Filandia, Salento e o Triângulo do Café da Colômbia: roteiro e dicas

Que a Colômbia é uma das principais produtoras de café do mundo, todo mundo sabe. Mas você sabia que a melhor região produtora dentro do país é conhecida como Triângulo do Café? E que ela é cheia de povoados charmosos como Filandia e Salento, que rendem uma visita deliciosa, repleta de natureza e cultura?

O Triângulo do Café é reconhecido mundialmente por sua produção de café de alta qualidade e pela cultura cafeeira presente em cada pedaço do seu território. O lugar ainda é belíssimo, pois está entre as majestosas montanhas dos Andes, onde a terra fértil e o clima ameno proporcionam o ambiente ideal para o cultivo dos grãos.

Filandia e Salento não são as únicas cidades a serem visitadas ali, mas certamente são as mais charmosas. Ambas são repletas de história e tradição, oferecem uma rica variedade de experiências gastronômicas, culturais e naturais.

Neste guia, vamos explorar as maravilhas do Triângulo do Café, desde os mirantes de quebrar o queixo até as fazendas de café tradicionais. Vamos lá?

O que é e onde fica o Triângulo do Café da Colômbia

O Triângulo do Café é uma região famosa por sua produção de café de alta qualidade e pela cultura cafeeira que permeia toda a área. Localizado na região central da Colômbia, o Triângulo do Café abrange principalmente os departamentos de Caldas, Quindío e Risaralda.

Essa região está situada na Cordilheira dos Andes, em uma área montanhosa e de natureza exuberante, que oferece condições climáticas ideais para o cultivo de café.

Os terrenos montanhosos, combinados com um clima ameno e chuvas regulares, proporcionam o ambiente perfeito para o cultivo de variedades de café de alta qualidade.

Mirador em Filandia
Centro histórico de Salento

O que fazer no Triângulo do Café

A economia e a identidade cultural do Triângulo do Café estão intimamente ligadas com produção de café, a ponto de ser impossível separar uma da outra.

A região é conhecida pelas fazendas em que os cafeicultores cultivam e colhem os grãos de forma tradicional. Por esse motivo, muitas das atrações turísticas e atividades para fazer por ali giram em torno desse tema, como as famosas visitas a fazendas que incluem experiências de degustação.

Devido ao charme e importância histórica, as vilas de Salento e Filandia, ambas no departamento de Quindío, se destacam dentro do circuito turístico, sendo as primeiras escolhas dos viajantes na hora de explorar a região.

O Que Fazer em Salento, Colômbia

Salento é a cidade mais visada pelos turistas nessa região da Colômbia, muito por causa de sua arquitetura colonial bem preservada, cercada de natureza e da proximidade com o Valle de Cocora.

O centro histórico é repleto de casas coloridas, ruas de paralelepípedos e praças com aquele ar nostálgico de quem parece ter parado no tempo. Você pode explorar a cidade com um guia, assim já aprende mais sobre a história da região. Clique aqui e saiba mais.

Centro Histórico de Salento

• Mirador Alto de la Cruz e Mirador de Salento

Além de perambular pelas casinhas do centro histórico, outra atração famosa de Salento é seu mirador Alto de la Cruz, com vista para a cidade e para as montanhas que a cercam.

Para chegar lá, basta uma curta caminhada centro da cidade. O início da trilha fica próximo à praça principal de Salento, no final da Calle Real, que termina em uma escadaria. No topo dela, está o mirador. Quando terminar, siga por um um caminho que desce à esquerda e você encontrará uma vista ainda melhor das montanhas, no Mirador de Salento. Você pode continuar descendo a trilha a partir dali e voltar à cidade.

• Visita a uma fazenda de Café

Triângulo do café na Colômbia
Fazenda no Triângulo do Café, Colômbia

Uma das experiências mais típicas da região é a visita a uma autêntica fazenda de café. Durante o passeio, você vai aprender sobre o todo processo de produção da bebida, desde o cultivo, até colheita e, claro, o preparo e a degustação.

Há várias fazendas nos arredores de Salento, e muitas delas oferecem a experiência. Elas também contam com lojas que vendem os produtos produzidos ali. Essa é uma ótima oportunidade para levar para casa os melhores cafés do mundo.

Eu visitei a finca El Ocaso, uma das mais famosas ali, e amei a experiência. Você pode ver mais sobre ela aqui.

• Visita a uma fazenda de Cacau

Além do café, também é possível conhecer o processo de produção do cacau.

Guiado por especialistas locais, o tour te leva pelas plantações de cacau e pelas variedades da fruta, além de ensinar os segredos por trás da produção de chocolate artesanal.

Há também a chance de degustar diferentes tipos de chocolate. E essa é a melhor parte, claro! Saiba mais sobre esse tour aqui.

• Jogar Tejo, o esporte nacional da Colômbia

Se engana quem pensa que o esporte da Colômbia é o Futebol! O Tejo é um jogo de origem indígena que ainda hoje é parte da identidade cultural do país.

As regras são simples e consistem em acertar um alvo de metal chamado ‘bocin’ com um peso de ferro chamado ‘tejo’. O jogador lança o tejo em direção ao bocin, que está localizado a uma certa distância, e tenta acertá-lo o mais próximo possível do centro para marcar pontos.

Só que tudo isso é acompanhado de uma (ou várias) cervejas, o que acaba deixando o esporte mais desafiador a medida em que o álcool sobe.

Como é amplamente praticado nessa região, há várias casas de Tejo em Salento. Recomendo visitar a Cancha de Tejo Los Amigos, que é famosa entre os estrangeiros na cidade. Eu mostro como foi a experiência no vídeo aí em cima!

• Visite a Reserva Natural Acaime

A Reserva Natural Acaime fica em meios às belas montanhas do Eixo Cafeteiro, pertinho de Salento.

A grande atração ali são a imensa população de beija-flores. Aliás, você sabia que a Colômbia é o país do mundo com mais espécies de beija-flores? Pois é, são dali cerca de 160 das quase 350 espécies catalogadas. É também o país com a maior diversidade de aves do mundo! Durante a trilha, você também encontrará várias outras espécies, então fique atento!

Para chegar lá, é preciso ir ao Valle del Cocora (veja aqui embaixo) e procurar o criadouro de trutas (pergunte ao pessoal na entrada ou no estacionamento). De lá, siga pela estrada à esquerda do criadouro, e siga até e primeira ponte e a bilheteria. É necessário fazer o pagamento de 5.000 COP por pessoa para acessar o Acaime.

O ponto final da trilha é uma casinha feita para atrair os pássaros até lá. Você pode se sentar e apreciar a visita deles pelo tempo que quiser. Há também uma pequena vendinha que oferece chocolates e água de panela (ou rapadura, que é uma bebida popular na Colômbia).

Descendo pela estrada, você chega a outro mirante que dá vista para o Bosque de Niebla, um lugar repleto de palmas de cera.

• Onde comer em Salento

  • La Fonda de los Arrieros: Fica na praça central de Salento, numa esquina, e serve comida típica colombiana, além de uma variedade das aguardentes locais. É uma boa opção pra quando você chegar dos passeios e quiser observar o movimento ali. Endereço: Cra. 6 #3-21
  • Brunch de Salento: Com porções enormes e preços em conta, ideal para viajantes econômicos que não dispensam uma boa comida! Costuma ficar bem cheio, já que o pessoal dos hostels da cidade vive por ali. Endereço: Cl. 6 #3-49.
  • Botánica Salento: Para uma refeição com vista e um ambiente agradável, essa é a melhor opção! Fica um pouco afastado do centro, numa casa histórica no alto de um morro. Mas a comida é delícia! Endereço: Cra. 4 #0-01.
  • Barnabé Café e Bistrô: Um charmoso café no centro histórico que serve tanto a bebida, quanto bolos, lanches e refeições deliciosas. Endereço: Carrera 6, Calle Real #3-29.

• Hotéis em Salento, Colômbia

Veja algumas opções de onde se hospedar em Salento:

Encontre hotéis em Salento

Valle de Cócora

Valle de Cócora na Colômbia

O Valle de Cocora fica bem próximo a Salento e é um local muito famoso no país graças à grande concentração das palmeira de cera, a árvore nacional da Colômbia. Altas e esbeltas, elas podem chegar a 60 metros de altura e, juntas, formam uma paisagem muito única no vale.

Elas recebem esse nome porque o tronco é coberto por uma camada grossa de cera, que lhes confere uma aparência brilhante e protege a árvore contra a perda excessiva de água e danos causados por insetos e fungos. Essa cera é muito utilizada na fabricação de velas, na indústria de cosméticos, entre outras coisas.

Valle de Cócora, na Colômbia

No Parque, você verá uma grande concentração delas e há diversos mirantes para o Valle que rendem fotos ótimas. Há circuitos mais curtos, de nível fácil, e um circuito longo circular que dura 5 horas e passa por locais de acesso mais complicado.

Dá para fazer um passeio guiado pelo Valle + Acaime. Veja mais sobre isso aqui.

Como Chegar ao Valle de Cócora

Se você não estiver de carro, você pode pegar um jipe ou táxi compartilhado em Salento que o levará até a entrada do parque. O percurso dura cerca de 30 minutos. Há também passeios saindo de Filandia.

Há um estacionamento na entrada do Parque, do lado esquerdo da via. A entrada fica a direita, apenas alguns metros à frente.

Atenção: Não é uma trilha! Eu me perdi porque é comum a gente ler na internet que se trata de uma trilha, mas na verdade são circuitos turísticos muito bem sinalizados, alguns mais curtos fáceis que outros. Todos eles ficam dentro de um espaço que parece um hotel-fazenda, após uma portaria.

Como eu fui esperando uma trilha no sentido mais roots da palavra, ignorei essa entrada e segui por 5 horas pelo meio do mato até encontrar um alemão mais perdido que eu que me mostrou que havia pegadas de puma por onde estávamos caminhado. Eu conto essa história no vídeo abaixo:

O que fazer em Filandia, Colômbia

Sim, você leu certo. O nome é Filandia, sem o “N” mesmo (com o tempo, você acostuma e começa a falar certo).

Essa pequena cidadezinha é uma irmã menor de Salento. São bem parecidas em termos de estilo e atmosfera, mas é um pouco menos popular entre os turistas e mais tranquilinha. Quase tudo se organiza em torno da praça Bolívar e das ruas adjacentes.

Se preferir, considere contratar um guia para conhecer cidade. Assim você terá mais informações e descobrirá os segredes locais.

• Mirador de Filandia

Assim como Salento, Filandia também tem seu Mirador. Fica em uma colina nos arredores da cidade, em um lugar lindíssimo e com vistas mais bonitas ainda.

Para chegar ao Mirador de Filandia, basta fazer uma curta caminhada a partir do centro da cidade ou pegar um táxi ou moto-táxi até o local. Experimente ir ao por do sol, quando as montanhas se tingem de tons de laranja e rosa.

• Visita a fazendas de Café em Filandia

Fazenda de café no Triângulo do café da Colômbia

Também há várias fazendas de café nos arredores de Filandia. Então você pode fazer o passeio tanto aqui, quanto em Salento (ou em ambas). Veja aqui uma opção.

• Onde comer em Filandia

Restaurante Helena Adentro Filandia
Helena Adentro foi o melhor restaurante que eu fui na Colômbia!
  • Helena Adentro: Esse não foi apenas o melhor restaurante que eu visitei no Triângulo do Café. Foi também o melhor restaurante que eu fui na Colômbia! Faz releituras saborosíssimas de pratos típicos locais, utilizando ingredientes produzidos em uma fazenda própria. Endereço: Cra. 9 #7-05, Filandia
  • Mocafé: Um pequeno café que serve ótimas seleções da bebida e sobremesas. Endereço: Carrera 7 No 7-62.

• Hotéis em Filandia

  • Hostal Colina de Lluvia: Ótimo custo benefício. Tem opções de dormitórios e quartos privados e fica a poucos metros da praça principal. Diárias a partir de R$ 40. Veja aqui.
  • La Puesta del Sol: Vista maravilhosa bem próxima ao centro. Quartos charmosos e confortáveis. Diárias a partir de R$ 240. Veja aqui.
  • Casa Laureles: Hospedagem rural fora de Filandia. Ideal para quem viaja com carro e quer ter uma experiência mais tranquila, cercado de natureza. Veja aqui.

Encontre hotéis em Filandia

Onde ficar no Triângulo do Café: Filandia ou Salento?

Na hora de planejar sua viagem, você terá que se decidir entre Filandia ou Salento como cidade base para explorar o Triângulo do Café.

Como são cidades bem próximas, essa escolha não afeta muito o acesso às atrações. No entanto, em Filandia, a tranquilidade é maior, sendo o lugar perfeito para quem quer relaxar entre as montanhas.

Já Salento é maior e mais animada, tem mais vida noturna e ruas movimentadas, sendo a escolha preferida de mochileiros e jovens.

Roteiro do Café na Colômbia: 2 a 5 dias no Triângulo do Café

Dia 1: Chegada a Salento

  • Explore o centro histórico de Salento, incluindo a Plaza Bolívar e a Calle Real. Passe pelas lojas de artesanato e sente-se para um cafés.
  • À tarde, faça uma caminhada até o Mirador de Salento para admirar a vista panorâmica das montanhas ao pôr do sol.

Dia 2: Valle de Cocora

  • Reserve o dia para explorar o Valle de Cocora, lar das famosas palmeiras de cera.
  • Visite a Casa de los Colibríes em Acaime para observar beija-flores e desfrutar de um chocolate quente tradicional.
  • Se desejar, estenda a caminhada até a Cascada La Chorrera.

Dia 3: Visita a uma Fazenda de Café

  • Participe de um tour em uma fazenda de café local para aprender sobre o processo de cultivo, colheita e produção do café colombiano.
  • Depois de jantar em um dos restaurantes típicos locais, termine o dia em um clube de Tejo.

Dia 4: Transfer para Filandia

  • Faça o check-out de sua acomodação em Salento e pegue um ônibus ou táxi para Filandia..
  • Explore o centro histórico, visite a Plaza de Bolívar e a Calle Real, e experimente o café local em uma das cafeterias da cidade.
  • Vá ao Mirador de Filandia para o por do sol.

Dia 5: Dia livre

  • Visite outra fazenda de café ou a Reserva Barbas Bremen

Como chegar ao Triângulo do Café (Filandia e Salento)

Localizado na região do Eixo Cafeteiro, as cidades mais turísticas do Triângulo do Café ficam no departamento de Quindío. A porta de entrada é a cidade de Manizales, a maiorzinha por ali. De lá, você pode escolher passar um ou dois dias antes de seguir para Salento ou Filandia, dependendo da sua opção de hospedagem.

Aqui estão algumas maneiras de chegar ao Triângulo do Café:

Avião

A maneira mais rápida de chegar ao Triângulo do Café é voando para os aeroportos internacionais de Manizales, Pereira ou Armenia. Estes aeroportos recebem voos domésticos e internacionais, facilitando o acesso à região.

Ônibus

Para os viajantes que preferem uma opção mais econômica, os ônibus são uma escolha popular para chegar ao Triângulo do Café.

Existem várias empresas de ônibus que oferecem serviços regulares de transporte de e para as cidades da região, tornando-o uma opção conveniente para os viajantes que estão explorando outras partes da Colômbia, incluindo Bogotá e Medellín.

No entanto, preciso alertar que a Colômbia é um país montanhoso e as viagens de ônibus podem demorar muitas horas.

Carro

Minha opção para chegar ao triângulo do Café foi alugar um carro em Medellín. Essa é uma ótima oção para quem prefere a liberdade e flexibilidade de dirigir. Além de ser mais rápido que os ônibus, o carro facilita na hora de explorar as fazendas e trilhas da região.

As estradas são bem mantidas e muitas das rotas são bastante cênicas, com as montanhas e campos de café.

Clique aqui para fazer a cotação do aluguel de carro entre diferentes locadoras para garantir o melhor preço.

Excursões

Muitas agências de viagens oferecem excursões guiadas ao Triângulo do Café, saindo de diversas cidades da Colômbia. Essa escolha é ideal para quem tem pouco tempo, sente insegurança de fazer tudo por conta própria e não quer se preocupar com a logística.

Essas excursões geralmente incluem transporte, acomodações e atividades, permitindo que os viajantes relaxem e aproveitem a experiência ao máximo. Aqui temos uma ótima opção saindo de Pereira.

Jeep Willys Salento, Colombia
Os passeios guiados pelas agências de Salento e Filandia são feitos em jeeps Willys

Seguro de viagem para a Colômbia

O seguro de viagem não é obrigatório para entrar na Colômbia. No entanto, é recomendável que você tenha um seguro de viagem para cobrir eventualidades como doenças, acidentes ou problemas de saúde.

Mesmo que você esteja apenas fazendo uma viagem curta, os custos médicos no exterior podem ser altos e um seguro de viagem pode garantir que você tenha acesso a cuidados médicos de qualidade quando precisar.

Além disso, um bom seguro de viagem também inclui cobertura para problemas como cancelamentos de voos ou perda de bagagem.

Não arrisque a sua viagem sem um seguro de viagem. Adquira o seu agora mesmo por meio desse link ou das ofertas abaixo.

