Tags:
Atlas: Douro, Porto, Portugal

Passadiços do Paiva: uma trilha de madeira entre as montanhas

Quem diria que com 31 anos de idade, a maior parte deles bastante sedentários, estaria eu aqui escrevendo sobre trilhas e caminhadas? Duras verdades à parte, fato é que Portugal tem cenários belíssimos para quem curte atividades em contato com a natureza. E um dos melhores exemplos disso são os Passadiços do Paiva, uma trilha de madeira entre as montanhas, atração que já ganhou quatro vezes prêmios de excelência turística.

passadicos do paiva vista do rio em arouca

Os Passadiços são basicamente caminhos feitos ao longo do curso do Rio Paiva e também escadarias que permitem subir montanha acima sem a necessidade de fazer uma escalada. Logo, a ideia dos Passadiços do Paiva é que mesmo quem não tem muita prática nessa história de fazer trilhas, ou quem não tem tanto condicionamento físico assim, pode fazer o passeio, ficar em meio à natureza e claro, produzir bastante endorfina com a caminhada de cerca de 8,7 km (quase 18 km, se você fizer ida e volta!).

Eu fiz esse passeio junto com os amigos do canal Irmãos de Vaca. Você pode ver o vídeo deles com as dicas do tour e também as nossas peripécias pelo caminho, aqui:

Segue eles no Instagram também!

Onde ficam os Passadiços do Paiva e como chegar lá?

Os Passadiços do Paiva ficam na margem do Rio Paiva, numa região chamada Arouca, onde há um parque natural, muitas montanhas, cascatas e corredeiras e também um Geopark, que é reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Geológico da Humanidade. O caminho divide-se entre Espiunca e Areinho, num trajeto linear.

passadicos do paiva areinho ou espiunca

Os passadiços ficam a cerca de uma hora de carro do Porto e mais ou menos 1h20 de Aveiro. Infelizmente, não existe nenhum transporte público até a região. Se não quiser alugar carro, o jeito de chegar até lá é contratando algum passeio de agência.

Há estacionamentos nas duas extremidades do caminho e também há táxis que conectam os dois lados: ou seja, quem só quer caminhar um trecho e não tem como ir com dois carros (como muitos portugueses fazem), o jeito é pegar um táxi no trecho de volta: custa por volta de 15 euros.

passadicos do paiva mapa

Para quem, além dos Passadiços, quer conhecer mais dessa região do interior de Portugal que tem uma natureza maravilhosa e é pouquíssimo visitada, pode conferir sugestões de itinerários entre aldeias, termas, experiências gastronômicas, mosteiros e, claro, muita biodiversidade, nos sites das Montanhas Mágicas e do Arouca Geopark.

Mapa dos Passadiços do Paiva

A linha rosa indica o caminho que será seguido. Também estão marcados os bares (laranja), praias fluviais (amarelo), estacionamento (azul), sítios geológicos (rosa) e início e o fim do caminho (verde)

Quanto custa o ingresso e onde comprar?

Há um limite de pessoas que podem circular por dia nos Passadiços do Paiva e uma das formas de controlar isso e ajudar a manter o local é por meio da cobrança de ingressos. Ao longo do ano o bilhete custa um euro online e dois euros no local (crianças até 10 anos não pagam). Mas, na época alta, de junho a outubro, os valores dobram: €2 euros online e €4 euros na hora.

passadicos do paiva inicio do caminho espiunca

Nós não sabíamos que era mais caro na bilheteria, mas os funcionários graciosamente nos sugeriram que comprássemos pelo celular, lá na hora, para pagar mais barato. Foi o que fizemos, diretamente pelo site dos Passadiços do Paiva – os bilhetes chegaram por email. É necessário apresentá-los, no celular ou impressos, nas entradas do parque, na ida e na volta.

Passadiços do Paiva: onde começar?

Se você pretende, como eu, fazer ida e volta, recomendo fortemente que comece em Espiunca. É o caminho mais pesado fisicamente, com mais subidas e escadas. Dá tempo de chegar em Areinho, descansar na praia fluvial e fazer o caminho de volta mais tranquilo.

Para quem vai fazer apenas o trecho de ida, é mais fácil começar em Areinho, onde você vai pegar uma subida forte no início, mas depois terá só a descida.

Qual o nível de dificuldade da caminhada?

