Tags:

Por que não adianta perguntar como é o tempo em viagens?

Tem chovido a semana inteira em Coimbra. Às vezes para uns minutinhos e depois começa tudo novamente. Nesses dias que considero depressivos, abro fotos do mesmo período do ano anterior e vejo lembranças de sol e calorzinho. Porém, se eu voltar alguns meses no ano passado, dezembro de 2014 foi um mês muito frio, com temperaturas por volta dos 0 a 3 graus. E em dezembro de 2015 a temperatura ficou na casa dos 10 a 15, com uns dias de 18.

Não sou moça do tempo e também acho chato falar disso, mas é que são tantas as pessoas que me perguntam: será que vai chover na minha viagem? O que eu mais vejo nesses fóruns de internet é gente querendo saber como vai estar o tempo em X lugar daqui a 6 meses…logo, achei de bom tom escrever isso aqui.

Galera, em Portugal faz frio, e muito, dependendo da época do ano. Não tanto frio quanto em outros países da Europa. E nem um inverno tão longo. Mas isso não quer dizer que é sol e verão aqui todos os dias. Mas quando é verão, é verão de verdade. Muito calor, pouca chuva. Só que eu não consigo saber se vai fazer 40 graus nesse agosto. No agosto passado, por exemplo, não fez (mas fez em Viena e Bratislava, onde não deveria estar tão quente). Isso aí nem a melhor bola de cristal do mundo tem como descobrir.

nevasca nos eua

Essa nevasca foi nos Estados Unidos e é meramente ilustrativa. Mas também neva em Portugal, sabia?

Ou seja, não adianta você perguntar para quem mora no país ou para quem já viajou para lá dois verões passados e basear toda a sua viagem e sua mala nessa informação duvidosa. Além disso, eu acho que existem dois tipos de pessoas no mundo: aquelas maníacas por previsão do tempo e aquelas que não se dão ao trabalho de verificar, que acreditem nessa lógica de estações, ou talvez não estejam nem aí.

Eu sou do primeiro time. Não faço uma viagem (ou uma mala de viagem) sem antes dar uma conferida no meu app de previsão do tempo uns dias antes. Veja bem, eu até olho como é o clima daquele lugar no momento da preparação do roteiro, mas para mim o que conta mesmo é o que estão me prometendo na véspera. Porque mesmo as monções ou nevascas, que teoricamente se repetem sempre, variam muito de intensidade ano após ano.

Por isso eu fico impressionada com algumas pessoas do segundo time. Por exemplo, estava eu na Costa Alentejana, aquele cantinho muito bonito no sudoeste de Portugal. Era abril. E estava lá hospedada num hostel com uma moça australiana e um cara alemão. Sentamos para tomar um vinho e conversar à noite. Os dois reclamaram, surpresos, de como estava frio. Não tinham levado casacos apropriados.

vento e frio nos açores

Vento e frio nos Açores

A menina estava estudando na Inglaterra há seis meses, marcou uma surf trip para Portugal, e decidiu não colocar nenhum casaco na mala. Porque, segundo ela: “pensei que aqui era sempre quente”. Pior ainda foi o alemão, que estava fazendo uma grande caminhada pelo país, começando sua jornada em Porto (reconhecidamente uma das cidades mais frias) e teve que fazer caminhadas congelando porque não levou roupas adequadas. Acabou comprando no caminho.

Moral da história: na hora de planejar uma viagem com antecedência, dê uma olhada geral em como é o clima do país. Clima é aquele fator menos variável, que costuma se repetir todos os anos. Por exemplo, se você puder evitar, não vá para Tailândia ou Índia durante as monções. Ou não vá fazer trilha no Peru em janeiro, quando a promessa é muita chuva.

tempo e chuva em londres luiza

Clássica chuva em Londres

Ao mesmo tempo, não confie tanto assim nas promessas do Sr. Clima, porque o dr. Tempo também tem a sua força. Tempo só é previsto com poucos dias de antecedência. E olhe lá. E mais uma vez, não adianta perguntar do Tempo para ninguém, a não ser que você queira saber da pessoa que mora no lugar como estará o tempo hoje ou amanhã.

Assim, minha dica de ouro é: faça chuva ou faça sol, sempre lembre-se de colocar um casaquinho e um biquíni (ou calção) na mala.

*AVISO: O título deste post é uma brincadeira! Podem me perguntar do tempo, do clima, do que colocar na mala, se quiserem. Eu sempre respondo, mesmo quando não tenho a resposta de São Pedro para dar 😉


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

10 comentários sobre o texto “Por que não adianta perguntar como é o tempo em viagens?

  1. Ótimo post.
    Estou lendo na grecia, curtindo férias com marido e fiz a besteira de não trazer uma jaqueta mais quente.
    A previsão era de dias de sol, massssss clara q são Pedro tinha q mudar tudo e a noite nas ilhas estou pegando um vento muuuito gelado.
    O casaquinho não deu conta e acabei indo as compras.

    1. Ei Mel,

      Eu tenho a impressão de que na Europa, sempre precisa de levar um casaco, mesmo no verão. E um biquini, mesmo no inverno.

  2. Que sites você recomenda para olhar a previsão do tempo? Soube- não sei se é verdade – que alguns são melhores para ver a previsão para os próximos dias, enquanto outros são melhores a “longo prazo”, isto é, indicando num mês específico do ano as temperaturas mínimas, médias e máximas, horários do nascer e do por do sol, precipitação, etc.

    1. Oi Cledson,

      Eu sou uma entusiasta do app do Weather Chanel. Ele costuma ser muito bom em acertar de hora a hora e a previsão para os próximos 10 dias costuma ser mais ou menos correta.

  3. É mais rapido,pesquisar por conta propria do que esperar o amigo ter disponibilidade para responder a pergunta,sendo que talvez ele só vai ler daqui uns 3 dias.
    O seguro morreu de velhice!Não custa levar poucos pares de meias,guarda-chuva,um sapato fechado e aquela jaqueta preta de couro que combina com tudo.

    Um abraço!

  4. Sou das suas! Sempre antes de viajar pesquiso média de temperatura, índice pluviométrico e se for pra praia planejo de acordo com a tábua das marés hehehehe

    1. hahaha Daniela, a tábua das marés eu só aprendi no início desse ano e mudou minha vida!
      App do Weather Channel é consultado todos os dias aqui em casa.

  5. Luisa, post bem preciso! Em tempos doidos de mudança climática, fica bem difícil prever o tempo com base na sua experiência anterior! Passei por isso aí em Portugal mesmo, fui em dezembro de 2010, tava frio e chuvoso, só andei de guarda-chuva! quando voltei em dezembro de 2014, estava com a mesma expectativa e não é que foi exatamente o oposto? Peguei sol todos os dias, inclusive calor de 20 graus em alguns momentos! Então é isso aí, só dá p/ tentar se fiar na previsão alguns dias antes, o resto fica a cargo de São Pedro mesmo!!!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.