Tags:
Atlas: Bruxelas, Bélgica

10 bares e cafés para tomar cerveja belga em Bruxelas

Se você me perguntar o que eu fiz durante os meus três dias em Bruxelas, a resposta mais honesta seria “bebi cerveja”. Sim, desde o início do planejamento da minha viagem, a ideia era buscar pubs ou cafés para experimentar o máximo que pudéssemos da famosa e premiada cerveja belga. Assim, fiz algo que não é muito comum nas minhas viagens: me empenhei em planejar algumas coisas com antecedência. No caso, planejar conhecer bares fora da zona turística tradicional, mas que fossem bem recomendados pelos locais.

Claro, não deixei de ir ao famoso e turístico Delirium Café. Mas também reuni ideias de lugares fora do circuito tradicional.

cerveja belga bares bruxelas bélgica luiza

Na região da Grand Place

Grand Place é a praça principal de Bruxelas e onde ficam reunidas as principais atrações da cidade. Logo, os pubs dessa região atraem muitos turistas. Não quer dizer que são ruins, pelo contrário. São muito bons, mas podem ser mais cheios ou mais caros.

Delirium Cafe

cerveja belga bares bruxelas bélgica fachada

cerveja belga bares bruxelas bélgica delirium

O Delirium é o mais famoso de todos os cafés em Bruxelas. Está no Guiness por conta dos 2004 rótulos diferentes de cerveja vendidos lá. São três andares, cada ambiente diferente e, claro, diversos tipos de cerveja. Cada uma com um copo especial para servi-la.

É turístico? Sem a menor dúvida! Mas é grande e interessante demais para que isso seja um incomodo. Vale a pena passar horas lá descobrindo a diferença entre os ambientes e provando o máximo de cervejas que puder, incluindo aquela que dá nome ao bar, a Delirium Tremens e seu elefante rosa.

cerveja belga bares bruxelas bélgica elefante

Os preços eu diria que são médios: mais ou menos 3 a 4 euros por cerveja. Eles permitem que você compre as famosas Belgium frites (batatas fritas) na rua e coma dentro do bar. Endereço: Impasse de la Fidélité 4.

A la Mort Subite

cerveja belga bares bruxelas bélgica mort subte

O A La Mort Subite existe desde 1928 e fica num elegante edifício. O café/bar tem o mesmo nome da cerveja produzida por eles, de tipo gueuze, que é uma forma diferente de fermentação. É um ambiente mais calmo e bonito, que tem cara de frequentadores mais velhos (e turistas, como eu). A cerveja que dá nome ao bar é bem fresca, dessas ótimas para tomar num dia de verão. Para os viciados, o wifi lá é especialmente bom.

cerveja belga bares bruxelas bélgica mort subite

cerveja belga bares bruxelas bélgica a la mort subt

O lado ruim: é meio caro. A média de preços era 4 ou 5 euros por uma cerveja. Endereço: Montagne-aux-Herbes Potagères 7.

Eu não fui, mas me recomendaram:

cerveja belga bares bruxelas bélgica

O Poechenellekelder é um café bem lindinho, que fica bem do lado do Manneken Pis. Muitos guias indicam o local como uma boa escolha para beber cerveja – eles tem 150 rótulos. Endereço: Rue du chêne 5.

Na região de Flagey

Em todo lugar que eu ia buscar informações de onde os locais frequentavam, esse era o bairro indicado. Então, lá fomos nós fazer uma espécie de pub crawl por conta própria. Lá é uma zona boêmia de Bruxelas, com muitos jovens da cidade em todos os bares, só a gente de turistas. Claro, não deu para visitar tudo. Recomendo dar uma olhada nesse guia (em inglês) para mais indicações de lugares.

Le Pantin

Sem dúvida, o Le Pantin é o mais legal dos bares na região. Pensa num lugar muito concorrido! Chegamos lá por volta de 19h e já não conseguimos mesa em nenhum dos dois andares. Por quê? Porque o ambiente é legal, as pessoas são descoladas, eles têm uma seleção de joguinhos de tabuleiro distribuídas entre as mesas (muito legal!!!), a música era boa e para completar os preços eram baratos (média de 3,50) – eles também servem comidinhas. Ou seja, se você quiser ir ao Le Patin, tente chegar cedo ou vai ficar em pé. Endereço: Chaussée d’Ixelles 355.

