fbpx

O que fazer em Yerevan, na Armênia: roteiro para 3, 4 ou 7 dias

Se você está se perguntando “o que fazer em Yerevan”, chegou ao lugar certo! E olha que é pouca gente sabe onde fica essa cidade, quando mais pensar em viajar pra lá. Sempre que dizia que estava em Yerevan, recebia um “onde?” como resposta rs.

Mas quem perde são eles, não é mesmo? Yerevan, a capital da Armênia, é uma cidade cheia de história, cultura e beleza natural. Com suas ruas de paralelepípedos, arquitetura e uma cena gastronômica que vai fazer você se apaixonar, Yerevan é um destino ainda desconhecido e até meio tímido, eu diria, escondido no meio do Cáucaso, em um país pequeno que vive espremido (e coagido) entre vizinhos enormes, charmosos e durões.

Neste post, vamos mergulhar nas melhores atividades e atrações que esta cidade tem a oferecer. De monumentos históricos a experiências culinárias únicas, prepare-se para descobrir o que torna Yerevan um bom destino para o seu roteiro pelo Cáucaso.

Quantos dia ficar na Armênia e em Yerevan?

Como regra geral, sugerimos pelo menos 3-4 dias só para Yerevan. Isso te dará tempo suficiente para explorar os principais pontos turísticos, provar a deliciosa culinária armênia e talvez até mesmo pegar um show ou evento cultural.

Para o resto da Armênia, sugerimos pelo menos mais 3-4 dias. Isso te permitirá visitar alguns dos incríveis mosteiros e igrejas do país, explorar a bela paisagem e talvez até mesmo fazer uma caminhada ou duas.

A Armênia pode ser um país pequeno, mas é recheado de passeios e coisas para ver e fazer. Seja você um amante da história, um aficionado por comida ou um aventureiro ao ar livre.

Eu fiquei uma semana em Yerevan. Esse tempo foi mais que suficiente para ver as atrações da cidade e fazer passeios nos arredores. Consegui visitar dois mosteiros, mas se você gosta desse tipo de arquitetura, tem uma infinidade deles nos arredores de Yerevan e você pode até querer ficar mais tempo.

Vista do monte Ararat, com Yerevan abaixo, a partir do Cascade
Vista de Yerevan com o Monte Ararat ao fundo, a partir do Cascade

Qual a melhor época para visitar Yerevan?

Se você está procurando o melhor clima e a maior quantidade de atividades, sugerimos que você planeje sua visita para a primavera (abril a junho) ou o outono (setembro a novembro).

Durante a primavera, Yerevan está no seu melhor. As flores estão florescendo, o clima é agradável e há uma energia legal na cidade. É também a época do famoso Festival de Vinho de Yerevan.

O outono também é uma boa escolha, uma vez que o clima ainda é bastante agradável e ainda há muitos festivais culturais acontecendo.

O verão (julho e agosto) em Yerevan pode ser bastante quente, com temperaturas subindo para mais de 30 graus Celsius. No entanto, se você não se importa com o calor, ainda há muitas coisas para fazer, como visitar os muitos parques e jardins da cidade, ou refrescar-se em um dos muitos cafés ao ar livre.

O inverno (dezembro a fevereiro) pode ser muito frio e nevar bastante, mas há menos turistas durante este período, o que faz os preços caírem significativamente.

Planejando uma viagem pelo Cáucaso? Veja nossos outros posts sobre a região!

O que fazer em Baku: roteiro completo na capital do Azerbaijão
O que fazer em Tbilisi: conheça a incrível capital da Geórgia

Seguro de viagem para a Armênia: é obrigatório?

Não existe obrigatoriedade de seguro de viagem para entrar na Armênia. No entanto, é altamente recomendável que você tenha um seguro de viagem para cobrir eventualidades como doenças, acidentes ou problemas de saúde.

Mesmo que você esteja apenas fazendo uma viagem curta, os custos médicos no exterior podem ser altos e um seguro de viagem pode garantir que você tenha acesso a cuidados médicos de qualidade quando precisar.

Além disso, um bom seguro de viagem também inclui cobertura para problemas como cancelamentos de voos ou perda de bagagem.

Não arrisque a sua viagem sem um seguro de viagem. Adquira o seu agora mesmo por meio desse link ou das ofertas abaixo.

Clique aqui para fazer sua cotação e use o cupom 360MERIDIANOS05 para obter até 25% de desconto nos seguros de viagem!

Seguro Viagem:
Ásia
Intermac I60 Inter (exceto EUA) +Covid-19 Intermac I60 Inter (exceto EUA) +Covid-19
Assistência médica USD 60.000
Bagagem extraviada USD 750 (SUPLEMENTAR)
*Valor referente a 7 dias de viagem.
AC 35 MUNDO (Exceto EUA) COVID-19 AC 35 MUNDO (Exceto EUA) COVID-19
Assistência médica USD 35.000
Bagagem extraviada USD 1.200
*Valor referente a 7 dias de viagem.
CORIS 60 MUNDO BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 60 MUNDO BASIC +COVID19 (EXCETO EUA)
Assistência médica USD 60.000
Bagagem extraviada USD 1.000
*Valor referente a 7 dias de viagem.

O que fazer em Yerevan: principais atrações da cidade

Se você tem pouco tempo na Armênia, uma boa ideia é fazer um free walking tour para conhecer já os melhores pontos da cidade. Você contará com um guia local que vai te contar fatos e curiosidades históricas e só paga o valor de uma gorjeta ao final do passeio.

Essa é uma boa forma de riscar um monte de atrações da listinha. Lembre-se que você sempre pode retornar àquelas que curtiu mais.

Reserve gratuitamente seu lugar no free walking tour por Yerevan clicando aqui.

Veja agora quais são as principais atrações da cidade!

1. Praça da República

Um dos lugares mais icônicos de Yerevan e ponto de partida para quem vai explorar a cidade, a Praça da República é cercada por alguns dos edifícios mais impressionantes de Yerevan, incluindo o Museu de História da Armênia e a Galeria Nacional da Armênia, dos quais falamos aqui embaixo.

Praça da República de Yerevan, Armenia, um dos principais pontos turísticos da cidade

A arquitetura ao redor da praça é de tirar o fôlego, com seus belos edifícios de tufa rosa (uma pedra vulcânica local) em estilo neoclássico.

Mas a Praça da República não é apenas para admirar a arquitetura. Durante o dia, é um lugar perfeito para um passeio tranquilo, sentar em um dos muitos bancos e observar as pessoas, ou talvez até mesmo alimentar os pombos.

À noite, a praça ganha vida com o famoso show de fontes musicais. As luzes, a música e a água dançando juntas criam um espetáculo verdadeiramente mágico.

Aqui estão algumas dicas práticas para a sua visita:

Localização: A Praça da República está localizada no centro de Yerevan. É facilmente acessível a pé, de táxi ou de transporte público.

Horário do show de fontes: O show de fontes musicais geralmente começa após o pôr do sol e ocorre a cada hora.

Dicas: A Praça da República é um lugar popular, então pode ficar bastante movimentada, especialmente durante o show de fontes. Chegue cedo se quiser um bom lugar para assistir ao show.

2. Museu da História e da Cultura da Armênia

Pra abrir a lista sobre ‘o que fazer em Yerevan’, começamos com uma visita ao Museu de História da Armênia. E por um bom motivo! Este museu é tem um enorme acervo de artefatos e informações que contam a rica e fascinante história do país. Começar por aqui pode te dar contexto para entender melhor as outras atrações e a cultura do país.

Localizado na Praça da República, no centro de Yerevan, o Museu de História da Armênia é o maior museu do país e um dos mais antigos. Fundado em 1919, o museu abriga mais de 400.000 objetos que abrangem a pré-história até o presente, tornando-o um lugar imperdível para qualquer pessoa interessada em história e cultura.

Uma das peças mais famosas do museu é a mais antiga bota de couro do mundo, datada de mais de 5.500 anos!

O museu é bem organizado e apresentado de forma atraente, com descrições detalhadas e informativas que tornam a história mais próxima da gente. Além disso, o museu oferece visitas guiadas e workshops educativos, tornando-o uma ótima opção para famílias e visitantes de todas as idades.

Endereço: O Museu de História da Armênia está localizado na Praça da República, no centro de Yerevan. A praça é facilmente acessível a pé, de táxi ou de transporte público.

Horário de funcionamento: O museu está aberto de terça a sábado, das 11h às 18h, e aos domingos, das 11h às 17h. O museu está fechado às segundas-feiras.

Taxa de entrada: Há uma taxa de entrada de 2500 drams (US$ 6,50) para o museu, mas vale a pena pelo acesso a uma riqueza de artefatos e exposições. Descontos estão disponíveis para estudantes e idosos, e crianças menores de 6 anos entram gratuitamente.

Visitas guiadas: O museu oferece visitas guiadas em várias línguas, incluindo armênio, russo, inglês, francês e alemão. É recomendável reservar uma visita guiada com antecedência, especialmente durante a alta temporada.

Dica: Reserve pelo menos duas a três horas para a sua visita para poder explorar o museu adequadamente.

3. Galeria Nacional da Armênia

Próxima parada do nosso passeio por Yerevan: a Galeria Nacional da Armênia. Este lugar é um paraíso para os amantes da arte! Localizado também na Praça da República, bem no coração de Yerevan, a Galeria Nacional é o maior museu de arte do país e um dos maiores da região.

A Galeria Nacional da Armênia abriga uma coleção impressionante de mais de 26.000 obras que abrangem séculos de história da arte. Você encontrará tudo, desde arte medieval armênia até obras de artistas europeus famosos. E não se esqueça da arte moderna e contemporânea – há algo para todos os gostos!

E o edifício em si já é uma obra de arte e oferece uma ótima vista da cidade a partir do terraço.

Aqui estão algumas informações práticas para ajudar você a planejar sua visita:

Localização: A Galeria Nacional da Armênia está localizada na Praça da República, facilmente acessível a pé, de táxi ou de transporte público.

Horário de funcionamento: O museu está aberto de terça a sábado, das 11h às 17h30, e aos domingos, das 11h às 17h. Está fechado às segundas-feiras.

Taxa de entrada: Há uma taxa de entrada de 2000 drams (US$ 5,20) para o museu. Verifique o site oficial para obter as informações mais atualizadas sobre os preços.

4. Memorial do Genocídio Armenio

Mas uma das atrações históricas mais importantes de Yerevan é, sem dúvidas, uma visita ao Memorial do Genocídio Armênio, também conhecido como Tsitsernakaberd. Agora, este não é um passeio típico de férias, mas é uma parte importante da história armênia e uma experiência emocionante.

Memorial Genocidio Armenio, em Yerevan

O Memorial do Genocídio Armênio foi construído para lembrar as vítimas do Genocídio Armênio de 1915, quando mais de um milhão de armênios foram mortos no Império Otomano. É um lugar de reflexão e respeito, e uma visita aqui é uma oportunidade para aprender sobre este período sombrio da história.

O memorial é composto por três partes principais: o monumento da chama eterna, o pilar da renascença e o museu. A chama eterna é um lugar para prestar homenagem às vítimas, enquanto o pilar da renascença simboliza o espírito indomável do povo armênio. O museu oferece uma visão detalhada dos eventos do genocídio, com exposições que incluem fotografias, documentos e relatos pessoais.

Aqui estão algumas informações práticas para ajudar você a planejar sua visita:

Localização: O Memorial do Genocídio Armênio está localizado na colina de Tsitsernakaberd, a oeste do centro de Yerevan. É facilmente acessível de táxi ou de ônibus.

Horário de funcionamento: O complexo do memorial está aberto todos os dias, das 11h às 16h. O museu está fechado às segundas-feiras.

Taxa de entrada: A entrada para o complexo do memorial e o museu é gratuita.

Visitas guiadas: O museu oferece visitas guiadas em várias línguas. É recomendável reservar com antecedência.

Instalações: O local é acessível para cadeiras de rodas e possui banheiros.

Um pouco de contexto sobre o Genocídio Armênio e a questão com a Turquia

O Genocídio Armênio, também conhecido como o Holocausto Armênio, foi um dos maiores crimes contra a humanidade do século 20. Ocorreu durante a Primeira Guerra Mundial, quando o Império Otomano, governado pelos turcos, embarcou em um sistemático extermínio da população armênia dentro de suas fronteiras. Estima-se que entre 1 e 1,5 milhão de armênios foram mortos por meio de massacres, marchas forçadas, privação de alimentos e outras formas de violência.

O genocídio teve um impacto duradouro na Armênia e na diáspora armênia em todo o mundo. A memória do genocídio é uma parte importante da identidade armênia e é comemorada todos os anos no Dia da Memória do Genocídio Armênio, em 24 de abril.

No entanto, a questão continua sendo um ponto de tensão entre a Armênia e a Turquia. A Turquia, como sucessora do Império Otomano, tem historicamente negado que o genocídio tenha ocorrido, ou argumenta que o número de mortos foi muito menor e que as mortes foram o resultado da guerra e não de um plano deliberado de extermínio.

Essa negação também tem sido um ponto de tensão entre a Turquia e outros países que reconheceram formalmente o Genocídio Armênio, uma vez que o reconhecimento é frequentemente visto como um ataque à identidade nacional turca.

5. Mercado Vernissage para artesanato local

Imagine um mercado de pulgas, uma feira de artesanato e uma galeria de arte, tudo em um só lugar. Isso é o Mercado Vernissage.

Mercado de Vernissage de Yerevan, na Armênia

Localizado perto da Praça da República, o Mercado Vernissage é o lugar perfeito para encontrar artesanato feito por artistas locais. De joias e cerâmicas feitas à mão a tapetes armênios tradicionais e instrumentos musicais, há algo para todos. E não se esqueça das pinturas e gravuras – você pode encontrar algumas verdadeiras obras de arte se souber procurar!

Mas o Mercado Vernissage não é apenas sobre compras. É também um lugar para experimentar a cultura armênia. Você pode ver os artesãos trabalhando, ouvir música tradicional armênia e até mesmo provar alguns petiscos locais. É uma experiência vibrante e colorida que você não vai querer perder.

Aqui estão algumas dicas práticas para ajudar você a planejar sua visita:

Localização: O Mercado Vernissage está localizado perto da Praça da República, no centro de Yerevan. Ele se estende ao longo da Rua Aram e da Rua Buzand, começando perto da Praça Hanrapetutyan até a Rua Khanjyan. É facilmente acessível a pé, de táxi ou de transporte público.

Horário de funcionamento: O mercado está aberto nos fins de semana, geralmente das 10h às 17h. No entanto, os horários podem variar, então é uma boa ideia verificar antes de ir.

Dicas de compras: Como em qualquer mercado, é esperado um pouco de barganha no Mercado Vernissage. Não tenha medo de negociar um pouco o preço – é parte da diversão! E lembre-se de trazer dinheiro, pois muitos vendedores não aceitam cartões.

6. Cascade e o Parque das Esculturas

A Cascade, ou Cascata de Yerevan e o Parque de Esculturas é uma combinação de arte, arquitetura e uma baita vista, tornando-o um dos lugares mais famosos para visitar em Yerevan.

Cascade e parque das esculturas em Yerevan

Trata-se de uma enorme escadaria de pedra branca que se estende desde o centro da cidade até o bairro de Nork Marash. É uma das heranças mais evidentes da arquitetura soviética na cidade. Subir as escadas é um pouco de exercício, mas confie em mim, a vista panorâmica de Yerevan e do Monte Ararat no topo vale totalmente a pena!

Mas o lugar é também um museu ao ar livre! Ao longo das escadas e nos jardins circundantes, você encontrará o Parque de Esculturas, que abriga dezenas de esculturas modernas e contemporâneas.

Localização: A Cascata de Yerevan e o Parque de Esculturas estão localizados no centro de Yerevan, perto da Avenida Mesrop Mashtots. É facilmente acessível a pé, de táxi ou de transporte público.

Horário de funcionamento: O parque está aberto 24 horas por dia, 7 dias por semana. No entanto, se você quiser visitar o interior da Cascata, onde estão localizadas as salas de exposições do Cafesjian Center for the Arts, verifique o horário de funcionamento no site oficial.

Taxa de entrada: A entrada para a Cascata e o Parque de Esculturas é gratuita. No entanto, pode haver uma taxa de entrada para algumas exposições especiais dentro do Cafesjian Center for the Arts.

Dicas: A vista do topo da Cascata é uma das melhores de Yerevan! E use sapatos confortáveis, pois há muitas escadas para subir.

7. A Ópera e o Ballet de Yerevan

Este lugar é um verdadeiro ícone da cidade e um dos principais centros culturais da Armênia. O edifício em si é já impressiona. Construído em 1933, é uma mistura impressionante de estilos arquitetônicos armênio e europeu.

Mas o verdadeiro show começa quando você entra. A Ópera de Yerevan é o lar de algumas das melhores performances de ópera e balé do país, com uma programação que varia de clássicos como ‘O Lago dos Cisnes’ e ‘Carmen’ a obras de compositores armênios.

Mas mesmo que você não seja um grande fã de ópera ou balé, vale a pena visitar o edifício e dar uma olhada no interior.

O auditório é simplesmente deslumbrante, com seu teto ornamentado e lustres de cristal. E quem sabe? Talvez você se surpreenda e acabe amando a experiência!

Localização: A Ópera de Yerevan e o Ballet Theatre estão localizados na Praça da Ópera, no centro de Yerevan.

Horário de funcionamento: O horário de funcionamento varia dependendo das performances. Verifique o site oficial para obter a programação atual e os horários dos shows.

Taxa de entrada: Há uma taxa para assistir às performances, que varia dependendo do show e do lugar. Os ingressos podem ser comprados online ou na bilheteria do teatro.

Dicas: Se você planeja assistir a uma performance, é uma boa ideia comprar seus ingressos com antecedência, pois os shows populares podem esgotar. E lembre-se de se vestir adequadamente – a ópera e o balé são eventos bastante formais na Armênia.

8. Monumento Mãe Armênia

O Monumento Mãe Armênia é um símbolo do espírito armênio e um dos pontos turísticos mais famosos de Yerevan.

Trata-se de uma estátua de uma mulher segurando uma espada, que fica no topo de uma colina com vista para a cidade. Ela simboliza a força e a resiliência do povo armênio, e a vista do monumento é outro plus da visita. Você pode ver toda a cidade de Yerevan, com o Monte Ararat ao fundo.

Mas há mais no Monumento Mãe Armênia do que apenas a estátua e a vista. O pedestal do monumento abriga um museu dedicado à história militar da Armênia, que é vale a pena uma visita se você estiver interessado em história.

Localização: O Monumento Mãe Armênia está localizado no Parque da Vitória, a uma curta distância de carro ou de ônibus do centro de Yerevan.

Horário de funcionamento: O parque está aberto 24 horas por dia, 7 dias por semana. No entanto, o horário de funcionamento do museu pode variar, então é uma boa ideia verificar antes de ir.

Taxa de entrada: A entrada para o parque e o monumento é gratuita. No entanto, há uma pequena taxa para entrar no museu.

9. Gum Market

Se você está em busca de culinária típica ou simplesmente ama a agitação de um mercado local, como eu, vai adorar o Gum Market em Yerevan. Este lugar mexe com todos os nossos sentidos, com suas barracas cheias de produtos coloridos e o burburinho das barganhas!

O Gum Market é um mercado coberto onde você pode encontrar uma grande variedade de produtos frescos, desde frutas e vegetais até queijos, especiarias e vinhos locais, além de experimentar a hospitalidade armênia.

Localização: O Gum Market está localizado perto da estação de trem de Yerevan, a uma curta distância a pé ou de táxi do centro da cidade.

Horário de funcionamento: O mercado está aberto todos os dias, geralmente das 8h às 18h. No entanto, os horários podem variar, então é uma boa ideia verificar antes de ir.

Dicas de compras: Lembre-se que negociar um pouco o preço é esperado por ali! E vale levar dinheiro vivo, pois muitos vendedores não aceitam cartões.

10. Igrejas e Mesquitas

Você sabia que Yerevan foi o primeiro país do mundo a adotar o cristianismo como religião oficial? Ainda hoje o país é bastante religioso e a Igreja Apostólica Armênia, de tradição Ortodoxa, é uma das mais antigas do mundo e tem uma forte influência na sociedade armênia.

Igrejas históricas no centro de Yerevan, Armenia
O pequeno templo da foto é um dos mais antigos de Yerevan

Apesar disso, há tolerância religiosa ali, e eles até mesmo construíram uma mesquita em sinal de amizade com o vizinho Irã. Veja algumas das Igrejas para visitar em Yerevan:

1. Catedral de São Gregório, o Iluminador: Esta é a maior catedral da Armênia e uma das maiores da região. Construída em 2001 para comemorar o 1700º aniversário do cristianismo na Armênia, a catedral é dedicada a São Gregório, o Iluminador, que é creditado por converter o rei armênio ao cristianismo no século IV.

2. Igreja de São Zoravor: Esta é uma das igrejas mais antigas de Yerevan, datada do século XVII. Embora seja pequena, a igreja é conhecida por sua bela arquitetura e ícones religiosos.

3. Igreja de São Sarkis: Localizada nas margens do Rio Hrazdan, a Igreja de São Sarkis é a sede do Patriarcado da Igreja Apostólica Armênia. A igreja atual foi construída no século XIX, mas o local tem sido um lugar de culto desde o século IV.

4. Mesquita Azul: A Mesquita Azul é a única mesquita em funcionamento em Yerevan e é um lembrete da influência persa na Armênia. Construída no século 18, a mesquita é conhecida por seu belo pátio e cúpula azul.

Entrada da Mesquita Azul de Yerevan, com um lada soviético parado à frente
Mesquita azul com um Lada, carro produzido pela União Soviética, parado na frente

11. Passeio pelo Parque Vardavar e o Festival de Verão

Quer uma maneira divertida e refrescante de passar o dia em Yerevan? Então você precisa visitar o Parque Vardavar!

O Parque Vardavar é mais conhecido pela celebração do festival Vardavar, que acontece uma vez por ano, geralmente no verão. Durante esse festival, as pessoas jogam água umas nas outras como uma forma de purificação e renovação espiritual. Mas mesmo fora do festival, o parque é um ótimo lugar para se refrescar em dias quentes.

O festival é tradicionalmente celebrado no 14º domingo após o dia de Páscoa, de acordo com o calendário da Igreja Apostólica Armênia (não é a mesma páscoa que a nossa).

No entanto, é importante ressaltar que as datas exatas podem variar de ano para ano, pois dependem do calendário religioso específico para cada temporada.

Localização: O Parque Vardavar está localizado na colina de Tsitsernakaberd, a oeste do centro de Yerevan. É facilmente acessível de táxi ou de ônibus.

Horário de funcionamento: O parque está aberto todos os dias, geralmente das 9h às 21h. No entanto, durante o festival Vardavar, o parque pode ficar especialmente movimentado, então é bom chegar cedo.

O que levar: Se você está visitando o Parque Vardavar durante o festival, ainda é uma boa ideia levar roupas que possam se molhar, como roupas de banho ou roupas leves que possam secar rapidamente. Também não se esqueça de trazer uma toalha e protetor solar para se proteger do sol.

Diversão garantida: No parque, você encontrará áreas de lazer, fontes e até mesmo um grande playground para crianças. Além disso, há várias opções de comida e bebida, então você pode aproveitar para fazer um piquenique ou experimentar alguns lanches locais.

12. Visita à fábrica de conhaque Ararat

Esta destilaria é famosa por produzir conhaques de alta qualidade e que são a bebida favorita dos armênios!

Destilaria Ararat, em Yerevan, Armenia

Com uma história rica que remonta a mais de 130 anos, é conhecida por usar métodos tradicionais combinados com tecnologia moderna. Durante a visita, você terá a oportunidade de conhecer todo o processo de fabricação, desde a seleção das uvas até o envelhecimento em barris de carvalho.

A parte mais legal da visita é, sem dúvida, a degustação de aguardentes. Você terá a oportunidade de provar diferentes variedades de aguardente Ararat, desde as mais jovens até as envelhecidas por décadas. Os especialistas em aguardente irão orientá-lo através da degustação, apresentando as características e notas de cada aguardente e explicando as sutilezas do paladar.

Agendamento: É preciso agendar sua visita! Entre em contato com a fábrica com antecedência para agendar sua visita. Verifique os horários disponíveis e as opções de passeio, pois podem variar.

Transporte: Considere a possibilidade de utilizar um serviço de transporte ou táxi para chegar à fábrica de aguardente, especialmente se planeja degustar as bebidas alcoólicas oferecidas.

Atrações nos arredores de Yerevan e viagem de bate-volta

Yerevan é um ótimo ponto de partida para explorar a Armênia. Como o país é pequeno, a maior parte das atrações está a menos de duas horas, o que facilita as viagens de bate-volta. Dá até para combinar mais de um no mesmo dia!

1. Visita ao Templo Garni

Localizado a cerca de 30 km de Yerevan, este antigo templo é um remanescente da era pré-cristã da Armênia e remonta ao século I d.C. É um exemplo impressionante da arquitetura greco-romana e é dedicado ao deus do sol, Mitra.

Além do próprio templo, você poderá explorar os arredores. O Templo Garni está situado em um cenário pitoresco, com paisagens de montanhas e o desfiladeiro de Garni, que oferece vistas espetaculares. Aproveite para fazer uma caminhada ao redor do templo e apreciar a beleza natural que o cerca.

Aqui estão algumas dicas práticas para a sua visita ao Templo Garni:

Localização: O Templo Garni está localizado na aldeia de Garni, a aproximadamente 30 km a leste de Yerevan. É possível chegar lá de carro, táxi ou por meio de excursões turísticas. Essa aqui inclui também uma aula de culinária e custa só US$ 30.

Horário de funcionamento: O templo está aberto diariamente, geralmente das 9h às 18h. No entanto, é sempre bom verificar os horários atualizados antes de visitar.

Taxa de entrada: Há uma taxa de entrada para visitar o Templo Garni. Certifique-se de levar dinheiro em espécie, pois nem sempre são aceitos cartões de crédito no local.

Dicas adicionais: Não se esqueça de levar protetor solar, chapéu e água, pois pode ficar bastante quente durante os meses de verão. Também é recomendável usar calçados confortáveis para explorar as áreas circundantes do templo.

2. Mosteiro Geghard

Localizado a cerca de 40 km da capital armênia, o Mosteiro Geghard é um dos locais mais sagrados do país.

O nome “Geghard” significa “lança” em armênio e está ligado à história da relíquia sagrada guardada no mosteiro: a lança que teria perfurado o corpo de Jesus Cristo durante a crucificação. Acredita-se que a lança tenha sido trazida para a Armênia no século 4 e, posteriormente, guardada no mosteiro, o que confere ao local uma grande importância religiosa.

