Quanto custa viajar para a Itália

Quanto custa viajar para a Itália

Eu nunca consigo responder qual o país do mundo que eu mais gostei de visitar, mas a Itália certamente está entre os que ocupam um lugar privilegiado no meu coração. A boa notícia é que esse pode ser também um dos países mais baratos para se visitar na Europa Ocidental, perdendo apenas para Portugal e, talvez, a Espanha. Há exceções, claro. Roma e Milão não são nenhuma barganha, mas é possível fazer caber um orçamento econômico. Veneza, por outro lado, deve ser uma das cidades mais caras do país, devido ao apelo turístico. Ainda assim, já ensinamos como fazer uma viagem barata pelos canais.

Mas chega de lero-lero e vamos ver quanto você vai gastar em uma viagem para a Itália. Lembrando que estamos calculando aqui o orçamento básico de uma viagem econômica. O céu é o limite para o tanto que você pode gastar.

Forum Romano, em Roma, Itália

Passagens

A gente sempre começa a calcular um orçamento de viagem pela passagem aérea. O aeroporto de desembarque mais comum para brasileiros é o Fiumicino, em Roma. Como para qualquer outro lugar, esse gasto varia muito de acordo com a época, a demanda e a sorte de quem vai comprar. Saindo de Guarulhos, espere pagar a partir de R$ 2.400 com taxas. Algumas promoções muito loucas (ou erros das cias aéreas) já baixaram essa tarifa para a casa dos R$ 800. Em outras épocas, já sofremos com valores acima dos R$ 3.000.

Acomodação

A hospedagem é o segundo maior gasto em uma viagem e pode variar bastante dependo das cidades que você incluir no roteiro. Os preços diminuem quando você caminha em direção ao sul do país. Uma diária de um quarto duplo em hotel simples em Roma sai em torno de 45 a 70 euros, ou seja, entre 22 e 35 euros por pessoa. Já em Florença, é possível encontrar quartos a partir de 30 euros e camas em hostels a partir de 12 euros. Em Veneza, espere pagar no mínimo 70 euros por hospedagens desse tipo.

Alimentação

A boa notícia é que comer todas aquelas maravilhas italianas não precisa ser caro. Menus executivos estão disponíveis nos principais centros turísticos por cerca de 8 ou 10 euros. Se você for do tipo viajante mão de vaca mesmo, pode até gastar menos que isso comendo kebabs, pizzas em fatia (dá para achar de 1 euro) ou fazendo compras em supermercados, onde encontramos ótimos vinhos e queijos por uma merreca. Uma bola de gelato para a sobremesa sai por 1 ou 2 euros.

a história da pizza

Transporte

O valor do transporto público varia de acordo com a cidade, mas gira em torno de 1 euro. A parte boa é que eu até hoje não conheci uma única cidade italiana que não fosse agradável e charmosa, um convite para andar bastante a pé. Para se locomover entre as cidades, a forma mais comum é de trem, e o valor varia. Destinos próximos e pertencentes a uma mesma região costumam ter tarifas bem baratas, na faixa dos 3 a 6 euros, e você não precisa se preocupar em garantir seu lugar antecipadamente.

Já se você pretende cruzar regiões do país, a coisa muda de figura. Uma viagem de Roma ou Florença, por exemplo, custa a partir de 19 euros se comprada com antecedência de três meses, que é quando começam a vender as passagens. A Luíza já teve que comprar uma na última a hora e pagou 49 euros. Leia mais sobre viajar de trem pela Europa.

Atrações e passeios

Boa parte das atrações da Itália são gratuitas. Isso inclui os monumentos e prédios históricos com os quais você tromba em cada esquina, as ruas charmosas e as igrejas (Incluindo a Basílica de São Pedro). E esse é um grande trunfo para quem busca montar um orçamento econômico, já que é possível não gastar nada com isso em alguns dias e selecionar as atrações pagas que vai visitar.

Para entrar em sítios históricos famosos, museus e outros lugares do tipo, será preciso pagar. A vantagem é que, fora de Veneza, as entradas também não costumam custar os olhos da cara. O ingresso do Coliseu e do Foro Romano, por exemplo, sai a 14 euros. Já a entrada do museu do Vaticano custa 16 euros (20, se você comprar pela internet). Para fins de cálculo, vamos usar aqui uma média de 20 euros por dia em atrações e passeios, jogando para cima, já que há dias da viagem em que você provavelmente não vai gastar nada.

Viagem Europa

Quanto custa viajar para a Itália (por dia de viagem)

Pronto! Agora você já sabe quanto custa mais ou menos cada um dos aspectos da viagem e pode calcular seu orçamento, adaptando-o de acordo com seu bolso e preferências. Mas se você quer tudo mais mastigadinho, vamos simplificar ainda mais.

Eu sempre digo que a melhor forma de calcular um orçamento de viagem é descobrindo o gasto diário e multiplicando-o pelo tempo de viagem. Acredito que uma boa média base seria 65 euros por dia, incluindo hospedagem e excluindo passagens aéreas e seguro. No interior do país, você se vira facilmente com 55 euros, mas como a maior parte das pessoas visita os grandes centros turísticos, melhor jogar o valor para cima. Em Veneza, talvez você precise reservar uns 80 euros.

Esse valor não é absoluto e pode variar. Eu mesma já gastei menos que 60 euros diários na Itália e fiz Veneza com 50 euros. Por outro lado, sei de gente que já estourou em muito esse orçamento. Mas creio que essa seja uma margem confortável para quem quer ter uma noção dos preços do país. Agora é só quebrar o cofrinho e aproveitar.

Ahh, se você tiver interesse em fazer um tour guiado pela região da Toscana com a mesma guia que nos acompanhou na nossa visita, a Deyse Ribeiro, pode fazer um orçamento gratuito! Tem vários tipos de tour para todos os bolsos. É só preencher o formulário abaixo ou entrar em contato com ela diretamente pelo site – mas não deixe de avisar que é leitor do 360meridianos!

Passeios na Toscana

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma. Siga @natybecattini no Instagram

9 comentários em Quanto custa viajar para a Itália

  1. Oi,Natália! Amei seu post. Me deu uma luz nos planos,rs.
    Na sua opinião,qual a melhor época para viajar para a Itália? (mais em conta ou baixa temporada). Os planos são para lua de mel,mas ainda não tenho data definida.
    Obrigada!! Beijinhos.

  2. Oi Natalia, estou curtindo seus posts e me interessa bastante informações sobre a Itália. Viajarei com meu marido por 11 dias, em março, com chegada em Nápoles. Pretendemos fazer somente o sul da Itália. Quais cidades/locais visitar? Imperdível? Qual o melhor meio de transporte? Agradeço sua atenção e informação. Sucessos! Lourdes Dias

    • Oi Lourdes,
      Tudo bom? Sou de Recife… E gostaria de mochilar por um período de 30 dias pela Itália, acredito que…. Esse ano, ou em 2018, pois gostaria de conhecer as principais cidades…..Gostaria de ir em Maio, porque minhas férias normalmente é em agosto, e esse mes, nao é legal, pois é férias DELES nesse periodo. O que vc acha?

  3. “Por outro lado, sei de gente que já estourou em muito esse orçamento”

    hahahaha prazer, eu!

    Mas esse é, disparadamente, meu destino favorito NO MUNDO e dá sim pra fazer uma viagem super econômica! Em Roma dá pra comer um A CARBONARA no Pantheon por 6 Euros e a pizza (média- qie dá pra 2 pessoas) por 7 euros! Muito bom o post Nath, como SEMPRE!

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: