Langkawi, abençoada por deus e bonita por natureza

Langkawi, abençoada por deus e bonita por natureza

Langkawi é um arquipélago com 99 ilhas no norte da Malásia, quase na fronteira com a Tailândia, e pode ser chamado de paraíso por muitos motivos justos além das águas transparentes e da areia branca. Pulau Langkawi é a maior das ilhas, com infraestrutura para receber turistas – de resorts a guest houses baratas, de restaurantes finos a barraquinhas de rua que vendem chicken rice.

Veja bem, brasileiros como somos, é difícil uma praia nos impressionar tanto. Temos muitas. Estamos cansados de ver coqueiros que dão coco e o mar, quando quebra na praia no Brasil, costuma ser bem mais bonito do que em outras prainhas por aí. Mas voltando a Langkawi…

Cenang Beach - praia em Langkawi

Essa ilha tem tantos atrativos, que fica difícil falar de todos. O primeiro, que nos fez escolher por ela em nossas “férias da Índia”, tem duas palavras: Duty Free. Ou para bons entendedores de português: Sem impostos. Isso significa que aquele chocolate suíço ou belga custa uma bagatela de 5 reais. Perfumes, cremes, caixas de cigarro (não me interessa, mas o pessoal do vício compra muito) tudo barato. E principalmente: bebida. Uma certa Skol é vendida como uma cerveja de European Heritage (descendencia européia) por apenas 1,50 ringgit, ou seja, uns 80 centavos de real. (Não sabemos ao certo se é a nossa brasileira ou outra com o mesmo nome, alguém?) E para o time que torce nariz para a cerveja que desce (ou não) redondo, tem muitas opções baratas, incluindo Heiniken, Corona, Fosters, etc, etc, etc, e nada passa de R$1,50.

Arroz com frango - comida típica da MalásiaChicken Rice, nosso almoço de todos os dias

Além disso, por conta da costa montanhosa da Peninsula Malaia, Langkawi escapa das temidas monções de inverno que assolam a região leste com chuvas torrenciais e enchentes. Temos um post só sobre as monções asiáticas, não deixe de ler.

Escolhemos ficar em Pantai Cenang, que é a mais badalada das praias por lá. Porém, como era baixa temporada, o lugar estava mais vazio. E voltamos ao papo do paraíso. Linda é um adjetivo bastante justo para descrever essa praia. E também todas as outras que conhecemos, a pé ou de barco, por Langkawi: Pantai Tengah, Pantai Kok, Tanjung Rhu. Como descrições não seriam muito justas, deixo as tais imagens que valem por mil palavras.

Leia também: Onde ficar em Langkawi

Langkawi - praia

Praia em Langkawi

Além de ficar deitado na praia o dia inteiro, muitas opções de passeios estão disponíveis em Langwaki. Andar de barco pelas ilhas – eles chamam de Island Hoping – é uma opção interessante. Pode custar de 25 a 300 ringgit, dependendo do nível de luxo que você quer. O passeio leva às ilhas para nadar com peixinhos nas águas claras, passa por cavernas habitadas por milhares de morcegos, por uma ilha com uma lagoa de água doce – a Pregnant Maiden Island – e de quebra em um ponto para alimentar águias.

águia em Langkawi

Em outro ponto, na montanha Gunung Mat Chinchang, está o teleférico mais alto e a ponte mais elevada da Malásia, a Sky Bridge, com 700 metros de altura. A subida permite vistas incríveis da ilha e do mar bem do alto. A entrada custa 30RM.

Langkawi Cable Car

Ponte suspensa Langkawi

De lá, dá para fazer uma caminhada de 10 minutos até a Telaga Tujuh Waterfalls ou Seven Wells, uma cachoeira que dizem ter sete quedas, mas se você alguma vez na vida já foi na Serra do Cipó (MG) ou qualquer cachoeira que o valha, dispense a subida de mais de 300 degraus, porque não tem tanta graça.

E, por fim, para mim, o defeito da praia é a enorme quantidade de jetskis e lanchas andando pelo mar sem muito critério de segurança. O passeio não parece ter muita fiscalização, é operado por locais e os espaços reservados para banho nem sempre são respeitados.

Langkawi águia

Como chegar a Langkawi

De avião, pelo Langkawi International Airport, que oferece serviços das seguintes cias aereas: AirAsia, Malaysia Airlines, Firefly, Happy Airways, and SilkAir. Ou de barco, vindo das ferrys que saem da Peninsula da Malásia por Kuala Perlis, Kuala Kedah, Penang e Satun. Ainda, existem ferrys que saem de Ko Lipe, na Tailândia.

Leias as resenha da Cenang Rest House e da Zackry Guest House, hotéis onde ficamos em Langkawi. Para procurar outras opções de hospedagem, clique aqui.

Vai viajar? O seguro de viagem é obrigatório em dezenas de países e indispensável nas férias. Não fique desprotegido na Malásia. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício para o país – e com cupom de desconto.

Sou jornalista, tenho 29 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite “morar no aeroporto”. Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

25 comentários em Langkawi, abençoada por deus e bonita por natureza

  1. Oi Rafael, tudo bem?
    Na Pantai Cenang tem infraestrutura de cadeiras, guarda-sol, barracas com bebidas e petiscos ou é praia virgem, que oferece passeios opcionais?
    Obrigada,
    Maria Carmen

  2. Oi Luiza tudo bem?
    Você sabe me dizer se chegando pelo aeroporto de Langkawi precisa de outro meio de transporte p chegar na ilha, pega mais um barco? Li por ai que tem q ir para kuah pegar o barco, confere?

    • Oi Juliana,

      Langkawi é um arquipélago. Então depende de qual praia e ilha você quer ir, vai precisar sim pegar um barco.

      Por exemplo, Pantai Cenang, onde ficamos, fica na mesma ilha do aeroporto, há cerca de 10 km de distância.

  3. Devorando os posts… anotando tudo!! Eita que o Roteiro ficará bonito, hein? Só uma questão: embora para KL não seja indicado ir em março, para Langkawi não tem problema algum, certo? Clima sequinho?

    bjs,
    Lily
    Blog Apaixonados por Viagens

    • Oi Lily,

      Então, março é o final do período de monções da costa leste, mas como explico no post, Langkawi é poupada.

      Mesmo Kuala Lumpur, por conta das montanhas, chove, mas não vai ser aquele dilúvio. Pelo menos com a gente foi bem tranquilo.

      bjs

  4. Oi Pessoal, tudo bem?

    Estou indo com meu marido a um casamento na malásia em abril agora e vamos ficar, além dos dias que antecedem o casamento, mais 10 dias e estávamos pensando em ir para as Ilhas Langkawi.
    Já pesquisei as passagens de avião, cabem no nosso orçamento e os hotéis também, minha dúvida é em relação a melhor localidade para se ficar na ilha e o tempo que passaremos. Pensei em chegar num domingo e passar 7 noites. Acho que será um bom tempo. O que vocês acham?
    Não sei em quais praias ficar, se Kuah é bom, como fazemos para nos locomover?
    É necessário alugar carro? Se quisermos ir para outras praias, é fácil se locomover? Tem passeios turísticos…?
    Desculpa, são muitas dúvidas! Acho que é a ansiedade… rs

    Abs,
    Renata.

    • Olá Renata voltei faz 3 semanas de Langkawi, bom acho que você deve ficar em Pantai Cenang ou Pantai Tengah que sao praticamente juntas, Kuah não tem muita coisa legal ah nao ser o parque que conta sobre as lendas da ilha a eagle square , acho que é legal ir a tarde e depois que anoitecer ir no Night market, de Pantai cenag até Kuah leva uns 40 Min. e custa 34 Rm.
      Pra se locomover lá é a base de taxi, ou alugar uma motinha tbm não sai caro, passeios turísticos tem varias agencias por lá ou no hotel mesmo vc vai encontrar, minha dica é faça um passeio pra ilha de Koh Lipe na Tailandia que fica 1 hora de speed boat de langkawi não é muito barato mas vai valer apena é um paraíso a parte!!!

    • Oi Renata,

      O Rodrigo já respondeu praticamente tudo. Então, para confirmar, é isso mesmo. Em Pantai Cenang ou Pantai Tengah você ficará na beira das praias mais bonitas, e pode ir a pé de uma para outra. Os restaurantes e lojas ficam nessa região. Mas se fosse para escolher uma das duas, escolheria a Cenang.

      Em 8 dias dá para fazer todos os passeios que citamos no post com calma, e ainda curtir a praia e ver mais coisas que vocês tiverem interesse.

      Lá tem muitas agências de turismo, que oferecem diferentes tipos de passeio de barco.

      Boa viagem, qualquer dúvida, só falar!

      bjs

  5. Olá!

    Ando buscando informações sobre a Tailandia e Malasia e acabei de ‘descobrir’ a página, a melhor que encontrei, sério! Esclareci várias dúvidas e já fiquei ansiosa para viajar hehe.

    Parabéns e obrigada por compartilhar isso! 😉

    Abraço!

  6. Seus textos estão ficando cada vez mais inconfundíveis. Tô adorando seu estilo. E amei as referências à música. 🙂 Ah. É desnecessário tentar descrever o tamanho da minha inveja, néam?

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: