O Cavern Club de Liverpool: onde nasceram os Beatles

A pequena porta escura que leva a um comprido lance de escadas até o subsolo de um prédio da Mathew Street, 10, em Liverpool, poderia passar despercebida ou ser apenas mais um bar subterrâneo como os muitos que existem em toda a Inglaterra. Não fosse um pequeno detalhe: foi ali, no Cavern Club, que, nos anos 1960, John, Paul, Ringo e George conquistaram os primeiros fãs.

Cavern club Liverpool

Embora o lugar não tenha sido o primeiro palco a receber os Beatles, as 292 apresentações do quarteto no Cavern Club foram cruciais para a história da banda e o pequeno e obscuro bar acabou imortalizado no imaginário da cultura pop e ainda hoje é a atração turística musical mais visitada da Inglaterra.

É verdade que, apesar de manter os nomes e a aparência, o lugar que podemos visitar hoje é uma reconstrução do antigo Cavern. O bar original estava na mesma rua, mas nos anos 1970 teve que ser fechado para a construção de uma linha do metrô de Liverpool. Na década seguinte, foi comprado por um investidor que tentou reconstruí-lo, mas a estrutura estava muito danificada para que fosse reaproveitada.

O jeito então foi transportar o bar para outra parte da Mathew Street. Depois de um trabalho de escavação, a maior parte dos tijolos que escutaram os Beatles tocar foram recolocados no subterrâneo do prédio número 10, assim como outros elementos e objetos de decoração que um dia estavam dispostos no primeiro Cavern Club.

Cavern Club, Beatles - Liverpool

Muitos afirmam que o novo bar é uma réplica perfeita do original, ainda que estimativas mais realistas afirmem que apenas algo entre 60% e 80% da estrutura atual respeite a planta antiga. Entre as mudanças, está uma sala de shows anexa ao salão principal que só é aberta em caso de apresentações especiais. Mas deixando de lado os purismos, é fácil esquecer-se desses detalhes e imaginar o quarteto conquistando os primeiros fãs naquele subsolo escuro.
Cavern Club - Liverpool
Cavern Club - Liverpool

O mítico palco do Cavern Club continua recebendo artistas que animam todas as noites com boa música ao vivo. Além de artistas locais independentes que tentam a sorte trilhando os mesmos passos da maior banda do mundo, o lugar também já recebeu outros gigantes do rock, como Queen, Oasis e Rolling Stones. Essas apresentações ilustres estão marcadas nas paredes e estantes do bar, com assinaturas, presentes e cartazes que nos lembram da importância do local para a história da música do século 20.

Cavern Club - Liverpool

Cavern Club - Liverpool

A atmosfera do Cavern Club contagia toda a rua e acabou transformando a Mathew Street em um verdadeiro reduto musical. A rua é repleta de bares para os mais variados gostos e estilos que nos lembram que Liverpool é, talvez, o destino mais importante para os fãs de rock. Ali a boa música não para nem quando amanhece o dia.

Cavern Club - Liverpool

The Cavern Club – Informações de funcionamento

https://www.cavernclub.org

Mathew Street, 10

O Cavern Club abre todos os dias a partir das 10 da manhã até de madrugada. De segunda a quarta a entrada é grátis, mas nos outros dias você pode ter que pagar uma admissão que varia entre 2.50 e 5 libras, dependendo da hora que você entre. Para evitar a taxa, tente chegar antes das 20h.

Veja aqui os preços e horários detalhados de funcionamento

A blogueira viajou a Liverpool a convite da Visit Britain.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.