18 atrações gratuitas de Paris

18 atrações gratuitas de Paris

Paris é uma cidade cara, principalmente na hospedagem, mas quem disse que o turista econômico não tem o que fazer por lá? Acredite, a capital da França é uma das campeãs mundiais no quesito atrações turísticas gratuitas. E não são quaisquer atrações, mas passeios incríveis, daqueles que você guarda na memória para a vida inteira.

Dá uma olhada na lista abaixo, que conta com 18 atrações gratuitas de Paris. Lista, é claro, que passa longe de ser definitiva. Aproveite para dar sua contribuição e indique um passeio 0800 na cidade luz.

Planeje sua viagem: Saiba em qual região ficar em Paris 

Todas os ângulos da Torre Eiffel

Para subir na Torre Eiffel você terá que desembolsar alguns euros e, pior, ficar um bom tempo na fila de espera. Mas, eis o segredo menos escondido da cidade, afinal ele tem 325 metros de altura: a vista mais legal da torre não é do alto dela, mas ao redor. O Campo de Marte, onde a torre está, oferece o visual incrível mostrado na foto abaixo, enquanto a Praça do Trocadéro tem uma vista simplesmente espetacular.

Além de tirar várias fotos do maior cartão-postal da França, aproveite para fazer um piquenique – leve pães, queijos, sucos (ou uma garrafa de vinho), e curta Paris no melhor estilo. Leia também o post sobre a história da Torre Eiffel.

Como funciona um seguro de viagem?

Catedral de Notre Dame

A entrada na igreja mais famosa de Paris é de graça – você só paga se quiser ver as gárgulas de perto, do alto das torres, ou fazer outras visitas especiais. A Catedral abre todos os dias, de 8h às 18h45 (o encerramento  é às 19h15 aos sábados e domingos).

Para os católicos, também é possível participar de uma missa ou até mesmo se confessar com um dos padres, inclusive em português. Saiba mais sobre a história desse marco de Paris que foi imortalizado pelo corcunda de Victor Hugo.

Gárgulas de Notre Dame

Sacré Coeur + Montmartre

Se Notre Dame é a igreja mais famosa da cidade, Sacre-Couer não está muito atrás. Fica numa colina relativamente afastada do centro e, por isso mesmo, oferece ótima vista de Paris, com direito a Torre Eiffel compondo o cenário.

Além de visitar a igreja, aproveite o tempo para conhecer o Montmartre, um dos bairros mais boêmios da cidade. O Moulin Rouge também está nesse bairro – a entrada custa caro, claro, mas o que a maioria dos turistas faz mesmo é tirar uma foto na porta do famoso cabaré. Saiba mais.  

Sacre Coeur, Paris

Père Lachaise

Em Paris, até cemitério é atração turística. O mais badalado deles é o de Père Lachaise. E não apenas pela incrível arte tumular – esse é o local de descanso de muita gente famosa, tipo Jim Morrison e Oscar Wilde.  Além disso, o cemitério conta com uma série de histórias interessantíssimas

Arco do Triunfo e Champs-Élysées

Assim como a Torre, para subir no Arco do Triunfo é preciso pagar. Só que essa passa longe de ser a parte mais interessante de uma visita a esse símbolo da França, afinal de contas do alto do Arco você não vê… o Arco! Reserve algumas horas para conhecê-lo, junto com uma caminhada pela Champs-Élysées, possivelmente a avenida mais bonita do mundo.

Arco do Triunfo

Aproveite o Rio Sena

Ele é lindo, mas poucos turistas aproveitam o rio Sena do jeito que ele merece – não apenas num passeio de barco, mas gastando algumas horas numa de suas margens, vendo a vida passar com Paris de cenário e, quem sabe, algumas comidinhas para distrair. Se os viajantes não fazem isso, os próprios parisienses fazem. Desde que não esteja muito frio, óbvio.

É verão? Vá à praia! Sim, Paris tem uma praia para chamar de sua. Quando fica mais quente, o governo local monta uma praia artificial no Sena. Como eu nunca estive na cidade nessa época, não passei pela experiência, mas, pelo que eu li, parece muito legal.

Por do sol em Paris, França

Jardim das Tulherias

De um lado, o Sena. Dos outros, a Praça da Concórdia e o Louvre. Esse é o Jardim das Tulherias, que existe desde o século 16 e ainda hoje é uma das áreas verdes mais famosas de Paris.  Vale passar por lá, esteja você a caminho do Louvre ou não.

Jardins de Luxemburgo

Por falar em parque, nenhum é maior que os Jardins de Luxemburgo, outra opção fantástica para ver a vida passar, apreciar a paisagem e relaxar. Estátuas, esculturas e um lago ajudam a tornar o local ainda mais agradável.

Place des Vosges

Onde ficar em Paris: Marais

Praça linda, para muitos a mais bonita da cidade. Foi construída em 1605 e chegou a ser residência real, além de ter tido moradores ilustres, entre eles o escritor Victor Hugo.

Promenade Plantée

Antigo trecho ferroviário que foi convertido em jardim suspenso, no mesmo estilo do High Line, em Nova York. Fica na Bastilha, outra atração gratuita.  Saiba mais no blog Conexão Paris.

Atrações gratuitas de Paris

Foto: La Citta Vita, Wikimedia Commons

Piquenique

Depois de tantas praças, parques e jardins, colocar esse item aqui é quase redundância. Mas necessária – o objetivo é mostrar que piquenique é uma das melhores coisas que você pode fazer com seu tempo na cidade. Escolha um local, faça umas comprinhas e dê uma parada naquela rotina de correr atrás de pontos turísticos.

Museu de Arte Moderna de Paris

Dono de uma das maiores coleções de arte moderna e contemporânea do mundo, esse museu de Paris é de graça! Funciona de terça a domingo, de 10h às 18h, dentro do Centre Pompidou. Detalhes no site oficial.

Museu Carnavalet

Com centenas de anos e muita coisa para contar, Paris merecia mesmo um museu para contar sua história. É o Carnavalet, que funciona de terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h30). Saiba mais no site oficial.

Aproveite o primeiro domingo de cada mês

Alguns dos museus e monumentos mais concorridos da cidade são pagos, exceto num dia especial: o primeiro domingo de cada mês, quando essas atrações são de graça! No entanto, espere encontrar filas enormes, afinal muita gente aproveita esse dia para visitar essas atrações. Saiba o que mais é de graça em Paris no primeiro domingo de cada mês, no relato do blog Paris lado B.

Praça da Concórdia

Para quem gosta de História a Praça da Concórdia é uma parada obrigatória. Muito mais do que um espaço público bonitinho, com o Arco do Triunfo dando as caras ao fundo da Champs-Élysées, essa Praça foi cenário para centenas de execuções durante a Revolução Francesa, incluindo a do Rei Luis XVI, que perdeu a cabeça ali. Ande até o obelisco e procure por uma placa no chão da Praça, marco de momentos fundamentais para a História da humanidade.

Leia também: Monumentos históricos de Paris e a história do mundo

Obelisco em Concordia, Paris

Praça da Bastilha

Se a Praça da Concórdia já é importante, a da Bastilha nem se fala, né? Procure pelo obelisco que marca o local onde estava a antiga prisão, destruída durante a Revolução Francesa. Aproveite para relembrar tudo que você aprendeu sobre a Queda da Bastilha.

As pontes de Paris

As pontes do Sena são muito mais do que meios de cruzar o rio. Construída no final do século 19, a Ponte Alexander III costuma ser a favorita de quase todo mundo. A estrutura tem estátuas de querubins, ninfas e cavalos. Além dela, a Ponte Neuf, a mais antiga da cidade, também tem seu charme. Saiba mais.

Vista-paris

Free walking  tour

Várias empresas oferecem tours guiados gratuitos por Paris. Claro que é recomendado que você dê uma gorjeta ao guia no final, afinal esse é o trabalho dele, mas não há preço estipulado. Já testei tours assim em várias cidades do mundo e sempre gostei – os guias costumam ser muito didáticos, divertidos e empolgados. Um tour gratuito sai da Igreja de Notre Dame todos os dias, às 11h.

Dica extra

Pense seu orçamento de viagem e considere adquirir um Paris Museum Pass, que dá descontos para várias atrações na cidade. Temos um post completo sobre esse assunto.

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

8 comentários em 18 atrações gratuitas de Paris

  1. Olá Rafael,
    Muito legal o post. Paris é realmente uma cidade fenomenal e tem tanta coisa escondida que um post é pouco para tanta história naquela cidade.
    Fui para lá na primeira vez que saí do Brasil e fui apenas para encontrar minha namorada que morava lá, na época. Fiquei realmente encantado com a cidade, e acabou que tive a oportunidade de voltar lá muitas vezes, e hoje em dia, sempre que eu e minha namorada pensamos em ir para a Europa, a cidade de entrada e saída é sempre Paris, reservando sempre uns 3 ou 4 dias para flanar pela cidade. Até por isso iniciamos a poucos dias um projeto dedicado apenas a Paris.
    Se quiser conhecer e deixar dicas, segue o link: oquefazeremparis.com.br

    • É normal na Europa, os cemitérios tem umas construções monumentais e guardam muitas historias. Quando cheguei em Dublin foi a primeira dica que recebi, e acredite: é fantástico!!!

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: