Tour pela Teufelsberg, Berlim: a montanha do diabo

A primeira vez que ouvi falar da Teufelsberg, em Berlim, foi por um primo de uma amiga da Naty. Ele comentou sobre uma área com antigas torres do período da Guerra Fria, que podiam ser visitadas, mas que era preciso pular a cerca ou algo assim. Achamos interessante, mas deixamos o passeio para outra oportunidade.

Essa oportunidade veio de onde eu não esperava, confesso: o Visit Berlin, órgão oficial de turismo da cidade, convidou alguns blogueiros para fazerem um passeio por lá, durante a ITB, em março.

A história da Teufelsberg, alemão para Montanha do Diabo, é muito mais interessante que uma simples ruína dos anos 60, período no qual Berlim estava dividida ao meio. Para começar, a tal montanha não é uma formação natural: foi construída pelo homem, mais especificamente por montanhas de lixos e detritos da cidade destruída pós Segunda Guerra Mundial. Abaixo dessa pilha de dejetos, ficava uma escola militar nazista que nunca terminou de ser construída. Acima, mandaram plantar grama.

Leia também: Blub Berlin: Explorando um spa abandonado

Teufelsberg em Berlim

No final das contas, toda essa pilha se tornou o ponto mais alto da Berlim Ocidental, com 120 metros de altura. Eles não se deram conta na época, mas a Teufelsberg é maior do que o pico natural mais alto da cidade. O nome da colina vem de um lago que também fica na região, chamado Lago do Diabo.

Teufelsberg Berlim Devils Mountain

A princípio, a colina servia como uma área para praticar salto de esqui. Mas lá pelo início dos anos 1960, a agência nacional de segurança dos Estados Unidos (NSA) já tinha se dado conta da importância estratégica do local, que ficava no setor Britânico de Berlim.

Em 1961, eles iniciaram as operações de escuta do alto da Montanha do Diabo. Com o tempo, uma grande estrutura de espionagem foi construída no topo: torres estranhas, com domos parecidos com uma bola de futebol gigante. A estação de escuta funcionou até a queda do muro, no final dos anos 80, quando os americanos removeram todo o equipamento, mas deixaram para trás as construções.

Teufelsberg Berlim Grafitti

De lá para cá, já foram pensados diversos projetos para o local: construção de apartamentos, um hotel de luxo ou museu, mas nada disso deu certo. A Teufelsberg continua num limbo entre dívidas milionárias e especulação imobiliária. Os atuais donos permitem que um grupo explore a área turisticamente desde 2013.

Teufelsberg Berlim Devils Mountain

Com isso, não é mais permitido pular o muro e  visitar o local na hora que quiser. É preciso se inscrever em um dos tours realizados diariamente, às 12h. Os contatos são: Facebook e Site (ambos em alemão). É recomendável enviar um email para confirmar o tour antes de ir e verificar se existem horários alternativos.

O endereço é Teufelsseechaussee 10, 14193 Berlin. A estação de trem mais próxima é a S-Berlin-Grunewald.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

10 comentários sobre o texto “Tour pela Teufelsberg, Berlim: a montanha do diabo

  1. Oi Luiza!
    Nāo consegui responder no outro comentário, por isso mandei aqui rs
    Muuuuito obrigado pela tua ajuda!!!
    Vou seguir como você falou: mandar um email antes!!
    Irei em Abril para lá…
    E parabéns pelo artigo e site!
    Beijos

  2. Luiza, ótima matéria!
    No fim do post, você disse que é necessário se registrar por email antes de ir. Você tem esse endereço de email?!
    Vi também que houveram mudanças na administração do local. Você teria mais infos?

    Parabéns novamente pelo texto. Abs

      1. Oi Luiza, boa noite!!
        Então, ao entrar no link, aparece a seguinte mensagem:
        “Dear Visitors and Friends of Teufelsberg,
        since the 1st of september 2015 we are not responsible for the Field Station Berlin anymore.”

        Por isso, questionei sobre a “administração” do local, já que por esse site, eles não são mais os responsáveis.

        Estou procurando mais infos.. mas até agora nada 🙁

        Abraços

        1. Ahh, entendi o problema agora Bruno.

          Vou entrar em contato com uma fonte que tenho no Visit Berlin e ver se ela tem alguma informação mais atualizada.

          Obrigada por me avisar!

          abraço

          1. Oi Luiza!
            Eu que agradeço pelas infos e atençāo.
            Se vc conseguir descobrir algo, será ótimo pois gostaria miito de visitar esse local!!
            Obrigado novamente e abs

          2. Oi Bruno,

            Atualizei o post com as informações que o pessoal do visit berlin passou. O site ainda está em construção, mas você acha as informações no facebook.

            Ele me garantiu que tem tours diários às 12h, mas que é preciso mandar um email para confirmar sua presença, ok?

            bjs

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.