Como acumular milhas aéreas

Atualizado em novembro/2017 – Que atire a primeira pedra quem não adora um brinde, mesmo que a gente saiba que provavelmente pagou por cada centavo daquele mimo. No caso dos programas de milhagem, são as passagens aéreas “de graça” oferecidas pelas companhias que despertam nosso mais profundo desejo. No entanto, quem já tentou viajar assim sabe que o processo pode ser chato, demorado e, muitas vezes, frustrante. Na hora de tentar acumular e resgatar suas milhas, é preciso conhecer muito bem as regras das companhias. É por isso que a gente preparou esse guia que vai te ajudar a tirar o melhor proveito dos programas de milhagem.

Passo um: Escolha o programa de milhagem que mais combina com você

Programas de milhagem trabalham com o conceito de fidelidade e, por isso, você tem que estar inclinado a dar preferência a uma companhia antes de começar a acumular milhas. Por isso, antes de sair se cadastrando em todos os programas que você vê pela frente, leia as regras nos sites das companhias que você mais voa e decida qual delas oferece as melhores condições para você. Claro que você pode ser filiado a mais de um programa, mas escolher um “favorito” pode te ajudar a tirar maior proveito das milhagens.

Existe muito mais a se levar em conta do que o lanchinho que a empresa X oferece durante o voo. É preciso considerar, por exemplo, se ela faz parte de alguma aliança que permite que você resgate passagens nas companhias parceiras, ou se ela voa para os destinos que você gostaria de visitar. Outros pontos importantes são: essa empresa permite que você acumule pontos com cartão de crédito? Ela tem parcerias com estabelecimentos que te interessam? Qual o tempo mínimo de “carência” até que você possa utilizar suas milhas? Qual o número mínimo de milhas necessárias para resgatar uma passagem?

Experiência de viagem avião

Para te ajudar nessa difícil empreitada, listei abaixo os principais programas de milhas de empresas que atuam no Brasil:

TAM Fidelidade

Nesse programa, as milhas valem por um ano. Para resgatar uma passagem de voo doméstico, em geral é preciso de 10 mil milhas, mas já vi algumas promoções de resgate com milhas reduzidas. Destinos internacionais giram em torno de 15 mil, para a América Latina, e 40 mil para a Europa em alta temporada.

Como a TAM faz parte da One Worldvocê pode acumular e resgatar milhas em qualquer uma das 15 companhias parceiras, como a Britsh Airways, a Iberia e a Qantas. Além disso, o programa faz parte do Multiplus, um sistema que permite que você gaste suas milhas em diversos outros produtos de empresas parceiras – Pontofrio.com, Oi, Credicard e outras -, e acumular pontos quando compra nelas também. O Itaú emite um cartão de crédito especial para acumular milhas na TAM.  Entre no site oficial e saiba mais sobre esse programa.

Smiles (Gol)

As milhas acumuladas na Gol valem por três anos – 10 anos para quem é da Club Smiles – e podem ser resgatadas até 90 minutos antes do voo. Passagens para o Brasil e América do sul exigem 10 mil milhas, mas fique atento às promoções – dá para trocar passagens por 4 mil milhas. Outros destinos internacionais gastam entre 15 e 35 mil milhas. A Gol é parceira da Air France, KLM, Delta Airlines e Qatar Airways. Também possui parceria com o Banco do Brasil e o Bradesco para emissão de cartões de crédito MasterCard que acumlam milhas para o programa, além de convênio com estacionamentos, supermercados e jornais. Saiba mais no site oficial.

Tudo Azul

O Tudo Azul converte o valor da passagem em pontos, sendo possível acumular até 5 pontos por cada real gasto, dependendo da categoria do cliente. A Azul tem parcerias com a United Airlinese com o Viajanet para compras de passagem internacional. É possível trocar passagens nacionais por a partir de 5 mil milhas e eles oferecem pontos de bonus para quem faz check in online. A validade dos pontos é de 2 anos. Possui parcerias com os banco Itaú para emissão de cartão de crédito, e diversos parceiros que oferecem descontos para clientes Tudo Azul. Saiba mais no site oficial.

Programa Amigo (Avianca)

A Avianca ingressou em 2015 na Star Alliance, que conta com 26 parceiros, como TAP, Lufthansa e United. Assim, ao acumular pontos do programa amigo é possível resgatar passagens tanto pela Avianca no Brasil, quanto com a Internacional (Programa Life Miles). Os pontos acumulados valem por 2 anos. O Programa Amigo em parceria com os bancos Bradesco e HSBC. Saiba mais no site oficial. 

Agora que você já sabe tudo sobre os programas, escolha o seu, se cadastre e imprima todos os termos e documentos. Um dia você pode precisar deles se tiver que brigar.

