Visita a Veliko Tarnovo, a antiga capital da Bulgária

Veliko Tarnovo entrou por acidente no meu roteiro pela Bulgária. Eu tinha lido a respeito da cidade, achado interessante, mas achei que não conseguiria encaixar Veliko nos meus trajetos.

Depois, percebi que sem um carro eu teria que incluí-la entre Plovdiv e Ruse. E foi assim que Sofia perdeu um dia. E apesar de eu não ser uma grande fã desse estilo de viagem pinga-pinga, achei que foi uma grande sorte passar um dia e uma noite em Veliko Tarnovo, que foi capital do país durante o período medieval.

A cidade, hoje universitária, atrai viajantes em busca de seus quase 7 mil anos de história. Trácios, Romanos, o Império Bizantino, Eslavos, o Império Otomano, comunistas… A história de Veliko Tarnovo passa por todas essas ocupações. Mas, sem dúvida, dois irmãos têm um dos papéis mais importantes nessa narrativa.

Em 1185, Asen e Petâr iniciaram uma rebelião contra o Império Bizantino. E foi em Veliko Tarnovo, que na época se chamava Târnovgrad, que eles fundaram o Segundo Império Búlgaro (o primeiro se desmantelou com a dominação bizantina). Essa era uma das cidades mais importantes das Balcãs, tal como Constantinopla.

veliko tarnovo bulgária pontes

Foi nessa época que Veliko Tarnovo, construída em três colinas (Tsarevets, Trapezitsa e Sveta Gora) circundadas pelo rio Yantra, floresceu. Em Tsaverets, já havia muros romanos e uma cidadela do imperador bizantino Justino. Foi ali que os irmãos construíram sua fortaleza, com o mesmo nome da colina.

Boa parte da estrutura da fortaleza foi destruída durante a invasão turca, em 1393, e o que vemos hoje foi parte de um trabalho de reconstrução da época comunista. Dentro da fortaleza há ruínas de casas, igrejas, monastérios e torres. É um complexo enorme, que se estende por toda a colina.

veliko tarnovo bulgária fortaleza 2

São três portões de entrada fortificados, o complexo do castelo no centro, onde viveram os irmãos que se tornaram reis e os governantes durante os 200 anos seguintes, além da Catedral Patriarcal da Santa Ascensão Divina, totalmente reconstruída nos anos 80 por artistas modernos. Ao redor ficavam casas, lojas e igrejas, além de torres de defesa e muralhas.

Como não há nenhuma informação disponível em inglês, o ideal é contratar um guia no Centro de Informações Turísticas. E sabe o que é melhor? Eles têm uma guia, a Magdalena, que fala português! A entrada na Fortaleza de Tsaverets custa 6 lev e o serviço de guia 10 lev.

veliko tarnovo bulgária fortaleza

Em algumas noites na semana é realizado um show de luzes e sons na Fortaleza. Cheque no site oficial para conferir as datas das apresentações. Eu acabei não indo por conta de uma chuva torrencial que caiu na minha única noite em Veliko Tarnovo. Ah, o ingresso custa 15 lev.

Veliko Tarnovo Bulgária 1

Além da Fortaleza, vale a pena caminhar pelas ruas do distrito de artesanato, o Samovodska Charshiya. Ali, as ruas são feitas de pedra e as casinhas antigas vendem produtos tradicionais búlgaros, desde o século 19.

Algumas igrejas e museus também são interessantes, como a Sarafkina Kâshta, uma casa de um rico mercador turco, de 1861. A visita permite ver como era a vida naquele período. Ainda nas proximidades há os museus Arqueológico, o de História Contemporânea e o Museu da Constituição Nacional.

Veliko Tarnovo Bulgária rua

Veliko Tarnovo Bulgária artesanato

Entre as Igrejas ortodoxas, vale a pena dar uma olhada nas que ficam nos arredores da fortaleza de Tsaverets. São cinco: Sveta Bogoroditsa, a catedral da cidade; Sveti Dimitâr, a mais antiga, consagrada na época da criação do Segundo Império; Sveti Georgi;  Sveti Petr & Pavel; e a Igreja dos Quarenta Mártires.

igreja Veliko Tarnovo Bulgária

Onde ficar em Veliko Tarnovo

Apesar da cidade ser relativamente grande, as atrações se concentram na parte antiga da cidade, que é onde você deve procurar o seu hotel. O melhor é que hospedagem na Bulgária é muito barata, especialmente em Veliko Tarnovo. Qualquer hotel que você ficar perto da curva do rio, entre o Monumento da Mãe Bulgária e a Fortaleza de Tsaverets, é uma boa opção.

Veliko Tarnovo Bulgária arco iris

Entre as opções baratinhas, o Hostel Pashov tem quartos individuais por 14 euros e quarto duplo por 19. A nota é 8,7. A Guest House The House tem nota 9,7 e estúdios a partir de 21 euros. Opções mais modernas são os hotéis Minotel Rashev e o Pryiateli, que tem 3 e 2 estrelas, respectivamente, e diárias por 25 euros. 

Mesmo as opções de luxo têm preços camaradas. Hotéis de 4 estrelas como o Meridian Hotel BolyarskiHotel Panorama e o Yantra Grand Hotel têm diárias por volta de 60 euros para quartos duplos. E a localização é excelente. 

Eu fiquei num hotel 4 estrelas também, o Hotel Premier, a convite do Ministério do Turismo da Bulgária. O hotel tem diárias que vão de 40 a 100 euros. Meu quarto era bem grande e tinha até uma sauna. O Premier fica bem localizado, na parte antiga da cidade, mas numa rua que não é muito barulhenta, o que é bom.

onde ficar em veliko tarnovo bulgária

São várias comodidade,s como spa e piscina de uso gratuito para os hóspedes. Porém, é um hotel antigo e que certamente precisa de alguns reparos. A nota no Booking é 7,9. Minha coisa favorita na estadia foi a vista excelente do quarto.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.