fbpx
Tags:

9 vulcões ativos no mundo para você visitar

Vulcões são assustadores e fascinantes. São uma lembrança de que o planeta está em constante mudança e que a qualquer momento nada mais será como antes. Filosófico, né? Depois que estive em Pompéia, na Itália, no início do ano, fiquei pensando por que diabos tem tanta gente que continua morando em volta de um vulcão que está ativo e pode explodir a qualquer momento, sem dar nenhum aviso. Ainda mais numa região onde o vulcão – o Vesúvio, no caso – é conhecido por ter vaporizado as pessoas instantaneamente (insira aqui um emoticon de horror).

Resolvi pesquisar outras cidades que têm como vizinho instável vulcões ativos no mundo, lugares que podemos visitar e que, com um pouco de sorte, não entrarão em erupção no momento da visita. A lista foi baseada no programa “Decade Volcanoes“, da ONU, que visa estudar de perto vulcões com alta capacidade destrutiva e próximos a áreas povoadas.

9. Vesúvio, na Itália

por do sol napoles inverno europeu

Nápoles é uma das maiores cidades da Itália. Há uma linha de trem que liga a metrópole às cidades ao redor, chamada circumvesuviana. Parece até piada, levando em consideração que o Vesúvio é um dos vulcões mais famosos da história da humanidade. E que Pompéia, Herculano e outras ruínas estão lá, até hoje, atraindo turistas do mundo inteiro para lembrá-los da força dessa montanha gigantesca.

A última vez que o Vesúvio entrou em erupção foi em 1944. Ao entorno do Vesúvio existem 3 milhões de habitantes. É possível subir até a cratera do vulcão, para isso basta pegar uma das vans que ficam na saída da estação de trem de Herculano. Lembre-se que você precisará subir a montanha a pé.

8. Etna, também na Itália

Vulcões ativos no Mundo Etna

Esse é o maior e mais ativo vulcão da Europa. Tão ativo que verificaram explosões nele em quase todos os meses de 2014. O Etna tem, segundo o Smithsonian, um dos mais longos registros históricos de vulcanismo no mundo, desde 1500 antes de Cristo.

Essa gracinha é três vezes maior que o Vesúvio e está localizado em Catânia, a segunda maior cidade da Sicília, que tem mais de 1 milhão de habitantes.

Mesmo com tantos perigos, o Monte Etna é ponto turístico: você pode esquiar lá no inverno ou subir a montanha no verão, nos dias de bom tempo (costuma ser frio, mesmo na temporada de calor).

7. Monte Rainier, nos Estados Unidos

Vulcões ativos no Mundo Rainier

Foto: Joe Mabel- CC BY-SA 3.0

O Monte Rainier fica no Estado de Washington, nos Estados Unidos,  e caso explodisse hoje, atingiria umas 9 cidades, incluindo Seattle, que tem uns 3 milhões de habitantes na região metropolitana. A questão é que além de muito alto, o vulcão fica numa zona glaciar, ou seja, está coberto por várias camadas de gelo. Isso significa, na prática, que numa erupção, a mistura da lama com o vapor d’água criaria uma espécie de avalanche mortífera chamada Lahar. A última erupção desse vulcão ocorreu em 1894.

Por se tratar de um glaciar, escalar o Monte Rainier é coisa de profissional. Mas os turistas podem praticar esportes de inverno e caminhadas no Parque Nacional que o circunda.

6. Galeras, na Colômbia

Vulcões ativos no Mundo Galeras

Foto: Jorgelrm – CC BY-SA 3.0

Um dos vulcões mais ativos da Colômbia, o Galeras fica nos arredores de San Juan de Pasto, uma cidade com cerca de 600 mil habitantes. A primeira erupção documentada no Galeras foi em 1580 e a montanha não parou de explodir ao longo dos séculos. Em 1993, uma explosão repentina matou nove pessoas, entre elas 5 cientistas que estavam perto da cratera recolhendo amostras. A última erupção ocorreu em 2013.

5. Monte Merapi, na Indonésia

Monte Merapi Indonésia

Foto: Lee Siebert, 1995 (Smithsonian Institution)

A Indonésia é o país que mais tem vulcões no mundo inteiro. Ou seja, é até difícil não estar perto de um vulcão se você for conhecer alguma ilha do país. Dentre tantos, o Monte Merapi reina como o mais ativo. Na terra de Krakatoa, isso quer dizer muita coisa. O Merapi fica na Ilha de Java, uma das áreas mais densamente povoadas do planeta.

Basicamente, o Merapi está em atividade constante, com fumaça visível todos os dias. A última explosão violenta, em 2010, matou 304 pessoas. Se você se aventurar pela região de Yogyakarta, fique esperto.

