O que fazer em Amalfi e Ravello: Costa Amalfitana

O que fazer em Amalfi e Ravello: Costa Amalfitana

Conhecer a Costa Amalfitana significa rodar por vilas lindas e muito pequenas. Amalfi é a maior delas e tem apenas 5 mil habitantes. Em meia hora é possível circular a pé em toda a cidade. Isso, sem dúvida, é parte do seu charme. Mesmo este sendo um post sobre o que fazer em Amalfi e sua vizinha nas montanhas, Ravello, não espere aqui uma lista de muitos pontos turísticos ou construções históricas, como acontece no resto da Itália.

Leia também: Onde ficar na Costa Amalfitana – roteiro de cidades

Um pouco de história da Costa Amalfitana

Quem vê hoje a pequenina e bela Amalfi talvez não tenha a dimensão que a vila colorida tomada por turistas foi uma das grandes potências marítimas italianas na Idade Média, uma das repubbliche marinare. A cidade foi fundada em 339 e a República (ou ducado) de Amalfi começou em 958, com a eleição do duque Manso I.

Amalfi foi uma das primeiras repúblicas relevantes do período. Seus navios monopolizaram o comércio do mediterrâneo com os árabes e foram os primeiros a criar uma colônia em Constantinopla e no Oriente Médio, ainda no século 10. Por todas essas razões é que Amalfi deu o nome da Costa Amalfitana. Chegou, na época, a ter 70 mil habitantes.

Depois de 1039, ficou a mercê dos poderes das repúblicas maiores, como Salerno, Nápoles e Pisa, e sofreu com saques e revoltas. Boa parte da população saiu dali. Além disso, os terremotos e o isolamento entre o mar e montanhas colaborou com o esvaziamento e empobrecimento da região.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália

A vizinha é Ravello, que não fica exatamente na costa, mas no alto das montanhas, 350 metros acima de Amalfi. A região começou a ser habitada por Romanos fugindo das invasões bárbaras e, mais tarde, parte da nobreza que divergia com o Duque de Amalfi mudou-se para ali. No século 11, tentaram se separar da República Amalfitana, mas as invasões e pilhagens também afetaram a cidade nas montanhas, cuja população fugiu em massa.

Um dia em Amalfi e Ravello: dicas práticas

Apesar da produção de artesanato e de limoncello – um licor de limão típico – sem dúvida é o turismo a indústria que garante a sobrevivência dessas vilas isoladas. Por isso, não adianta se surpreender em como tudo ali é voltado para atrair turistas. O que algumas pessoas podem considerar uma pegadinha.

Digo isso porque conheci um casal no barco entre Amalfi e Salerno que estava muito frustrado e achando que Amalfi não era nada demais. Porém, eles fizeram algo que eu não recomendaria nem para um inimigo: programaram um bate-volta de Roma para Amalfi num dia de chuva e sequer subiram até Ravello. Definitivamente não vale a pena fazer um passeio assim corrido: o trajeto é demorado e incomodo. E apesar de ser possível ver muita coisa em um dia, dificilmente vai dar para apreciar a Costa Amalfitana.

Se você quiser saber como chegar, como se locomover e como montar um roteiro,
leia nosso guia completo da Costa Amalfitana com dicas imperdíveis

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália ravello

A minha sugestão de passeio é um dia tranquilo entre Amalfi e Ravello – se você estiver de carro, até daria para conhecer outras cidades no mesmo dia, mas eu, que gosto de conhecer as coisas com calma, não recomendo. Aliás, me apaixonei tanto por Ravello que passaria lá um dia inteiro fazendo nada e contemplando a vista, a vida nas ruelas e os jardins da cidade. Já Amalfi não é só um centro de barcos e ônibus para explorar o resto da costa – vale a pena conhecer as ruas e lojinhas – a praia deixa um pouco a desejar, talvez até pelo histórico portuário, e também porque essa coisa de areia preta nem sempre é muito bonita.

Como se locomover entre as cidades

Se você não estiver de carro ou motorista, os ônibus da SITA fazem o trajeto entre Amalfi e Ravello em poucos minutos. Saem da frente do porto de Amalfi, na Piazza Flavio Gioia, e chegam na beira do túnel de Ravello. É preciso comprar a passagem antes de pegar o busão, numa Tabaccheria: têm várias espalhadas pela cidade. Custou €1,20 por pessoa. Na ida de Amalfi para Ravello tente ficar do lado direito do ônibus para conseguir ter uma vista melhor. Na volta, troque para o esquerdo.

Se resolver alugar um carro, recomendamos que faça a comparação na Rentcars, maior site do mercado, que compara os preços em dezenas de locadoras e está presente em mais de 60 países – assim você pode garantir valores abaixo dos oferecidos no balcão. A Rentcars é parceira do 360, então reservando por aqui você ainda ajuda o blog (e a gente agradece). 🙂

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália ravello

Ravello

O que fazer em Amalfi

A Catedral, ou melhor, o Duomo de Amalfi é a atração mais visível da cidade, no alto, logo que se chega na pracinha central, a Piazza del Duomo. A construção é do século 10, com a torre toda revestida de azulejos coloridos. A entrada na catedral é paga, custa 3 euros e inclui a visita à Igreja, as belas criptas, o Claustro do Paraíso – uma área externa com alguns achados arqueológicos do antigo cemitério da cidade – e a Basílica do Crucifixo, com algumas das relíquias da primeira igreja construída na cidade. Eu achei que o passeio vale a pena.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália

A minha atividade favorita em Amalfi, porém, foi passear pelas ruas, algumas delas túneis labirínticos construídos na rocha. A principal rua da cidade é a Via Lorenzo D’Amalfi. Também vale a pena circular pela via Piazza dei Dogi. Você vai encontrar lojinhas de limoncello, de vinhos e temperos típicos da região, além de artesanato, restaurantes para todos os bolsos e gelaterias. Procure pelas fontes e presépios escondidos.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália

Para ter uma excelente vista da cidade, circule pela Via Lungomare dei Cavalieri. A praia também está por ali, mas, como você vai perceber, não é exatamente bonita. Se quiser aproveitar melhor o mar azul da Costa Amalfitana, talvez valha a pena fazer um passeio de barco ou alugar um para seu grupo. As empresas de aluguel de passeios ficam todas na Lungomare.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália

Também há dois museus na cidade, o Museu della Carta, instalado num moinho de papel do século 13 com foco na produção de papel desde a Idade Média, e o Museu Arsenale, sobre o histórico marítimo da cidade. Confesso que não cheguei a visitar nenhum dos dois.

O que fazer em Ravello

Chegamos em Ravello sem pretensão nenhuma e nos apaixonamos completamente pela cidade. Eu já tinha lido um texto da Helô, do Aprendiz de Viajante, sobre o passeio nos jardins pagos, a Villa Rufolo e a Villa Cimbrone. Eram propriedades de habitantes ricos, construídas nos séculos 13 e 12, respectivamente, com vistas tão incríveis que o músico Wagner disse ter encontrado o jardim encantado que cita em sua ópera Parsifal.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália ravello

Entrada da Villa em Ravello

Eu e minha mãe decidimos não entrar em nenhuma dessas atrações pagas e explorar só o que as ruas de Ravello tinham para nos oferecer. Não nos arrependemos.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália ravello

Não é à toa que Wagner, Virginia Woolf e outros artistas renomados escolheram Ravello como refúgio. Ou que a cidade desde os anos 50 recebe um festival de música clássica internacional (com direito a auditório construído pelo Niemeyer). E que seja um destino de casamento de gente do mundo inteiro. Ravello de fato é musical, mágica.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália ravello

As ruas são bem fofas, as lojas de artesanato têm cara e produtos com aparência bem mais autêntica do que turística (graças à produção de artesanato colorido da cidade) e a vista é impressionante.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália ravello

Eu disse que Ravello é um destino de casamentos, né? Por exemplo, não conseguimos visitar a Catedral da cidade, construída em 1086, por conta de uma cerimônia de uns ingleses. Deu para conhecer, por outro lado, a Chiesa di San Giovanni del Toro, cuja entrada é gratuita, com mosaicos conservados do século 14.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália ravello

Onde ficar em Amalfi e Ravello

Se você quer facilidade para circular pela Costa Amalfitana, principalmente se não estiver de carro, Amalfi pode ser a melhor opção de hospedagem para você. Se você for na alta temporada, reserve com muita antecedência. Como a cidade é bem pequena, não tem muito erro em relação a localização, a não ser que você queira uma vista especial: nesse caso, busque hospedagem mais perto do Lungomare e do Duomo. Se isso não importar, dá uma olhada na lista de opções que são mais econômicas na cidade, com diárias de até 100 euros.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália

Saiba mais: Onde ficar na Costa Amalfitana – roteiro de cidades

Eu já disse em outros posts que, quando eu voltar para a Costa Amalfitana, quero ficar em Ravello. Apesar da cidade ser menos turística comparada com Amalfi e Positano, os preços não são mais baixos. Em Ravello tem vários palácios que foram transformados em hotéis, como a própria Villa Cimbrone, perfeitos para lua de mel: confira a lista de acomodações nesse padrão.

o que fazer em amalfi costa amalfitana itália ravello

Claro, também há opções mais baratinhas para nós, meros mortais. Existem opções de Bed and Breakfast e casa para alugar por até 100 euros.

Importante: O Seguro de Viagem é obrigatório nos países do Acordo de Schengen – sem ele você pode não passar na imigração. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício

Sou jornalista, tenho 29 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite “morar no aeroporto”. Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

2 comentários em O que fazer em Amalfi e Ravello: Costa Amalfitana

  1. Ola pessoal, Sou Mariana, brasileira e moro em Positano – Costa Amalfitana, trabalho com passeios de barco privativo ou coletivo para a Ilha de Capri e Pela Costa Amalfitana, dou orientações e dicas em geral. para melhores informações por e-mail [email protected] / whatsapp +393349129013. aguardo seu contato, abcs Mariana

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: