fbpx

Bicicleta no Rio de Janeiro: como alugar, trajetos, segurança e mais

O Rio de Janeiro é a cidade do mar e do calor e agora também tem se tornado a cidade em duas rodas. É cada vez mais comum que moradores e turistas utilizem as bikes para se locomover pela cidade. Não é de se estranhar uma vez que o clima e as paisagens dignas de cartão postal tornam os passeios de bicicleta no Rio de Janeiro bastante agradáveis.

Eu nunca adotei a bicicleta como meio de transporte, mas, como veículo de passeio, gosto de usar a magrela. Quando estou no Rio de Janeiro então, essa vontade sobe. Além do cenário maravilhoso, os cariocas têm 320 km de ciclovias (150 km só à beira mar).

Nesse post, listamos algumas formas de alugar bicicletas no Rio de Janeiro, além de te contar quais os principais roteiros de bike pela cidade e algumas dicas de segurança imprescindíveis na hora de pedalar. Confira o mapa com demarcação de todas as ciclofaixas no Rio de Janeiro.

Veja também:
Onde ficar no Rio de Janeiro – os melhores bairros e hotéis
Passeio no bondinho do Pão de Açúcar, no Rio

Bike Rio: aluguel de bicicletas por aplicativo no Rio de Janeiro

Inaugurado em 2011, o sistema da Bike Rio é mantido pela prefeitura em parceria com o Banco Itaú. É um sistema bem simples e barato, que permite que você alugue as bicicletas compartilhadas pagando por viagem ou tempo de uso. Atualmente, o preço é R$ 4 por viagem de até 30 minutos, R$ 8,80 pela diária com viagens ilimitadas de até 45 minutos ou a assinatura mensal de R$ 29,90.

São mais de 200 estações espalhadas por diversas áreas da cidade, a maior parte delas concentradas na Zona Sul e no Centro.

Como alugar bicicletas com o Bike Rio

Para alugar uma bicicleta você pode baixar o aplicativo Bike Rio, disponível para Android e Iphone, ou ligar para a central de atendimento. Usando o smartphone, você se cadastra e vê pelo app onde fica a estação mais próxima de onde você está e se as bicicletas estão disponíveis. Chegando lá, é só validar o passe que você quiser, indicar o número da estação e da bicicleta e o sistema vai liberar o aluguel. 

Também dá para fazer a partir de um computador no site da Bike Rio e verifique onde ficam as estações. Se você quiser o passe mensal, vai precisar se cadastrar no site. Se não, basta ir até a estação, ligar para o número (21) 4003 6054 e passar os dados do seu cartão de crédito. Aí o atendimento pelo telefone libera o seu aluguel.

Se optar pela viagem única, você só pode usar a bicicleta por 30 minutos. Após esse tempo, é necessário devolver a bike por pelo menos 15 minutos antes de usar novamente. Caso você não devolva, uma multa de R$ 2 reais para cada 15 minutos de atraso será cobrada no seu cartão de crédito.

bike rio rio de janeiro

O estado das bikes que você pode alugar varia muito. Elas têm marchas, ajuste de banco e cestinha, mas como tem muita gente alugando – quase 3 milhões de viagens, segundo o site oficial – as reais condições podem não ser boas. Se você encontrar o totem vazio, poderá escolher entre as que estão disponíveis, mas especialmente nos fins de semana e feriados, o aluguel  é bastante concorrido.

Lojas de aluguel de bicicleta no Rio de Janeiro

Passeio de bicicleta no Rio de Janeiro

Embora seja uma opção mais cara, alugar bicicletas em lojas é também mais rápido e prático: você garante que vai conseguir uma bike em ótimo estado e paga pela hora ou pela diária inteira. Veja abaixo algumas lojas de aluguel de bicicleta no Rio de Janeiro:

Girls Bike: 

Tem bicicletas de fibra. O preço do aluguel é de R$ 10 por meia hora e R$ 15 para uma hora inteira.  Endereço: Lagoa Rodrigo de Freitas. Avenida Epitácio Pessoa, 104. Telefone: 21 97526-8303. Página do Face.

Zaga Bike | Aluguel e consertos:

Localizada em Copacabana, oferece assistência técnica entre a Praia do Leme e o Leblon. Em outras regiões da cidade, cobra uma taxa de deslocamento. Para alugar é necessário apresentar um documento de identificação. O pagamento é em dinheiro. Funciona de segunda a sexta, das 9h às 19h. Endereço: Rua Miguel Lemos, 51 Loja F. Contato: [email protected]

Rio Cycling: 

Oferece experiências completas sobre duas rodas, com pacotes que incluem não apenas o aluguel das bicicletas, mas também hospedagem, guia por roteiros especialmente preparados para ciclistas e mais. Site oficial.

Roteiros de passeios de bicicleta no Rio de Janeiro

Percurso da Lagoa Rodrigo de Freitas

Esse talvez seja o mais básico roteiros de bicicleta do Rio de Janeiro. Próximo à praia de Ipanema, tem um localização boa para quem quer se exercitar antes ou depois de um banho no mar, uma vista incrível e diversas lojas de aluguel de bike e totens do Bike Rio por perto.

A ciclovia ao redor tem 7,5 quilômetros de extensão, em formato circular, e é fácil e seguro pedalar por ali, mesmo para pessoas sem condicionamento físico e prática. A faixa é compartilhada com pedestres. Há diversos piers, mirantes e quiosques no trajeto. Quem tiver fôlego pode esticar a pedalada até o Jardim Botânico e o Jóquei Club.

