Histórias de uma motorista roda-dura que viaja sozinha

Histórias de uma motorista roda-dura que viaja sozinha

Ok, pé na embreagem, marcha à ré engatada e uma dúvida que sempre paira na minha cabeça. Para que lado eu preciso virar o volante? Foram algumas tentativas, um vídeo no youtube, uma crise de nervos, uma quase batida e um estranho que parou para ver a cena – mas eu fiz ele entrar no…

O primeiro voo perdido a gente nunca esquece

O primeiro voo perdido a gente nunca esquece

O primeiro voo perdido a gente nunca esquece, ainda mais quando corrigir o erro custa quatro vezes o preço pago originalmente pela passagem. A dor no bolso só não é maior que a vergonha pela idiotice, que em geral é a causa de acontecimentos assim. No meu caso, por exemplo, o primeiro voo perdido foi…

O que fazer em Londres: roteiro de 5 dias (ou mais)

O que fazer em Londres: roteiro de 5 dias (ou mais)

Londres, ah, Londres. Minha cidade favorita neste mundão. Já estive lá por três vezes e pretendo seguir voltando sempre que puder, porque a capital inglesa é daqueles lugares em que não faltam coisas para fazer e sempre há uma atração nova e um bairro que está bombando. Ou então o mesmo charme de sempre, que…

7 dicas de inglês para viagem: como treinar o idioma

7 dicas de inglês para viagem: como treinar o idioma

*Publicidade – Eu passei boa parte da vida fazendo cursinhos de inglês, mas tive uma dificuldade enorme de articular frases complexas durante uma viagem recente para os Estados Unidos. Meu problema não era de compreensão ou gramatical: eu entendia tudo que falavam comigo e sabia as regras, mas errava coisas simples mesmo assim. Embora tenha morado…

Visita ao Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México

Visita ao Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México

As 24 toneladas já deixam óbvio que a Pedra do Sol é grandiosa, mas nem por isso é fácil absorver o impacto de vê-la pela primeira vez. Esculpida no começo do século 16, a peça de 3,58 metros de diâmetro foi enterrada nas ruínas de Tenochtitlan, antiga capital dos astecas, logo após a conquista desta pelos…

São Paulo perde alguns de seus melhores passeios: mirantes estão fechados

São Paulo perde alguns de seus melhores passeios: mirantes estão fechados

Poucas cidades do mundo são mais impressionantes vistas de cima do que São Paulo. Eu descobri isso em 2013, época em que morava na capital paulista, mas já estava de malas prontas para ir embora. Nos últimos dias na cidade, aproveitei uma tarde de folga para conhecer três mirantes. Estive no mirante do Edifício Altino Arantes,…

Onde comer na Cidade do México: dicas de restaurantes

Onde comer na Cidade do México: dicas de restaurantes

Minha pança pós-viagem deixou claro: a melhor parte dos 17 dias em terras mexicanas foi a comida. Nesse quesito, embora todo o país tenha seus ingredientes secretos, nenhum lugar é melhor que a capital, onde é possível encontrar de tudo um pouco. Prepare-se para comer bem e barato no café da manhã, no almoço e…

Mapas de papel, Google Maps e a arte de se perder numa viagem

Mapas de papel, Google Maps e a arte de se perder numa viagem

Estava eu sentada sozinha, em Évora, Portugal, esperando meu almoço, que demorava mais que o normal. Na mesa ao meu lado, um casal e a filha adolescente. Ela lia Harry Potter e a Ordem da Fenix – o que me fez gostar deles imediatamente – em uma língua que parecia francês, mas os pais conversavam…

“Ni una menos”: As argentinas na luta contra a violência de gênero

“Ni una menos”: As argentinas na luta contra a violência de gênero

“É muito difícil ser mulher neste mundo. Temos que ser muito valentes”. Essa foi uma das primeiras frases que Zuleika me disse. “Todas as vezes que eu me lembro das coisas que poderiam ter acontecido comigo. De todos os trens que eu peguei durante a noite, de voltar para casa sozinha. Estar viva é quase…

Ko Kood, a ilha da Tailândia onde o tempo não passa

Ko Kood, a ilha da Tailândia onde o tempo não passa

Uma pequena ilha localizada no arquipélago de Ko Chang, na fronteira com o Camboja. Ko Kood tem praias com areia fina e águas calmas, daquele azul que a gente custa a acreditar que é real. Quando termina a praia, começa a floresta tropical, as plantações de coco e de borracha, as vilas de pescadores perdidas…