Eu diria que o nível de dificuldade é médio (no site do parque eles dizem que é alto). Leva-se entre 2h30 a 3h para completar um trecho.

passadicos do paiva caminho 1passadicos do paiva caminho 2

Na minha impressão, a maior parte do percurso é plana ou com declives suaves e você vai caminhar pelos trilhos de madeira. Há alguns trechos pequenos, com subidas ou decidas, que são em terra. Se fosse só isso, na verdade, poderíamos dizer que o caminho é fácil. Porém, a parte das escadas, mais ou menos 1,5 km montanha acima, é bastante desgastante.

irmaos de vaca nas escadas do passadico

Os Irmãos de Vaca subindo as escadarias!

Enquanto caminhávamos, vimos grupos de idosos, pais com crianças pequenas, enfim, pessoas de todas as idades.

Como é o caminho?

Você fica boa parte do tempo seguindo o curso do rio Paiva. Passará por cascatas e corredeiras; terá vista das montanhas, vales e gargantas; e uma pequena ponte sobre o rio. Dá também para ver a construção de uma grande ponte suspensa pedonal, que será a mais alta do mundo.

cascata das aguieras passadicos do paiva

Para quem gosta e entende de geologia, o caminho é um prato cheio, com formações de cristais de quartzo e cinco dos geosítios que são patrimônio da humanidade: a Garganta do Paiva, a Cascata das Aguieras, a Gola do Salto, a Falha de Espiunca e a Praia Fluvial do Vau.

passadicos do paiva vistos de cima

Fizemos a caminhada pelos passadiços num dia de sol agradável (não estava um calorão, nem frio) num domingo, em meados de junho. Tinha bastante gente, mas, mesmo assim, em vários trechos estávamos completamente sozinhos. Ou seja, é possível fazer a caminhada sem ficar incomodado com multidões.

passadicos do paiva em portugal

Praias Fluviais

Há três praias fluviais no percurso: em Areinho e Espiunca, ou seja, no início e fim do trajeto, e a Praia Fluvial do Vau, mais ou menos no meio do caminho.

praia fluvial do vau passadicos do paiva

Praia Fluvial do Vau

Dicas gerais

Horário de Funcionamento

Os horários de funcionamento dos Passadiços do Paiva variam ao longo do ano:

  • De maio a setembro, das 8h às 20h
  • De outubro a março, das 9h às 17h
  • Em abril, das 9h às 18h durante a semana e até às 19h nos finais de semana.

Dica: Nós começamos a caminhada às 13h e terminamos perto do horário de fechamento, às 19h30. Na ida, cruzamos com muita gente fazendo o caminho inverso. E na volta estava muito mais vazio, mais fresco e com as cores lindas do fim de tarde.

ponde pedonal passadicos do paiva luiza

O que levar

Calçados confortáveis e adequados para caminhadas são essenciais: não precisa ser uma bota de trekking, no entanto. Um bom tênis já é suficiente. Filtro solar e/ou chapéu para quem quer uma proteção extra do sol.

Água também é fundamental, tendo em vista que há uma boa distância entre um vendedor e outro. Vimos uma notícia de que, no verão, há alguns vendedores de água extras pelo caminho. Lembre-se de guardar um espaço na mochila para carregar o lixo!

Comida e bebida

Há três áreas de piquenique e quiosques de comida/bebidas nos mesmos lugares das praias, ou seja, nas extremidades do percurso e no meio do caminho.

Se quiser economizar, pode e deve levar um lanche e frutas para fazer um piquenique no caminho. Além das áreas com mesinhas, há várias partes com sombra que podem ser utilizadas para paradas.

passadicos do paiva banhos e bar em vaucaminho em ziguezague passadicos do paiva

Banheiros

Há estrutura de banheiros nas duas entradas do parque e bem no meio do caminho, na praia de Vau. O banheiro estava muito limpo e bem cuidado, com papel higiênico e sabão para lavar as mãos.

Acesso

Os Passadiços do Paiva são uma trilha de caminhada com escadas e algumas partes na terra e pedra. Ou seja, não são acessíveis para pessoas de cadeira de rodas ou carrinhos de bebê.

Bicicletas e motocicletas são proibidos. Também não são permitidos animais de estimação.

Segurança

Em três pontos do parque há guaritas de segurança. Além disso, ao longo da trilha você encontra telefones de emergências e o sinal de celular funciona em boa parte do trajeto. Na praia fluvial de Areinho há também salva-vidas. Ou seja, o caminho dos passadiços é muito seguro.

passadicos do paiva arouca gola do salto

Onde ficar hospedado

Há opções de acomodação de excelente qualidade, hotéis rurais, alojamentos locais e ecoturismo nessa região de Arouca. Segue uma lista de sugestões:

 


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.