Tags:
Atlas: Estrasburgo, França

O que fazer em Estrasburgo, França: roteiro de um dia

Num mundo onde lugares e pessoas organizam as coisas para torná-las “instagramáveis”, Estrasburgo, França, certamente é dessas cidades que compõem um feed perfeitamente. Para além da paisagem fofa, também tem uma história importante para a Europa. Afinal, essa pequena cidade quase na fronteira entre Alemanha e França fica na região da Alsácia, que se você se lembrar um pouco das aulas na escola, foi muito disputada ao longo dos anos com a vizinha Lorena. Assim, não estranhe nada ao observar que Estrasburgo é francesa, mas também um tanto quanto alemã.

Para começar, é mais fácil encontrar ali lugares para tomar uma boa cerveja artesanal do que um vinho, e veja bem, essa é a região da Rota do Vinho na Alsácia. Além disso, os pratos típicos lembram e muito comidas alemãs com toque francês: joelho de porco, chucrute, salsichões e até pretzels.

“Mas nós somos orgulhosos franceses” disse o nosso guia do Happy Tours, um free walking tour que nos levou por duas horas pela história e curiosidades da cidade. Gabriel e seu sotaque francês. Ele é completamente apaixonado pela cidade e decidido a não perder uma chance de fazer piada com a grande maioria de alemães que nos acompanhava no tour. Digamos que as guerras acabaram, são todos amigos, mas as velhas rivalidades ainda permanecem.

o que fazer em estrasburgo frança canais

É que Estrasburgo foi alemã e francesa como quem troca de roupas: foi uma cidade livre do Sacro Império Romano-Germânico, em 1681 foi anexada por Luis XIV à França. Em 1871, depois da Guerra Franco-Prussiana, voltou para Alemanha. Depois da Primeira Guerra Mundial voltou ao domínio francês; durante a Segunda Guerra foi dominada mais uma vez pelos germânicos e depois da guerra voltou a ser francesa.

Muitas vezes, quem assumia o poder proibia a população de falar a língua contrária. Além disso, estavam sempre querendo provar um para o outro sua superioridade. Por isso construíam palácios e prédios públicos grandiosos, que iam mudando de dono. É curioso reparar, por exemplo, que o prédio da Biblioteca Nacional, que fica na Praça da República, e é a segunda maior biblioteca da França, tem esculturas e placas de autores como Goethe, porque foi construída durante o domínio da Alemanha.

o que fazer em estrasburgo frança biblioteca

Apesar de tais rivalidades, Estrasburgo é hoje uma das capitais europeias, ou seja, tem ali uma das sedes do Parlamento e comissões da União Europeia. 

Outra curiosidade é que Johannes Guttemberg estudou em Estrasburgo – e dizem que foi na cidade que, por volta de 1430, ele inventou a imprensa. Há uma praça na cidade com uma escultura em homenagem ao inventor.

Quantos dias ficar em Estrasburgo?

Na minha opinião, Estrasburgo é uma excelente base para explorar o resto da Rota do Vinho na Alsácia. Principalmente se você estiver sem carro, como eu já expliquei no post que fiz com um roteiro de quatro dias pela região.

Estrasburgo petit france luiza

Eu fiquei lá três noites e passei pela cidade mesmo por um dia inteiro e um final de tarde. Foi mais do que o suficiente para ver tudo. Recomendo fortemente o passeio depois do entardecer. Muitos turistas não ficam até mais tarde, com isso a região no entorno da Catedral fica sem uma multidão de pessoas em volta, as casinhas coloridas têm outro charme com o céu negro e as várias pontes do rio Ill, um dos afluentes do Reno, ganham iluminação colorida.

Quanto custa uma viagem para Alsácia?

Como blogueira que sou, fiz o cálculo de quanto custou exatamente minha viagem: contando hospedagem num Airbnb, transporte de trem para outros cantos da Alsácia como Colmar e Obernai, jantar e cervejas fora todos os dias, café e compra de coisinhas no supermercado: gastamos cerca de 65 euros por dia.

o que fazer em estrasburgo frança

Nós chegamos pelo Aeroporto Internacional da cidade, chamado Entzheim. Apesar de pequeno, várias empresas voam ali, incluindo as low costs como a Ryanair. Em Estrasburgo também fica uma grande estação ferroviária, com conexões de trens de alta velocidade (TGV e ICE) e regionais.

