Tags:
Atlas: Nepal

Dicas de viagem para o Nepal

O Nepal é um país muito pequeno localizado entre a Índia e a região da China que antes era o Tibet, no sul da Ásia. Provavelmente poucas pessoas o conheceriam, não fosse o fato de oito dos dez maiores picos do mundo estarem por lá. E, claro, não fosse também o fato de ser o único país que não tem uma bandeira em forma de retângulo (leia-se: a bandeira mais legal do mundo).

Sua capital, Katmandu, é também muito citada em um jogo que fez muito sucesso entre as crianças da década de 90: o famoso Carmen Sandiego. Mas se a Carmen  fugiu pra lá ou não, tanto faz. O que importa é que seja pelo turismo de aventura, pela cultura ou pela necessidade de relaxamento, o Nepal é um ótimo lugar para passar as férias, apesar da distância do Brasil.

Nos próximos posts iremos explorar melhor os lugares que visitamos por lá. Neste aqui, vamos dar algumas dicas importantes para quem tem o país que abriga o Everest como destino.

visto do Nepal

O que visitar no Nepal

O Vale de Katmandu, que inclui a charmosa capital que dá nome ao vale e também cidades históricas e antigas capitais reais, como Patan, Bhaktapur e Boudhanath, é um ótimo passeio pela cultura nepalesa, com praças, templos e monumentos históricos – além de inúmeras feiras, lojas de equipamento de aventura, bares e restaurantes para todos os gostos.

Uns três dias são suficientes para conhecer toda a região. Ainda nessa região está Nagarkot, localizada a uma hora de Katmandu, um ponto com uma das melhores vistas da cadeia de montanhas do Himalaia.

Comércio local em Baktapur - Nepal

Bhaktapur 

Pokhara é uma cidade entre as montanhas do Himalaia e um lago maravilhoso, localizada a cinco horas de Katmandu, na região de Pahar. De lá é possível ver o monte Annapurna, fazer atividades como paragliding, voos pela cadeia de montanhas e caminhadas. Para os mais tranquilos, vale também descansar à beira do lago, ver o sol nascer entre as montanhas e curtir os ótimos restaurantes.

Para quem quer ver a natureza, observer tigres, rinocerontes e outros animais – além da vegetação selvagem – vale visitar o Chitwan National Park ou o Bardia National Park. No sul do Nepal, próximo à fronteira com a Índia está Lumbini, local sagrado onde nasceu o Buda.

pokhara nepal

Pokhara

A região de Kumbu é para os aventureiros profissionais. Alí fica a maior montanha do mundo, o famoso Monte Everest. Além do Everest, as demais montanhas com mais de 8000 metros de altitude são: o Kanchenjunga, o Lhotse, o Makalu, o Cho Oyu, o Dhaulagiri I, o Manaslu e o Annapurna.

Informações gerais sobre o Nepal

Quando ir

O Nepal, assim como boa parte de seus vizinhos asiáticos, segue o regime de monções. De junho a setembro, as chuvas torrenciais fazem parte do cotidiano do país. De outubro a dezembro, o clima é frio e claro, bom para fazer caminhadas, já que de janeiro a março esfria bastante, com temperaturas abaixo de zero e frio extremo nas regiões de alta altitude. Para quem prefere calor, a melhor época é de abril a junho – dependendo do local, os termômetros podem chegar aos 40 graus.

entrada estupa de Boudhanath

Katmandu

Como chegar

Luftansa, Qatar Airways, British Airways e Emirates fazem voos saindo do Brasil. Nenhum destes, claro, faz o trajeto direto. É preciso fazer no mínimo uma parada, mas, em geral, duas escalas são necessárias em locais como Qatar, Dubai ou Délhi.

Visto

O visto de turista para brasileiros é obtido na chegada. Custa 25 dólares para 15 dias, 40 dólares para 30 dias e 100 dólares para 90 dias. É preciso pagar o valor em dólares mesmo – cartões de crédito e outras moedas não são aceitos. Além disso, é preciso fornecer uma foto de passaporte ou 3×4 ao departamento de imigração. O Nepal também exige o certificado internacional de vacina contra febre amarela.

Aeroporto de Katmandu - Nepal

Moeda

R$1 vale cerca de 40 Rúpias nepalesas. O custo de vida no país é muito baixo. Cerca de 30 dólares por dia, ou até um pouco menos, se você for econômico, são suficientes para sobreviver por lá.

Fuso Horário

O Nepal está a estranhas 8 horas e 45 minutos do horário oficial de Brasília.

Telefone

O código de telefonia internacional é o +977.

Transporte

As estradas no Nepal são ruins, o transporte público é fraco e os aviões caem com uma frequência assustadora por lá. Mas calma, nem tudo está perdido. Basta viajar durante o dia, em carros ou ônibus exclusivos para turistas. Já para se locomover dentro das cidades, táxis estão disponíveis aos montes (em carros quase sempre velhos). Só é preciso barganhar bastante o preço.

Pashupatinath, Nepal

Vai viajar? O seguro de viagem é obrigatório em dezenas de países e indispensável nas férias. Não fique desprotegido no Nepal. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício para o país – e com cupom de desconto.


Compartilhe!







Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

99 comentários sobre o texto “Dicas de viagem para o Nepal

  1. Olá pessoal! Pretendo ir para o nepal em 2020,caso alguém esteja pensando em ir fale comigo por favor,para me ajudar no idioma RSS. 22 998188648 Fernando

  2. Oi Luiza,

    Estou pensando em ir ao Nepal em agosto, mas vi que é a época de chuvas. Você sabe se realmente atrapalha a viagem? Ou se a visibilidade é muito ruim? Em um principio, tenho a intenção de ir a Katmandú, Bhaktapur, Patan e talvez, Pokhara. Eu sei que é difícil fazer uma previsão, mas de uma maneira geral, pelo o que você conhece, o que você acha?

    Obriagada!

    Carolina.

  3. Olá, Luiza e demais aventureiros!

    Eu e minha esposa vamos ao Nepal em abril/2017 para fazer o trekking até o Campo Base do Everest. Esse é o nosso objetivo.
    Luiza, se você ou outro viajante puder nos informar;
    – agências de trekking em kathmandu (já fiz contato com algumas, mas não me pareceram confiáveis)
    – nome das empresas aéreas que fazem o trecho kathmandu/Lukla/Kathmandu (pesquisei em diversos sites de passagens e não encontrei voos).

    É isso. Apreciarei toda e qualquer informação.

    Muito obrigado!

    1. Estive em Katmandu tem 6 dias. Olha, o que me parece é que todas acabam sendo o mesmo perfil. Um Koreano que conheci fez um trekking até a base do Annapurna e me disse que a agência que ele contratou não fechou número suficiente e ele acabou sendo incorporado a um grupo de outra agência que por sua vez tb já tinham pessoas de uma terceira que também não tinha fechado grupo. A parte mais escrota é que eles pagaram preços diferente pelo mesmo serviço. O coreano tinha pago 100% mais que todos e estava puto. A boa notícia é que o serviço tinha sido excelente. Procure saber antes o valor oficial da permissão e não pague a mais

      1. Muito Obrigado pelo alerta, Leonardo.
        Realmente teremos que ficar atentos e tomar muito cuidado para não termos surpresas negativas em nossa viagem ao Nepal. Parece que tem muito agente de viagens desonestos por lá.
        Fizemos contato com a embaixada do Brasil em Kathmandu e ela me desaconselhou a contratar o trekking com duas agências que eu estava negociando. O pessoal da embaixada também me indicou uma agência, mas ela não responde meus e-mails.
        Por acaso, você sabe o nome de alguma agência de trekking que você possa recomendar em Kathmandu? Nosso objetivo é fazer o trekking que vai até o Campo Base do Everest.

      2. Leonardo,

        Últimas perguntas:
        – Quanto você pagou pelo trekking ao Campo Base do Everest?
        – Você sabe dizer quanto o coreano pagou?

        Uma agência de lá, que nos foi indicada pelo pessoal da Embaixada do Brasil, está me cobrando em torno de USD 2.000, tendo como ponto de partida e chegada Kathmandu.

        Me ajudaria muito se você pudesse me enviar essas informações.

        Muito obrigado,

        Ari

        1. Desculpa, Ari. Eu não fiz Everest e o Coreano pagou 600 dolares mas foi no Annapumna. Para o everest é este preço mais ou menos e deve incluir tudo.

          1. Muito obrigado.
            Estou quase fechando o trekking com uma agência da Espanha, a NaturTrek.
            Ela nos apresentou, para nós, o melhor programa e um preço compatível com as demais.
            Forte abraço e boas aventuras.

    2. Oi Ari,

      Sobre as agências infelizmente não posso te ajudar. Espero que alguém nos comentários te dê uma luz.

      Em relação ao aeroporto de Lukla, eu não sei se você já leu algumas notícias por aí, mas é um dos mais perigosos do mundo. As cias aéreas que voam para lá são: Gorkha Airlines, Goma Air, Nepal Airlines, Simrik Airlines, Tara Air, Sita Air

      1. Muito obrigado, Luiza.
        Estou achando que talvez seja melhor já chegar a Kathamandu com tudo definido em vez de chegar lá e procurar uma agência e ter que discutir, definir e organizar tudo.
        Estou quase fechando o trekking com uma agência da Espanha, a NaturTrek. Ela nos apresentou o melhor programa e um preço compatível com as demais. Que tudo dê certo.
        Forte abraço e boas aventuras.

        Namastê.

        Read more: https://www.360meridianos.com/2012/07/dicas-viagem-nepal.html#ixzz4XBvEXJlU

      2. Muito obrigado, Luiza.
        Estou quase fechando o trekking com uma agência da Espanha, a NaturTrek.
        Ela nos apresentou o melhor programa: mais dias de caminhada, apenas decolagem de Lukla e um preço compatível com as demais.
        Forte abraço e boas aventuras.
        Namastê!

    3. eu super indico o meu querido guia!!! E todos que eu indico e vão com ele pra qualquer lugar entre India e Nepal adoram!
      Só pra vc ter ideia, eu chego na India, chamo ele e entrego minhas bagagens e minha vida pra ele com plena confiança! Ele faz o roteiro que eu quero, cuida de mim e de minha irmã, vamos sempre juntas, olha nossas bagagens, nos orienta em como nos vestir, nos portar, onde sentar, tudo! fico tranquilona com ele!
      O nome dele é Ajay e sua agencia é onde ele mora em Pokara
      91 73766 09596

        1. Por nada! e pode confiar! Diga que Estefânia e Manu, as irmãs BELEZA do Brasil indicaram ele! hihi
          ele adorou nosso joinha de BELEZA! (polegar indicando jóia, sabe?!)

          1. Estefânia,

            Estou quase fechando o trekking com a NaturTrek, uma agência de Pamplona, Espanha. Ela nos apresentou o melhor programa e um preço compátivel com as as demais.
            Obrigado, boas aventuras e….
            Namastê!

            Ari

          2. Olá pessoal,
            há tempos programo uma viagem para conhecer o Himalaia. Devo ir no final de 2018. Até já entrei em contato com o guia Ajay, sugerido acima, que já me respondeu prontamente e com várias dicas. Acho que vou contratar a agência dele mesmo! Abraços e obrigado pela dica.

      1. Ola Stefania, esse Ajay tem email ou site por acaso?
        Vou ficar 5 dias em Kathmandu em Agosto 2017. Gostaria de fazer algum trekking rapido ao redor de la.

        Obrigado

        Eduardo

  4. Ola

    Terei 5 dias no Nepal e 4 no Butao
    Qual a prioridade para visitar o Nepal
    Sera que vale a pena ou melhor sera que da tempo ir pra Phokara?
    Obrigada

    1. eu super indico o meu querido guia!!! E todos que eu indico e vão com ele pra qualquer lugar entre India e Nepal adoram!
      Só pra vc ter ideia, eu chego na India, chamo ele e entrego minhas bagagens e minha vida pra ele com plena confiança! Ele faz o roteiro que eu quero, cuida de mim e de minha irmã, vamos sempre juntas, olha nossas bagagens, nos orienta em como nos vestir, nos portar, onde sentar, tudo! fico tranquilona com ele!
      O nome dele é Ajay e sua agencia é onde ele mora em Pokara
      91 73766 09596

    2. Nepal vale a pena demais!!! Muito bom e muitos lugares e pequenas cidades para visitar, Pokara é outra energia, muitas aventuras e pular de paragliding com vista para os Picos do Himalaia é emocionante!
      Eu super indico o meu querido guia!!! E todos que eu indico e vão com ele pra qualquer lugar entre India e Nepal adoram!
      Só pra vc ter ideia, eu chego na India, chamo ele e entrego minhas bagagens e minha vida pra ele com plena confiança! Ele faz o roteiro que eu quero, cuida de mim e de minha irmã, vamos sempre juntas, olha nossas bagagens, nos orienta em como nos vestir, nos portar, onde sentar, tudo! fico tranquilona com ele!
      O nome dele é Ajay e sua agencia é onde ele mora em Pokara
      91 73766 09596

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.