Passo dois: Acumule milhas com voos, cartão de crédito e compras corriqueiras

Com seu número de cliente fiel em mãos, é hora de começar a acumular milhas. O modo mais básico é nunca se esquecendo de pedir as milhas na hora em que for voar. Você pode fazer isso tanto na hora da compra quanto na hora do check-in.

No entanto, você vai notar que as milhas acumuladas em viagens, sobretudo as nacionais, são muito poucas para fazer você tirar qualquer proveito dos programas. Por isso, dê preferencia para o seu cartão de crédito que acumula milhas (para pedir um, entre em contato com a central de atendimento do seu banco e eles vão te informar melhor) e para as empresas parceiras da sua companhia aérea de coração.

Existem ainda algumas outras artimanhas que podem ajudar. Se você tiver tempo (e saco), escolha os voos mais longos e com conexões, pois eles acumulam mais milhas, fique atento às promoções de “milhas em dobro” e, como eu disse antes, tente focar em um programa e sempre acumular milhas nele, caso contrário você pode ficar com um monte de milhas soltas em diversos programas e que não servem para nada.

Passo três: Resgate passagens utilizando as milhas aéreas

É aqui que a diversão começa. Mas você deve estar ciente de que resgatar milhas não é tão simples quanto deveria ser. A maioria das empresas têm assentos reservados para o uso de milhas e pode ser difícil encontrar um voo no dia e horário exato que você quer. Ser flexível com as datas pode ajudar nessa árdua tarefa. Outra dica é tentar reservar com antecedência. As empresas têm um prazo mínimo para reserva nos programas de fidelidade que varia entre 6 e 3 meses. Programe-se para ser um dos primeiros a reservar e suas chances aumentam.

Ligar para os escritórios das companhias pode ser uma boa ideia. Muitas vezes os sites são confusos e você acaba não conseguindo o que quer, mas um atendente (se ele for legal) pode te ajudar. Ligue mais de uma vez se for necessário. E não desista nunca: uma promoção pode começar a qualquer momento e os assentos costumam ser liberados aos poucos.

Além disso, fique atento às promoções de passagens com milhas reduzidas. Você pode conseguir trechos pela metade do valor exigido.

Por fim, lembre-se: os programas de milhas não são nenhum presente que as companhias dão para você. É um direito seu e você já paga (muitas vezes caro) por ele.

 


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

13 comentários sobre o texto “Como acumular milhas aéreas

  1. Boa tarde, gente.

    Chegando agora e atualizando…… Smiles tem validade de 10 anos as milhas para quem pertence ao clube Smiles.
    Entendo que vale a pena.
    Ótima matéria. Parabéns.

  2. Tem o km de vantagens, o programa de ponto dos Postos Ipiranga que da desconto em vário locais e serviços e o melhor de tudo, você pode trocar os pontos por milhas.
    Cada R$ 1,00 gasto em combustível pode se tornar até 5 km de vantagens e a cada ponto de km você terá um ponto múltiplos ou mais.

  3. Ótima matéria. Falta só uma atualizada e de ter falado do Advantage da America Airlines, tenho 30 mil milhas nesse troço..kkk. Parabéns pelo trabalho.

  4. Muito bom!!! Além de acumular milhas em viagens, acumulo também pagando minhas contas no cartão de crédito para gerar mais pontos, espero uma boa promoção de transferência de pontos para minha cia aérea para ganhar bonificação. Recentemente, descobrir que podia vender as milhas, uns amigos me indicaram no caso não fosse viajar. Foi o que fiz, estava precisando de uma renda extra e decidi vender.. Após pesquisas encontrei a EloMilhas, onde já fiz algumas vendas e me rendeu um ótimo investimento. Indico também para quem não quer restar em passagens ou outros benefícios.

  5. Como recuperar milharem que paguei no cartão de credito e não cadastrei
    Na Ibéria
    27/07/2012 e a ultima prestação foi paga 12/03/2013.
    Não sei como me cadastrar ou é automático?
    Foi Rio Paris
    Obrigado no que poder fazer.
    Joana

    1. Ei Joana, se você cadastrou o seu cartão de crédito para acumular milhas, é automático, se não, você pode cadastrar, mas vai ter que começar a acumular daqui pra frente, não dá para pedir a inclusão de milhas por faturas do cartão passadas.

      Agora se você está falando das milhas do voo, basta você informar o seu número da ibéria na hora do check in.

      Abraços

    1. Ei Cláudia!
      Não são todos os cartões que acumulam milhas. Depende do tipo do seu cartão e da companhia aérea que você se cadastra. O melhor a fazer é escolher primeiro a companhia, se cadastrar no programa de milhas e depois entrar em contato com seu gerente para emitir um cartão que acumule milhas. Para saber quantas você tem basta entrar no site da companhia aérea e fazer login lá. Qualquer dúvida, volte aqui! Abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.