fbpx

Como é o voo da TAM para Barcelona

“E neste momento o nosso voo será batizado”, disse o comandante. Foi ele falar isso e a água começou a bater na janela, lançada de dois caminhões que aguardavam a chegada da aeronave em solo espanhol. Foi o primeiro voo da TAM para Barcelona, partindo diretamente de São Paulo. O 360meridianos foi um dos veículos convidados pela empresa para participar da inauguração.

O voo partiu de Guarulhos nos últimos minutos do dia 1º de Outubro. Chegamos em Barcelona 11 horas depois – o pouso no aeroporto de Barcelona-El Prat ocorreu às 15h30 (horário local).

Veja também: Onde ficar em Barcelona 

voo tam Barcelona

Foi minha estreia em voos inaugurais. Além do batismo da aeronave, houve muitas coisas diferentes, feitas para marcar a ocasião. Por exemplo, todos os passageiros receberam um brinde na entrada da aeronave. Além disso, fomos recebidos com um Welcome Drink – uma taça de cava, típica bebida catalã. A tripulação, visivelmente emocionada, acabou contagiando os passageiros, que aplaudiram assim que o avião pousou (e bateram palmas novamente, no momento do batismo).

Embora isso tudo tenha tornado a experiência diferente e marcante, não tenho dúvidas em afirmar o seguinte: curti bastante o voo. Sei que nós, brasileiros, tendemos a ter um pé atrás de tudo que é feito por nossas empresas, não importa o ramo de atuação. Mas, numa boa, o voo foi bem melhor do que os que fiz para o Velho Continente com empresas europeias das mais tradicionais. Explico.

A aeronave

O voo foi num Boeing 767-300, com capacidade para 221 passageiros (191 na econômica e 30 na Premium Business). Para começo de conversa, gostei do espaço da cadeira na classe econômica. Não foi complicado esticar minhas pernas, como mostra a foto, e meus joelhos não bateram no banco da frente nem quando o outro passageiro resolveu reclinar a poltrona.

voo-tam-barcelona

Como é normal em voos intercontinentais, a melhor localização é nas fileiras da janela, que têm apenas duas cadeiras. Aí ou você fica na janela ou fica no corredor, com saída livre o tempo todo.

Um kit simples, com cobertor, travesseiro, meias, fones de ouvido e itens de higiene como escova e pasta de dentes, foi distribuído para todos os passageiros.

tam-voo

Por falar em fones de ouvido, palmas para o sistema de entretenimento de bordo individual, que tem 110 filmes, além de séries e outras programações. Nem todos os filmes têm legenda em português, o que pode dificultar um pouco quem não domina a língua da Rainha, mas mesmo assim é fácil achar algo para matar o tempo. Eu vi quatro filmes dentro da aeronave, dois na ida e dois na volta. Todos com legenda.

Como é o voo da TAM para Barcelona

Nisso, faço um parênteses: eu já fui para a Espanha com uma empresa aérea europeia sem sistema de bordo individual. E em voos em que o uso dos fones de ouvido era cobrado separadamente. E a tarifa da passagem, eu te garanto, não era nada low cost.

Voltando ao voo da TAM: Além disso, consegui carregar meu smartphone durante o voo, o que foi outro ponto positivo. Não há internet dentro do avião (quem sabe um dia, né), mas pelo menos fiquei feliz de não chegar em Barcelona sem bateria.

Veja também: O que fazer em Barcelona 

A comida

Pelas mais variadas questões, comida de avião é uma coisa complicada.  Depois de incontáveis voos em diferentes partes do globo, concluí que a questão mais importante é não comprometer. É comum que empresas aéreas ofereçam sempre uma opção de prato típico e outra mais, vamos dizer, basicona e de culinária internacional, que serve para agradar quem até quer provar outros sabores, mas não está disposto a começar a exploração culinária a milhares de metros do solo.

voo tam barcelona

Foi assim no voo da TAM. Havia uma paella, prato tradicional da Espanha, e uma massa. Eu fui de massa. Gostei da comida e não tenho do que reclamar. O cardápio, óbvio, pode variar de voo para voo. Como é costume em voos longos, também havia vinhos, sucos, refrigerantes, cervejas e mais um monte de opções. O café da manhã foi bem mais simples, mas não comprometeu.

voo-tam-café

Avaliação final

É o que eu disse antes: o voo é bom e confortável. E brasileiros que não dominam outros idiomas ainda têm a facilidade de voar numa empresa que tem o português como língua oficial.

O fato de ser um voo direto é muito positivo para quem tem Barcelona como destino final, ganhando tempo e eliminando a conexão, muitas vezes feita em Madrid. E, além de Barcelona, você pode aproveitar o voo para conhecer outras cidades da Catalunha. Ou pode seguir de lá para o sul da França, de carro, ou para outras capitais da Europa, de avião.

No fim das contas, eu sei que uma máxima que nunca vai deixar de valer é a do preço. Por isso, sempre pesquise os valores das passagens, em várias companhias aéreas, antes de fechar sua viagem.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.

*Sim, eu viajei como convidado da TAM, mas a opinião, como sempre ocorre aqui no blog, é sincera e minha. 

Inscreva-se na nossa newsletter

Avalie este post

Compartilhe!







Eu quero

Clique e saiba como.

 




Rafael Sette Câmara

Sou de Belo Horizonte e cursei Comunicação Social na UFMG. Jornalista, trabalhei em alguns dos principais veículos de comunicação do Brasil, como TV Globo e Editora Abril. Sou cofundador do site 360meridianos e aqui escrevo sobre viagem e turismo desde 2011. Pelo 360, organizei o projeto Origens BR, uma expedição por sítios arqueológicos brasileiros e que virou uma série de reportagens, vídeos no YouTube e também no Travel Box Brazil, canal de TV por assinatura. Dentro do projeto Grandes Viajantes, editei obras raras de literatura de viagem, incluindo livros de Machado de Assis, Mário de Andrade e Júlia Lopes de Almeida. Na literatura, você me encontra nas coletâneas "Micros, Uai" e "Micros-Beagá", da Editora Pangeia; "Crônicas da Quarentena", do Clube de Autores; e "Encontros", livro de crônicas do 360meridianos. Em 2023, publiquei meu primeiro romance, a obra "Dos que vão morrer, aos mortos", da Editora Urutau. Além do 360, também sou cofundador do Onde Comer e Beber, focado em gastronomia, e do Movimento BH a Pé, projeto cultural que organiza caminhadas literárias e lúdicas por Belo Horizonte.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

10 comentários sobre o texto “Como é o voo da TAM para Barcelona

  1. Olá Rafael,

    Primeiramente parabéns pela página e pelo post. Gostaria de saber que horas mais ou menos foram servidas as refeições, pois iremos pegar esse mesmo voo.

    Obrigada.

  2. Fiquei muito feliz que tenha gostado do voo! Sou meio suspeita pra falar (sou comissária da TAM kkkk) mas achei bem legal o q eles fizeram com o voo inaugural!

  3. Super interessante os seus apontamentos acerca dessa experiência.
    Deu vontade de viajar… Como sempre quando leio algum post de vocês.

  4. Gosto deste tipo de reportagem relacionada a aeronaves, voos e viagens. Sou descendente de espanhol e veio bem a calhar.
    Gostaria de receber mais notícias relacionadas.
    Obrigado.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.