4. Sakurajima, no Japão

Vulcão no Japão

Foto: Dick Stoiber, 1981 (Dartmouth College)

Imagina um vulcão que está em erupção desde 1955? Prazer, Sakurajima. O vulcão fica numa cidade chamada Kagoshima, que tem cerca de 600 mil habitantes e é conhecida como a Nápoles do Oriente. As cinzas expelidas constantemente pelo vulcão sobem a até 5 quilômetros de altura. Como o pessoal no Japão é muito organizado, a cidade faz testes de evacuação regulares e tem diversos abrigos.

O local onde fica o vulcão é circundado pelo Parque Nacional de Kirishima-Yaku, que possui estâncias de águas termais.

3. Colima, no México

Colima_volcano

 Foto: Domínio Público – James Allan, Smithsonian Institution

O que é pior do que um vulcão ativo? Dois vulcões ativos! O Complexo Vulcânico de Colima tem um dos vulcões mais ativos da América do Norte, o Vulcão de Colima, em erupção há 12 anos, com explosões que chegam a cobrir de nuvens uma área de 200 km. Além deste, também há o Nevado de Colima, que chega a 4 mil metros de altitude.

O complexo de vulcões fica na divisa dos estados de Colima e Jalisco, uma região com cerca de 500 mil habitantes.

2. Monte Nyiragongo, na República Democrática do Congo

Vulcão no Congo

Foto: Caitjeenk – CC BY-SA 3.0

Esse assustador vulcão no Congo foi formado por dois antigos vulcões sobrepostos e abriga em sua cratera um lago de lava semi-permanente. Nenhum outro vulcão do mundo tem essa característica. Em 1977, a parede da cratera rachou e a lava fluiu a 100 km por hora, inundando vilas no caminho, além de Goma, uma cidade que tem 1 milhão de habitantes.

Junto com um vulcão vizinho, o Nyamuragira, são responsáveis por 40% da atividade vulcânica em todo continente africano. A última erupção do Nyirayongo começou em 2002 e só parou em 2014, deixando 120 mil pessoas desabrigadas. O parque nacional onde o vulcão fica localizado é uma das poucas atrações turísticas oficiais no país.

1. Santorini, na Grécia

Santorini Grécia Vulcão

Foto: Klearchos Kapoutsis  CC BY 2.0

Pois é, minha gente, um dos destinos turísticos mais românticos do mundo é considerado um vulcão perigoso. Vocês sabiam? Eu não! Quer dizer, eu até sabia que Santorini, na Grécia, estava no topo de uma antiga caldeira vulcânica. O que eu não sabia é que essa caldeira, que está majoritariamente submersa, ainda é considerada ativa, atualmente dormente.

A maior erupção que ocorreu ali foi no século 17 antes de Cristo, tão forte e tão poderosa, que destruiu toda a civilização que vivia ali e dizem que gerou a lenda de Atlântida. A última erupção que ocorreu em Santorini foi bem menor e mais fraquinha, em 1950.

Avalie este post

Autor

  • Luiza Antunes

    Sou jornalista, tenho 34 anos e atualmente moro na Inglaterra, quando não estou viajando. Já tive casa nos Estados Unidos, Índia, Portugal e Alemanha, e visitei mais de 45 países pelo mundo afora. Além de escrever, sempre invento um hobbie novo: aquarela, costura, yoga... Siga minhas viagens em @afluiza no Instagram.


Compartilhe!







Banner para newsletter gratuita

Receba grátis nosso kit de Planejamento de Viagem

Eu quero!

 

 




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 34 anos e atualmente moro na Inglaterra, quando não estou viajando. Já tive casa nos Estados Unidos, Índia, Portugal e Alemanha, e visitei mais de 45 países pelo mundo afora. Além de escrever, sempre invento um hobbie novo: aquarela, costura, yoga... Siga minhas viagens em @afluiza no Instagram.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

5 comentários sobre o texto “9 vulcões ativos no mundo para você visitar

  1. Bem interessante. Fui no Vesuvio e gostaria de ter ido no Etna. Esse do Congo é um espetáculo da natureza, dá pra ver as crostas de lava endurecida se comportando como miniaturas das placas tectônicas (vi isso num documentário). Faltou falar do Kilauea no Hawaii, vulcão com erupção permanente e cuja lava flui constantemente em direção ao mar, esse está na minha lista. Abraço.

  2. Boa tarde. Muito legal a matéria. Talvez preparar outra com o Chile seria interessante, dado que dois vulcões entraram em erupção recentemente e muitos brasileiros viajam para o Chile em junho-julho-agosto. Abraços.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.