Tags:
Atlas: Ilha do Marajó, Brasil, Pará

Como chegar à Ilha do Marajó

De tempos em tempos eu tirava os olhos do livro e encarava a imensidão do rio. Imensidão que se perdia no horizonte, já que muitas vezes não era possível avistar as margens, durante as três horas de travessia por rios amazônicos.

Esse é o caminho até o Marajó, maior ilha fluvio-marítima do mundo. Localizada na foz do rio Amazonas, no Pará, o Marajó é um daqueles grandes lugares que o viajante brasileiro ainda não conheceu: tem praias lindas, mangues, passeios interessantes, culinária rica e, para citar a característica mais, err, inusitada da ilha, o maior rebanho de búfalos do Brasil.

Apesar da aura de destino exótico, conhecer a Ilha do Marajó não é tarefa das mais complicadas. Basta pegar um voo até Belém, capital do estado. Não há voos comerciais entre Belém e a Ilha – se você quiser continuar o percurso voando, terá que ir de táxi aéreo. A maioria dos viajantes, no entanto, vai pela água. E isso torna a viagem muito mais interessante, afinal não é todo dia que você navega pela foz do Amazonas, né?

Ilha do Marajó

Embora a Ilha do Marajó seja enorme, os viajantes que se aventuram por lá têm destino certo: Soure, uma espécie de capital turística da ilha, é a melhor opção de hospedagem. Os que não ficam lá escolhem a vizinha Salvaterra, separada de Soure por um rio, como local para pernoitar. Dito isso, vamos ao que interessa neste texto: como chegar à Ilha do Marajó?

Ilha do Marajó, Pará

Barco rápido para passageiros

A notícia boa é que a viagem até Soure ficou pelo menos 1h30 mais curta. É que no fim do ano passado começou a operar o Catamarã Tapajós, que faz o percurso até o Marajó em duas horas – antes, os barcos levavam três. Outra vantagem é que o barco para já em Soure, o que poupa também o tempo de deslocamento e o valor da van entre o Porto de Camará, onde param os barcos tradicionais, e a cidade mais turística da ilha. 

O Catamarã Tapajós sai do Terminal Hidroviário de Belém, que fica na Avenida Marechal Hermes, 901. A passagem custa R$ 48, pode ser comprada online e não há gratuidades. Os lugares são marcados e há serviço de restaurante no barco. As saídas de Belém são às 8h e o retorno é às 14h30.

Ilha do Marajó, Belém

Barco lento para passageiros

Quando eu estive no Marajó, em agosto de 2015, o Catamarã Tapajós ainda não estava em funcionamento. Por isso, fui no barco mais lento, que também sai do Terminal Hidroviário de Belém, mas tem outro destino na Ilha do Marajó. É o Porto de Camará, que fica a cerca de 20 km de Soure. A viagem de barco também é mais demorada, com três horas de duração.

A passagem custa entre R$ 20 e R$ 40, dependendo do barco e do setor na embarcação (se você vai viajar com ou sem ar-condicionado) São duas saídas diárias de Belém, uma às 6h30 e outras às 14h30. Domingo só há um horário, às 10h30. Eu fui durante a semana e optei por acordar cedo e pegar o primeiro barco, que me deixou no Porto de Camará às 9h30.

Como chegar na Ilha do Marajó

Assim que você descer do barco verá vans paradas no estacionamento.  É preciso pegar uma, que custa em torno de R$ 15, para seu destino final, que provavelmente será Soure ou Salvaterra. Não demore para fazer isso, já que as vans partem e você pode ter que ficar por lá esperando pelo próximo barco, quando as vans voltam. Eles te deixarão no seu hotel.

No sentido inverso, entre Marajó e Belém, os barcos saem às 6h30 e às 15h (aos domingos somente às 15h). Peça para seu hotel combinar com um dos serviços de van, que te pegam na hora marcada. Não fazer isso pode significar ficar sem lugar, afinal os assentos são limitados, e ter que ir para o Porto de Camará de outra forma.

Como chegar à Ilha do Marajó

Como chegar à Ilha do Marajó: viajando de carro

Eu fui sem carro e não senti falta – me desloquei pela ilha a pé e de moto táxi. Mas entendo que grupos de amigos e famílias podem preferir viajar motorizados. Se esse for o seu caso, o local para pegar a balsa é outro, o Terminal Hidroviário de Icoarací, que fica na Rua Siqueira Mendes, 1096. A empresa que faz o trajeto é a Henvil.mototáxi.

O custo é de R$ 114,59 para o automóvel pequeno e de R$ 41,26 pela moto. Há também um custo por passageiro adicional, que varia de acordo com a sala (executiva ou econômica). Detalhes aqui.  Balsas saem às 6h e às 7h de Belém e voltam às, 15h e 16h, mas sempre confira os horários no site oficial, já que eles podem mudar e variam nos finais de semana.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

12 comentários sobre o texto “Como chegar à Ilha do Marajó

  1. Já morei no Pará dois anos sou paulista minha esposa e filho sao paraenses ano passado passei 8 dias em Belém + 4 em Algodoal e desta vez irei pela primeira vez a ilha de Marajó Obrigado seu post me ajudou.

      1. Valeu Rafael, sou de Belém, mas estou a muito tempo morando em Brasília e estas informações me ajudaram bastante, pois vou levar algumas amigas para conhecer Belém e o Marajó.

  2. Prefiro ir de barco lento, prá que pressa? No barco lento é possível desfrutar de um passeio gostoso e apreciar a bela paisagem. No barco rápido passei muito mal: o ar condicionado não funcionava satisfatoriamente, corria muito e tive náuseas. Desfrute da paisagem com calma.A ilha de Marajó é um lugar maravilhoso, imperdível.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.