Ciclovia da Orla da Zona Sul

A ciclofaixa da orla da Zona Sul começa no Flamengo e termina no Leblon, somando 8 quilômetros no trajeto completo, mas quem quiser algo mais leve pode dividir o trecho: para ir de Copacabana até o Leme são 4 quilômetros. Já de Ipanema ao Leblon são 3,5 quilômetros.

Passeios de bicicleta no Rio de Janeiro: Orla da Zona Sul

Também dá para esticar: basta pegar o túnel na Av. Princesa Isabel e depois seguir pela orla em direção a Botafogo e Flamengo. Aos domingos, parte de Avenida Atlântica fica fechada para carros, tornando ainda mais fácil pedalar. Quem vai em direção ao Leblon pode aproveitar para descansar no mirante, um deque de madeira com quiosques e uma linda vista do Morro dos Dois Irmãos.

Se você for usar o Bike Rio, tenha em conta que nessa região muita gente quer alugar as bicicletas, então pode ser que você tenha que esperar um pouco para achar uma estação com bikes disponíveis.

Enseada de Botafogo e Aterro do Flamengo

A vista do Pão de Açúcar, do Museu de Arte Moderna, Marina da Glória, da praia. Esse é sem dúvidas um dos trajetos mais bonitos do Rio de Janeiro. Vá seguindo a avenida pela ciclovia até o Aterro do Flamengo, um parque arborizado, agradável e com uma ciclovia de pouco mais de 8 quilômetros de extensão, que vai do Aeroporto Santos Dumont até o fim da praia do Flamengo, no Morro da Viúva.

Ciclovias em Botafogo e Flamengo

Apesar da vista bonita, não são raros os relatos de assalto no Aterro. O ideal é fazer o passeio durante o dia e fins de semana, quando a área fica cheia. Evite também partes que estejam mais desertas: a orla é em geral bastante movimentada.

Ali você pode escolher sair pelo Palácio do Catete ou pelo MAM, e ambas as saídas te levam para a região mais central do Rio. Pela primeira você ficar próximo ao palácio e pode parar no coreto da Praça São Salvador, onde aos domingos há um show de chorinho.

Saindo pelo MAM você seguirá para a Cinelândia e Lapa, por onde você pode esticar o trajeto e parar em algum dos restaurantes e bares para almoçar e se refrescar com uma cerveja gelada.

Dicas para andar de bicicleta no Rio de Janeiro com segurança

  • Utilize todo o equipamento de proteção necessário: capacetes, luvas e joelheiras podem te protejer em caso de algum acidente ou imprevisto.
  • Mantenha-se nas ciclovias e respeite a sinalização das ruas. Se você não for experiente sobre duas horas, também convém escolher trajetos mais tranquilos e horários de menor fluxo de automóveis. Nesse caso, a Lagoa Rodrigues de Freitas e a Orla da Zona Sul são excelentes opções para você.
  • Leve uma mochila pequena com itens essenciais, como água, protetor solar e um lanchinho leve.
  • Utilize um aplicativo de mapas com GPS para que você possa conferir o trajeto de tempos em tempo. O Google Maps mesmo fornece um mapa das ciclovias na cidade. Se planeja usar o Bike Rio, é essencial ter o aplicativo deles instalado no celular para encontrar as estações mais próximas.
  • Utilize equipamentos em bom estado. Isso é essencial na hora de retirar uma bicicleta compartilhada, por exemplo. Antes de retirá-las do totem, confira se os pneus estão cheios. Dê uma voltinha ao redor antes de sair para confirmar que está tudo em ordem.

Onde ficar no Rio de Janeiro

Com uma cidade grande de locomoção complicada, acredito que procurar uma hospedagem perto do metrô é sempre uma boa ideia. Por isso, bairros como Ipanema, Copacabana, Flamengo e Botafogo são sempre boas pedidas de onde ficar no Rio.

Para uma descrição mais completa, leia nosso guia dos melhores bairros onde ficar no Rio de Janeiro.

Se você preferir alugar um apartamento por temporada, há excelentes opções em conta no Airbnb. Essa alternativa é recomendada para quem viaja com família ou em grupo de amigos e prefere ter um lugar mais aconchegante e com cara de casa. Você encontra algumas ofertas aqui.

Opções de hospedagem recomendada em Copacabana e Ipanema:

Embora tenham muitas atrações e bom acesso ao transporte público, é preciso ter cuidado ao se hospedar no Centro ou na Lapa, já que algumas ruas ali podem ser perigosas durante a noite. Se quiser procurar hotel nessa área, o Santa Teresa é um opção mais segura. Lá você ainda tem a chance de se hospedar em um belo casarão colonial.

Opções e hospedagem recomendada no Santa Teresa:

Encontre hotéis no Rio de Janeiro


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Bicicleta no Rio de Janeiro: como alugar, trajetos, segurança e mais

    1. Oi Pablo,

      No sistema da Bike Rio não encontrei bicicletas com cadeirinhas. Acho que para isso você vai precisar alugar alguma coisa específica.

  1. Se eu fizer o aluguel mensal e pegar a bicicleta em Copacabana, eu posso devolver ela no meus destino, na Lagoa Rodrigo de Freitas por exemplo, ou eu tenho que devolver a bike no mesmo lugar de onde retirei dentro desses 60 minutos?

  2. Gostaria que a Bike Rio tivesse alguns triciclos (bicicleta com 3 rodas e acento e encosto retangular)para atender os idosos, de ambos os sexos, que se interessam por pedalar em segurança. Moro em Botafogo na Rua Professor Álvaro Rodrigues, tenho 73 anos, mas nunca aprendi a pedalar bicicleta, andar em um triciclo é meu grande desejo e acredito, de um grande número de idosos na minha faixa etária. Aguardo resposta.Atenciosamente, Severino Domingos da Silva.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.