fbpx

Onde ficar em Manchester: os melhores bairros e dicas de hotéis

Com fama de industrial, cinzenta e até meio feiosa, Manchester atrai fãs do rock inglês e de futebol de todo o mundo. É verdade que, embora não se destaque muito por suas belezas arquitetônicas ou curiosidades históricas, a cidade possui uma riqueza cultural única no Reino Unido. Foi ali que nasceram alguns dos principais nomes que mudaram para sempre a história da música do século 20 e onde brilharam algumas das maiores estrelas dos gramados. Se você se interessa por uma – ou duas – dessas coisas, a cidade merece sua atenção durante uma viagem a Inglaterra. Por isso, separamos algumas dicas de onde ficar em Manchester, com os melhores bairros e hotéis para aproveitar a cidade.

Não deixe de ler também todas as nossas dicas num roteiro de o que fazer em Manchester

Onde ficar em Manchester

  • Centro de Manchester

Onde ficar em Manchester

Prédios históricos, como a Biblioteca Pública, a Catedral de Manchester e a estação de trem, dividem espaço com construções modernas, comércio abundante e muita vida nas ruas. Desde o centro de Manchester é possível explorar grande parte da cidade a pé e, quando a distância for maior, é fácil encontrar transporte público e oferta de táxi. O lugar ainda possui diversos restaurantes mais em conta que no balado Northern Quarter e hotéis para todos os gostos. Ficar nos centros da cidade é sempre uma boa ideia, e em Manchester isso não é diferente.

Nós já experimentamos por ali o Radisson Blue Edwardian e também o Innside by Melia Manchester. Ambos são hotéis excelentes – leia o review mais abaixo no post.

Reserve hospedagem no centro de Manchester

  • Northern Quarter

Onde se hospedar em Manchester

Bares e restaurantes que vão do descolado ao chique, lojas de roupa, música e design, vida noturna vibrante. O Northern Quarter de Manchester é a região mais cool para se hospedar na cidade. É ali que estão os lugares mais populares para sair na cidade. Localizado entre a High Street e a Oldham Street, está próximo também ao Andale Centre e aos Piccadilly Gardens, o que significa que você também está próximo das atrações para ver durante o dia.

A região também carrega a fama de ter muitos ateliês e lojas  independentes que vendem de tudo, de artigos e vestuário vintage, vinil, livrarias e sebos, móveis, artigos de decoração e arte. Além de atrair visitantes de todo o mundo e criaturas da noite, o local também é bairro de escolha de muitos jovens profissionais britânicos que buscam uma vizinhança descolada e multicultural para viver.

Uma boa opção ali é o ibis Styles Manchester Portland, que tem um excelente custo benefício e decoração incrível. Confira também o Abel Heywood Boutique Hotel.

Reserve hospedagem no Northern Quarter

  • Castlefield

O Castlefield é uma opção interessa: fica na beira de canais d’água e tem vários armazéns antigos e hoje convertidos em bares. Além disso, por ali estão alguns museus muito legais, como o People History Museum e o Museu da Ciência e da Indústria.

Outro ponto positivo de Castlefield é que por ali você encontra acomodações mais em conta! Por exemplo, o hostel YHA Manchester e o Castlefield Hotel.

Onde ficar em Manchester: outras opções

Manchester é a terceira cidade mais visitada da Inglaterra e por isso possui boa oferta de hospedagem para todos os bolsos e estilos de viagem. Se o que você busca são hostels ou hospedagens econômicas, há uma lista aqui.

Já quem quer mais privacidade e prefere ficar em um apartamento com a família ou amigos, pode buscar aqui. Você ainda pode estabelecer seus próprios parâmetros para a busca e pesquisar entre todos os hotéis em Manchester.

Onde nos hospedamos em Manchester

Radisson Blue Manchester

O Radisson Blue Edwardian é um hotel 5 estrelas cumpre bem o objetivo de quem quer ficar num local onde a música é um elemento importante. Construído no antigo Free Trade Hall, antiga casa de shows de recebeu concertos lendários de Bob Dylan e Sex Pistols – para citar apenas alguns – e influenciou toda a talentosa geração de músicos que floresceu na cidade a partir dos anos 1980. É exatamente o que se pode esperar de um Radisson. As acomodações, espaçosas e confortáveis, café da manhã impecável (não incluído no valor da diária) e serviço excelente. Além disso, está localizado no centro da cidade o que garante fácil acesso às principais atrações. Clique aqui para saber mais sobre o hotel.

Também tivemos a chance de experimentar o impecável e moderno  Innside by Melia Manchester. Tem uma vista incrível para a cidade e fica próximo a pé de praticamente todas as atrações. Ainda, é um dos hotéis melhor avaliados na cidade: tem nota 9,3.

O 360meridianos é parceiro do Booking.com. Isso quer dizer que, fazendo sua reserva através dos links nesse post ou qualquer outro publicado aqui, a gente recebe uma comissão e você ajuda o blog sem pagar nada mais por isso. A viagem a Manchester foram um convite da Visit Britain. 
Avalie este post

Compartilhe!







Banner para newsletter gratuita

Receba grátis nosso kit de Planejamento de Viagem

Eu quero!

 

 




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.