Tags:
Atlas: Ilha da Madeira, Portugal

Como se locomover pela Ilha da Madeira

Quando decidimos passar cinco dias na Ilha da Madeira, explorando todos os cantos que pudéssemos da região, sabíamos que alugar um carro seria necessário. Porém, não sabíamos nada sobre os preços, nem sobre as estradas, nem com quem alugar. Então, além do post que eu já fiz sobre dirigir em Portugal, lá vem mais informação sobre minha experiência na Ilha da Madeira. Se você não dirige, ou não quer dirigir nas férias, também explico melhor neste post como funciona o sistema de transporte público na Ilha e sobre as opções privadas de passeios.

Leia todos os nossos posts sobre a Ilha da Madeira

Aluguel de carro na Ilha da Madeira

As estradas da Madeira não são ruins, são bem novas e muito bem cuidadas. Não me lembro de ter visto um buraco no caminho. Ah, e não tem pedágio. Porém, isso infelizmente não as torna fáceis. São muitos morros (mas muitos mesmos), curvas e túneis.

Além disso, quando você sai das estradas principais e entra nas vias que circundam as cidades, a qualidade pode cair bastante: um monte de ruas estreitas, com uma ribanceira de um lado e um ônibus maluco correndo de outro. É bastante assustador, principalmente se você não tiver muita experiência no volante. Mas não é impossível. Afinal, sobrevivi sem arranhões para contar a história. Também vale a pena dizer que os caminhos são simplesmente maravilhosos, dá vontade de parar a cada cinco minutos para tirar fotos.

estrada ilha da madeira

Caminho para Porto Moniz

Uma das nossas maiores dificuldades foi que alugamos o carro mais econômico da agência: eu entendo absolutamente ZERO sobre carros, então, sei lá se um Nissan Micra é bom ou ruim em condições normais. Eu sei que com quatro adultos dentro, ele praticamente não subia nada. Era um tormento a cada morro. E eu já falei que são muitos deles, né? Pelo menos o carro consumia pouca gasolina, mesmo nessas condições.

Alugamos o carro por dois dias e saiu por 34 euros por dia – não alugamos o GPS, usamos o do celular mesmo, e não tivemos problema. Fomos com ele a Porto Moniz e Ponta de São Lourenço (os dois extremos da Madeira) e aproveitamos para visitar as cidades que ficavam no caminho. No site da VisitMadeira eles indicam várias empresas de aluguel de carro. Nós acabamos contratando o serviço diretamente com o nosso hostel, o Santa Maria.

Se você quiser economizar no aluguel de carro, nós recomendamos que faça a comparação na Rentcars, maior site do mercado, que compara os preços em dezenas de locadoras e está presente em mais de 60 países – assim você pode garantir valores abaixo dos oferecidos no balcão. A Rentcars é parceira do 360, então reservando por aqui você ainda ajuda o blog (e a gente agradece).

Como se locomover na Ilha da Madeira

O carro e meus companheiros de viagem

Circulando de ônibus

Dos dias restantes, dois foram usados para circular por Funchal e arredores. Essa foi a tarefa mais fácil, porque é tranquilo caminhar por Funchal, dá para ir de teleférico para Monte ou ainda pegar um ônibus para o Jardim Botânico.

A empresa que circula por Funchal é a Horários do Funchal. No site deles dá para saber as rotas e os horários do transporte. Claro, também é possível usar táxis para qualquer lugar que você quiser  Eu já disse aqui que Funchal é uma cidade grande.

No dia que faltava, estávamos sem carro e queríamos fazer uma caminhada na região das montanhas. Então, tratamos de tentar descobrir algum autocarro (é assim que chamam os ônibus em Portugal) que pudesse nos levar a alguma das trilhas. Consideramos a possibilidade de contratar uma agência para fazer o passeio, mas eles cobravam entre 20 e 30 euros por pessoa (a Heloisa Righetto, do Aprendiz de Viajante, fez todos os passeios com uma agência, confere lá as dicas).

Estrada na Ilha da Madeira

A ajuda de nativos não foi muito grande: eles nunca usam o transporte público para se locomover na Ilha da Madeira. Serviram, entretanto, para me mostrar quais empresas circulavam pela Ilha: além da Horários do Funchal, a SAM, a EACL, e a Rodoeste. Cada empresa tem diferentes linhas e destinos. Ou seja, para saber qual ônibus pegar, você precisa saber exatamente para onde quer ir e depois conferir com cuidado os horários de ida e volta.

A nossa aventura foi de Funchal a Ribeiro Frio (onde há duas trilhas diferentes), de Ribeiro Frio pegamos o autocarro para Santana e depois voltamos para Funchal. Todo esse trajeto teve que ser feito com muito cuidado para não perder o ônibus, afinal, como você já pode imaginar, são poucas opções. O preço da viagem varia de acordo com a distância, que vai de 1 a 5 euros, mais ou menos.

Como ir do Aeroporto para Funchal

aeroporto funchal

Também usamos o ônibus no trajeto de ida e volta do Aeroporto. A SAM oferece um serviço expresso, chamado Aerobus, que custa 5 euros o trajeto ou 8 euros ida e volta. Na volta, o ônibus atrasou uns 20 minutos para passar, gerando um momento de pânico no meu grupo da viagem. Também dá para utilizar o serviço regular deles até o Aeroporto, que tem outras opções de horário e sai mais barato: €3,35 por trajeto. Como estávamos em quatro pessoas, até chegamos a cotar um táxi para fazer o trajeto, mas nos avisaram que daria por volta de 40 euros.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

32 comentários sobre o texto “Como se locomover pela Ilha da Madeira

  1. Olá Luísa. Sabe me dizer se consigo alugar um carro sem cartão de crédito ou então com o cartão de crédito emprestado sem o titular do cartão estar presente?

    1. Oi Sara,

      Para alugar carro pela internet você precisa de cartão de crédito no nome de quem vai dirigir o carro!

      O que você pode fazer é lá na Madeira tentar encontrar alguma empresa diretamente. Mas é complicado conseguir alugar sem cartão. O que eu posso te sugerir é que você faça um desses cartões pré-pagos (tipo VTM ou que o seu banco emita), e carregue ele com os euros suficientes para o aluguel.

  2. Olá , visitarei a Ilha em agosto durante 4 dias. Gostaria de saber quais o seu principais atrativos apta conhecer. Quanto tempo seria interessante para conhecer a Ilha?

  3. Boa Tarde,
    Vou ficar em Funchal no hotel Enotel Lido, qual a melhor maneira e mais econômica para ir do aeroporto ate o hotel com malas? Estamos em 3 pessoas (familia).
    Obrigada

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.