Ao chegar ao Mosteiro Geghard, você será imediatamente impressionado pela sua arquitetura e pela sua localização única, parcialmente esculpido nas rochas de uma montanha. O complexo do mosteiro possui uma série de igrejas e capelas, algumas das quais datam do século 4, além de uma bela paisagem natural ao redor.

Uma das características mais fascinantes do Mosteiro Geghard é a acústica excepcional de suas igrejas. Ao entrar em uma das câmaras, você poderá desfrutar da experiência de ouvir o som reverberar lá dentro.

Localização: O Mosteiro Geghard está localizado na aldeia de Geghard, a cerca de 40 km a leste de Yerevan. Você pode chegar lá de carro, táxi ou por meio de excursões turísticas.

Horário de funcionamento: O mosteiro está aberto diariamente, geralmente das 9h às 17h ou 18h. Verifique os horários atualizados antes de sua visita.

Taxa de entrada: Há uma taxa de entrada para visitar o Mosteiro Geghard. Certifique-se de levar dinheiro em espécie, pois nem sempre são aceitos cartões de crédito no local.

Dicas adicionais: Como o Mosteiro Geghard é uma atração popular, pode ficar movimentado durante os meses de alta temporada. Tente visitá-lo no início da manhã ou no final da tarde para evitar as multidões. Também é recomendável usar calçados confortáveis, pois você precisará caminhar e subir escadas ao explorar o complexo do mosteiro.

3. Visitar vinícolas para degustação de vinho armênio

A Armênia tem uma rica tradição vitivinícola que remonta a milênios, com vinícolas que produzem vinhos de alta qualidade e sabor único. Há uma disputa com a Geórgia sobre qual povo resolveu fermentar uva primeiro, mas é fato que o vinho nasceu nessa região do Cáucaso.

De acordo com a Bíblia, Noé bateu a nave dele lá no Monte Ararat, desceu, achou vinho e tomou um porre. Esse é o primeiro registro escrito da bebida, mas os primeiros achados arqueológicos estão, de fato, na Geórgia.

Uma das regiões vinícolas mais renomadas da Armênia é a região de Vayots Dzor, localizada a cerca de 100 km de Yerevan. Nesta região, você encontrará vinícolas que oferecem visitas guiadas e degustações de vinhos, permitindo que você conheça o processo de produção e experimente uma variedade de vinhos locais.

Aqui tem um passeio que inclui a visita para Khor Virap. Mas, se você busca algo mais especial, esse aqui inclui uma bela refeição em uma vinícola local.

4. Khor Virap

Este lugar é famoso por sua ligação com a história cristã da Armênia e oferece uma das melhores vistas para o Monte Ararat. Aqui está tudo o que você precisa saber para aproveitar ao máximo sua visita:

Foi aqui que São Gregório, o Iluminador, foi mantido prisioneiro por 13 longos anos. Ele foi aprisionado em uma masmorra escura e úmida por espalhar o cristianismo na Armênia.

Sua história é cheia de reviravoltas, incluindo a conversão do Rei Tirídates III ao cristianismo. É um lugar cheio de lendas e momentos importantes da história armênia.

Além disso, o mosteiro tem uma arquitetura bem legal, com igrejas antigas, capelas e outros edifícios que remontam ao século 7.

Como Chegar: O Khor Virap está localizado a cerca de 50 km de Yerevan. Você pode chegar lá de carro, táxi ou até mesmo de ônibus, se preferir uma opção mais econômica.

Para mais praticidade, você também pode contratar uma excursão saindo de Yerevan. Essa aqui, por exemplo, inclui também uma visita ao Templo de Garni. Aí você mata dois coelhos com uma cajadada.

5. Lago Sevan e Mosteiro de Sevanavank

Localizado a apenas 70 km da capital armênia, esse destino oferece uma combinação perfeita de beleza natural e patrimônio histórico.

Lago Sevan ao fundo, vista do alto do mosteiro

Com águas cristalinas e uma extensão gigantesca, esse é um dos maiores lagos alpinos do mundo.

Nas margens do Lago Sevan fica o Mosteiro de Sevanavank, construído no século 9 e que complementa a paisagem e a visita ao lago.

Próximo mosteiro ficam alguns restaurantes onde você pode comer um peixe frito que é tradição no loca.

Como Chegar: O Lago Sevan e o Mosteiro de Sevanavank estão a cerca de 70 km de Yerevan. Você pode chegar lá de carro, táxi ou até mesmo de ônibus. Ao chegar, você encontrará estacionamento disponível nas proximidades do mosteiro.

Os passeios até lá custam a partir de US$ 30. Veja como reservar o seu aqui.

Onde ficar em Yerevan: dicas de hotéis e hospedagem

Como Yerevan é uma cidade relativamente pequena, não há muito segredo na hora de escolher sua hospedagem por lá. Ficar no centro e proximidades é, sem dúvida, a melhor pedida. Assim, você poderá conhecer boa parte das atrações à pé.

Para mais informações, veja nosso guia completo de onde ficar em Yerevan.

Aqui estão algumas dicas para ajudar você a escolher onde ficar em Yerevan:

  1. Centro da cidade: Ficar no centro de Yerevan é uma ótima opção para estar próximo das principais atrações turísticas, restaurantes, lojas e vida noturna. Você encontrará uma ampla variedade de hotéis de diferentes categorias, desde opções mais luxuosas até estabelecimentos mais econômicos.
  2. Avenida do Norte (Abovyan Street): Essa avenida movimentada é uma escolha popular entre os turistas. Ela oferece uma ampla seleção de hotéis, bem como restaurantes, cafés e lojas nas proximidades. É uma região vibrante e cheia de energia.
  3. Distrito de Kentron: O distrito de Kentron é o coração de Yerevan e abriga muitos dos principais pontos turísticos da cidade. É uma área cheia de história e cultura, com belas praças e parques. Aqui você encontrará hotéis de diferentes estilos e faixas de preço.
  4. Distrito de Arabkir: Localizado ao norte do centro da cidade, o distrito de Arabkir é uma escolha mais tranquila, mas ainda com fácil acesso às atrações de Yerevan. É uma área residencial com uma variedade de hotéis, além de restaurantes e cafés charmosos.
  5. Cascata de Yerevan: Se você procura uma experiência mais exclusiva e sofisticada, considere ficar nas proximidades da Cascata de Yerevan. Essa área é conhecida por seus hotéis de luxo e oferece vistas deslumbrantes da cidade.

Veja agora alguns hotéis selecionados por nós:

  • Aratta Boutique Hotel: Quartos lindos e confortáveis, com varanda e diárias a partir de US$ 90. VER PREÇOS
  • Sofia Hotel: Opção econômica bem avaliada no centro. Quartos simples, mas com bom custo-benefício. Diárias a partir de US$ 40. VER PREÇOS.
  • Kantar Hostel: Melhor hostel em Yerevan. Ótimos quartos coletivos e privados. Diárias a partir de US$ 20 para os dormitórios. VER PREÇOS.
  • Multi Grand Pharaon Hotel: Vai um 5 estrelas no precinho? Em Yerevan dá para conseguir boas tarifas para esse tipo de hospedagem. Esse aqui custa a partir de US$ 140 a diária. VER PREÇOS.

Roteiros para 3, 5 e 7 dias em Yerevan, Armênia

Veja agora uma sugestão prontinha com as atividades para cada dia da sua viagem para Yerevan, para quem vai ficar de 3 a 7 dias na cidade.

Roteiro de 3 dias em Yerevan:

Dia 1:

  • Pela manhã, explore a Praça da República e admire a arquitetura, incluindo o prédio do Governo e a Fonte de Dança.
  • Visite o Museu de História da Armênia.
  • Desfrute de um almoço tradicional em um dos restaurantes locais. Temos uma lista ali embaixo!
  • À tarde, continue explorando o centro. Vá ver a Mesquita Azul, o Mercado Vernissage, a Ópera de Yerevan e o Ballet Theatre.

Dia 2:

  • Comece o dia visitando a Cascata de Yerevan e o Parque de Esculturas.
  • Faça uma pausa para o almoço em um dos restaurantes ao redor da área.
  • Pegue um táxi e vá ver o Memorial do Genocídio Armênio.
  • À noite, vá comer em um restaurante tradicional armênio.

Dia 3:

  • Parta para uma excursão ao Mosteiro de Khor Virap, situado nas colinas próximas a Yerevan. Aprecie a vista do Monte Ararat.
  • Continue a excursão e visite o Templo Garni, um impressionante templo greco-romano.

Roteiro de 5 dias em Yerevan:

Além do roteiro de 3 dias, acrescente:

Dia 4:

  • Faça uma visita às vinícolas de Vayots Dzor, onde você pode desfrutar de degustações de vinhos e aprender sobre a tradição vinícola da Armênia.

Dia 5:

  • Reserve este dia para visitar as igrejas históricas de Yerevan, incluindo a Igreja de São Gregório, a Igreja de São João Batista e a Igreja de Santa Ana. Aprecie a arquitetura e a atmosfera religiosa desses locais sagrados.
  • Faça uma visita à fábrica de aguardente Ararat

Roteiro de 7 dias em Yerevan:

Além dos roteiros de 3 e 5 dias, acrescente:

Dia 6:

  • Faça uma viagem de um dia ao Lago Sevan, um dos maiores lagos alpinos do mundo. Aproveite para relaxar à beira do lago, visitar o Mosteiro de Sevanavank e desfrutar de um almoço com peixe fresco da região.
  • À tarde, se tiver tempo, visite o Parque Vardavar e participe do festival Vardavar, se estiver ocorrendo durante a sua visita.

Dia 7:

  • Explore o Monte Aragats, a montanha mais alta da Armênia. Faça uma trilha ou pegue o teleférico para apreciar a vista panorâmica da região.
  • Faça alguma atividade de turismo criativo, como aula de culinária armenia e degustação de pratos e vinhos.
  • À noite, aproveite uma última refeição em um dos restaurantes locais e desfrute da animada vida noturna de Yerevan.

Lembre-se de que este é apenas um roteiro sugerido e você pode ajustá-lo de acordo com seus interesses e preferências. Certifique-se de verificar os horários de funcionamento, reservar ingressos antecipadamente e estar ciente das restrições de viagem ou mudanças nas atrações devido a eventos ou circunstâncias atuais. Aproveite sua estadia em Yerevan e desfrute de tudo o que a cidade tem a oferecer!

Veja também nossa sugestão de roteiro em uma viagem pelo Cáucaso, incluindo passagens pela Geórgia, Armênia e Azerbaijão.

Restaurantes em Yerevan: dicas de lugares testados por mim!

