Tags:
Atlas: Roma, Itália

Onde ficar em Roma: dicas de hotéis nos 5 melhores bairros

Na hora de decidir onde ficar em Roma, é fundamental fazer escolhas inteligentes. Isso porque poucas cidades têm tanto potencial para causar bolhas nos pés como ela. A capital da Itália até tem metrô, mas são poucas linhas. Por isso, resta andar. Ainda bem que Roma tem uma atração a cada esquina, né?

Sendo assim, é muito importante pensar na região da cidade que mais tem a ver com você na hora de se planejar. Para te ajudar nessa tarefa, este texto é um guia com os melhores bairros para se hospedar em Roma.

Veja também: Roteiros de viagem pela Itália – de uma semana a 30 dias na Velha Bota
Dicas de hotéis que falam português em Roma
Roteiro de o que fazer em Roma para três a cinco dias de viagem
Como conseguir um chip de 4G que funcione na Itália

Onde ficar em Roma: Qual o melhor lugar para se hospedar?

Não tem muita dúvida: o melhor lugar para se hospedar em Roma é o Centro Histórico. Escolher um hotel nessa região significa estar pertinho de lugares como a Fontana di Trevi, o Panteão, a Piazza Navona e a Piazza di Spagna. Enfim, ótima localização.

E mesmo por ali nós temos uma área favorita: as quadras que ficam entre o Panteão e a Piazza Navona. Se hospede por ali e você estará no coração de Roma, perto de bons bares e restaurantes e a curtas caminhadas de muitas atrações da cidade eterna.

Tanta vantagem tem seus desafios. É lógico que os preços da hospedagem acompanham esse comodismo. E essa região deve concentrar a maior quantidade de turistas por metro quadrado da cidade – pense nisso caso queira tranquilidade e principalmente se viajar na alta temporada, que é de junho a setembro.

Hotéis no centro histórico de Roma

    • Apartamento: Historical Domus near Pantheon Square – Apartamento colado ao Panteão. Tem dois quartos e acomoda até seis pessoas. É ótimo para famílias.Testamos!
    • Apartamento: POP Art B&B – Na mesma região, esse apartamento está a 100 metros do Panteão. Localização fantástica.
    • Apartamento: Coppelle 2 Pantheon – Também na mesma área. Apto para até 6 pessoas.
    • Hotel três estrelas: Via Del Corso Home Roma – Na Praça Venezia e perto de atrações como a Fontana di Trevi. Bem avaliado.
    • Hotel três estrelas: Albergo Abruzzi – Só 20 metros do Panteão, que pode ser visto da janela de alguns quartos.

Booking.com

Clique e veja várias opções de hospedagem econômica no centro de Roma

o melhor lugar para se hospedar em Roma é no centro histórico, perto de atrações como o Panteão

Hotéis perto da estação Roma Termini

Não se espante se alguém te disser que a melhor região para se hospedar em Roma é perto da Estação Termini. As vantagens dessa área são: 1) fica perto da principal estação de metrô e de trens da cidade, o que facilita o deslocamento de transporte público. E 2) oferece a maior concentração de hotéis econômicos em Roma. 

Desvantagens? Não é um bairro bonito, o que pode atrapalhar sua primeira impressão da cidade. A Termini também não fica perto dos principais pontos turísticos, embora seja possível ir a pé até eles. Uma corrida de táxi de lá até o centro histórico custa entre 12 e 15 euros; o bilhete do metrô em Roma custa 1,50 euro, mas, como dito antes, não há estações perto das atrações mais famosas do centro histórico.

A Termini é uma boa opção se você realmente precisa economizar e vai usar muito o metrô. Se tiver um pouco mais de grana, com certeza é melhor ficar em outras regiões.

  • Hostel: Alessandro Downtown & Bar – Fica perto da Termini. É um bom hostel, com quartos privativos e dormitórios. Cerca de 15 euros para a cama no dormitório. Testamos!
  • Hostel: Palladini Hostel Rome – Outra boa opção de albergue. Está colado com a Termini.
  • Hotel três estrelas: Galileo – Fica a 10 minutos da Termini. Os quartos têm ar-condicionado, frigobar e TV. O hotel diz ter pessoas na equipe que falam português.
  • Hotel três estrelas: Hotel Miami – Hotel tradicional de Roma. Está a 15 minutos a pé do centro histórico.
  • Pousada: Welcome House – Muito elogiada pelos hóspedes, fica a 300 metros da Termini.

