Ayutthaya e seus muitos Budas

Ayutthaya e seus muitos Budas

Nada da paradisíaca Ko Phi Phi, conhecida por ter algumas das praias mais bonitas do mundo, nem da mítica Bangkok, capital e símbolo máximo da Tailândia exótica. Também não foi Chiang Mai, segunda maior cidade tailandesa. Meu destino favorito no antigo Sião foi uma cidade nem tão conhecida, pelo menos para nós aqui no Brasil: Ayutthaya.

Nunca ouviu falar? Pois saiba que Ayutthaya, fundada em 1350, tem atrações para fazer qualquer viajante cruzar oceanos. De fato, a cidade tailandesa tem feito exatamente isso há séculos. É que Ayutthaya foi capital do Reino de Sião por cerca de 400 anos. Mais: pelo menos segundo um pesquisador, era a maior cidade do planeta em 1760, quando tinha um milhão de habitantes. E muitos estrangeiros – comerciantes e até mesmo alguns embaixadores de nações europeias – desembarcavam por lá todos os anos e logo ficavam impressionados com a grandiosidade e beleza do lugar.

Templos de Ayutthaya

Tanta gente e importância política deixaram marcas. Não faltam templos, estátuas gigantes, monastérios, museus, colunas, torres e muitas ruínas para ver. É tanta coisa que Ayutthaya é Patrimônio Mundial da Unesco desde 1991. Destaque para os Wats, palavra que no idioma local significa templo. São tantos que você provavelmente vai ter que escolher em quais quer ir.

Ayutthaya, Tailândia

Em 1767, Ayutthaya foi saqueada e completamente destruída pelos exércitos da Birmânia. Foi aí que o Reino de Sião teve que procurar uma nova capital, dando a função para uma cidade menor que ficava a pouco mais de 80 quilômetros dali: Bangkok.

As marcas da invasão estão por todos os lados, seja no antigo Palácio Real, praticamente transformado em pó; ou na decapitação em série das estátuas de Buda, transformadas em estátuas de buda-sem-cabeça, mas nem por isso menos interessantes.

Se as estátuas mutiladas contam um pouco do passado sangrento de Ayutthaya, é justamente uma cabeça (sem corpo) de estátua que atraí a atenção de turistas. No Wat Mahathat, um dos mais bonitos que visitamos, a cabeça da estátua permanece de pé, mas agora envolta em raízes gigantes de uma árvore.

Religião na Tailândia

Ainda não se convenceu de que vale a pena cortar pelo menos um dia do planejamento de praias tailandesas em favor de Ayutthaya? Então vamos encerrar a questão: para quem tem até 30 anos de idade, é provável que pelo menos uma imagem de Ayutthaya seja velha conhecida. Vai dizer que nunca viu esse Buda inclinado, uma das principais atrações da cidade?

Buda Inclinado da Tailândia

Com 37 metros de comprimento e 8 de altura, essa imagem é sagrada para o povo Thai. Para o restante do mundo, o Buda foi imortalizado nas muitas versões do game Street Fighter. Caso encerrado. Ayutthaya é o lugar mais legal da Tailândia.

street fighter Tailandia

Informações turísticas sobre Ayutthaya

Como Chegar

Pouco mais de uma hora separa Ayutthaya de Bangkok. Diversas agências oferecem tours para a antiga capital de Sião e provavelmente dá pra fechar um passeio direto com seu hotel. Quem quiser economizar pode ir por conta própria. A viagem mais barata de trem, na terceira classe, custa 15 Baths (R$ 1) e nós não temos o que reclamar do serviço. Os trens saem da Estação Hualamphong. Também é possível ir de ônibus, saindo da Northern Bus Terminal de Bangkok.

Como se locomover na cidade

Feche um tour com um motorista local. Ele te leva nos templos que você escolher e, se você der sorte, ainda pode te dar todas as dicas e contar um pouco da história do local. Se você tiver um pouco mais de tempo (e fôlego) pode ser uma boa ideia alugar uma bicicleta para rodar pela cidade.

