fbpx
Tags:
Atlas: Biarritz, França

Biarritz, a capital europeia do surf

Corpos sarados, ondas perfeitas, pranchas por todo lado. Poderia ser Bali ou Havaí, mas é França. Localizada pertinho da fronteira com a Espanha, no litoral Atlântico, Biarritz é conhecida como a capital europeia do surf. Uma das cidades mais importantes do País Basco Francês, esse balneário tem, no entanto, muito mais a oferecer. Descoberto como destino de verão no século 19, as praias de Biarritz se tornaram tendência entre a alta sociedade quando Napoleão III passou frequentar o lugar com sua mulher, Eugénie.

Chegando lá, dá pra entender rapidinho porque essa pequena cidade agradou tanto o imperador. A água do mar é tão azul que parece de mentira, o clima é ameno e as rochas formam belas paisagens ao longo da costa. De uma hora para a outra, a modesta vila de pescadores se transformou em um glamuroso resort de luxo. Ainda dá para ver os resquícios dessa era nas construções que se erguem na orla. Um dos principais exemplos da época em que Biarritz era destino de ostentação é o belíssimo Hotel du Palais, construído para servir de palácio de verão para a imperatriz, em 1855. Quase em frente ao Hotel du Palais, uma autêntica igreja ortodoxa, construída pela nobreza russa que passava as férias por ali até a revolução,  acrescenta mais um ingrediente ao caldeirão arquitetônico de Biarritz.  O cassino, de 1901, também pode ser uma boa opção se você quer ser transportado através do tempo e tem bastante dinheiro para perder.

Praia Biarritz Hotel

Hotel du Palais

Biarritz - País Basco - França

Igreja Ortodoxa

Hoje em dia, a cidade ainda é frequentada por endinheirados. No entanto, ao longo do século 20 foi também invadida pelos surfistas em busca das ótimas ondas que se formam por ali. Os novos frequentadores assíduos deram um ar mais descolado e menos Belle Epoque à Biarritz, criando um contraste interessante de estilos. Apesar de ainda ser considerada uma destino de luxo, Biarritz também oferece opções para a galera alternativa que só quer pegar uma onda, curtir uma paisagem bonita, um bar com os amigos ou uma roda de violão. Ou seja, é uma boa opção para quem quer ir à praia na França, mas prefere passar longe da ostentação na Riviera e também não quer gastar tanto quanto gastaria por aquelas bandas.

Biarritz - País Basco - França

Mas não é só a mistura entre ricaços e surfistas saradões que faz de Biarritz um destino único. Por ser uma das principais cidades do País Basco francês, Biarritz  também é um caldeirão de culturas, sotaques e sabores. A começar pela língua: além do francês, a proximidade com a Espanha faz do espanhol uma melodia comum pelas ruas. E a euskara, idioma ancestral do povo basco, é facilmente ouvido em bares, restaurantes e entre grupos escolares, uma prova do esforço da população local em preservar as nuances dessa cultura rica e singular.

Roteiro de viagem de 15 dias pela França

Por falar em bares e restaurantes, a região do Port des Pêcheurs, um pequeno e charmoso porto de pesca, guarda os lugares mais charmosos para apreciar um bom vinho local. Ali perto, a imperatriz Eugènie deixou mais uma marca de sua passagem por Biarritz: a Igreja de Santa Eugènie, em arquitetura neo-gótica, foi construída para ela no século 19. Repare no barco pendurado no teto, uma característica comum nas igrejas bascas.

Igreja de Biarritz - País Basco, França

Se você viajou pela França antes de chegar ali, vai perceber os contrastes entre essa e as outras regiões do país. A comida, por exemplo, lembra um pouco a espanhola e não são raros os bares que servem tapas ou sangria. A sidra também é uma bebida típica da região, mas importante mesmo é você não sair de lá sem levar pra casa uma caixa de chocolates bascos. Um dos sabores mais famosos da região é o pitoresco chocolate com pimenta. Aproveite pra fazer uma visita no Planète Musée du Chocolat e aprender um pouco sobre como a iguaria é produzida (e morrer de vontade de devorar tudo).

Chocolate - País Basco - França

Quando quiser relaxar, um bom lugar é o spa Thalmar. Além de diversos tratamentos estéticos, você pode passar um tempo na piscina de água salgada aquecida. Essa técnica é conhecida como Thalassoterapia. O povo local garante que passar alguns minutos por semana dentro dessa piscina pode ajudar a tratar doenças como reumatismo, fortalecer os ossos, combater o estresse e a insônia. Como se fosse possível sofrer de estresse em um lugar como aquele!

Spa em Biarritz - País Basco

Piscina de Thalassoterapia

Para apreciar uma das melhores vistas da cidade, atravesse a ponte Atalaye, que se ergue sobre o mar, até o Rochedo da Virgem. Além de ter uma ótima visão do Atlântico, em dias claros ainda é possível enxergas as montanhas no País Basco Espanhol.

Biarritz - França

Onde ficar em Biarritz

Escolha uma hospedagem perto da praia ou do charmoso porto de pescadores e você estará muito bem localizado. Clique aqui para encontrar hotéis na região.

A viagem à França foi patrocinada pela Hosteling International como prêmio pelo concurso Big Blog Exchange.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 comentários sobre o texto “Biarritz, a capital europeia do surf

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.