Tags:
Atlas: África do Sul, Cape Town

Onde ficar em Cape Town: dicas de hotéis e bairros

Escolher com cuidado onde ficar em Cape Town é uma tarefa crucial, especialmente se você está preocupado em se manter no orçamento. O problema é que o sistema de transporte público da cidade é bastante deficiente. Os ônibus não passam para todos os lugares e nem com uma frequência razoável. Aos domingos e feriados, muitos simplesmente não circulam, e os trens rodam com frequência reduzida nesses dias.

Vai viajar? Não deixe de contratar um bom seguro de viagem para a África do Sul. Saiba como escolher um seguro eficiente para países africanos e garanta um cupom de desconto

Onde ficar em Cape Town: as principais regiões

  • Long Street e ruas adjacentes
  • City Bowl
  • Green Point
  • Waterfront
  • Subúrbios do Sul
  • Camps Bay
  • Wineland

A geografia da cidade, que cresceu ao redor das montanhas, contribui para tornar longa uma viagem entre bairros nem tão distantes. Escolha a hospedagem errada e pronto: você corre o risco de ficar ilhado. Os melhores lugares para quem não quer fazer muitas viagens de táxi são a Long Street e as áreas mais centrais do City Bowl. Ainda assim, é provável que você faça algumas corridas para lugares mais distantes. Green Point e Waterfront também são boas escolhas para quem quer facilidade na hora de se locomover. Se você não se importa em andar de táxi para cima e para baixo, aí o leque é bem mais amplo. Veja agora a descrição de onde ficar em Cape Town, bairro por bairro.

Long Street: a rua mais agitada da cidade

Onde ficar em Cape Town - Long Street

 Foto: Wikimedia Commons/Ossewa

A Long Street é provavelmente a rua mais badalada da Cidade do Cabo. Por ali é possível encontrar uma grande concentração de hotéis, hostels, bares e restaurantes para todos os bolsos. É o lugar favorito de muitos viajantes, em especial os mochileiros, que aproveitam a localização para fugir um pouco dos problemas de transporte da cidade. Ainda que você não seja esse tipo de turista mão de vaca, é possível encontrar um lugar para você por lá.

Ali você terá fácil acesso a região histórica, ao Waterfront e a bairros turísticos como o Bo-Kaap, além de não precisar ir para longe de casa se quiser sair de noite. O inconveniente, na verdade, é justamente esse. Com uma vida noturna agitada, alguns hotéis podem ser um pouco barulhentos.

Encontre hotéis na Long Street

Bo-Kaap: a charmosa vizinhança de imigrantes

o que fazer em cape town bo kaap

Próximo à Long Street está o bairro de Bo-Kaap, uma charmosa vizinhança construída por imigrantes de maioria muçulmana que fugiram da perseguição que sofriam no Sudeste Asiático. As casinhas ali, pequenas e simples, foram pintadas em tons vibrantes depois do apartheid para simbolizar a diversidade étnica da região. O lugar tem uma localização bem central perto dos principais pontos de interesse e com fácil acesso ao transporte público, e tem as mesmas vantagens da Long Street: hospedagens com preços camaradas, agito e gente de todas as partes

Encontre hotéis em Bo-Kaap

City Bowl: perto de tudo o que importa

City Bowl - Onde ficar em Cape Town

 Foto: Creative Commons/Danie van der Merwe

A região fica próxima às praias, à Long Street e ao badalado Waterfront, local de compras, entretenimento e com ótimos restaurantes. Os hotéis ali costumam ter uma vista maravilhosa da cidade, mas, convenhamos, isso não é uma coisa difícil em Cape Town. A vizinhança é grande e compreende outras áreas menores. Quanto mais próximo o hotel for do centro, mais fácil vai ser sua locomoção.

Essa pode ser uma alternativa para quem quer ficar perto da Long Street, mas sem sofrer com o barulho das baladas. Como a região é grande, olha no mapa para ter certeza que seu hotel fica onde você quer. Uma boa ideia também é escolher um lugar na encosta da montanha, nas áreas de Oranjezicht, Higgovale, e Tamboerskloof, por causa da vista maravilhosa. Mas cuidado: existe um sério risco de você se apaixonar pela cidade e nunca mais querer voltar pra casa.

O lugar possui opções tanto para quem viaja com pouca grana quanto para quem pode gastar mais.

Encontre hotéis em City Bowl ou busque na área de Oranjezicht

Green Point: o bares descolados e boa oferta hoteleira

Esse é, depois da Long Street, o segundo melhor lugar para viajantes que curtem uma balada. Pertinho do Waterfront e com uma grande concentração de boates, bares e restaurantes, o lugar agrada a a todos os gostos. É uma área popular entre a comunidade GLBT, entre a juventude descolada e turistas.

