Passear e Azulejar: um tour e workshop de azulejos no Porto

Passear e Azulejar: um tour e workshop de azulejos no Porto

Entre as características mais charmosas de Portugal, sem dúvida a azulejaria merece uma posição de destaque. Não tem quem não ande por uma rua qualquer e fique imediatamente impressionado quando todas as casas e prédios são revestidos de azulejos coloridos, de padrões diferentes.

azulejo porto portugal

Descobrir sobre a história dessas peças, ver belos exemplos e entender melhor sobre azulejos no Porto é a proposta do tour Azulejar e Passear, organizado pela blogueira do Rita, do blog O Porto Encanta, com a ceramista Ninoska Trillo. Cada tour, que conta a história da azulejaria em Portugal desde o século 15 e até ao 21, faz uma rota diferente: não faltam ruas e prédios com azulejos no Porto.

No final do passeio, rola um workshop onde aprendemos a pintar a nossa própria peça: enquanto escrevo este post, o azulejo que eu mesma fiz decora a minha mesa.

azulejos porto portugal

azulejos porto portugal

Leia também: Visita ao Museu do Azulejo em Lisboa

O que fazer no Porto: roteiro de 3 dias

Onde ficar no Porto – dicas de hospedagem

Os azulejos chegaram em Portugal na época do reino de D. Manuel I, no século 15, com influência árabe. É que o rei visitou a Alambra de Granada e quis fazer o mesmo com o seu palácio em Sintra.  Entre os séculos 15 e 18 a produção dos azulejos era muito mais artesanal: todas as peças eram pintadas a mão. Infelizmente, porém, boa parte dos azulejos que estão nas fachadas hoje em dia são réplicas. É difícil encontrar casas que conservem os azulejos dos séculos 18 ou 19. Mas dentro das igrejas ou em alguns museus e prédios públicos, dá para encontrar painéis.

azulejos porto portugal

No hall da Biblioteca Municipal do Porto há painéis de azulejos dos século 17 e 18

Um lugar onde é possível admirar azulejos pintados a mão em grande quantidade é na Estação de São Bento. Esse é o local com maior número de azulejos por metro quadrado do mundo! Foram todos pintados a mão pelo artista Jorge Colaço, no início do século 20, e depois organizados nas paredes da entrada da estação.

azulejos porto portugal

Esse padrão azul e branco, tão comum nos azulejos portugueses, vem do século 16: é que a pintura é feita a base de água e descobriram então que o tom de azul não se mistura no forno. E aqueles padrões que incluem o amarelo? Bem a cor extra era sinônimo de poder e riqueza.

Os azulejos mais típicos do Porto são a versão em relevo, uma técnica tipicamente portuguesa. É necessário fazer um molde de barro para fazer o relevo, e levar duas vezes ao forno.

azulejos porto portugal

Azulejo do século 17

azulejos porto portugal

Réplica de azulejo num prédio na baixa 

A primeira fábrica de azulejos portugueses surgiu em Lisboa, no final do século 18. Por muito tempo, o azulejos no Porto e em Coimbra vinham de lá. Mais tarde, as cidades passaram a contar com as suas próprias fábricas: no Porto havia quatro ou cinco pontos de produção importantes.

Com a modernização das fábricas ficou mais barato e fácil fazer azulejos. Sabe essas versões desenhadas, com padrões muito iguais? Tratam-se de estampilhas ou decalques. São todos perfeitos, sem os erros e diferenças que uma peça pintada a mão teria. 

azulejos porto portugal

Uma das coisas que sempre me chamou a atenção no Porto são as igrejas revestidas de azulejos desenhados azuis. São várias delas espalhadas pela cidade, ó:

azulejos porto portugal

Capela das Almas

azulejos porto portugal

Capela de Nossa Sra da Saúde

A Ninoska explicou que apesar das igrejas serem mais antigas, os azulejos são da década de 1930 e 1940, quando virou moda fazer esse tipo de decoração. Geralmente, o padrão dos azulejos pintados nessas igrejas conta a história do santo ou santa a que se dedicam.

Depois desse tanto de informações, partimos para o workshop: todo o material é fornecido pelo tour. Aprendemos a pintar com três tons diferentes de azul, fazer sombras e degradê. E mesmo que você não tenha muito talento artístico, não tem problema, o padrão a ser pintado de azulejo segue um modelo preparado especialmente.

azulejos porto portugal

azulejos porto portugal

E foi assim que fizemos nossos azulejos enquanto tomávamos uma taça de vinho do porto, também incluída no passeio.

azulejos porto portugal

azulejos porto portugal

Foi uma experiência incrível caminhar pela cidade, observar os azulejos que tanto me encantavam e entender um pouco melhor sobre sua história e como são feitos. Se vocês também tiverem interesse em fazer esse tour, basta mandar um email para a Rita: [email protected]

azulejos porto portugal

O valor é €35 por pessoa.

Sou jornalista, tenho 29 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

5 comentários em Passear e Azulejar: um tour e workshop de azulejos no Porto

  1. Oi Luiza,estou acompanhando pelo noticiário sobre o incêndio em Portugal! Não conheço ninguém por ai, mas lembrei imediatamente de você!
    Você está bem?
    Estou preocupada!
    Mande noticias

      • Que bom que está bem!!
        Imagino a tristeza generalizada em todo País!
        Que Deus conforte o coração de todos…

        Sobre pintura no azulejo:

        Adorei, ótimo passa tempo, quase uma terapia… rs

        Beijo grande

        Cuide-se!

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: