Tags:
Atlas: Bariloche, Argentina

Circuito Chico e Cerro Campanário: o roteiro básico de Bariloche

Todo grande destino turístico tem seus trajetos e atrações básicas, o pacote elementar do que se deve fazer ali quando se chega pela primeira vez e não se conhece nada. Em Bariloche, esse trajeto é o Circuito Chico, um passeio de cerca de quatro horas que contorna o lado sul do Lago Nahuel Huapi e introduz o visitante às deslumbrantes paisagens da região.

O trajeto é amplamente oferecido pelas diversas agências de turismo da cidade por algo em torno de 180 pesos (mais ou menos 20 dólares em agosto de 2015) por pessoa, mas também pode ser feito por conta própria, de carro, transporte público, de táxi ou até mesmo de bicicleta, se o tempo estiver bom.

Veja também: Onde ficar em Bariloche, dicas de hotéis

Passeio Circuito Chico - Bariloche

Se você optar por ir por com a agência (foi o que fiz), pode escolher entre duas saídas diárias, às 9h ou às 15h. Como o trajeto não toma muito tempo, dá para combinar com outras atrações no mesmo dia, como um passeio pelo centro cívico ou outro tour de meio dia, por exemplo. Não recomendo, no entanto, que você combine o passeio Cerro Catedral, principalmente se você tiver interesse em se divertir na neve.

Quem optar por ir por conta própria, por outro lado, fica o tempo que desejar nas paradas e pode se programar para fugir dos horários em que os grupos vão invadir os locais, já que todos seguem mais ou menos o mesmo percurso. No inverno, recomenda-se que você esteja bem agasalhado, mas roupas impermeáveis são desnecessárias nesse trajeto (a menos que você esteja planejando se jogar na neve).

Vista Cerro Campanario - Bariloche

O Circuito Chico sai de Bariloche seguindo pela Av. Bustillo e já começa em grande estilo: a primeira parada é o Cerro Campanário, de longe a melhor vista que eu tive o prazer de ver na região. Para chegar até o topo, é preciso pegar o teleférico Aerosilla Campanário. Para isso, será necessário desembolsar mais 100 pesos, já que a subida não está incluída no preço do tour. Mas, te garanto: o visual lá de cima vale cada centavo. A subida dura sete minutos e é feita em cadeirinhas duplas, como as que a gente encontra em estações de esqui.

Vista Cerro Campanario - Bariloche

Circuito Chico - Cerro Campanario - Bariloche

O Cerro Campanário tem 1050 metros de altura e está a 17 km do centro de Bariloche. Dá para chegar lá de transporte público, tomando a linha 20. Dê preferência por fazer esse passeio em um dia claro, para apreciar bem a vista. Essa também é a razão pela qual é mais vantajoso fazer o tour pela manhã, quando a visibilidade é maior. Lá em cima há uma lanchonete quentinha, caso você precise descongelar um pouco antes de seguir viagem.

De lá, o trajeto segue a margem do lago até o famoso hotel Llao Llao e o Puerto Pañuelo. Infelizmente não é possível entrar no charmoso hotel de estrutura de madeira, apenas apreciar a construção do lado de fora e observar a vista incrível que se tem do estacionamento, de onde se pode ver o Cerro Tronador, um vulcão de 3.300 metros. Já o Puerto Pañuelo é o local de onde saem os passeios de barco pela região.

Circuito Chico - Bariloche

Alguns quilômetros adiante, paramos no Punto Panorâmico, outro lugar com vistas de tirar o fôlego. Dali, você tem um panorama do lago com o hotel Llao Llao ao fundo. Outro prato cheio para lotar o cartão de memória da câmera.

Alguns tours incluem também uma parada em uma loja de chá chamada Rosa Mosqueta, com claras intenções comerciais. Por sorte, porque tenho mega preguiça desse tipo de atividade, o meu passeio não passou por ali. Ah, só para constar, contratei o passeio com a recepção do meu hostel, o Hostel Inn.

Aviso: devido ao processo inflacionário pelo qual passa a Argentina, é possível que os preços que você vai encontrar não sejam mais os mesmos indicados neste post.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países e importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Circuito Chico e Cerro Campanário: o roteiro básico de Bariloche

    1. Olá Evellyn, como comprei o passei do Circuito Chico com a agência, fui pela manhã já que era a primeira parada do percurso. Eu gostei porque estava bem claro no momento, beneficiando a vista.

      Abraços

  1. Boa noite,gostaria de ir para Bariloche e Bunes agora em maiô vc poderia me orientar questão de valor estou indo só. Desde já muito obrigada.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.