. No verão, o calor é grande, mas mais ameno que no sul e Lisboa. Pelo que já reparei, a temperatura em média é uns 5 graus abaixo, sempre.

Qual é o custo de vida no Porto?

Eu vivo sozinha aqui e tenho feito meu controle de gastos para poder contar para vocês. Moro num estúdio de um quarto, num bairro fora do centro, mas perto do metrô, faço yoga duas vezes por semana, faço compras de supermercado para uma pessoa, uso transporte público moderadamente (porque caminho bastante), tenho plano de celular e um orçamento para restaurantes, bares e algumas compras durante o mês.

Meus gastos com moradia, ou seja, aluguel e contas, ficam em torno de 400 euros (um pouco menos no verão). O supermercado fica por volta de 110 por mês (ou seja, uns 27 por semana). O transporte público, eu compro 10 bilhetes por mês, dá 12 euros. Mas é possível comprar um bilhete mensal que custa a partir de 30 euros mensais para a Z2. E gasto 16 euros com meu plano de celular. Essas contas básicas ficam em torno de 540 euros.

como e morar no porto portugal

Fora isso, o yoga custa 40 euros por mês, e reservo para compras, saídas e restaurantes mais ou menos uns 120 euros. No total, os gastos ficam numa média de 700 euros. Isso sem contar viagens ou outros gastos que você tenha, como mensalidades ou cursos. Dá para cortar esses gastos supérfluos e gastar menos de 600 euros por mês, ou até menos, se você topar alugar um quarto numa casa e dividir com outras pessoas.

Para um casal dividindo casa ou uma família pequena, espere gastar no mínimo, 1100 euros/mês.

Como e onde alugar apartamento no Porto?

Muita gente me pergunta onde alugar um apartamento barato no Porto e quais são os melhores lugares para isso. Veja bem, essa é a pergunta de um milhão de dólares. Apesar do Porto não ser Lisboa em termos de pesadelos do aluguel, a cidade tem ficado cada vez mais popular e com isso os preços de aluguel têm subido vertiginosamente. Porém, com bastante procura e disposição para sair do centro, dá para achar bons lugares.

Onde procurar na internet: OLX, Idealista, Bquarto, EasyQuarto, Uniplaces são boas opções de sites, com muita oferta de todos os tipos. Também vale a pena procurar grupos no Facebook sobre aluguel de apartamento na cidade ou brasileiros no Porto.

como e morar no porto portugal

Você pode filtrar por preços, por bairro, por tamanho do apartamento ou tipo do quarto (T0 é um estúdio sem divisão de quarto, T1 de um quarto, T2 dois quartos, etc). Para quem quer ver quartos, vale a pena verificar se a cama é de casal ou solteiro, se tem ou não banheiro no quarto, se o local permite receber visitantes.

Ah, uma dica extra: dá para filtrar as buscas por locais mobiliados e equipados. E ainda, se você vem temporariamente ou está chegando, fica a dica de buscar por particulares. Assim, evita toda a burocracia das imobiliárias e a necessidade de ter fiador.

Sobre segurança, que é a preocupação de muitos brasileiros, relaxem. Essa é uma cidade segura. Tem vários bairros interessantes, não necessariamente os turísticos. O meu critério para busca foi o seguinte: ser perto do metrô e num raio de até mais ou menos dois km do centro (quando digo centro, penso na Estação São Bento).

Alguns bairros para ter como referência são: Miragaia, Vitória, Massarelos, Boavista, Cedofeita, Batalha, Paranhos. Ainda, se você preferir ficar mais perto da praia, dá para ver opções na Foz, Matosinhos e alguns pontos de Vila Nova de Gaia.

Sou jornalista, tenho 29 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite “morar no aeroporto”. Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

20 comentários em Como é morar no Porto: experiência, custo de vida e dicas de aluguel

  1. Olá, Luiza! De novo!
    Agradeçemos a sua dica!
    Eu e minha esposa passamos o mês de junho em Vila Nova de Gaia, em Candal, e adoramos! Pertinho de tudo!
    Fizemos de lá nossa base para conhecer melhor o norte de Portugal, já que nossa primeira idéia de moradia é no norte (Porto e arredores).
    Porém, Ah!sempre tem um porém, estamos receosos com o inverno, já que somos do Rio de Janeiro e o inverno aqui, como você sabe, dura 01 dia, com 38 graus à sombra…
    Então, nossa pergunta é a seguinte: Para morar, levando-se em conta o inverno, Lisboa e arredores ou Porto e arredores?

    Desde já, agradeço a sua atenção!

    • O inverno no Porto é sem dúvida mais frio. Chove mais e as temperaturas são mais baixas (por volta de zero)

      Porém, Lisboa é bem mais cara, eu diria que os preços de aluguel quase dobram.

  2. Boa tarde (aqui são 13:40).
    Muito proveitosas as leituras de seus relatos. Minha esposa e eu iremos para Portugal e Espanha no dia 28/09. Serão 20 dias. Ainda estamos ajeitando o roteiro e decidindo quantos dias em quais cidades. Lisboa, Coimbra, Porto, Vigo, Salamanca, Madri, Granada, Sevilha e, por fim, retornaremos a Lisboa. Alguma dica de eventos para as cidades citadas? Curtimos muito a história, monumentos, gastronomia, respirar as cidades. Nada de grandes hoteis, glamour e modernidade. Buscamos “coisinhas pitorescas”. De repente, caso esteja no Porto…

  3. Boa tarde, Luiza.
    Ótimo post, recebi uma proposta para trabalhar como programador no Porto.
    Receberei líquido 1400 Euros/mês, eu iria com a minha noiva e à princípio ela não tem trabalho. Você acha que é um valor suficiente para vivermos?

  4. oi Luiza!

    Muito bom o seu post.

    Estou em processo de organização para fazer o meu Mestrado em Direito em Portugal. Saberias dizer qual em universidade/cidade vou encontrar o melhor custo benefício?

    Um abraço!

  5. Quando estive em Portugal esse ano, de todas as cidades, o Porto foi a que mais me encantou. Em cinco minutos já estava apaixonada e não queria ir embora.
    Espero voltar em breve, quem sabe pra ficar.

  6. Olá, Luiza.
    Estou indo fazer o doutorado na Faculdade de Belas Artes da U. Porto e tenho uma filha de 17 anos que estou querendo lever. Porém, ela terá que finalizar os estudos aí e minha dúvida está em saber se vale a pena, se as escolas são boas – ela faria o 3º ano científico/ o último ano escolar – e se aceitam alunos com as aulas já iniciadas, pois o tempo escolar do Porto inicia setembro em relação ao Brasil, que termina em novembro/dezembro. Por fim, onde eu poderia verificar as escolas que fiquem nos arredores da faculdade, pois meu interesse é em alugar um quarto ou studio por perto. grata, Flávia.

    • Oi Flávia,

      O meu conhecimento sobre essa área é bem limitado. Eu sei que no caso das escolas públicas, tem a ver com onde você vive. Que eu saiba são boas escolas sim. Os arredores da Faculdade de Belas Artes são os bairros de Batalha, Bonfim, Campanhã.

  7. Vivo no Porto já 1 mês e foi bem interessante ler os seus relatos! É uma cidade realmente encantadora, com gostinho de quero mais.
    Pena minha passagem ser curta e mês que vem já ir embora!
    Parabéns pelo blog, tenho acompanhado bastante os seus post e me ajudaram muito nas viagens por aqui

  8. Boa tarde, Luiza!

    Lendo esse seu post, acredito que possas me ajudar. Viajo em março do ano que vem para Madrid, porém, irei fazer uma escala de 10h em Porto. Seria possível aproveitar a cidade um pouco? E a imigração é tranquila? Já li relatos tensos e alguns bem tranquilos hahaha

    Obrigado e abraço!

    • Oi Tarcísio,

      Como é só uma escala, você terá a passagem de saída certinha, não acho que terá problemas na imigração. Recomendo também que você pesquise antes sobre os lugares que quer visitar, caso o agente da imigração pergunte, você sabe responder.

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: