Tags:
Atlas: Lima, Peru

Conexão em Lima: o que fazer em 8, 12 ou 24 horas na capital peruana

Sem voos diretos que liguem o Brasil a Cusco, muitos dos viajantes que embarcam rumo às ruínas do Vale Sagrado dos Incas e de Machu Picchu acabam fazendo aquele pit stop na capital do país. Quando o intervalo entre os voos é curto, o jeito é se acomodar nas cadeiras do aeroporto e esperar. Mas se você tem a partir de oito horas de conexão em Lima, pode aproveitar para esticar as pernas e dar uma voltinha pela cidade. Mas aí bate aquela dúvida: pra onde ir sem correr o risco de perder a hora e o voo? 

Imigração obrigatória em Lima

Se você chega em Lima do Brasil ou de qualquer outra nação, precisará passar pela imigração obrigatória no Peru, ainda que você vá ficar poucas horas no país. Por isso, convém perguntar aos funcionários da sua companhia aérea se você pode deixar a área de embarque e se é preciso passar por algum procedimento antes (retirar a mala, imprimir o ticket do voo seguinte, etc). Lembre-se que qualquer etapa dessas tomará um pouquinho do seu tempo de conexão.

A imigração no Peru não é complicada e brasileiros têm entrada facilitada, podendo apresentar apenas a carteira de identidade. Ainda assim, podem haver filas no momento da sua chegada. Portanto, esteja preparado para qualquer imprevisto. Se o seu destino final for o Peru mesmo, você provavelmente terá que retirar a bagagem e passar pela alfândega (outra vez: confirme com um funcionário da companhia aérea). Caso siga para outro país, as malas são enviadas para o seu destino final. 

O que fazer em Lima, Peru

Vale a pena sair do aeroporto de Lima com menos de 8 horas de conexão? 

Aí fica a seu critério. Para saber se vai dar tempo, você precisa considerar o deslocamento de ida e de volta para o aeroporto, que até o centro da cidade fica em cerca de 50 minutos cada perna. Se tiver trânsito, coisa bem comum na capital peruana, pode ser que demore um pouco mais. Some a isso o tempo de fazer o check-in, imigração e embarque na volta ao aeroporto, que recomenda-se ser de pelo menos duas horas, e você consegue saber mais ou menos quanto tempo vai ter para aproveitar. Acredito que para sair com tranquilidade seja preciso umas quatro horas além de todo o tempo gasto com deslocamento e trâmites de aeroporto. 

Saindo do aeroporto de Lima

Para quem quer aproveitar uma conexão em Lima, a melhor forma de sair do aeroporto é de táxi ou Uber. É que o tal Aeroporto Internacional Jorge Chaves não fica exatamente em Lima, mas em uma cidade vizinha chamada Callao, e não há transporte público direto que conecte o terminal ao centro da cidade. A parte boa é que o deslocamento não fica caro. Um Uber até o centro deve ficar em torno de 30 novos soles (R$35). Se pedir transporte pelo aplicativo não for opção, você pode contratar os serviços da Green Táxi, um táxi pré-pago com balcão no aeroporto. A corrida até o centro sai a 50 novos soles.

Caso você tenha muita bagagem, vale a pena alugar um guarda-volumes antes de ir. Fica à direita do saguão de desembarque e custa 32 soles para o dia inteiro. 

Hotéis próximos ao Aeroporto Internacional Jorge Chávez

Dependendo do horário da sua conexão pode ser que você prefira ir para um hotel para descansar e aguardar a hora do próximo voo. Nesse caso, o Holliday Inn – Lima Airport fica bem próximo ao aeroporto e é recomendável pela praticidade, especialmente se você não pretende nem chegar perto do centro. Outro com vantagem parecida é o quatro estrelas Costa del Sol Wyndham Lima Airport. Para quem tem perfil mais econômico, outro hotel próximo ao aeroporto, mas com preços bem mais em conta, é a Casa del Viajero. E também o Sunset Hostel Airport.

