fbpx

ETIAS: Como as viagens à Europa vão mudar a partir de 2023

Neste texto, você vai descobrir o que é o Sistema de Informação e Autorização de Viagem (ETIAS), como funcionará a entrada na Europa a partir de Janeiro de 2023, por que ele foi implementado e como é simples fazer o cadastro.

O que muda com a implementação do ETIAS?

Atualmente, quem tem a nacionalidade brasileira pode desfrutar de estadias de curta duração (até 90 dias) nos 26 países do Espaço Schengen usando somente um passaporte válido.

Saiba mais: O que é o Tratado de Schengen: quais países, regras e como funciona

Os países europeus entenderam que, apesar disso fornecer uma grande liberdade de movimentação – e não só para brasileiros, não é eficiente para oferecer os mais altos níveis de proteção e segurança.

o que fazer em paris torre eiffel

Torre Eiffel em Paris, França

Por isso, a partir de 2023, os viajantes brasileiros que forem visitar países como França, Itália e Portugal precisam antes se cadastrar no Sistema de Informação e Autorização de Viagem (ETIAS).

Na verdade, turistas e viajantes a negócios que sejam naturais de países isentos de visto até o momento, como o Brasil, poderão continuar viajando para as nações europeias sem visto, mas será exigido que solicitem o ETIAS antes de embarcar.

Continue lendo para descobrir o que isso significa para você e que passos devem ser tomados antes de sua partida para a Europa.

O Impacto do ETIAS nas viagens para Europa

O ETIAS é um sistema de isenção de visto e será implementado para alavancar a segurança nos 26 países para os quais se aplica.

Isso será feito por meio da verificação de todos os viajantes: as pessoas que possam representar uma ameaça à segurança podem ter sua entrada no país europeu bloqueada. A expectativa europeia é que isso reduza as ameaças de terrorismo nesses países.

Passaportes e determinadas informações pessoais serão checadas e comparadas junto a diversas bases de dados de segurança internacional, incluindo Europol, Interpol e ECRIS. Se houver alguma sinalização de risco, isso pode resultar na negação do acesso à Europa.

verao em berlim pontos turísticos

Catedral de Berlim, Alemanha

Como solicitar o ETIAS com Passaporte Brasileiro

De acordo com esse site informativo sobre o ETIAS, no formulário a ser preenchido, os cidadãos brasileiros precisam inserir os dados pessoais, entre eles os do próprio passaporte.

Também telefone, emails e país de entrada na Europa, e haverá questões sobre antecedentes criminais, histórico de emprego e informações sobre viagens anteriores ao continente.

Além disso, os solicitantes brasileiros precisam cumprir algumas exigências simples para o cadastro no ETIAS:

  • Possuir um passaporte válido por ao menos três meses contados após a data de partida,
  • Um cartão de crédito ou débito para pagar a taxa do ETIAS
  • Endereço de e-mail para o qual o documento aprovado será enviado.

Outras informações ou documentos adicionais podem ser requisitados para dar suporte à solicitação.

Não é obrigatório imprimir o PDF com o ETIAS recebido por email. Mas a recomendação é que você carregue uma cópia impressa que possa apresentar às autoridades, caso seja solicitado.

Vale também a pena lembrar que, na chegada, outros documentos podem ser pedidos pela imigração:

Duração do processo de solicitação do ETIAS: quanto tempo demora?

Tudo será feito online. A expectativa é de um processamento rápido e acredita-se que 95% das solicitações serão validadas em questão de minutos, então não há necessidade de se preocupar com atrasos.

Contudo, isso não significa que você deve deixar para a última hora. A indicação é que você faça a solicitação até três dias úteis antes da partida, para evitar qualquer problema.

Os turistas do Brasil geralmente aproveitam as viagens à Europa para visitar o máximo de lugares possível. O mesmo ETIAS pode ser usado para explorar 26 países do Espaço de Schengen – não é exigido um ETIAS separado para visitar cada uma das nações.

Apenas solicite um ETIAS para o seu ponto de entrada.

Entenda: Onde vai ser sua imigração na Europa?

lisboa alfama conexoes

Sé de Lisboa, Portugal

Quanto tempo posso ficar na Europa com o ETIAS?

Assim que tiver o ETIAS, você pode passar até 90 dias no continente dentro de um período de 180 dias, com finalidade de negócios ou lazer.

Ele também permite múltiplas entradas, o que significa que você pode sair do Espaço Schengen e entrar novamente quantas vezes quiser dentro do prazo de validade de três anos – ou até que o seu passaporte expire. No entanto, se você esgotar os 90 dias permitidos, precisa solicitar o documento novamente.

É importante lembrar que o Sistema de Informação e Autorização de Viagem é ligado ao passaporte usado quando é feita a solicitação. Se o passaporte expirar, um novo ETIAS deve ser solicitado.

Para quem deseja ficar mais do que 90 dias na Europa, tal como as regras funcionam hoje, é necessário pedir um visto numa das embaixadas ou consulados de países europeus. Quem ultrapassa esse tempo de estadia está sujeito a multas ou deportação.

Esse texto foi patrocinado pela ETIAS Visa

3/5 - (1 vote)

Compartilhe!







Banner para newsletter gratuita

Receba grátis nosso kit de Planejamento de Viagem

Eu quero!

 

 




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 34 anos e atualmente moro na Inglaterra, quando não estou viajando. Já tive casa nos Estados Unidos, Índia, Portugal e Alemanha, e visitei mais de 45 países pelo mundo afora. Além de escrever, sempre invento um hobbie novo: aquarela, costura, yoga... Siga minhas viagens em @afluiza no Instagram.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um comentário sobre o texto “ETIAS: Como as viagens à Europa vão mudar a partir de 2023

  1. Bom, espero que essa medida possa evitar que brasileiros que não se comportam decentemente no Brasil entrem na Europa, principalmente os corruptos da política. Porque se não for assim não será justa.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.