O que fazer em Estrasburgo, França?

Comece seu passeio na Praça da Catedral de Estrasburgo, concluída em 1439, e que por muitos anos – de 1625 a 1880 – foi a igreja mais alta do mundo. Mas não estranhe o fato da igreja só ter uma torre. Não foi derrubada por bomba nenhuma, é que, na época da construção, o estilo gótico da igreja saiu de moda e a população local, que financiava a obra, deixou de dar dinheiro. Logo, ficou uma torre só.

o que fazer em estrasburgo frança catedral

o que fazer em estrasburgo frança detahles catedral

É possível visitar a catedral gratuitamente, mas é preciso pagar caso você queira estar lá por volta de 11h30 para ver o famoso relógio astronômico badalar os sinos de meio-dia e meia – custa €2. Também é preciso pagar cinco euros para subir 332 degraus até a torre e ter uma vista panorâmica da cidade. A entrada é pela lateral.

o que fazer em estrasburgo frança relogio astronomico

Também é da porta da catedral que sai o tal free walking tour da Happy Tours que eu fiz. Se você fala inglês bem, vale muito a pena porque o guia é excelente e conta várias curiosidades sobre a história da cidade. Não é cansativo e nem chato. Lembre-se que mesmo sendo “free”, é necessário dar uma gorjeta no final.

o que fazer em estrasburgo frança palais rohan

Num prédio ao lado da praça da catedral fica o Palácio Rohan (foto acima), que hoje abriga três museus: Arqueológico, Belas Artes e Artes Decorativas. Há outros museus na cidade, você pode conferir a lista completa no site oficial do turismo de Estrasburgo.

No mais, a cidade tem um estilo que muito me agrada: a principal atração é andar pelas ruas, praças e parques. Sem regra, sem ponto turístico específico. Uma forma interessante de explorar a cidade também pode ser fazer como os locais e alugar uma bicicleta: o aluguel para um hora sai por €1 e para um dia inteiro por €6.

Petit France

o que fazer em estrasburgo frança petit france

A Petit France é um quarteirão histórico no centro de Estrasburgo, onde o rio Ill divide-se em uma série de canais. Ali você encontra casinhas coloridas em abundância e pontes com uma vista excelente. Antes que você se pergunte o porquê do nome, eu respondo: no século 15 foi construído naquela ilhota um hospital para tratar pessoas com sífilis. E os alemães chamavam essa doença da “a doença dos franceses”, daí o nome.

Pontes

Com a cidade cortada pelo rio e seus diversos canais, as pontes são uma parte importante da paisagem.

o que fazer em estrasburgo frança rio ill

o que fazer em estrasburgo frança ponte noite

Uma dica: a beira do rio ficam banquinhos e é um espaço muito agradável para fazer um piquenique ou se sentar para descansar. Você vai reparar que os franceses fazem exatamente isso em dias com bom tempo.

Casas de Madeira

o que fazer em estrasburgo noite

Estrasburgo é famosa pelas casinhas coloridas feitas com madeira e argamassa. Tais prédios residenciais eram muito comuns não só nessa região, como em boa parte da Europa, pela facilidade da construção: a estrutura de madeira só precisava ser preenchida com argamassa. O que significava que as casas podiam ser movidas, era só desmontar a estrutura e reconstruí-la em outro lugar.

o que fazer em estrasburgo frança construçoes

Para diferenciar as casas dos ricos daquelas de famílias mais pobres é só reparar em como a madeira é trabalhada no exterior: madeira lisa significa uma casa econômica e a madeira mais trabalhada mostra que a casa é de famílias abastadas.

Praças e ruas

o que fazer em estrasburgo frança rua

São diversas as ruas e praças lindas pela cidade, de forma que não há uma lista para fazer e sim a recomendação de que você caminhe bastante.

o que fazer em estrasburgo pont covers

Ponts Couverts

o que fazer em estrasburgo frança praça marche gayot

Place du Marché Gayot

o que fazer em estrasburgo frança praça da república

Praça da República

Ainda, você vai encontrar vários parques e igrejas em Estrasburgo. Também pode fazer um passeio de barco pelo rio e canais (custa €12, eu não fiz, mas minha xará do Janelas Abertas contou como é a experiência).

o que fazer em estrasburgo frança praça

Também dá para visitar os prédios mais modernos do Conselho Europeu, Parlamento da Europa e prédio da Comissão de Direitos Humanos. E, para quem vai no final do ano, Estrasburgo é uma cidade que tem um mercado de natal super tradicional. Em dezembro, desde 1570, é realizado o Mercado de Jesus Cristo. Vale a pena conferir, sem dúvida. 

Onde comer e beber em Estrasburgo?

A Tarte Flambé ou Flammekueche é um dos pratos rápidos e baratos mais comuns nessa região: uma massa que parece de pizza, bem fininha, coberta com creme, cebolas e bacon.

o que fazer em estrasburgo tarte flambee

Nós experimentamos a tarte na microcervejaria La Lanterne, que também produz sua própria cerveja. É um ambiente muito agradável e a conta não sai cara.

o que fazer em estrasburgo frança la lanterne

Experimentamos, ainda, o Cavpona, uma brasserie que abriu recentemente e vende carnes, hambúrguer, quichés, saladas e claro, tarte flambé.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

31 comentários sobre o texto “O que fazer em Estrasburgo, França: roteiro de um dia

  1. Luiza estou planejando nas minhas férias em novembro uma viagem a Paris (para encontrar com meu filho), Estrasburgo e Munique e suas dicas foram muito úteis.
    A propósito aquelas estruturas de madeira e argamassa chama-se estrutura Enxaimel, muito utilizadas no passado na Alemanha espalhando-se depois pela Europa.

  2. Oi Luiza! Adorei o post sobre Strasbourg! Estamos indo pra lá em Dezembro e vi que ficou em um Airbnb, poderia me indicar qual foi? Estou muito em dúvida sobre onde ficar hospedada ali na região. Iremos eu e meu marido 🙂 Parabéns pelo excelente trabalho no blog!! Ajuda muito os viajantes 😍

  3. Oie, vou conhecer Strasbourg em setembro, estou muito anciosa não falo muito bem o idioma, mais quero conhecer vou passar 4 dias lá, pois estarei na Bologna – Itália na férias.

  4. Olá!
    Estaremos em Paris em agosto e gostaria de passar um final de semana em Estrasburgo. Além dela há outra cidade próxima que valha a pena? Pensamos em sair de Paris na sexta e voltar no domingo.
    Obrigada!

  5. Oii!
    Muito legal as dicas. Farei minha primeira eurotrip em jun/jul e entre Paris e Munique resolvi parar no meio do caminho, fiquei em duvida entre Nancy e Estrasborgo, seria um dia inteiro apenas. O que sugere?
    Abraços, Sucesso pra você!

    1. Oi Aline, me intrometendo. Moro em Nancy e e entre Nancy e Estrasburgo, aconselho fortemente Estrasburgo, Nancy não tem muito o que ver não.
      Abraços

  6. Parabéns e agradeço suas dicas. Planejo conhecer Estrasburgo em novembro de 2018. A proposta de hospedagem em casas de família é legal mesmo?

    1. Oi Marina,

      Você diz o Airbnb? Sim, é legal. Você pode ficar num quarto ou na casa inteira. É um ótimo jeito de ter uma acomodação diferente, as vezes mais barata e mais aconchegante.

  7. Boa noite Luiza,

    Irei fazer minha primeira viagem internacional em 10/2018. O roteiro é Paris, Estrasburgo e Zurique.
    O que acha?
    Outubro é um bom mês?

    Obrigado.

  8. Olá Luiza!Gostei das suas dicas. Eu vou a Estrasburgo no fim do mes. Marquei 2 dias mas tb quero ir a Colmar. Se calhar 1 dia e meio não dá para ver Estrasburgo… Chego a meio da tarde de 29/11… o que sugere?

  9. Oi Luiza,

    Obrigada pelas dicas.
    Eu moro na Holanda?
    Vc ja conhece, acredito que sim, mas se quiseres dicas?
    Groetjes,
    Marcia

  10. Oi Luiza!
    Gostei muito das suas dicas sobre Estrasburgo. Vou conhecer essa cidade em agosto e gostaria de saber se você tem mais alguma dica sobre como ir do aeroporto até a cidade. Vi que o aeroporto não é muito próximo.

    Obrigada!

    1. Oi Cláudia,

      Tem um trem que vai direto do aeroporto para o centro da cidade. Você compra o bilhete numa máquina ainda no aeroporto e segue as placas para encontrar a plataforma do trem.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.