fbpx
Tags:
Atlas: Quito, Equador

Onde ficar em Quito: Centro Histórico ou La Mariscal? Melhores bairros e dica de hotéis

Neste post, vamos ajudar você a escolher onde se ficar em Quito, a capital do Equador, com base em critérios como localização, preços, avaliações e comodidades.

Quito é uma cidade com uma oferta incrível de turismo e oferece uma experiência única aos seus visitantes, com suas ruas coloniais, a culinária típica, a cultura vibrante e uma atmosfera acolhedora. Com tantas opções de atrações para visitar, encontrar a hospedagem ideal em Quito pode ser uma tarefa desafiadora.

Para garantir uma estadia agradável e confortável em Quito, é importante escolher um lugar para ficar que se adapte às suas necessidades e orçamento.

Por isso, selecionamos cuidadosamente algumas das melhores opções de hospedagem em Quito. Com esta lista, você poderá escolher um lugar que se adapte ao seu estilo de viagem e às suas expectativas.

Então, continue lendo e descubra onde se hospedar em Quito de acordo com suas necessidades e preferências! Vamos lá?

Melhores hotéis em Quito, Equador

Caso você não tenha encontrado sua opção favorita, dê uma olhada em todas as opções de hospedagem por lá.

Melhores regiões para se hospedar em Quito, Equador

Escolher onde ficar em Quito não é tarefa das mais complicadas. Por ser uma capital latino-americana relativamente pequena, há basicamente duas regiões na cidade nas quais vale a pena procurar por hospedagem:

  • Centro histórico
  • La Mariscal

A maior parte da oferta hoteleira está distribuída entre esses dois bairros. A boa notícia aqui é que essa oferta é bem ampla e, apesar da moeda equatoriana ser o dólar americano, o preço médio da hospedagem em Quito está entre os mais baratos da América do Sul, perdendo apenas, acredito, para a Bolívia.

Se hospedar em qualquer um dos dois bairros é uma ótima pedida. Tudo depende do que você prioriza em uma estadia.

1. O Centro Histórico de Quito

O centro histórico de Quito, embora um pouco caótico como qualquer centro de cidade grande é, tem belas casas coloniais e está próximo à grande parte das atrações, além de contar com as melhores opções de transporte público para outras partes da cidade, já que os principais terminais urbanos estão por ali.

Quem quer economizar pode focar as buscas nessa região: as acomodações ali costumam ser mais baratas que em outras partes da cidade. Centenas de pessoas passam por ali durante o dia, indo para o trabalho e cuidado de seus afazeres cotidianos, já que esse é também o centro da vida quitenha.

Durante a noite, as ruas ficam um pouco desertas, por isso tenha cuidado ao circular na região às altas horas.

Onde ficar em Quito: Centro Histórico
Onde ficar em Quito: centro histórico

Hotéis no centro histórico de Quito

  • Hotel Patio Andaluz: Elegante hotel boutique 5 estrelas com estilo colonial do século 16, com arcos grandes e pátios internos repletos de jardins claros e coloridos. Diárias a partir de US$ 137. VER PREÇOS.
  • Hotel San Francisco de Quito: 3 estrelas que está entre um dos mais bem avaliados da região. Diárias a partir de US$ 64. VER PREÇOS.
  • Hotel Boutique Portal de la Cantuña: Pra quem quer uma hospedagem cheia de charme, vale a pena conferir! Diárias a partir de US$ 44. VER PREÇOS.
  • Friends Hotel: Conta com uma bela cobertura em um edifício histórico, café da manhã delicioso e apresenta excelentes avaliações. Diárias a partir de US$ 59. VER PREÇOS.
  • Hostal Joana del Arco: Onde me hospedei na minha passagem pela cidade, também oferece bons preços para quartos confortáveis em um bonito casarão histórico. Apesar do nome, o hostal é mais como uma pousada e as habitações são privativas. Diárias a partir de US$ 20. VER PREÇOS.

2. La Mariscal, Quito

Onde ficar em Quito: La Mariscal
Rua no bairro La Mariscal, Quito. Foto: Shutterstock, por Fotos593

La Mariscal é o bairro boêmio de Quito. Mais arborizado e tranquilo, não está tão perto das atrações históricas, de modo que você precisará pegar táxi ou transporte público para chegar até elas.

Em compensação, é ali que fica o melhor da vida noturna da cidade, em especial nos bares e restaurantes que ficam ao redor da Praça Foch.

Há ainda galerias, agências de viagem, lojas de artesanato e uma atmosfera multicultural que torna o La Mariscal o bairro favorito dos turistas buscando onde ficar em Quito.

Assim como as outras construções do bairro, os hotéis ali são mais modernos e também um pouco mais caros.

Hotéis em La Mariscal, Quito

  • ArtPlaza: Com UM café da manhã muito bom e quartos bonitos, confortáveis e aconchegantes, o é uma das principais escolhas de hospedagem do nível intermediário em Quito. Diárias a partir de US$ 37. VER PREÇOS.
  • Hotel Vieja Cuba: Além de funcionar em uma bela mansão colonial com toques modernistas, fica em uma das áreas mais elegantes de Quito. Diárias a partir de US$ 73. VER PREÇOS.
  • Blue House Youth Hostel: Destaca-se por sua localização a dois minutos da Plaza Foch, qualidade do serviço e preços. A diária no quarto coletivo custa US$ 6. VER PREÇOS.
  • Yellow House: Outra opção barata e muito bem avaliada na região, é uma pousada familiar localizada em uma bela casa colonial. Diárias a partir de US$ 29. VER PREÇOS.

Quanto custa em média uma hospedagem em Quito?

O custo médio de hospedagem em Quito pode variar bastante, dependendo do tipo de acomodação que você escolher, da localização e da época do ano em que você viajar. Mas, em geral, os preços podem ser bastante acessíveis em comparação com outras cidades da América Latina e Europa.

Para dar uma ideia geral, aqui estão os preços médios de hospedagem em Quito:

  • Hostels em Quito: a partir de cerca de US$ 10 por noite por pessoa em um dormitório compartilhado.
  • Hotéis de 2 a 3 estrelas em Quito: a partir de cerca de US$ 30 a US$ 60 por noite para um quarto duplo.
  • Hotéis de 4 estrelas em Quito: a partir de cerca de US$ 70 a US$ 120 por noite para um quarto duplo.
  • Hotéis de luxo de 5 estrelas em Quito: a partir de cerca de US$ 150 a US$ 250 por noite para um quarto duplo.

Os preços podem ser um pouco mais altos durante a alta temporada de turismo, que geralmente é de junho a setembro. No entanto, é possível encontrar boas ofertas de hospedagem com antecedência e pesquisando bem.

Lembre-se de que esses são apenas preços médios e podem variar muito dependendo de vários fatores. É sempre uma boa ideia verificar as avaliações e as comodidades oferecidas pelos hotéis e hostels antes de fazer sua reserva.

Qual a melhor época para viajar para Quito?

Por estar localizada na região dos Andes, Quito tem um clima bastante impactado pela altitude.

A época mais popular para visitar Quito é durante os meses de junho a outubro, que são mais secos, quentes e ensolarados. As temperaturas são geralmente amenas durante o dia e frescas à noite, com uma média que varia entre 20 °C e 10 °C. Essa é uma época excelente para caminhar pela cidade, explorar seus pontos turísticos e fazer caminhadas nas montanhas ao redor de Quito.

Note que a temperatura máxima em Quito não costuma ultrapassar muito os 20 °C!

Se você preferir evitar as multidões de turistas e desfrutar de tarifas de hotéis mais baixas, os meses de março a maio e outubro a dezembro são boas opções. Esses são os meses intermediários, em que o clima pode ser mais variável, com chuvas e temperaturas um pouco mais baixas.

Quantos dias ficar em Quito?

Em geral, recomenda-se ficar pelo menos 3 dias para explorar adequadamente Quito e suas principais atrações.

Durante esse tempo, você pode visitar o centro histórico de Quito, que é considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e abriga muitas igrejas, museus e edifícios coloniais. Você também pode subir o teleférico para chegar ao topo do vulcão Pichincha e desfrutar de vistas panorâmicas da cidade e dos Andes.

Se você estiver interessado em caminhadas e atividades ao ar livre e em fazer alguns bate-volta pela região, pode considerar ficar mais tempo, talvez 5 a 7 dias. Há muitas trilhas e paisagens naturais espetaculares nas montanhas ao redor de Quito, como o Parque Nacional Cotopaxi e a Reserva Ecológica Antisana.

Além disso, se você quiser explorar outras cidades e atrações do Equador, como as Ilhas Galápagos ou a cidade de Cuenca, precisará de mais tempo. Em geral, recomenda-se pelo menos 10 a 14 dias para uma viagem completa ao Equador.

Saiba mais no nosso guia completo sobre O que fazer em Quito.

Seguro de viagem para o Equador com Cupom de Desconto

Não se esqueça de contratar um seguro de viagem para sua estadia para o Equador. Embora o país não exija mais a contratação de um seguro para a imigração (a lei que exigia foi revogada), viajar sem um pode te dar uma dor de cabeça danada!

O seguro te protege contra acidentes e doenças e evita gastar uma grana não planejada. Além disso, ele também cobre eventuais imprevistos na viagem, como cancelamento de voos e perda de bagagem.

Você pode conseguir seguro de viagem para o Equador com desconto de até 25% para os nossos leitores. Basta usar o cupom 360MERIDIANOS05.

Clique aqui para fazer sua cotação!

Inscreva-se na nossa newsletter

5/5 - (2 votes)

Compartilhe!







Eu quero

Clique e saiba como.

 




Natália Becattini

Sou jornalista, escritora e nômade. Viajo o mundo contando histórias e provando cervejas locais desde 2010. Além do 360meridianos, também falo de viagens na newsletter Migraciones, no Youtube e em inglês no Yes, Summer!. Vem trocar uma ideia comigo no Instagram. Você encontra tudo isso e mais um pouco no meu Site Oficial.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.