fbpx
Tags:

Resenha: A Startup de $100 – Abra o negócio dos seus sonhos

Um dos meus maiores problemas com livros sobre mudanças, reinvenção do nosso estilo de vida  e sobre seguir nossos sonhos é que muitas vezes eles acabam resvalando para o obscuro campo da auto-ajuda barata ou acabam em proposições que parecem ser muito fáceis de serem seguidas, mas que na verdade são pouco aplicáveis no dia a dia de quem tem que pegar no batente e ainda sonhar em transformar a própria realidade nas horas vagas. Por sorte, A Startup de $100, de Chris Guillebeau, é diferente.

Eu já acompanhava o trabalho do Chris pelo blog Art of Non-Conformity há alguns anos quando resolvi investir uns trocados na versão digital desse livro. Na época, ele já era um dos meus blogueiros de viagem favoritos, muito embora ele não fale exatamente de viagens em seu blog. Seu objetivo é inspirar e ajudar as pessoas a viverem a vida que elas sonharam para elas, desconectando-se de ideias pré-concebidas sobre quais os caminhos que devemos percorrer.

Com mais de três décadas de vida, Chris tem algumas histórias interessantes para contar. Para começar, ele nunca teve um trabalho “de verdade”. Sempre pulou de um projeto para o outro, investindo seu tempo nas coisas que lhe pareciam interessantes e  tirando desses projetos seus sustento. Através desse estilo de vida, ele já visitou todos os países do mundo, passou anos como voluntário na África e hoje corre os Estados Unidos e diversos outros países do mundo promovendo encontros sobre empreendedorismo criativo e estilo de vida.

Em A Startup de $100, Chris relata sua experiência como empreendedor e reune outras dezenas de casos reais de pessoas que abriram negócios rentáveis a partir de um investimento modesto, selecionados em uma pesquisa com mais de 1.500 empreendedores de todo o mundo. Para ganharem um espacinho no livro, todos os empreendedores tinham que gerar pelo menos 50 mil dólares por ano e ter começado com pouco dinheiro – a média de investimento inicial ali é de 600 dólares. Como resultado, as histórias reunidas no livro são um sopro de motivação para quem sonha em largar a carteira assinada e viver das próprias ideias. Embora não seja apenas focada em negócios digitais, a obra também é uma ótima referência bibliográfica para quem quer começar uma vida nômade, mas não sabe de onde vai tirar o dinheiro. Ao lado de Looptail, esse foi o melhor livro de negócios que eu já li, com a vantagem de ter uma abordagem mais prática sobre o tema.

Startup de $100

“Mais do que a concorrência ou outros fatores externos, a maior batalha é contra o seu próprio medo e inércia. Felizmente, isso também significa que temos o mais absoluto controle sobre esses fatores. Lembre-se das suas vitórias: essas experiências são poderosas e o ajudarão mais tarde, quando estiver diante de dificuldades. A lição mais importante de todo o livro: não desperdice o seu tempo vivendo a vida de outra pessoa”.

Parte um: Empreendedores Inesperados

Para começo de conversa, Chris aponta alguns conceitos básicos para quem pretende empreender. O principal deles é o valor. A única forma de ver um negócio prosperar é entregando valor para as pessoas. Você deve ter várias paixões, mas nem todas elas são aptas a virar um negócio. Em outros casos, pode ser que você não queira que aquela paixão se torne um trabalho. É preciso, portanto, encontrar um ponto de convergência entre o que você ama fazer e aquilo que as pessoas estão dispostas a pagar.

E pelo que as pessoas estão dispostas a pagar? Por coisas que satisfaçam seus problemas ou necessidades, ou seja, que entreguem valor. Nesse campo, há algumas variáveis a serem consideradas, que também são apontadas nos livros, como a necessidade de se promover, de conectar seu negócio com benefícios emocionais em vez de características enfadonhas e a diferença entre o que as pessoas dizem que querem e o que elas querem de verdade.

Parte dois: Apresentar seu filho ao mundo

Chris dá especial atenção ao fim da procrastinação. Planejamento é importante, mas a ação é ainda mais. Não adianta gastar meses desenvolvendo um plano de negócios e nunca tirá-lo do papel. Ele é adepto da velha técnica de consertar o avião em pleno vôo. Comece a fazer e vá ajustando o que for preciso. Para ele, é muito importante fechar sua primeira venda o mais rápido possível e ele propõe um plano de negócios de uma página e uma declaração de missão que caiba em um tweet. Nos capítulos seguintes, ele ajuda a planejar seu lançamento e as promoções de formas simples e lucrativas e dá algumas dicas valiosas para quem é empreendedor de primeira viagem.

Parte três: Alavancagem e próximos passos

Nos capítulos finais do livro, Chris explica quais são os próximos passos após o lançamento para aumentar sua receita e fazer seu negócio crescer de forma constante. Algumas das dicas utilizadas são os programas de afiliados, parcerias e terceirização. Mas o importante mesmo é que ele desconstrói mitos que construímos em torno da figura do empreendedor. Você não precisa ser aquela pessoa agressiva e hiperativa, tampouco almejar que sua empresa seja o próximo Facebook. As possibilidades aqui são muitas e sucesso é aquilo que você define para você.

Clube Grandes Viajantes

Assine uma newsletter exclusiva e que te leva numa viagem pelo mundo.
É a Grandes Viajantes! Você receberá na sua caixa de email uma série de textos únicos sobre turismo, enviados todo mês.
São reportagens aprofundadas, contos, crônicas e outros textos sobre lugares incríveis. Aquele tipo de conteúdo que você só encontra no 360 – e que agora estará disponível apenas para nossos assinantes.
Quer viajar com a gente? Então entre pro clube!

Avalie este post

Compartilhe!







Banner para newsletter gratuita

Receba grátis nosso kit de Planejamento de Viagem

Eu quero!

 

 




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Resenha: A Startup de $100 – Abra o negócio dos seus sonhos

  1. Ate que enfim posso vir aqui e comentar!
    eu ja tinha ele na minha estante antes do seu post mas estava adiando. Agora na pascoa decidi ler e, nossa, como eu gostaria de ter lido antes. Um muito legal que li foi “Se Eu Soubesse Aos 20… – Lições Para Ser Bem Sucedido Em Qualquer Idade” da Tina Seelig.

    Tem mts estudos de casos que nos fazem pensar!

    Bjs!!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.