Clique aqui e veja várias hospedagem perto da Estação Termini

Estação Termini, em Roma, onde há muitos hotéis

Estação Termini, Roma (Foto: Shutterstock)

Hotéis no Trastevere

O Trastevere, ou, traduzindo para o português, bairro depois do rio Tibre, fica um pouco longe dos pontos turísticos e da muvuca dos viajantes. É muito frequentado por romanos, principalmente durante as noites. É um lugar bonito e agradável, ideal também para quem quer uma estadia mais tranquila.

Em qualquer cidade do mundo, escolha seu hotel seguindo duas orientações básicas: ou perto das atrações turísticas, que você vai visitar durante o dia, ou perto dos bares e restaurantes, onde você vai passar a noite. O Trastevere se encaixa na segunda opção. Quem fica ali tem que pegar transporte público para circular durante o dia, mas vai volta pro hotel a pé depois do bar. O Trastevere é uma ótima região para se hospedar em Roma. 

  • Pousada: B&B Lost in Trastevere – Custo/benefício muito bom! Os quartos têm mesa, armário, ar-condicionado e vista da cidade. Os banheiros são compartilhados. Serena, a anfitriã, fala português.
  • Pousada: Palazzo Baj – Outra pousada nova e charmosa no bairro mais boêmio de Roma.
  • Hotel três estrelas: La Gensola In Trastevere – Hotel muito bem avaliado, perto do Rio Tibre e no coração do bairro.
  • Hotel Três estrelas: Lungotevere Ripa – Outra opção muito boa no Trastevere, com ótima avaliação.
  • Hostel: Trastevere 1 – Jardim, terraço, quartos duplos e dormitórios não muito grandes.
  • Hostel: Trastevere 2 – Elogiado pelo preço, pela limpeza e pelo conforto.

Clique e veja várias opções de hospedagem no Trastevere

Onde ficar em Roma: Trastevere

Hotéis em San Giovanni, Roma

Outra opção de onde ficar em Roma que é perto do centro, mas em uma região um pouco mais residencial. O bairro é atendido por uma estação de metrô (San Giovani) e fica relativamente perto do Coliseu, que está a pouco mais de um quilômetro de caminhada. Nessa região você também vai achar restaurantes e turistas, claro, embora os últimos estejam em menor número do que no Centro Histórico.

A grande atração turística que você vai encontrar nesse bairro é a Basílica São João do Latrão, que é a Catedral Oficial do Bispo de Roma. Sim, ele mesmo, o Papa Francisco. Por isso, esse templo tem importância fundamental para a fé católica, comparável a da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

  • Pousada: San Giovanni Gallery – Confortável, limpa e relativamente perto do Coliseu.
  • Hostel: Nika – Outro albergue que faz sucesso entre os viajantes, tanto pela localização quanto pela equipe.

Clique e veja várias opções de hospedagem em San Giovanni

Hotéis em Monti e perto do Coliseu

Não é o Papa! O que muitos turistas fazem questão mesmo de ver em Roma é o Coliseu, símbolo máximo do Império Romano. Ficar pertinho dele não é uma má ideia, não – o 360meridianos já fez isso e recomenda.

Dentre as regiões ao redor do Coliseu destaca-se Monti, considerado o bairro mais cool de Roma. Monti segue um pouco a receita do Trastevere: menos turistas, bares legais, restaurantes interessantes. Tudo isso com a vantagem de estar pertinho do Coliseu, assim como o bairro San Giovanni, citado acima.

  • Hotel três estrelas: Sweet Dreams Roma – 10 minutinhos até o Fórum Romano e hospedagem num prédio do século 19. Quer mais?
  • Hotel três estrelas: Nerva Boutique Hotel – Então toma! Só 200 metros do Fórum Romano e cinco minutinhos a pé do Coliseu.
  • Hospedagem de Luxo: Roma Luxus Hotel – Cinco estrelas. Muito confortável e para uma viagem especial.

Clique e veja várias opções de hospedagem em Monti

Coliseu, Roma, Itália

Foto: Shutterstock.com

Hotéis econômicos perto da Cidade do Vaticano

Em geral, só compensa ficar nos arredores do Vaticano se turismo religioso for seu alvo principal – ou, claro, se você tiver negócios a tratar com o Papa. Há bons hotéis nessa região, que tem ligação de metrô, sendo fácil o deslocamento para a estação Roma Termini.

  • Apartamento: Charmsuite Michelangelo – Só dois minutos de caminhada da Praça de São Pedro. São dois imóveis, que podem ser alugados separadamente: um estúdio para até duas pessoas e um apto com varanda para até quatro viajantes.
  • ApartamentoACasaMiaSanPietro – Apartamento para até seis pessoas a 300 metros da Praça de São Pedro.
  • PousadaBorghetto Cavalleggeri – Pousada muito boa também pertinho do Vaticano.

Onde ficar em Roma: outras regiões

É claro que existem outras regiões bacanas na cidade e até mesmo fora dela. Se você já esteve lá antes ou precisa economizar na hospedagem sem perder no conforto, a melhor dica é buscar opções em bairros fora do centro, como Roma Aurelia, onde a equipe do 360 já ficou duas vezes, em hotéis de 3 ou 4 estrelas com preços camaradas. É que essas regiões mais residenciais costumam ter mais opções de apartamentos e guesthouses de boa qualidade, com um preço bem mais convidativo do que no centro.

Dali você pode pegar ônibus até as regiões mais centrais ou também aproveitar das estações de trem ao longo de Roma, que em poucos minutos te deixam em Termini.

Veja a lista das melhores áreas fora do centro de Roma

Está montando um roteiro pela Itália? Então veja também:

O 360meridianos tem guias completíssimos e sempre atualizados para você decidir onde ficar em várias de cidades italianas. Tudo feito com base na experiência de mais de uma dezena de viagens pelo país:

Onde ficar em Veneza – melhor região nas ilhas e hotéis
Onde ficar em Florença – melhores bairros e hotéis
Onde ficar em Milão – todas as regiões
Onde ficar em Bolonha – bairro a bairro
Onde ficar em Nápoles – hotéis e bairros


Booking.com

O seguro viagem é obrigatório na Itália?

Sim, o seguro de viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa, inclusive na Itália, e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o melhor seguro para a Itália e entenda a diferença para o seguro do INSS.

O 360meridianos faz parte do programa de afiliados do Booking.com


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

64 comentários sobre o texto “Onde ficar em Roma: dicas de hotéis nos 5 melhores bairros

  1. Buenas!!

    Ja chegamos a pincelar algo sobre a região do Termini em um post sobre Paris (fiz um comentário infeliz…mas acabamos por nos entender kkkk)…

    Minha pergunta e simples: Estou indo a Roma sozinho e pela primeira vez. Estar seguro em lugar que vou estar sozinho é algo de primeira importância para mim. Estou procurando pelos famosos Party Hosteis…mas so acho na região do Termini (Yellow e etc….). Indicaria outro fora desta região? Honestamente, estou resistente…

    Esta região, à noite, seria algo como a Praça Dam em AMS?

    Grato,

  2. Estou na dúvida entre ficar no Trastevere ou Centro Histórico. A princípio nosso perfil seria mais Trastevere, porque preferimos ficar em áreas mais frequentadas pelos locais (onde geralmente se come melhor, não sendo comida voltada para turistas), e com opções noturnas de restaurantes. Porém, como vamos na baixa temporada, cogito ficar no centro histórico, onde teria maior facilidade de chegar aos pontos turísticos. Por ser baixa, os hoteis estão mais em conta, e penso que não teríamos o problema da aglomeração de turistas (fico na dúvida se encontramos nessa região central restaurantes mais autênticos, como encontrados no Trastevere ou Monti).Vamos no final de fevereiro/2017.
    Talvez Campo de’ Fiori ou Monti sejam um meio termo interessante.
    Poderia dar uma sugestão?
    Parabéns pelo site.

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.