fbpx
Tags:
Atlas: Florença, Toscana, Itália

Onde ficar em Florença, Itália: dicas de hotéis e bairros

Este texto é um guia completo para você decidir onde ficar em Florença, na Itália. Foi produzido com base em várias passagens do 360meridianos pela cidade, que é o berço do renascentismo e, por que não, ela própria uma obra de arte.

A seguir você vai encontrar sugestões de bairros e também de hotéis, apartamentos e hostels nas principais regiões da cidade. Ou seja, há opções de hospedagem em Florença para todos os gostos e orçamentos.

Veja também: 12 roteiros de viagem pela Itália – de 7 a 30 dias
Chip de celular na Itália – como comprar e dicas de planos
O que fazer em Florença – roteiro pronto para 2 ou 3 dias
Roteiro de 7 dias na Toscana, de carro ou não

Qual o melhor lugar para se hospedar em Florença?

Pra mim não há dúvidas: a melhor região para se hospedar em Florença é no centro histórico, de preferência perto do Duomo. A questão é que nem sempre ficar por ali é tarefa das mais amigáveis ao bolso. Se você viajar na alta temporada então, pode ser impagável. Por outro lado, no outono e no inverno é possível ficar em hotéis quase de frente para o Duomo – que é o coração de Florença e a principal atração da cidade – por valores bastante razoáveis.

Se ficar perto do Duomo não for possível, todos os bairros e regiões abaixo têm boas opções para você se hospedar em Florença. Falaremos de todos eles – com indicações de hotéis – a seguir.

  1. Duomo
  2. Santa Maria Novella
  3. Palácio Pitti
  4. Porta al Prato
  5. Lugarno del Tiempo
  6. Piazzale Michelangelo

Onde ficar perto do Duomo de Firenze

Onde ficar em Florença - Duomo

Duomo – ou catedral – de Florença

Como você já deve imaginar, o centro histórico é onde tudo acontece. É ali que estão as principais atrações e também a maior concentração de turistas. Toda vez que você colocar os pés para fora do seu hotel, vai se sentir como se tivesse acabado de entrar num museu a céu aberto. É clichê, eu sei, mas essa é mesmo uma boa definição.

  • Firenze Rentals Suite Oche – Apartamentos modernos e muito bem localizados, na rua paralela ao Duomo. Já nos hospedamos nesta rua e recomendamos o endereço.
  • Hotel De Lanzi – Três estrelas na mesma rua, a 50 metros do Duomo. Fica num prédio antigo, mas confortável. A localização é elogiadíssima.
  • Le Fate Holiday Homes – Quartos grandes e reformados. Localização imbatível, perto de tudo.
  • Leonardo at the Dome – Outro conjunto de apartamentos, com opções para duas e até quatro pessoas. Tem vista parcial para a catedral de alguns aposentos.
  • Apartments Cathedral View – É isso que o nome diz: apartamentos com vista para o Duomo! Uma das opções mais concorridas da cidade – quase sempre está esgotado.
  • Duomo View – Hotel simples, mas de frente para o Duomo.



Booking.com

Onde se hospedar perto da Santa Maria Novella

Se você pretende usar a cidade como base para explorar a região da Toscana, ficar em hotéis próximos à estação Santa Maria Novella pode facilitar sua vida. A estação é nomeada assim por conta da Basílica vizinha, o terceiro templo mais importante de Florença. Ficando ali você estará a 10 minutos de caminhada do Duomo e a no máximo 20 das principais atrações da cidade.

  • Grand Hotel Baglioni – Esse hotel funciona num prédio centenário. Está a 300 metros da estação de trem e tem uma vista linda de alguns aposentos.
  • Domus Florentiae – De frente para a estação, um hotel quatro estrelas num prédio do século 16.
  • Alinari Boutique – Conjunto de apartamentos quase de frente para a estação.

Encontre mais hotéis no centro histórico de Florença

Onde ficar em Florença: Palácio Pitti

Onde Ficar em Florença: Palacio Pitti

Essa região às margens do Rio Arno leva o nome de uma famosa construção renascentista de Florença. Ali é possível encontrar hotéis luxuosos, embora acomodações mais simples também estejam disponíveis.

Colada na Ponte Vecchio, essa bonitona da foto acima, a região é vizinha ao Centro Histórico e bem servida por transportes públicos que levam às principais atrações. Ficando ali, aliás, você já vai estar muito perto de muitas delas, como o próprio Palácio Pitti e o Duomo, que estará a no máximo 15 minutos de caminhada.

Encontre hotéis próximos ao Palácio Pitti

Onde ficar em Florença: Porta al Prato

A Porta al Prato, monumento que dá nome ao bairro, é um dos portões medievais mais antigos de Florença.  A velha muralha que protegia a cidade passava por ali. A região é bastante residencial e, por isso mesmo, mais tranquila que os badalados bairros turísticos – outra vantagem é que as opções de hospedagem nessa parte de Florença são bem mais baratas. 