Quanto tempo ficar

Nós fizemos um bate e volta de Bangkok e foi possível ver todos os templos mais importantes. Quem escolher passar uma noite na cidade vai ter mais tranquilidade para explorar as centenas de templos de Ayutthaya. Você pode pesquisar hotéis na cidade clicando aqui. Já se você preferir ficar em Bangkok, veja nossa lista com opções de hospedagem por lá.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países e importante em qualquer viagem. Na Tailândia, onde as coisas são bem diferentes em relação ao Brasil, ele é indispensável. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.

Religião na Tailândia

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

38 comentários em Ayutthaya e seus muitos Budas

  1. Olá Rafael, tudo bem? Vc sabe me dizer que horas esse bate e volta chega em Bangkok? Estou querendo ir para Chiang Mai no mesmo dia a noite, se não me engano o trem noturno sai de Bangkok às 19:00 horas? Vc acha muito arriscado ir no mesmo dia do passeiuo à Ayutthaya? Corro o risco de perder o trem?

    • Se não me engano tem mais de um trem, mas é bom conferir, Lisli. O ideal seria fazer em dias diferentes, para não ser corrido ou ter riscos.

      Abraço.

    • Não lembro, Karine. Mas a passagem de trem é muito barata. Além disso, o custo é só de comida e transporte lá. Foi tão pouco que nem anotei.

      Abraço.

  2. Olá!

    Estou indo pra Thai daqui 15 dias! Estou lendo todos os tópicos postados sobre, aqui no blog. Sensacionais! Parabéns!

    Só estou um pouco lost em relação a Ayutthaya. Quais templos vocês recomendam?

    Obrigada!

    • Oi, Caroline.

      Os motoristas de tuk-tuk oferecem tours que levam em quase todos eles. Se você tiver o dia inteiro, dá pra ir em praticamente todos.

  3. Olá

    Gostava de pedir ajuda aos leitores e em especial à Camila e Natália, vocês vão em Abril para a Tailândia?

    Ainda estou na dúvida, porque em Portugal, existem recomendações de que visitar banguecoque não é seguro.

    A agência também me ligou, a informar que tem existido várias agressões e atentados violentos. Das notícias pouco se sabe!

    Estou mesmo desanimada! Não sei o que fazer! A minha viagem é de 18 de abril a 03 de maio!Neste momento não sei se devo marcar os voos internos, acham que mais perto da data os voos da nokair e air asia sobem muito? ;((((

    Obrigada

  4. Olá Rafael! Estou adorando as dicas. Você não precisou de argumento para eu ir visitar a cidade, hehe, desde o começo das minhas pesquisas vi, e fiquei louca pra conhecer…haha, quem vai gostar do argumento do Street Fighter é o meu irmão, que adoraaava jogar!!! Assim como a Verônica, também vou em Abril!

    Bom, a minha pergunta é: Quais templos visitou?

    Obrigada

  5. Oi Rafael!!!

    Pra começar eu quero lhe parabenizar pela excelente série de posts da Tailândia, super completo e bem interessante!

    Fiquei feliz de saber que dá para ir por conta própria para Ayutthaya, afinal além de mais em conta, a gente tem mais liberdade do que quando estamos em grupos né? Só me tira uma dúvida, você contratou o motorista quando chegou na estação de trem? Era motorista de tuk-tuk ou outro meio de transporte?

    Ah!!! Ri muito com o seu argumento do Street Fighter! =P

    Beijão!

    • Oi, Natália.

      Que bom que os posts estão te ajudando. Sim, contratamos o motorista de tuk tuk assim que descemos da estação de trem. Eles ficam lá aos montes e oferecem esse tipo de tour, mostrando todos os lugares que vão te levar por meio de fotografias.

      E o argumento do street fighter é o melhor, fala a verdade. Aposto que você vai lá só por causa disso. hahahaha

      Sua viagem é quando?

      Beijos.

  6. Obrigada Rafael pelas dicas

    Também ainda continuo indecisa sobre se é mais prático contratar com excurssão ou apanhar o comboio! Se optar pelo comboio posso conhecer a cidade toda a pé? compraste localmente o bilhete? Estou a morrer porque comprei ontem os bilhetes de avião e se tudo correr bem vou em Abril!! Finalmente!

