O que há depois dos sonhos realizados?

Ontem foi meu aniversário. Cheguei aos 27 anos sentindo-me muito feliz com o que já realizei até aqui. Quando olho para trás, 5 ou 10 anos no passado, consigo ver o quanto cresci e conquistei. Essa sensação de ter corrido atrás dos meus sonhos (e criado outros no caminho) é muito boa.

Eu adoro aniversários e sempre planejo uma comemoração legal. Nesse ano, a comemoração levou alguns meses de planejamento e vai levar mais alguns para execução. Aproveitei que estou morando na Europa para cumprir essa meta que você lê na minha bio, aí embaixo. Finalmente, vou visitar os tais 30 países antes dos 30 anos.

bolo aniversário

Se tudo der errado, posso virar blogueira de culinária, que tal?

Um leitor ou leitora mais atentos talvez tenham reparado a troca do verbo: visitar, e não conhecer. Pois uma coisa que tem me incomodado ultimamente, é que eu não sei dizer quais países eu conheço de verdade. Mesmo o Brasil, onde nasci e cresci, ou a Índia, onde vivi por um tempo: como falar que realmente conheço esses lugares, sendo que tamanha é a sua extensão territorial e diversidade de culturas? Mesmo Portugal, tão pequeno, tão cheio de coisas para ver. Chega a me dar crises de ansiedade, porque não vou conseguir ver tudo.

A verdade é que ir a uma única cidade de um país, como muitas vezes fazemos, nos dá um carimbo no passaporte, uma experiência incrível, fotos maravilhosas, contatos enriquecedores. Mas não dá, certamente, o título de conhecedor daquele lugar. Por exemplo, já estive em Paris, Londres e Madrid. E duas vezes. Mas não posso dizer que conheço a França, a Inglaterra ou a Espanha. Conheço sim, provavelmente uns 5%. Por isso, resolvi trocar de verbo.

Serra-da-Estrela-Portugal-luiza

E não só de verbo, mas de meta. Não, não quero mais só visitar 40, 50 ou 100 países, apesar de querer sim ir ao máximo de lugares que puder. Mas eu quero poder ter o tempo e a calma para estar nesses lugares ao máximo. Quero conseguir descobrir mais coisas que me inspirem e me façam uma pessoa melhor. Ainda não sei bem qual é o caminho ideal para isso, nem sempre a grana ou o tempo disponível me permitirão.

A verdade é que já faz um tempo que eu deixei de viajar só pelo prazer da atividade. Não que viajar não me dê prazer, pelo contrário, é uma das minhas maiores paixões na vida. Mas com o blog e com meu mestrado, tenho tentado descobrir como juntar isso tudo para fazer o mundo melhor e inspirar as pessoas a fazerem o mesmo.

Este post todo é para compartilhar com vocês essas minhas divagações. Meus sonhos no momento não estão tão concretos quanto estavam há cinco anos, quando decidi que queria fazer um intercâmbio profissional. Sei o que eu quero construir, mas não sei bem como. Pretendo compartilhar com vocês todo o processo. Me aguardem…

Luiza e Duomo Florença perspectiva forçada

Roteiro de Viagem dos sonhos

Fim das divagações, vamos à prática. Eu vou passar os próximos dois meses viajando, então, além de muito conteúdo novo aqui para o blog, vocês também podem me acompanhar a partir de amanhã, em tempo real no Instagram (@360meridianos) e no Snapchat (user: afluiza). Os planos também incluem fazer uns vídeos novos e bem legais para o nosso canal do Youtube.

Meu roteiro começa na Grécia, onde vou a Atenas, Meteora e Delfos, e depois sigo para um evento chamado Blogtrotters, em Thessaloniki. De lá, eu sigo para a Bulgária (Sofia, Plovdiv, Veliko Turnovo e Ruse) e subo para Romênia (Bucareste e a região da Transilvânia). Em seguida, fico um tempo em Budapeste, com uma amiga dos tempos da Índia.

Dali, circulo entre Bratislava, na Eslováquia e Vienna, Áustria. Por fim, vou rodar um pouco pelo interior da República Tcheca (Brno, České Budějovice, Český Krumlov, Pilsen, Karlov Vary e uma passadinha em Praga). Aí eu finalmente volto para Portugal. No final, terei completado 31 países na minha checklist.

