Tags:
Atlas: Bogotá, Colômbia

Onde comer em Bogotá, a capital sul-americana da gastronomia

Dá para fazer uma volta ao mundo só explorando lugares onde comer em Bogotá: tem culinária colombiana, tailandesa, francesa, italiana, mediterrânea e claro, fusion, porque a cidade é moderna e hipster até a alma. Para realmente aproveitar uma viagem à capital colombiana, é preciso não só conhecer seus principais pontos turísticos, como também colocar bons restaurantes no roteiro.

Isso porque já faz um tempinho que a cidade vem tentando se estabelecer como a capital da gastronomia na América do Sul. Para isso, nos últimos anos, foram criadas zonas gastronômicas em diferentes bairros da cidade, que concentram restaurantes de culinária colombiana e de muitas partes do mundo. Conheça agora as principais zonas gastronômicas e dicas de restaurantes onde comer em Bogotá.

Este post contou com a colaboração da amiga colombiana Maria Antonieta, do blog Baraja de Viajes, que tem um monte de dicas legais sobre Bogotá.

Onde comer em Bogotá: as Zonas Gastronômicas da cidade

Zona G

calles 68 e 71 e carreras 7 e 4

O “G” que dá nome a essa zona tem duas explicações possíveis: o fato de que as ruas têm juntas o formato da letra e o de que essa é a região mais gourmet da cidade. Há um pouco de tudo por ali: de hamburguerias modernas a comida tradicional, de culinária internacional a lugares para café da manhã.

Onde comer na Zona G

Crepes&Waffles arte-sano

(site oficial)

Há filiais dessa rede especializada em crepes e waffles salgados e doces em toda a cidade, mas a da Zona G é especial: é a única do país que serve comida artesanal, com experimentações gastronômicas e cardápio exclusivo. As sobremesas são simplesmente uma delícia. Uma curiosidade interessante é que a rede começou com uma portinha pequena gerida por uma senhora e se expandiu por todo o país. Hoje, todas as pessoas trabalhando nas filiais da Crepes and Waffles são mães solteiras.

Zona C

Candelária

Onde comer em Bogotá - Candelária

Além de charmosa e animada, a região histórica da Candelária, no centro da cidade, é uma das zonas gastronômicas de Bogotá. Por ser uma região boêmia famosa entre os bogotanos, cheia de estudantes e trabalhadores que buscam um lugar de descanso nas redondezas, por ali proliferam os restaurantes e bares das mais diversas tradições e estilos. Essa é uma excelente zona para provar a autêntica comida colombiana, o famoso café nacional e os quitutes típicos do país. Há também ampla oferta de cozinha internacional e vegetariana.

Onde comer na Candelária

La Puerta Falsa

Calle 11 No. 6-50 

Uma tradicional padaria da cidade, famosa pelo chá da tarde típico dos bogotanos: o chocolate com queijo e pão. Costuma ter fila para entrar.

La Roma (Italiano)

Calle 11 No 2-26
O La Roma é o lugar para quando bate aquela vontade de comer uma massa gostosa. Tem dois salões, um deles ao ar livre, e é um dos restaurantes italianos mais famosos da cidade.

Frida (Mexicano)

Carrera 10, No 26 – 40, segundo piso

Colorido como o México, o Frida é um conhecido restaurante no centro da cidade. Serve os pratos tradicionais mexicanos e conta com bons preços e serviço.

La Bruja

Cl. 12, No 3-45

Esse café-restaurante brinca com o paranormal. Diz a lenda que funciona no local onde antes havia um antigo calabouço e uma mulher que passava por ali todos os dias perguntando por seu filho perdido ainda assombra o ambiente, assim como outras almas penadas. Essa atmosfera fantasmagórica está presente na decoração. O cardápio tem ótimas opções de comida colombiana e de outras partes da América do Sul.

La Hamburguesería

Calle 11, No 2-78 (site oficial)

Hambúrgueres suculentos, carnes, saladas e outras delícias esperam nessa hamburgueria artesanal no centro da cidade. Tem apresentações de música ao vivo de bandas de rock, jazz e blues.

Bao (Asiático)

Carrera 4, No 11-94 (site oficial)

Com a proposta de oferecer comida de rua asiática, o Bao tem um cardápio moderno e inovador, com ramen noodles, sopas, sushis e algumas novidades, como o cheesecake de lichia.

