fbpx
Tags:
Atlas: Brasil

O que fazer na semana santa: destinos com voos por R$ 400

Tem feriadão chegando! Eu sei, parece que ontem ainda estávamos pulando carnaval, mas a verdade é que a Semana Santa já começa a aparecer ali na esquina. Como a gente sempre diz aqui no 360, é possível viajar pelo Brasil gastando pouco, inclusive nos feriados e alta temporada. Só que nesse caso o ideal é reservar com antecedência – quem se programou em dezembro ou janeiro vai viajar no modo ultra econômico no próximo feriado.

Mas ainda dá tempo para você fazer as malas e aproveitar a Semana Santa longe de casa. Se as passagens mais baratinhas já acabaram, achamos trechos para várias cidades brasileiras por até R$ 400, ida e volta. Também encontramos opções de hospedagem com 30% de desconto nessas cidades. Basta escolher seu destino favorito, esperar o feriado chegar e fazer as malas.

Antes de seguirmos para a parte prática, duas informações importantes: o feriado de semana santa em 2016 será na sexta-feira, 25 de março. Como muita gente tem folga também na quinta, pensamos em viagens entre os dias 24 (quinta) e 27 (domingo). Quer viajar antes, voltar segunda ou algo do tipo? É possível que a tarifa fique mais barata. Use os buscadores de passagens aéreas para fazer suas pesquisas. Além disso, lembre-se que os preços variam conforme a demanda.

Semana Santa em Belo Horizonte e Ouro Preto

Pode dizer que estou puxando o saco da minha cidade natal, mas BH é um baita destino para o próximo feriadão. Fora que as passagens para a capital mineira, a partir de várias partes do Brasil, estão entre as mais baratas que você vai encontrar para a Semana Santa: a partir de R$ 300, ida e volta.

A rede hoteleira, ampliada por conta da Copa, tem feito promoções frequentes para aumentar a ocupação, com diárias no quarto duplo em hotéis três estrelas saindo por até R$ 130 – e ainda dá para economizar mais, caso você prefira ficar em hostels.

Veja também: Onde ficar em Belo Horizonte, os melhores bairros 

Hospedagem em promoção em BH durante a Semana Santa, no Booking

Bairro Mangabeiras, Belo Horizonte

Belo Horizonte 

Roteiro em BH durante a Semana Santa

Tente chegar na quinta-feira, até a hora do almoço. Assim que você deixar o longínquo Aeroporto de Confins para trás, largue sua mala no hotel e corra para o Mercado Central de BH, um dos melhores mercados públicos do Brasil (pra mim, só o Ver-o-Peso, em Belém é mais interessante). Na dúvida de onde almoçar, procure o Casa Cheia e peça, entre outras coisas, uma porção de Almôndegas Exóticas.

Depois de visitar e o mercado e já de barriga cheia, caminhe até a Avenida Afonso Pena, conheça o centro de BH e depois siga para a Praça da Liberdade, que tem museus e centros culturais de primeira grandeza, como o Memorial Minas Gerais. Você pode aproveitar o fim do dia para conhecer a Praça do Papa e o Mirante do Mangabeiras, com direito a pôr do sol mineiro. Quando a noite chegar, corra para os botecos da cidade – BH foi apontada pelo The New York Times como a capital mundial dos bares, com cerca de 12 mil estabelecimentos.

A partir daí você tem duas opções: pode continuar em BH, aproveitando a sexta para conhecer a Lagoa da Pampulha e o Mineirão. No sábado um programa interessante é visitar a Cervejaria da Walls, enquanto domingo é dia de Feira Hippie na capital mineira, ocupando parte da Avenida Afonso Pena, a principal da cidade. Se sobrar tempo, inclua o Museu de Artes e Ofícios e o Parque dos Mangabeiras na sua programação.

Prefere sair de BH? Você pode ir ainda na sexta para Ouro Preto e passar a noite lá, voltando para a capital no dia seguinte. Há ônibus diários entre as duas cidades (R$ 33 /1h30) e as diárias de hotéis na cidade histórica giram em torno de R$ 180 o quarto duplo.