Luiza na Baia de Funchal

Boa parte desse roteiro eu vou fazer sozinha, mas em alguns lugares vou me encontrar com amigas que fiz nessas andanças pelo mundo. Se tiver alguma coisa específica que vocês quiserem saber sobre esses lugares, ou tiverem dicas imperdíveis, por favor, deixem nos comentários. No mais, obrigada por participar dessa jornada comigo.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

33 comentários sobre o texto “O que há depois dos sonhos realizados?

  1. Nossa, que incrível Luiza!!!! Pode ter certeza que esse seu objetivo esta sendo alcançado, pois você esta encorajando muita gente!
    Continue em frente com seus projetos…Muito sucesso!!!

  2. Luiza, feliz aniversario e um desejo de muito sucesso e viagens 🙂
    Obrigada por nos oferecer um pouco dessa sua historia!

    (alias, isso tambem eh pro Rafa e pra Natalia!!)

  3. Parabéns, Luiza, pelo aniversário!
    Acho demais a gente sempre estar buscando novas conquistas, faz parte do nosso amadurecimento tb! Que venham mais novos sonhos realizados!
    E tenha uma ótima viagem!! Abraços!

  4. Olá Luíza, feliz aniversário…
    Então eu estou querendo ir pra Machu Picchu, mas tô sem companhia, nãoque eu dependa muito disso, mas fico pensando que possa ser perigoso ou até chato ir sozinha. O que vc acha?Vc já foi pra lá?
    Obs: adoro o blog, não sou de comentar mas acompanho há anos.

    1. Oi Jéssica,

      Acho que é bem tranquilo ir a Machu Picchu sozinha. Várias mulheres vão e é uma região bem turística e preparada para receber turistas.

      Dá uma olhada nos posts do blog sobre lá

      bjs

    2. Jessica,
      Dando pitaco, eu fui pra MP sozinha, já tem 2 anos.

      Fiquei uns 6 dias, entre Lima, Cuzco e MP, sozinha. Posso dizer que foi bem tranquilo.

      A galera só dá uns toques/avisos pra quem tá sozinha, mas nada que aqui no .br não façamos normalmente.

      Na fé, respira fundo e vai.

  5. Luiza, parabéns pela coragem de seguir seus sonhos e pelo seu aniversário! 🙂
    Te entendo completamente quando você fala que vistar já não é mais o suficiente e que você quer mesmo é conhecer esses lugares a fundo. Também me sinto assim. Acho que chega uma hora que a gente deixa de querer viajar na horizontal e passa a querer viajar na vertical, né? hehe
    Boa sorte nessa nova fase de viajante. Estaremos te acompanhando!
    Um beijo!

  6. Parabéns Lu! Muitas felicidades e realizações pra você.
    Eu tive minha primeira experiência no exterior no começo deste ano, onde conheci Argentina, Peru, Chile e Bolívia. Porém foram só 17 dias…. mas eu te entendo perfeitamente, depois dessa viagem (minha primeira) eu comecei a perceber varias coisas, que nenhum dinheiro é desperdiçado quando se trata em viagens e lugares novos.
    Minha intenção é fazer um intercambio na Índia, li todos os post’s sobre lá…. eu sei que não é um país fácil e ainda mais para mim, que gosto de estar estável… mais é um lugar que me desafia em todos os sentidos e quero muito viver isso…quero aprender a me virar sozinha, quero ter total imersão na vida deles… não apenas um passeio de 10 dias.
    Enfim, com toda certeza depois de formada viagens serão prioridades minhas. Espero um dia poder fazer um mochilão.
    Que vc aproveite essa maravilhosa viagem! Beijos <3

  7. Parabéns Luíza,lhe desejo muita saúde e sorte!
    Que continue sendo abençoada em suas realizações e conheça pessoas tão interessantes e simpáticas como você.
    Eu concordo plenamente com a substituição do termo conhecer por visitar.
    Eu mesma descobri o posto de saúde do meu bairro (duas quadras do condomínio) no mês passado, sendo que moro mais de 2 anos lá.
    Romênia e Grécia parecem lugares fantásticos.
    Quando eu li Grécia,visualizei a foto de Mikonos em um estalar de dedos!

  8. Lu não vejo a hora de começar a ver os posts! Você vai passar por uma região que está nas minhas prioridades nas próximas férias, inclusive meu roteiro está bem parecido, mas vou ficar um bom tempo na Áustria. Já ouviu falar de Hallstatt? É uma cidadezinha de lá, linda linda.
    Beijão e boas aventuras!

  9. Lindo texto Lú! Aguardo com ansiedade as fotos de Viena, Praga e Budapeste!!!

    PS: Sei que é a parte mais cliché do leste europeu, mas sou uma turista cliché assumida…rs

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.