Conheça a floresta da série Dark, nos arredores de Berlim

Entramos num trem na movimentadíssima estação de Alexanderplatz, em Berlim. Cerca de 40 minutos depois, descemos na estação Wannsee e o clima não poderia ser mais distante do de uma das cidades mais cosmopolitas do planeta. Não é todo mundo que sabe que Berlim é cercada por lagos, florestas e paisagens bucólicas. Espaços que podem esconder uma linha férrea abandonada, trechos do Muro de Berlim e o cenário perfeito para gravar uma série de suspense.

Eu ainda não tinha assistido Dark, a primeira série alemã na Netflix, apesar das recomendações de muita gente. Mas estava de bobeira em Berlim e meus amigos me chamaram para o tour por alguns lugares onde a série foi gravada. Achei que seria um bom incentivo para começar logo. Ou, pelo menos, um passeio interessante. Não falhou: cheguei em casa e em dois dias já tinha devorado os 10 episódios disponíveis. Mas não se preocupe, não teremos spoilers neste post. Muito pelo contrário, teremos mais histórias de Berlim do que de Dark.

berlim dark netflix 2

O antigo trem do cemitério

Saímos da estação de trem e seguimos em direção à floresta. O Felipe, nosso amigo, blogueiro do Fotostrasse, e guia do passeio, avisou: “não estranhem se volta e meia ouvirem barulhos de tiro. É que, por um bom tempo, nosso único contato com a civilização é um shooting range aqui por perto”.

E assim seguimos pela trilha. As árvores, com seus troncos finos, algumas verdes, outras vermelhas, mais ou menos peladas, uma variação de cores e texturas que só o fim do inverno e início da primavera podem trazer. Ali, após alguns minutos de caminhada, Felipe nos apontou que passava uma antiga ferrovia, agora escondida por um tapete de folhas secas.

berlim dark netflix 2

Eram as linhas abandonadas de Friedhofsbahn – ou, em português, o Trem do Cemitério. Segundo o site Digital Cosmonaut, esses trilhos, de Wannsee até o cemitério de Stahnsdorf, foram criados no início do século 20, quando Berlim, assim como todas as grandes cidades europeias, já não tinha espaço para enterrar os mortos dentro de seus limites. Se o plano de levar os cemitérios para os arredores pareceu uma boa ideia, também foi necessário pensar num meio de transporte para que os mortos e seus parentes pudessem se locomover de forma mais barata.

O Trem do Cemitério foi construído pela administração ferroviária da Prússia e corria por 4,3 quilômetros de trilhos. De 1913 a 1952, os caixões entravam no trem num vagão especial até um dos maiores cemitérios da Europa, Stahnsdorf. Cerca de nove anos depois do último trem-cemitério ter circulado, a linha deixou de existir completamente com a construção do Muro de Berlim. Nas décadas seguintes, os trilhos foram sendo desmantelados pelos lados ocidental e oriental de Berlim.

berlim dark netflix

Seguimos pelo que sobrou dos trilhos, ouvindo o som de um pica-pau bem no alto das árvores, até chegarmos ao cenário que procurávamos.

Winden ou Berlim?

Os dois autores da série Dark queriam, ao criar a cidade fictícia de Winden, o aspecto de qualquer cidade pequena na Alemanha, sem marcar exatamente alguma região do país. A história da série, para quem ainda não assistiu, se passa numa cidadezinha do interior, que fica ao lado de uma usina nuclear, e trata das intricadas relações familiares entre os habitantes em três épocas, 1953, 1986 e 2019. Tudo isso cheio de pitadas de suspense, ficção científica e viagem no tempo.

Curiosamente, eles usaram a capital de um dos países mais modernos do mundo para encontrar esse clima interiorano típico alemão – pelo menos o da imaginação mundial: assustador, misterioso, frio. E nada melhor que os trilhos abandonados de um trem-cemitério no meio de uma floresta para fazer isso. A ponte que marca vários momentos da série estava ali. O clima é realmente assustador, meio misterioso, mesmo durante o dia.

berlim dark netflix 2

berlim dark netflix 2

berlim dark netflix

Essa região de Berlim, chamada Grünewald, tem uma história que vai muito além de uma série de TV. Além da linha do trem do cemitério, seguindo por alguns quilômetros pela floresta, você chega no ponto onde ficava um dos postos de fronteira do muro de Berlim, o Checkpoint Bravo original. Dá até para ver os mastros onde estavam as bandeiras. Essa região é hoje uma trilha de caminhada, mas antes era parte de uma estrada que foi desviada com a construção do muro. Totens, ao longo desse caminho, contam parte da história da região.

berlim dark netflix

berlim dark netflix

Onde a série Dark foi gravada: como visitar as locações

Pegue um trem até Wannsee, desça nessa estação e depois caminhe na direção de Dreilinden. Tenha em mente que é um caminho que não é marcado, não tem sinalização e também não tem nenhuma loja ou restaurante por perto. No Fotostrasse você encontra um mapa indicando exatamente a direção da ponte e dos locais fotografados neste post.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um comentário sobre o texto “Conheça a floresta da série Dark, nos arredores de Berlim

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.