Lamajoh, um prato tipico da armenia
Lamajoh, um dos pratos típicos da Armênia para você provar!
  • Tun Lamajoh: Especializado no Lamajoh, uma espécie de pão em formato de pizza, coberto com carne moída, tomate e especiarias. É um prato bem típico da Armênia. Serve também outros pratos locais e o tradicional vinho de romã. Instagram.
  • Arami Garden: Um bar lindíssimo que fica escondido dentro de um jardim e serve excelente drinks autorais. Instagram.
  • DOC Therapy Bar: Café gostosinho, com boas opções de refeições saudáveis, sobremesas e lanchinhos. Instagram.
  • Dargett Craft Brewery: A melhor cervejaria de Yerevan, eu quase que bati ponto ali todos os dias. Tem ótima carta de chopps, além de tira-gostos e hambuguers deliciosos. Instagram.
  • Dors Craft Beer & Kitchen: Outra cervejaria que vale a pena conhecer. Além das ótimas cervejas, serve também refeições, tira-gosto e pizzas. Instagram.
  • Lavash: Se o que você busca é uma culinária autêntica e tradicional, o Lavash é o lugar pra você. É especializado no prato de mesmo nome, mas serve muitas delícias armênia e tem, inclusive, uma carta de vinhos que inclui rótulos locais. Instagram.
  • Louis Charden: Bateu a vontade de um docinho? Essa confeitaria imita a estética e as receitas francesas. É uma boa pedida também para o café da manhã. Instagram.

O que comer na Armênia: pratos típicos do país que você não pode perder

Lavash, prato típico da Armênia para provar em Yereva
Lavash, uma das delícias para provar na Armênia

Quando se trata de comida, a Armênia é um verdadeiro paraíso! A culinária armênia é rica em sabores, ingredientes frescos e pratos tradicionais que refletem a herança cultural do país.

Aqui estão alguns pratos típicos que você não pode deixar de experimentar:

  1. Khachapuri: Um pão recheado e assado com queijo derretido. É uma delícia popular em toda a região do Cáucaso e a versão armênia é conhecida como “chijin”.
  2. Lavash: Um pão fino e macio, considerado uma das bases da culinária armênia. É geralmente servido com diferentes acompanhamentos, como queijos, ervas frescas e pastas.
  3. Dolma: Rolinhos de folha de uva recheados com uma mistura de arroz, carne moída, ervas e especiarias. É uma iguaria tradicional da Armênia, muitas vezes servida como aperitivo ou como parte de um banquete.
  4. Khorovats: O churrasco armênio, feito com carne grelhada em espetos sobre brasas. Pode incluir diferentes tipos de carne, como cordeiro, porco, frango ou vegetais grelhados.
  5. Tolma: Um prato parecido com o dolma, mas em vez de folhas de uva, utiliza-se folhas de repolho. É um prato saboroso e reconfortante, especialmente durante os meses mais frios.
  6. Harissa: Um prato tradicional armênio feito com trigo moído e carne, geralmente de frango ou cordeiro. É cozido lentamente até se tornar uma espécie de mingau cremoso e é servido com uma pitada de manteiga derretida por cima.
  7. Gata: Uma sobremesa popular na Armênia, é um bolo doce e amanteigado com uma variedade de recheios, como nozes, frutas secas ou especiarias.
  8. Lahmacun: Uma espécie de pizza turca, mas também muito popular na Armênia. É uma massa fina coberta com carne moída temperada, tomate, cebola e especiarias.
  9. Basturma: Carne bovina curada e temperada com alho, páprica e outras especiarias. É geralmente servida fatiada em finas fatias e pode ser apreciada como um petisco saboroso.
  10. Sujukh: Uma iguaria doce feita com nozes (geralmente nozes ou avelãs) cobertas com uma camada de xarope de uva ou mel. É uma delícia tradicionalmente consumida durante o Natal.

Como se locomover em Yerevan

Para as atrações dentro de Yerevan, você consegue caminhar para a maior parte delas. Aquelas que estão mais distantes, como o Memorial do Genocídio, são facilmente acessíveis de transporte público ou de táxi que, aliás, são bem baratos por ali.

Para visitar os arredores, além da possibilidade de contratar tours e transfers, também é uma boa ideia alugar um carro. Assim, você terá liberdade para unir mais de um passeio no mesmo roteiro, ficar o tempo que quiser e explorar as belas estradas da Armênia no seu ritmo.

No entanto, esteja ciente de que o trânsito em Yerevan pode ser agitado e encontrar estacionamento pode ser um desafio em certas áreas. Eu aluguei um carro para fazer os trajetos lá e foi bem tranquilo dirigir, no entanto.

Caso você opte por isso, recomendamos que reserve seu veículo com antecedência. Para isso, utilizamos a RentCars. Eles são um comparador que inclui basicamente todas as opções de locadoras, das mais tradicionais como a Europcar ou Guerin às mais baratinhas, como a Firefly.

Eles são parceiros aqui do blog exatamente porque oferecem excelentes condições de aluguel, com diárias muito baixas, possibilidade de pagar as reservas em reais, sem IOF e parcelamento em até 12 vezes. Clique aqui para fazer sua cotação sem compromisso.

Inscreva-se na nossa newsletter

5/5 - (3 votes)

Compartilhe!







Eu quero

Clique e saiba como.

 




Natália Becattini

Sou jornalista, escritora e nômade. Viajo o mundo contando histórias e provando cervejas locais desde 2010. Além do 360meridianos, também falo de viagens na newsletter Migraciones, no Youtube e em inglês no Yes, Summer!. Vem trocar uma ideia comigo no Instagram. Você encontra tudo isso e mais um pouco no meu Site Oficial.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.