Clique aqui para fazer sua cotação e use o cupom 360MERIDIANOS05 para obter até 25% de desconto nos seguros de viagem!

Seguro Viagem:
América do Sul
MTA 15 Am. Latina +Telemedicina Albert Einstein MTA 15 Am. Latina +Telemedicina Albert Einstein
Assistência médica USD 15.000
Bagagem extraviada USD 400 (SUPLEMENTAR)
*Valor referente a 7 dias de viagem.
Affinity 35 LATAM +COVID-19 Affinity 35 LATAM +COVID-19
Assistência médica USD 35.000
Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR)
*Valor referente a 7 dias de viagem.
ITA 20 Am. Latina +Telemedicina Albert Einstein ITA 20 Am. Latina +Telemedicina Albert Einstein
Assistência médica USD 20.000
Bagagem extraviada USD 1.250
*Valor referente a 7 dias de viagem.

Quando ir ao Triângulo do Café

A temporada de colheita de café, que ocorre de abril a agosto, é considerada uma das melhores épocas para visitar a região. Durante esse período, você vai poder ver de perto as atividades relacionadas à produção cafeeira, como a colheita e o processamento dos grãos.

A época de floração, que ocorre de setembro a novembro, também é uma excelente escolha! É quando os campos ficam mais bonitos e coloridos.

As chuvas mais frequentes ocorrem durante o inverno, que vai de abril a junho. Já o verão, de dezembro a março, é mais seco. No entanto, eu fui durante o inverno e a chuva era pouca e fina, de forma que não achei um grande inconveniente para a minha viagem.

Quantos dias ficar no Triângulo do Café

Reserve entre 3 e 5 dias para aproveitar ao máximo tudo o que o Triângulo do Café tem a oferecer. Se você não tiver tanto tempo, no entanto, dá para ver o básico em um ou dois dias antes de seguir viagem.

Perguntas frequentes sobre viagem para o Triângulo do Café na Colômbia

Qual é a melhor época para visitar Filandia, Salento e o Triângulo do Café?

A melhor época é durante a temporada de colheita de café, de abril a agosto, ou durante a época de floração, de setembro a novembro. Evite os meses de chuva intensa entre abril e junho.

Quantos dias são necessários para explorar completamente a região?

Recomenda-se passar de 3 a 5 dias para explorar Filandia, Salento e o Triângulo do Café, permitindo tempo suficiente para visitar as principais atrações e desfrutar da cultura local.

Quais são as atividades imperdíveis para fazer em Filandia e Salento?

As atividades incluem visitas às fazendas de café, caminhadas até mirantes para vistas panorâmicas, degustações de café e chocolate, além de explorar o charmoso centro histórico de cada cidade.

É necessário reservar passeios ou atividades com antecedência?

Para garantir disponibilidade, é aconselhável reservar passeios ou atividades específicas, especialmente durante a alta temporada turística.

Qual é a melhor forma de se locomover entre Filandia, Salento e o Triângulo do Café?

O transporte público é limitado na região, então a melhor opção é alugar um carro para maior flexibilidade. Também é possível usar táxis compartilhados ou contratar passeios guiados.

Quais são as opções de hospedagem em Filandia e Salento?

Ambas as cidades oferecem uma variedade de opções de hospedagem, incluindo hotéis boutique, pousadas aconchegantes e albergues para mochileiros. É aconselhável reservar com antecedência, especialmente durante a alta temporada.

Quais são os pratos típicos que não posso deixar de experimentar na região?

Alguns pratos colombianos imperdíveis incluem bandeja paisa, arepas, empanadas e sancocho. Não se esqueça de experimentar o café e o chocolate locais!

Existe alguma recomendação de segurança para viajar pela região?

Embora a região seja geralmente segura para os turistas, é sempre importante ficar atento aos seus pertences e evitar áreas isoladas à noite. Além disso, consulte as diretrizes de segurança atualizadas antes de viajar.

Inscreva-se na nossa newsletter

5/5 - (2 votes)

Compartilhe!







Eu quero

Clique e saiba como.

 




Natália Becattini

Sou jornalista, escritora e nômade. Viajo o mundo contando histórias e provando cervejas locais desde 2010. Além do 360meridianos, também falo de viagens na newsletter Migraciones, no Youtube e em inglês no Yes, Summer!. Vem trocar uma ideia comigo no Instagram. Você encontra tudo isso e mais um pouco no meu Site Oficial.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.