Zona T

Carrera 12, entre as calles 83 e 84

Localizada dentro da descolada Zona Rosa, a Zona T é uma rua com trânsito exclusivo de pedestres que reúne os restaurantes e bares mais populares da cidade. Caminhar pela rua 12 é bastante agradável. É comum que o lugar sirva de palco para exposições de arte e fotografia a céu aberto. Ali perto também fica um shopping com lojas de grife.

É uma região moderninha, considerada o centro da vida noturna local, e os estabelecimentos ali são bem decorados e confortáveis. Tudo isso é pra dizer que não é uma região das mais baratas, mas é perfeita para sair à noite com amigos ou para um bom jantar a dois.

Onde comer na Zona T

Andrés Carne de Rés

Calle 3 No. 11A – 56 (site oficial)

Um dos restaurantes mais famosos de Bogotá, é recomendadíssimo por qualquer guia e morador da cidade. Funciona como um bar, perfeito para reunião de amigos, e serve boa comida e tem música agradável. Conta com uma decoração peculiar e criativa, formada por antiguidades e objetos aleatórios combinados de forma original: uma antiga balança de farmácia divide espaço com um manequim de metal tamanho família e com uma estátua de leão. No segundo andar funciona uma boate ligada ao restaurante e que também figura entre as melhores da cidade.

La Central (Ceviches)

Cra. 13, No 14 (site oficial)

Com a proposta de levar o sabor do Mar do Caribe para as mesas de Bogotá, a La Central serve ceviches de todos os tipos, além de peixes, arrozes, sopas e lagostas.

Usaquén

Onde comer em Bogotá - Usaquén

Foto: Shutterstock, Por Alejo Miranda

Localizado na parte norte de Bogotá, Usaquén é famoso por seu mercado de pulgas que ocorre todo domingo há mais de vinte anos, na praça principal do bairro. No passado, era uma área rural que acabou sendo incorporada pela cidade, mas ainda preserva o jeitão de interior e as casas de estilo colonial.

Todo esse charme é um convite para a proliferação dos bares e restaurantes na região, em especial nas ruas ao redor da praça. Muitos estabelecimentos ali oferecem música ao vivo e a variedade chama a atenção: além de comida colombiana, você encontrará opções de cozinha italiana, bistrôs franceses, asiática e espanhola. A grande vantagem é que os preços aqui costumam ser mais baratos que em outras partes da cidade, como as Zonas G e T.

Onde comer em Usaquén

La Tienda de Café (Carnes)

Calle 119 # 6, No. 16 (site oficial)

Nasceu como um café e loja de roupa e hoje funciona como um restaurante que serve carnes e parrilladas reconhecidas em toda a cidade, além de especialidades colombianas. As paredes da loja estão repletas de murais feitos por vários artistas ao longo dos 23 anos de funcionamento. Os trabalhos são periodicamente substituídos por novos, para dar vez a outras perspectivas e um novo ar ao restaurante.

El Abasto

Cra. 6, No. 119b-52 (site oficial)

Um abasto é um pequeno mercado ou mercearia e é esse o conceito desse restaurante. Inspirado nos antigos mercadinhos tradicionais, é um famoso lugar para se tomar café da manhã em Bogotá. Servem café orgânico e pão artesanal e têm opções vegetarianas e veganas no cardápio. Também funciona para almoço e jantar.

El Desayunadero de la 42

Cl. 69a, No. 9-14

Esse lugar é famoso entre os bogotanos por ser a parada para tomar café da manhã depois da balada nos anos 1990. O lugar é discreto e simples, mas serve café da manhã típico de Bogotá, 24 horas por dia há mais de 30 anos.

14 incas (Peruano)

Calle 119B, No 5 (site oficial)

Um restaurante informal e jovem, com decoração moderna e cardápio criativo que serve a autêntica comida peruana em Bogotá. O nome é inspirado nos governantes da antiga civilização que floresceu no Peru. Há também uma filial na Zona T.

Zona M

La Macarena

Essa é outra importante zona boêmia da cidade, repleta de bares e restaurantes para provar a típica comida colombiana. A região é frequentada por artistas, músicos e gente criativa de todos os tipos. Por isso, essa zona do distrito de Santa Fé que cresce ao redor do Museu Nacional da Colômbia também é conhecida por seus ateliês e galerias.

A região é pra lá de hipster e é conhecida por ter o conjunto mais eclético de restaurantes da cidade. Por isso, você vai encontrar ali culinária de todo o mundo, além de cafés orgânicos e cozinha vegetaria e vegana.

Gostou das nossas dicas de onde comer em Bogotá? Deixe suas sugestões nos comentários e confira todos os nossos textos sobre a cidade.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma e compartilho minhas impressões de mundo também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.