Saiba mais: Onde ficar em Lima – os melhores bairros

Qual moeda usar?

Você precisará de Novos Soles assim que entrar no Peru. É possível trocar diretamente no aeroporto de Lima, e a melhor maneira é levando dólares americanos e fazendo a troca ali mesmo. Você consegue trocar reais por soles facilmente, porém como a demanda pelo nosso dinheiro lá não é muito boa, a conversão é ruim, o que faz com que a troca por dólares seja mais vantajosa nesse caso, mesmo colocando na conta o que perdemos com a dupla conversão. 

A cotação no aeroporto não costuma ser boa, e as casas de câmbio ali cobram uma taxa. Por isso, se você vai seguir para Cusco, troque apenas o necessário para a sua conexão nesse primeiro momento. Logo você poderá trocar mais dinheiro no centro de Lima ou de Cusco. Outra opção, se quiser poupar tempo, é trocar uma pequena quantidade ainda no Brasil. 

O que fazer em uma conexão em Lima

Passear pelo Centro Histórico

Lima-o-que-fazer-Peru  O que fazer em Lima Peru

Você sabia que Lima foi uma importante capital da América Espanhola? Isso explica a quantidade de edifícios grandiosos que datam do período colonial no centro histórico. O ponto principal desse passeio é a Plaza Mayor, onde fica também a Catedral de Lima e o Palácio do Governo, mas ali perto também está a  Basílica e Convento de São Francisco. Dá pra fazer uma visita guiada ao prédio, que preserva quase intacta uma catacumba com mais de 70 mil ossos humanos, além do Museu do BCRP, que abriga objetos históricos e arte peruana. 

No centro também há inúmeras lojinhas de artesanato, perfeitas para levar lembrancinhas de última hora para casa. É ali que fica o pitoresco Mercado Central de Lima, que sem dúvidas merece uma visita.

Leia nosso post completo sobre o que fazer em Lima

Fazer uma caminhada a beira-mar no bairro Miraflores

Miraflores é o bairro mais descolado de Lima, com construções modernas e restaurantes badalados. Da praça central e do calçadão que se estende a partir dela há uma vista incrível do Pacífico lá embaixo, o que transforma o passeio em uma caminhada muito agradável. Para comer, dê uma passada na Calle de las Pizzas. É também em Miraflores que fica um dos principais cartões-postais da cidade, o Parque do Amor, que recebeu esse nome por causa da escultura El Beso, bem no centro da praça. 

Vista de Miraflores, Lima

Uma dica de onde comer no Miraflores é o restaurante La Mar Cebichería.

Outra boa ideia é caminhar até o sítio arqueológico Huaca Pucllana, o centro cerimonial mais importante da Lima pré-hispânica, mas só se você estiver com bastante tempo livre, já que você poder perder algumas horas lá dentro. O local conta com um museu que expõe as peças encontradas nas escavações. 

huaca Huallamarca, lima, no peru

Conhecer o Museu Larco

Localizado no vibrante bairro de Pueblo Libre, o Museu do Larco é a atração mais visitada de Lima. Ali estão reunidos mais de 45 mil objetos que contam a história do Peru, desde as civilizações pré-incas até a república. A entrada custa 30 soles. O museu abre todos os dias, de 9h às 22h.

Depois da visita, vale a pena comer ou tomar algo em um dos bairros e restaurantes das redondezas. Esse é um dos bairros mais tradicionais de Lima e ainda preserva as casinhas históricas e restaurantes típicos. Se passar por ali, não deixe de tomar um pisco sour na Antigua Taberna de Queirolo, bar tradicionalíssimo em funcionamento desde 1880.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma e compartilho minhas impressões de mundo também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um comentário sobre o texto “Conexão em Lima: o que fazer em 8, 12 ou 24 horas na capital peruana

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.