Tags:

As 10 atrações mais supervalorizadas do mundo

Senta que lá vem post polêmico. Todo viajante já passou por aquela situação de mover mundos e fundos para chegar num lugar e, quando finalmente está frente a frente com o sonhado monumento ou atração, sentiu uma grande troll face se formando. Sim, existem lugares que todo mundo fala, promete, recomenda, mas, quando você chega lá, só se pergunta: POR QUEEEEEE EU VIM AQUI? Mas o problema é que gosto é igual aquele buraco dos fundos, cada um tem o seu. E cada um defende seu gosto e xinga de todos os nomes quem não concorda com ele. Então, como eu curto viver perigosamente, levantei as atrações turísticas mais supervalorizados que a equipe do 360meridianos já visitou.

Claro, ao começar a fazer a lista, nós tivemos um monte de discórdia. Eu, por exemplo, pensei em mencionar o Cristo Redentor e o Rafa já disse: “Não mexe com o Cristo”. Ok, ok, então, leitores, me desculpem se eu falar do seu lugar favorito no mundo. Você pode se vingar me contando nos comentários quais atrações você acha uó, mas que o resto do povo parece curtir.

1. A troca da guarda no Palácio de Buckingham – Londres

Multidão Troca da Guarda Londres

Ahhh, que legal essa multidão se amontoando. Por que mesmo? Ah, para ver esse soldadinhos de chumbo marchando. Ué? Já acabou? Era só isso? Tenta chegar mais perto da grade para ver o palácio. Mas nem é bonito ou interessante. Fon, fon, fon.

atrações_turísticas_supervalorizada

A troca da guarda no Palácio de Buckingham é simplesmente o programa mais lotado e desagradável que você vai fazer em Londres. Não tem nada de interessante, exceto, talvez, o esforço para conseguir ver alguma coisa e se desapontar com a falta de graça.

2. A Estátua da Liberdade – Nova York

estatua da liberdade

Quando cheguei em Nova York, eu jurava que conseguiria ver a Estátua da Liberdade de longe, gloriosa no meio do Rio Hudson. Bem, eu apelidei a tal estátua de Mosca da Liberdade não é à toa. O grande monumento mostrado nos filmes é bem pequeno – nem o passeio de barco pelo rio permite boas fotos da estátua, uma vez que ela é tão minúscula que vira quase uma sombra de longe.

atrações_turísticas_supervalorizada

Não pague para vê-la, porque é furada. Se fizer questão, vá de graça. A gente te ensina como aqui.

3. Valparaíso – Chile

porto de valparaiso-no-chile

Valparaíso provavelmente teve sua era de ouro, mas a realidade hoje é outra. Eu esperava uma cidade histórica bonita e bem conservada à beira do pacífico, mas o que eu encontrei foi bem diferente. Suja e meio caindo aos pedaços, Valparaíso é uma espécie de pegadinha para turistas.

atrações_turísticas_supervalorizada

Os ascensores não funcionam direito e, com a exceção da Casa do Neruda, não resta muito para fazer. Você pode, é claro, apreciar a vista… do porto.

4. Mercado Flutuante – Bangkok

Turistas no mercado flutuante de Bangkok

Eu tenho certeza que os tailandeses quebram costelas segurando para não rir na cara de todos os turistas que querem visitar o mercado flutuante em Bangkok. Para mim, aquilo lá é a tradução da expressão Tourist Trap (ou pegadinha para turistas).

atrações_turísticas_supervalorizadas

Se você, como eu, espera alguma coisa de autêntica no lugar, pode ir tirando seu cavalinho barquinho da chuva. Minha gente, além de ser um passeio caro e longe, o comércio do mercado é de produtos industrializados made in China. Ah, e cuidado para não cair num golpe e parar num mercado falso e ainda mais distante.

5. Relógio das Flores – Genebra

As pessoas aparentemente curtem um relógio feito de flores. Tem um assim em Curitiba, outro em Petrópolis. Então, criatura, por que diabos você vai parar lá na Suíça para ver isso:

atrações turísticas de Genebra, Suíça

Gente, sério mesmo, essa é uma das atrações turísticas mais fotografadas DO PAÍS (segundo o site oficial de turismo da Suíça). Só digo uma coisa: os Alpes choram.

atrações_turísticas_supervalorizadas

6. El Caminito – Buenos Aires

buenos-aires-caminito.jpg

Adoro Buenos Aires, mas tenho que reconhecer que El Caminito é pegadinha. Uma pegadinha que todos os turistas vão, tiram fotos das casas coloridas e fazem outros turistas irem. Mas no final, apesar das fotos bonitinhas, você vai se perguntar por que diabos se meteu nessa furada.

atrações_turísticas_supervalorizadas
Para chegar e sair do Caminito, você pode ser enganado por um taxista maldoso, que vai dar voltas antes de chegar ou tentar te dar um golpe mesmo. Chegando lá, você vai ser urubuzado por 3405459 pessoas tentando te extorquir dinheiro. Todos os restaurantes e bares são absurdamente caros. E todas as lojinhas vendem os mesmos suvenirs made in China. É a famosa furada na qual todo mundo cai, mas ninguém quer admitir.

7. Calçada da Fama – Los Angeles

calçada-da-fama.jpg

Se você quer ver o Batman ou o Jack Sparrow, esse é o melhor lugar, sem dúvida. A calçada da fama se vende como um ponto turístico glamouroso, mas os únicos artistas que você vai ver são esses de rua, que eu te falei aí em cima.

atrações_turísticas_supervalorizadas

Boa sorte tentando achar a estrela do seu artista querido no chão, enquanto desvia dos 3985 turistas, mendigos e sujeiras que estão no espalhadas pela calçada.

8. Passeio de Gôndola – Veneza

Passeio de Gôndola - Veneza Barata

Me desculpe quem acha esse passeio o ápice do romantismo e sonha desde criancinha em navegar pelos canais de Veneza com seu amor e o gondoleiro que toca violino. A realidade é que você acabou de pagar 80 euros para ficar num engarrafamento de barquinhos. Sem música, porque com música vai custar, no mínimo, o dobro.

atrações_turísticas_supervalorizadas

Pelo menos você pode dar tchau para os outros turistas que se locomovem mais rápido e tiram fotos melhores do que você enquanto andam pelas ruas e pontes.

9. Phuket – Tailândia

praia-phuket-tailandia

Não tem quem curta praia e não sonhe em ir para a Tailândia. Esse sonho vira pesadelo se seu destino é Phuket. Essa ilha no sul do país promete praias paradisíacas e diversões mil. O que você encontra é uma praia meia-boca e das mais sujinhas, além de muita exploração sexual.

atrações_turísticas_supervalorizadas

Se você for para Tailândia, fuja de Phuket como quem foge da cruz. Procure outras praias no país, ou vá para Uluwatu, em Bali, ou Langkawi, na Malásia.

10. Mona Lisa, Museu do Louvre – Paris

mona lisa louvre

Crédito: Sergey Meniailenko/Wikimedia Commons

Quem gosta de museu precisa, sem dúvida, visitar o Louvre. O lugar é enorme e tem galerias com obras de arte de várias eras e localidades diferentes. Mas esse vai ser seu caminho se você for lá só para conhecer a tal da Mona Lisa: fila para entrar no museu > ficar perdido zanzando um tempão para achar a sala onde está o tal do quadro > fila para conseguir vencer a multidão e chegar perto do quadro > frustração ao perceber que o quadro fica bem distante e atrás de um vidro > frustração maior ainda porque nenhuma selfie vai ficar boa com o reflexo no vidro + o turista bobo fazendo V de vitória do seu lado.

atrações_turísticas_supervalorizadas

Mona manda beijinho no ombro pro recalque (das outras obras de arte) passar longe.

*Imagem Destacada: Lago Ness, Escócia. Crédito: Ad Meskens/Wikimedia Commons

Clube Grandes Viajantes

Olá, somos a Luíza Antunes, o Rafael Sette Câmara e a Natália Becattini. Há 10 anos fazemos o 360meridianos, um blog que nasceu da nossa vontade de conhecer outras terras, outros povos, outras formas de ver o mundo. Mas nós começamos a sonhar com a estrada ainda crianças e sem sair de casa, por meio de livros sobre lugares fantásticos. A gente acredita que algumas das histórias mais incríveis do mundo são sobre viagens: a Ilíada, de Homero, Dom Quixote, de Cervantes; Harry Potter, Senhor dos Anéis e Guerra dos Tronos. Todo bom livro é uma viagem no tempo e no espaço. E foi por isso que nasceu o Grandes Viajantes: o clube literário do 360meridianos. Uma comunidade feita para você que ama ler, escrever e viajar.

Somos especialistas em achar livros raros, já esquecidos pelo tempo. Fazemos a curadoria de crônicas, contos e histórias de escritores e escritoras incríveis, que atualizamos numa edição moderna e bonita. A cada mês você receberá em seu e-mail uma nova aventura sempre no formato de livro digital, que são super práticos, para você ler onde, quando e como quiser.

Além do livro raro e do bônus exclusivo, recompensas que todos os nossos associados recebem, oferecemos duas experiências diferentes à sua escolha:

1) Para quem quer se aprofundar nas histórias e conhecer pessoas com interesses parecidos;< br/>
2) Para quem, além de ler, também quer escrever seus relatos.

Conheça cada uma das categorias e escolha a que combina melhor com você. Venha fazer parte do Clube Grandes Viajantes.

recompensas clube recompensas clube


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

117 comentários sobre o texto “As 10 atrações mais supervalorizadas do mundo

  1. Assino embaixo e vou mais além, aqui nas praias do Nordeste está cheio dessas. A mais recente foi em Aracaju, na praia Croa do Goré, sem graça, feia e um passeio fabricado.
    Por falar nisso, acho que merece um bom artigo alguns passeios ” cavados” para arrancar dinheiro de turistas.
    Exemplo este que citei acima.

  2. Concordei com um grito com a calçada da fama. Foi dolorido ver Hollywood depois de ter conhecido Las Vegas e Disney.
    Parecia o centrão de BH mais limpa. Decepcionante.

  3. Kkkk! Só conheço dois lugares dessa lista e concordo totalmente: a troca de guarda no Palácio de Buckingham é um total desperdício de tempo. Não estava no meu roteiro, mas minha amiga que mora lá acreditou que eu gostaria da experiência (afinal, todo mundo vai lá). Mas a sensação que me deu é de que nós estávamos atrapalhando uma espécie de ritual militar que não foi criado para ser turístico. Não é interessante e é sufocante ficar no meio das pessoas. O outro lugar da lista que visitei foi o El Caminito, em Buenos Aires. Pura decadência e encheção de saco. Além do taxista ter cobrado uma fortuna pra nos levar até lá. Desde então, sempre digo às pessoas que não vale a pena, a menos que ela queira muito conhecer o lugar.

  4. Sempre que posso leio os artigos de vocês, mas esse pela primeira vez me desagradou. Achei as avaliações muito rígidas e desapropriadas. Tive a oportunidade de conhecer como turista, 05 dessas atrações e gostei muito. Para se gostar é necessário conhecer melhor a importância daquela atração e a sua contextualização Claro que algumas delas não são maravilhosas, imperdíveis, já que no mundo se tem incontáveis atrações turísticas, mas também chamar de “pegadinhas” é um exagero! Sugiro que façam uma relação das 10 melhores atrações para contrapor a essas selecionadas, para entender o propósito desse artigo!

    1. Oi Suely,

      Esse foi um artigo de brincadeira, escrito já há algum tempo atrás. Como digo no texto, é só minha opinião. Discordo que o tom fechado e rígido, até porque, como digo no texto, ninguém é obrigado a concordar comigo.

      O propósito do artigo era mesmo fazer piada com algumas atrações muito famosas que na minha opinião são supervalorizadas: ou seja, não são ruins, mas tb não são tudo isso!

      Tenho certeza que você também já visitou alguns lugares e não gostou muito. Pode me contar aqui e a gente ri juntas ou discorda juntas.

      Ademais, há algumas centenas de textos aqui no blog elogiando e indicando atrações que consideramos incríveis

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.