Veja também: O que fazer em Ouro Preto

Onde ficar em Ouro Preto

Ouro Preto MG

Ouro Preto

E ainda dá tempo de encaixar Inhotim na programação, indo ou não para Ouro Preto. Vale a pena. Inhotim está em Brumadinho, a apenas 57 km de BH. Você pode ir de carro ou de ônibus, a partir da rodoviária. Viu como essa viagem para BH vai render?

Semana Santa em Porto Alegre e Gramado

Eu sou fã de Porto Alegre. A capital gaúcha tem atrações para o feriado inteiro – e vai faltar tempo. E a hospedagem lá não é cara: achei hotéis na faixa dos R$ 150 o quarto duplo, isso em pleno feriado. Se quiser economizar ainda mais, não faltam hostels na Cidade Baixa, bairro repleto de bares e com vida noturna interessante.

Veja também: Onde ficar em Porto Alegre 

Hotéis em promoção em Poa durante a Semana Santa, no Booking

passeio de barco em Porto Alegre

Porto Alegre 

Roteiro em Porto Alegre durante a Semana Santa

Se você chegar em Poa na hora do almoço, corra para o Mercado Público e coma por lá. Depois, aproveite para conhecer a pé o centro histórico da cidade. Não deixe de visitar a Casa de Cultura Mário Quintana e a Usina do Gasômetro, o melhor lugar para curtir o pôr do sol. Depois, siga para um dos muitos bares da Cidade Baixa.

No dia seguinte você pode fazer um passeio de barco pelo Guaíba, conhecer a Fundação Iberê Camargo e dar um pulinho na Rua Gonçalo de Carvalho, para muitos a mais bonita do mundo. Passar pela Redenção, parque no coração da cidade que aos domingos recebe o Brique, uma feira de artesanato, é outro programa interessante, assim como visitar os estádios do Grêmio e do Inter.

Como chegar em Gramado

Gramado

E você ainda pode aproveitar a ocasião para conhecer Gramado e Canela, que estão a 125 km da capital. O problema é só a hospedagem, que tende a ser mais cara em Gramado por conta do feriado. Se o bolso apertar, faça um bate-volta ou procure por hotéis em Canela, onde os preços são mais interessantes.

Veja também: Como chegar em Gramado a partir de Porto Alegre 

Onde ficar em Gramado

Semana Santa em São Luís e nos Lençóis Maranhenses

Eu passei a Semana Santa do ano passado no Maranhão. Como eu tive alguns dias além do feriado em si, pude conhecer a capital, fazer um bate-volta para Alcântara e ainda passar alguns dias em Barreirinhas, porta de entrada para os Lençóis Maranhenses. Com apenas os quatro dias do feriado a viagem ficaria bem mais corrida, mas possível.

Veja também: Onde ficar em São Luís 

Hotéis em promoção em São Luís durante o feriado, no Booking

Centro Histórico de São Luís

São Luís 

Roteiro para passar a Semana Santa no Maranhão

A ideia é não dormir em São Luís na primeira noite, mas seguir para Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses. Se você chegar cedo na quinta, poderá aproveitar para conhecer o Centro Histórico de São Luís, que é enorme – são quase três mil casarões. No fim do dia siga para a rodoviária e pegue um ônibus para Barreirinhas. Outra opção é ir de van, num serviço oferecido por agências de viagem.

Por mais que essa não seja a melhor época para visitar os lençóis, que não estarão completamente cheios, eles continuam lindos. Tire um dia para visitar o Parque Nacional, passeio que precisa ser feito com uma das agências locais. No outro dia pode ser uma boa fazer o passeio de barco que vai até a Praia do Caburé e aos Pequenos Lençóis. A diária econômica de um hotel nos lençóis maranhenses fica na casa dos R$ 200 o quarto duplo.

Veja também: Como chegar em Barreirinhas 

Hotéis em promoção nos Lençóis Maranhenses no feriado, via Booking 

o que fazer em barreirinhas

Lençóis Maranhenses

Volte no fim do sábado para São Luís e passe o domingo lá. Se já tiver conhecido o centro histórico, aproveite para conhecer a Lagoa da Jansen e a  Praia do Calhau.

Semana Santa em São Paulo

Ok, a proposta é pouco chamativa se você for da capital paulista. Mas é impressionante pensar no monte de gente que não é de Sampa e que ainda não conhece nossa maior metrópole. Se esse for o seu caso, uma boa notícia: as passagens para São paulo, até mesmo por conta da grande disponibilidade de voos, estão entre as mais baratas que você pode encontrar. E como o turismo de negócios tira férias na Semana Santa, os hotéis estão com preços interessantes.