As hospedagens ali são mais caras que na Long Street, com hotéis entre três e cinco estrelas. Ainda assim, é possível encontrar alguns bed and breakfeast e até mesmo hostels. A localização também é conveniente, embora seja preciso andar um pouco para chegar na estação central de ônibus e trens.

Encontre hotéis em Green Point

Waterfront: o principal centro de entretenimento de Cape Town

V&A Waterfront - Onde ficar em Cape Town

O Victoria & Alfred (V&A) Waterfront é uma das mais famosas atrações de Cape Town. Mesmo que você não fique ali, tenho certeza que o lugar vai entrar no seu roteiro. São restaurantes descolados, lojas de grife, de artesanato, roda-gigante, cinema e várias outras opções de entretenimento. Tudo junto e pertinho de você. Os hotéis localizados ali possuem ainda uma vista incrível, tanto da Table Mountain quanto das águas geladas do Atlântico.

O Waterfront é mais frequentado por turistas que por sul-africanos – o povo local que você vê por ali é normalmente de uma classe bastante  abastada. Depois dessas informações você já deve imaginar que os preços dos hotéis não são os mais amigáveis. Viajantes econômicos ficarão melhor acomodados em outras áreas da cidade. Além dos preços dos hotéis, o deficiente sistema de transporte público de Cape Town vai tornar o uso de táxis praticamente obrigatório para quem ficar ali.

Encontre hotéis em Waterfront

Subúrbios do Sul: tranquilidade e beleza

Fora da parte central de Cape Town existem três subúrbios que valem a pena checar, principalmente porque o preço das diárias podem cair bastante longe da região mais badalada e visada por turistas. Woodstock é um distrito mais industrial e sem muitos atrativos, porém é um bairro emergente da cidade, com um mercado interessante aos sábados.

Encontre hotéis em Woodstock

Já o Observatory foi onde eu morei na minha curta vida na Cidade do Cabo. É um bairro universitário, próximo a UCT (University of Cape Town), cheio de cafés, restaurantes e gente jovem. O legal lá é que você pode se misturar à vida e à noite local, longe dos badalados bares cheios de turistas do centro. Ele está há apenas 10 minutos de trem da região central. Porém em fins de semana e feriados, você fica praticamente ilhado no bairro.

Encontre hotéis em Observatory

Por último, o Constantia é um bairro luxuoso e exclusivo, próximo às vinícolas mais antigas de Cape Town. É um lugar para quem quer tranquilidade e luxo. É uma escolha frequente entre os ricos e famosos que visitam a cidade. Se você prefere um lugar luxuoso, mas mais próximo ao burburinho, melhor escolher uma acomodação na Camps Bay.

Encontre hotéis em Constantia

Camps Bay: um gostinho de Bervely Hills

Camps Bay - Cape Town

Camps Bay pode ser considerada a Bervely Hills da África do Sul. São mansões, gente famosa e estilosa, conversíveis, restaurantes deliciosos – e caros – uma praia incrível e a Table Mountain emoldurando tudo isso. Se convenceu? Espere então pagar um pouco mais para ficar nos também luxuosos hotéis dali.

Encontre hotéis em Camps Bay

Onde ficar em Cape Town: Wineland, as vinícolas ao redor da cidade

Vinículas de Cape Town

Visitar as vinícolas ao redor de Cape Town é um dos programas mais deliciosos da cidade. Apesar de ser possível fazer esse passeio em um dia, algumas pessoas aproveitam para dormir nessa área bucólica e desfrutar um pouco mais da paz e tranquilidade que a região tem para oferecer. Se você ainda não conhece a cidade, não é um boa ideia concentrar toda a sua estadia nessa região, porém pode ser uma experiência e tanto passar uma ou duas noites por ali.

Se você quer essa experiência, existem três cidadezinhas boas para te receber. A cidade universitária de Stellenbosch é uma delas. Localizada a apenas 45 minutos do aeroporto de Cape Town, ela é o centro cultural da região e também a que produz alguns dos melhores vinhos.

Encontre hotéis em Stellenbosch

Um pouco mais afastada, Franschhoek possui uma das mais bonitas vinícolas do vale, além de uma robusta infraestrutura turística, que inclui uma alta concentração de restaurantes premiados.

Encontre hotéis em Franschhoek

Mais distante ainda está Tulbagh, um vilazinha agradável, despretensiosa e com ótimas acomodações a preços inacreditáveis.

Encontre hotéis em Tulbagh

Ao fazer sua reserva a partir dos links listados aqui, o blog ganha uma pequena comissão. Essa é uma forma de ajudar e valorizar o trabalho do 360meridianos, mas você não paga nada a mais por isso. Para mais detalhes, veja as políticas do blog. Em caso de dúvida, deixe um comentário. Teremos prazer em ajudá-lo.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.