Café Belga

cerveja belga bares bruxelas bélgica duvel

cerveja belga bares bruxelas bélgica duvel

O Belga também é um ambiente cool, mas bem mais certinho do que o Le Pantin. As pessoas lá estavam bem arrumadas, a decoração era num estilo “chique/descolada/pouca luz”. Tinha um monte de mesas do lado de fora, que eu imagino que fiquem lotadas nos meses de verão.

O Belga Café é um point da região, mas o ambiente e as pessoas que frequentam o local colaboram com preços um pouco mais caros que a média: uma cerveja por ali custa por volta de 4 ou 5 euros. Ah, eles também têm uma seleção especial de drinks, para quem quiser variar da cevada.  Endereço: Place Eugène Flagey 18.

De Valera’s

cerveja belga bares bruxelas bélgica chimay

Não me julguem por ir a um Irish Pub na Bélgica. Afinal, tem pubs irlandeses em qualquer lugar do mundo. Mas é que o De Valera’s estava no nosso caminho de bares. E estava cheio, então resolvemos experimentar. No dia, uma segunda-feira, estava rolando um quiz internacional. Tomamos cerveja belga mesmo, apesar das opções de Guiness. A melhor parte foi a comida, pedimos uma porção de nachos com guacamole, esperando que viria algo pequeno, e fomos surpreendidos com uma montanha de nachos e queijo. Valeu a pena. Preços na média dos 3,50.

Le Pitch Pin

cerveja belga bares bruxelas bélgica le pitch

Esse foi o bar que eu menos gostei de todos os que visitei, mas fica na lista mesmo assim, porque não é ruim e os preços são ok. Sei lá, se todos os outros estiverem cheios, vale a pena. Eu não gostei muito porque achei que o ambiente não tinha nada de especial. Mas é legal que eles deixam você trazer comida de fora (a mesa do lado da nossa pediu pizza delivery!). Cervejas por volta de €3,50.

Na região de St. Gilles

Foi ali que fiquei hospedada. O bairro tem uma combinação de belgas e imigrantes portugueses, espanhóis e italianos. Eu gostei muito de lá e confesso que ali encontrei meu bar afetivo. Com isso, acabamos não explorando tanto. A rua Parvis de St. Gilles é onde se concentram os cafés/bares mais legais.

Brasserie de l’Union

cerveja belga bares bruxelas bélgica lunion

Então, o l’Union foi indicação do meu anfitrião do Airbnb e valeu muito a pena. Acho que essa foi a melhor opção, para o meu gosto. O café/bar não é muito grande, mas dá para você ver que os frequentadores vão ali sempre. É o bar afetivo do pessoal do bairro.

Uma excelente seleção de cervejas e os preços mais baratos de todos. A maioria das cervejas custava 3 euros. Também tinham um cardápio legal de comidinhas, o pessoal do lado pediu uma lasanha que estava com uma cara maravilhosa. O atendimento é bem simpático. Recomendo fortemente. Endereço: Parvis De Saint-Gilles 55.

Eu não fui, mas me recomendaram:

Outra indicação do meu anfitrião, que acabamos não conhecendo porque ficamos no l’Union até fechar, foi o Verschueren. Tem mais ou menos a mesma vibe simples, mas não serve comida. Na Parvis de St. Gilles também fica o Maison du Peuple, indicado por mais de um guia que li. Tem uma fachada chamativa e é bem grande, já que eles também têm programação musical ao longo da semana. Os preços são um pouco mais altos: de 4 a 5 euros a cerveja, em média.

Você tem alguma dica boa de café em Bruxelas para compartilhar com a gente? Deixa aí nos comentários!

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

11 comentários sobre o texto “10 bares e cafés para tomar cerveja belga em Bruxelas

  1. Oi Luiza, estou indo visitar minha filha para o natal, gostaria de incluir a belgica em meu roteiro. Ela está em Wuppertal – ALEMANHA. Queria ver os preços de hostels ou hoteis mais baratos. obrigada

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.