Veja também: Onde ficar em São Paulo, os melhores bairros da cidade

Hotéis em promoção em SP durante a Semana Santa, no Booking 

mirante em São Paulo

Roteiro para passar a Semana Santa em São Paulo

Depois de recuperar sua mala na esteira, ir para o hotel e fazer o check-in, eu correria para o Liberdade, um dos meus bairros favoritos na capital paulista. Esse é o maior reduto da comunidade japonesa em São Paulo, fato que fica claro pelos letreiros da lojas, pelos jornais nas bancas e, claro, pelas pessoas. Perambule pelas lojas do Liberdade até a fome apertar. Quando isso ocorrer, escolha um dos muitos restaurantes que funcionam no bairro para almoçar.

Veja também: Onde comer no Liberdade

Guia de lojas do Liberdade

Se sobrar tempo, aproveite que você está pertinho do centro para observar São Paulo do alto de um de seus mirantes. A entrada nos edifícios Martinelli e Banespa é de graça. Por ali ficam também a Caterdal da Sé, o Patteo do Colégio e o Mosteiro de São Bento, entre outras atrações. Termine a noite num dos bares e restaurantes da região de Pinheiros ou da Vila Madalena.

Veja também: Tour pelo centro de São Paulo

o que fazer na semana santa

No dia seguinte você pode conhecer o Ibirapuera e passar pelo Museu do Futebol, no Pacaembu, um dos melhores museus da cidade (ainda mais depois que o da Língua Portuguesa fechou por conta de um incêndio). A Avenida Paulista é uma boa para o domingo, assim como o MASP. E você ainda pode visitar a Pinacoteca, o Mercadão, o Theatro Municipal, dar uma passadinha na Oscar Freire (e muito mais).

Semana Santa em Curitiba

Curitiba é uma das cidades mais bonitas do Brasil. E, veja só, está pertinho de você. E a uma passagem de avião nem tão cara assim de distância. A hospedagem para o feriado fica na casa dos R$ 180 pelo quarto duplo de um hotel três estrelas, mas achei tarifas por até R$ 120 em bons estabelecimentos.

Veja também: Onde ficar em Curitiba 

Hotéis em promoção em Curitiba durante o feriado, no Booking

vista curitiba 

Roteiro para passar a Semana Santa em Curitiba

A atração número um de Curitiba é o Jardim Botânico. É ali que fica aquela estrutura branca, uma estufa, cercada por jardins e que se tornou o principal cartão-postal de Curitiba. Dica esperta: não confunda o Jardim Botânico com a Ópera de Arame, um teatro com capacidade para 2.400 pessoas que fica em outra região da cidade. E que também vale a visita. Outra atração importante é o Museu do Olho, cujo nome oficial é Museu Oscar Niemeyer. O foco ali são as artes visuais.

Gaste seu tempo desvendando cada um dos muitos parques de Curitiba. A Luíza, que esteve várias vezes na cidade, gosta bastante do Barigui. O Bosque Alemão, o Parque Tanguá e o Passeio Público, no centro da cidade, são outras opções. E tire um dia para andar pelo centro. A Rua XV é um calçadão com canteirinhos floridos, o que rende o apelido desse local – Rua das Flores. Ali você vai achar lojas, cafés e restaurantes.

Por fim, há as atrações ao redor de Curitiba. A Ilha do Mel é um dos destinos mais tradicionais – o acesso à ilha está a 120 km do aeroporto de Curitiba. Eu não conheço, mas a Carol, do blog Mochilão Trips, tem um guia detalhado sobre a ilha. Essa não é uma viagem que funcione no esquema bate-volta ´- o melhor é passar uma noite lá.

E aí? Gostou das dicas? Então se prepare, porque em abril tem outro feriadão, o de Tiradentes, no dia 21, que cai numa quinta-feira. Começar a planejar agora pode garantir preços ainda melhores.

Avalie este post

Autor

  • Rafael Sette Câmara

    Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.


Compartilhe!







Banner para newsletter gratuita

Receba grátis nosso kit de Planejamento de Viagem

Eu quero!

 

 




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “O que fazer na semana santa: destinos com voos por R$ 400

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.