Além de hotéis, possui também uma boa quantidade de apartamentos para alugar. É bem servida de conexões de ônibus. A Estação de trem Firenze Porta al Prato é outra opção de transporte para quem se hospedar por ali. Fica a 15 minutos de caminhada do Centro Histórico.

  • Residence Porta Al Prato – Apartamentos grandes e custo/benefício muito bom!
  • La Firenze Sogna – Dois apartamentos concorridíssimos e muito bem avaliados pelos hóspedes.
  • B&B Rubina Belfiore – Pousada familiar – e é justamente a relação com os donos que mais recebe elogios por parte dos viajantes.

Encontre hotéis ou apartamentos em Porta al Prato

Onde ficar em Florença: Lugarno del Tiempo

Onde ficar em Florença - Lugarno del Tiempo

Outra região às margens do Rio Arno, o Lugarno del Tiempo fica entre 10 e 15 minutos de caminhada do Centro Histórico. Nessa área é possível encontrar opções de hospedagem confortáveis e que não estouram o orçamento.

Como é um pouco mais afastada (lembrem-se que Florença é uma cidade pequena), o lugar tende a ser mais tranquilo e com menor fluxo de turistas. Quem não gostar de caminhar pode usar os ônibus que passam por ali para se locomover até as atrações.

Encontre hotéis em Lugarno del Tiempo

Onde ficar em Florença: Piazza Michelangelo

Região na parte alta da cidade, cercada de parques. A Piazzale Michelangelo, principal ponto de interesse da área, tem uma das vistas mais bonitas de Florença. Assistir a um pôr do sol acompanhado de uma garrafa de vinho é um programa imperdível dali. O lugar possui belos prédios históricos, vilas e casarões onde funcionam hotéis charmosos e confortáveis.

Espere desembolsar um pouco a mais para ficar nessa região. Por ali você também estará longe de outras atrações – são cerca de 20 minutos de caminhada até a Ponte Vecchio e 30 até o Duomo. Um táxi do centro histórico até lá custa entre 15 e 20 euros.

  • Art Hotel Villa Agape – Típico casarão da Toscana, cercado por oliveiras e ciprestes – tanto é que esse prédio já foi moradia de uma duquesa. Há transfer de graça para o centro histórico.
  • Sognando Firenze – Pousada às margens do Rio Arno, na altura da Piazzale Michelangelo – é só subir a escadaria.
  • Park Palace Hotel – Casarão histórico na região da Piazzale Michelangelo.

Encontre mais hotéis na Pizza Michelangelo

É mochileiro? Três hostels em Florença

Vale ficar perto do aeroporto?

Não importa a cidade, só vale ficar perto do aeroporto se você tiver um voo muito cedo (o que envolve deslocamentos de madrugada) ou se chegar muito tarde. No caso de Florença isso é ainda mais claro, afinal o Aeroporto Américo Vespúcio está a apenas 8 km do centro – são cerca de 20 minutos de transporte público urbano.

Onde se hospedar em Florença caso você esteja de carro alugado?

Não acho que compense alugar um carro para circular com ele por Florença apenas – a cidade é pequena e tem muitas áreas de trânsito permitido só para moradores – viole a regra e isso resultará em multas (sim, no plural) altíssimas. Por isso, o ideal é alugar o carro somente nos dias que você pretende sair de Florença para outras partes da Toscana.

Caso precise de hospedagem com garagem em Florença, opte por hotéis fora do centro histórico. Outra alternativa é parar o veículo em algum estacionamento particular fora da cidade e ir para o hotel a pé ou de transporte público.

Está montando um roteiro pela Itália? Então veja também:

O 360meridianos tem guias completíssimos e sempre atualizados para você decidir onde ficar em várias de cidades italianas. Tudo feito com base na experiência de mais de uma dezena de viagens pelo país:

Onde ficar em Veneza – melhor região nas ilhas e hotéis
Onde ficar em Roma – melhores bairros e hotéis
Onde ficar em Milão – todas as regiões
Onde ficar em Bolonha – bairro a bairro
Onde ficar em Nápoles – hotéis e bairros



Booking.com

O seguro viagem é obrigatório na Itália?

Sim, o seguro de viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa, inclusive na Itália, e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o melhor seguro para a Itália e entenda a diferença para o seguro do INSS.

Ao fazer sua reserva a partir dos links listados aqui, o blog ganha uma pequena comissão. Essa é uma forma de ajudar o 360meridianos, mas você não paga nada a mais por isso. Para mais detalhes, veja as políticas do blog.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.