    AHHH e na cidade os monumentos são todos perto ou temos que nos deslocar de transportes?

    • Oi, Verónica.

      Não vejo necessidade de ir com um grupo, dá para fazer tudo por conta própria mesmo. Nós fizemos assim. Basta ir até a estação de trem e comprar o bilhete na hora. Chegando na cidade, você pode alugar um bicicleta ou contratar os serviços de um motorista de tuk-tuk (aqueles triciclos que servem como transporte por lá) para te levar aos principais monumentos. Eles ficam parados do lado de fora da estação de trem. Te levam aos monumentos que você quiser e depois deixam você novamente na estação.

      Os monumentos não são tão perto uns dos outros assim não, você precisará de um meio de transporte.

      Boa viagem!

    • Olá Rafa

      Então como faço apanho o comboio e depois peço ao motorista de tuk tuk para me levar a ver os monumentos? Levo em fotos? é seguro!

      Estou com uma depressão de quinto grau! a minha viagem é em Abril e foi decretado apartir de hoje estado de emergência na tailândia para 2 meses com recolher obrigatório! Não sei o que fazer… mas nem sei se devo gastar dinheiro a marcar os voos internos e para acampar em may bay..;(((((

      • Oi, Verónica

        Não precisa levar fotos, eles costumam ter um álbum com todos os pontos turísticos.

        Nós fizemos assim e não tivemos problemas. Você vai sozinha? Se tiver mais alguém com você, acho que é seguro sim.

        Espero que essa situação tenha se resolvido até Abril. Pelo menos você tem alguns meses. Vamos torcer. =)

  7. Olá Rafael,

    Estou adorando e anotando todas as dicas! Seu blog é maravilhoso! Vamos passar uns 20 dias na Tailândia/Myanmar em março/abril 2014. Neste post fiquei um pouco na dúvida sobre a ida de trem para Ayutthaya:

    – Quanto tempo de deslocamento de trem?
    – Chegando lá vocês contrataram um serviço de guia/motorista. Pode dizer mais ou menos quanto foi esse valor?

    Mais uma vez obrigada pelas dicas, o blog é muito completo!! Feliz ano novo!

    • Oi, Raquel.

      A viagem dura cerca de uma hora. Nós até anotamos o valor que pagamos ao motorista, mas infelizmente essa informação se perdeu. =( Posso te garantir que definitivamente não foi caro.

      De qualquer forma, não existe um preço fixo para esse tipo de serviço por lá. O motorista vai te dizer um valor e você terá que barganhar ao máximo.

      Abraço.

  8. Oi Rafael, estou querendo muito visitar a Tailandia em janeiro. Estou lendo seu blog que é muito bom por sinal e estou me interessando cada vez mais de ir lá. Voce acha que 10 dias é um periodo bom para Tailandia? E quais lugares você recomendaria mais fora Bangkock e Ayutthaya?

    • Oi, Arthur.

      Acho que é um pouco corrido, mas se é o tempo que você tem, então vai com ele mesmo. Com dez dias você consegue conhecer umas três cidades. Além de Bangkok (uns 3 dias) e Ayutthaya (1 dia) eu iria para Phi Phi, a famosa ilha que foi mostrada no filme “A Praia”. Lá dá para relaxar bastante e fazer passeios pelas ilhas ao redor.

      Você acha tudo que escrevemos sobre a Tailândia aqui:

      http://www.360meridianos.com/como-viajar-para-a-tailandia

      Qualquer coisa volte a perguntar!

      Abraço!

  9. OLÁ

    Na minha planificação de viagem só tenho um dia disponivel para Ayutthaya e passar a noite em banguecoque, o que me aconselham a ir por conta própria ou de excurssão? neste caso darei prevalência a conhcer o máximo possivel, por isso não sei se não será melhor excurssão? alguém me dá umas ideias?

    obrigada

  10. Uall!! Acabei de voltar do Sul da Tailândia! A louca Phuket, a calma e turística Krabi e a paradisíaca Phi Phi, mas definitivamente 5 dias nao foram suficientes , quero muito voltar pra Tailândia e esse lugar é incrível! Ainda mais por ser cenário do Street Fighter!! Nice!!

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: