Tags:

Carta convite para viagem: modelo e informações

Conseguir um visto ou passar pela imigração são situações que qualquer viajante enfrenta e, em geral, metem medo até nos mais experientes. Nessas situações, o importante é ter calma e estar bem preparado para responder às perguntas feitas pelos oficiais estrangeiros.

Um dos documentos que geram bastante dúvidas em quem vai viajar é a tal da Carta Convite. Muitas pessoas não sabem quando ela é necessária, o que deve estar escrito nela ou se precisa registrar. Trata-se de um documento bem simples. A seguir, vamos explicar tudo o que você precisa saber.

Quando preciso de uma carta convite?

A carta convite é um documento informal que confirma que você vai visitar uma pessoa em determinado país e tem acomodação pelo período. Ou seja, ela é necessária se você vai ficar hospedado na casa de um amigo ou parente e, por isso, não tem nenhuma reserva em hotel no destino de viagem. Você pode precisar dela na documentação de pedido de visto para os Estados Unidos, por exemplo, ou para entrar num país europeu (que não exige visto de turistas brasileiros, mas pode barrar pessoas na entrada da imigração).

Várias pessoas me perguntam se é necessário ter carta convite para entrar na Índia, por exemplo. Essa não é uma exigência do governo, mas você pode levar por precaução, caso vá se hospedar com um amigo. Isso vale para qualquer outro país.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países e importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com 5% de desconto e com o melhor custo/benefício

Quem pode fazer uma carta convite para mim?

Somente residentes de um determinado país podem fazer uma carta convite para você. Ou seja, ou a pessoa é nativa do local ou ela mora lá, mesmo que temporariamente (por conta de estudos ou trabalho, por exemplo). Não adianta pedir uma carta convite de alguém que tem visto de turista ou alguém que não tenha todos os documentos de moradia legalizados ainda.

imigração estados unidos

Foto:  CBP Photography (CC BY-SA 2.0)

É necessário registrar a carta convite no cartório?

Não adianta registrar a carta no cartório brasileiro, afinal isso não é indicativo de validade para um estrangeiro.  Ou seja, se houver necessidade de registrar a carta convite, isso deve ser feito no país do anfitrião que escreveu a carta, junto à polícia ou órgão de imigração. Porém, se você estiver fazendo uma carta para um amigo estrangeiro que vem para o Brasil, deve registrar em cartório.

Leia atentamente as leis de imigração de um país antes de viajar para lá e veja quais são as exigências para a entrada de brasileiros. Essas informações estão disponíveis nos sites das embaixadas ou consulados do país no Brasil.

Quais exigências para fazer uma carta convite para um estrangeiro que vem ao Brasil?

A recomendação do Ministério das Relações Exteriores é que a carta inclua nome completo do interessado, nacionalidade, objetivo da viagem ao Brasil e prazo de estada. A carta deve ser autenticada em cartório brasileiros e o documento original (ou cópia autenticada) enviado ao estrangeiro convidado para que ele possa apresentar quando for solicitar o visto brasileiro.

A carta convite precisa ser feita de próprio punho?

Não, pelo contrário, é melhor que seja redigida no computador, impressa e assinada porque isso facilita a leitura. Ela só precisa ser enviada pelo correio se as leis do país que você for entrar exigirem isso. Na maioria dos casos, peça para pessoa escanear a carta e imprima ela aqui.

A carta pode ser redigida em português?

Só se você estiver indo para Portugal ou algum país de língua portuguesa. Nos outros casos, é melhor que o anfitrião faça a carta na língua do país que ele reside. Se o seu avião faz conexão em algum lugar, tenha, por via das dúvidas, uma versão em inglês da mesma carta.

Veja dicas para passar pela imigração espanhola

Preciso de algum documento do anfitrião?

É interessante anexar junto à carta uma cópia do passaporte ou algum documento de identidade da pessoa.

Modelo de Carta Convite:

Data e Local
(nome completo do anfitrião)
(endereço completo do anfitrião)
(telefones de contato do anfitrião)

Ao Oficial de Imigração/ Oficial Consular

Prezado Sr. (a)

Eu, (nome do anfitrião), (estado civil), (profissão), portador do passaporte XXXXX, residente em (endereço completo) e telefone (número válido e fácil de contatar), declaro para os devidos e legais efeitos que convido (nome completo do convidado), (nacionalidade), (profissão), portador do passaporte XXXX e residente à (endereço completo) a me visitar no período de XXX a XXX.

Sou (amigo, tio, primo, etc) de (nome do convidado) e esclareço que durante todo o período de permanência dele(a) em (cidade, país) o(a) receberei em minha residência. O (nome do convidado) viaja como turista e irá financiar sua própria viagem.

Em anexo, envio meus documentos que comprovam minha (nacionalidade) ou (minha situação regular com a imigração).

Estou disponível para qualquer esclarecimentos que sejam necessários

Atenciosamente,

______________________________
Assinatura

Versão da carta traduzida em inglês

Date and Place
(full name of the host)
(full address of the host)
(contact numbers for host)

To Immigration Officer / Consular Officer

To whom it may concern,

I, (name of host), (marital status), (occupation), holder of the Passport XXXXX, residing at (full address), hereby declare to all effects and purposes, that I invite (full name of guest), (nationality), (profession), holder of Passport XXXX and resident at (address) to visit me from XXX to XXX. I’m (friend, uncle, cousin, etc.) of (name of guest) and clarify that (name of guest) will stay at my residence during the entire period of his/her time in (city, country). (name of guest) travels as a tourist and will fund his/her own trip. In attachment, I provide documents that prove my (nationality) or (my regular situation with immigration). I am available for any clarifications that are necessary

Best Regards,

______________________________
Signature

Seguro viagem é obrigatório em alguns países

O seguro de viagem é obrigatório para entrar na maior parte da Europa e também pode ser cobrado no momento da imigração. Várias seguradoras trabalham com produtos específicos para o Tratado de Schengen:

  • O GTA 60 EUROMAX é um dos melhores seguros do mercado. Oferece cobertura hospitalar de até 60 mil euros, incluindo para doenças pré-existentes, tem uma boa cobertura para gestantes, assistência odontológica, fisioterapia, cobertura para a prática de esportes, gastos por atraso de voo e até cancelamento de viagem. Ele é feito para atender as exigências da Europa
  • Outra opção, um pouco mais barata, é o AT 40 Inter, da Assist Trip, que custa em torno de R$ 150 para uma viagem de duas semanas. A cobertura hospitalar é de 40 mil dólares.

Nossa dica é cotar com a Seguros Promo, um comparador de seguros de viagem que analisa os preços e coberturas entre várias empresas concorrentes. Não se esqueça que leitores podem usar nosso código de desconto: 360MERIDIANOS05.

Seguro Viagem: Mochilao
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 21/dia*
APRIL 30 Inter Basic APRIL 30 Inter Basic Assistência médica USD 30.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 18/dia*
AC 35 MUNDO (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 35 MUNDO (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*

*Imagem Destacada: Wikimedia Commons/(CC BY-SA 3.0).

O 360meridianos faz parte do programa de afiliados da Seguros Promo.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1.389 comentários sobre o texto “Carta convite para viagem: modelo e informações

  1. Estarei indo para Amsterdam dia 21 de março e irei com uma amiga, o marido dela irá me mandar a carta-convite OFICIAL, porém ele trabalha embarcado e só chegava ao país para concluir a carta dia 17 de março. Desta forma, não conseguirei receber pelos correios. Terá algum problema?

  2. Tenho uma dúvida sobre a carta convite. Vou passar 20 dias na Europa,os 4 primeiros dias vamos ficar na casa da minha tia e os restantes vamos para um hotel em outra cidade.Ainda assim preciso dessa carta convite?Obrigada!

  3. Olá Luíza bom dia muito bom seu texto mais gostaria de saber se a carta convite por e-mail tem q ser registrada em cartório

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.