Tags:
Atlas: Hong Kong, China

Escada rolante ladeira acima na Hollywood Street, em Hong Kong

O nome da região deixa claro que você está subindo um morro: é o Mid-Levels, ou o meio do caminho entre a área central de Hong Kong e o topo do Victoria Peak e seus 552 metros. Até aí tudo normal, não fosse o transporte usado diariamente por 80 mil pessoas, que sobem e descem ladeiras sem parar, mas fazem isso por meio de escadas rolantes no meio das ruas. Embarquei na altura da estação central. Meu ponto de descida? Os arredores da Hollywood Street, uma das ruas mais antigas de HK.

Foi minha segunda passagem por ali, mas a primeira usando esse meio de transporte. O Mid-Levels Escalator não é apenas o maior complexo de escadas rolantes do mundo, com 800 metros e 20 esteiras conectadas entre si. É parte do sistema de transporte público de Hong Kong, um ponto turístico da cidade e, vamos concordar, um baita facilitador para quem tem que subir e descer tanta ladeira.

escadas rolantes de Hong Kong

Por FS11, Shutterstock.com

Inaugurado em 1993, o sistema tinha por objetivo diminuir o trânsito de veículos na região, onde ocorriam grandes engarrafamentos. Dizer se deu ou não certo é complicado, mas ninguém duvida de outra consequência. Ao facilitar o deslocamento de pessoas a pé, as escadas rolantes revitalizaram uma importante área de Hong Kong.

Veja também: The Peak, a vista mais incrível de Hong Kong
O que fazer em Hong Kong: as atrações imperdíveis
Roupas, bugigangas e quiromantes nos mercados de rua de Hong Kong
120 milhões de habitantes: a cidade sem fim que está nascendo na China

Aos poucos, em cada ponto da escada surgiram mercados, feiras, antiquários bares e restaurantes, o que faz com que esse bairro seja não só um dos preferidos por muitos hongkongers, mas uma espécie de gringolândia. Expatriados de todos os cantos – e HK tem incontáveis deles – sobem e descem escadas todos os dias. Sem esforço.

mid level escalator

Por Benny Marty, shutterstock.com

As escadas correm para baixo no começo da manhã, quando os moradores do bairro vão para o trabalho, na área central da ilha, e fazem o percurso inverso a partir das 10h e até o começo da madrugada, quando os motores são desligados. A viagem é de graça, o que torna o transporte ainda mais inclusivo, e leva 20 minutos de ponta a ponta.

A cada esquina que fica para trás, uma nova vista da baía de Hong Kong e seus arranha-céus surge abaixo. Isso sem falar na proximidade das esteiras com os apartamentos, cujas janelas dão para esse vai e vem diário. Em alguns pontos as escadas, que são cobertas para proteger os pedestres da chuva, alcançam o nível do terceiro andar dos prédios vizinhos.

bairros de hong kong

Por Benny Marty, shutterstock.com

Se muitos dos edifícios são comerciais, não faltam também os residenciais. E uma viagem pela escada rolante significa quase entrar na vida das famílias que residem ali, que por sua vez passam seus dias vendo dezenas de milhares de pessoas passando por suas janelas e seguindo seus rumos em questão de segundos.

Tantas histórias acabaram levando essa região para os cinemas. Lançado em 1994, um ano após a inauguração das escadas, o filme Chungking Express conta a história de um policial que vive nessa muvuca. Ali ele se encontra com a personagem da Faye Wong, que numa cena clássica do cinema chinês espia o apartamento do policial, que fica perto da escada. Outro filme que teve partes gravadas por ali foi Batman, o Cavaleiro das Trevas, lançado em 2008.

escada rolante de hong kong

Por Sanga Park, Shutterstock.com

A Hollywood Road, minha parada final naquele fim de tarde, é a segunda rua mais antiga da Hong Kong britânica: foi construída em 1844. Apenas a Queen’s Road, que também fica por ali e é onde o sistema de escadas rolantes começa, veio antes, em 1843. A Hollywood de HK também veio bem antes da sua famosa irmã norte-americana, hoje um sinônimo para cinema.

mapa escadas rolantes de Hong Kong

Imagem: Wikimedia Commons

Repleta de antiquários, ali funciona um dos mercados de rua mais famosos de Hong Kong, o Cat Street. Tradição que começou com saques e pilhagens. Quando navios carregados de tesouros de outras partes da China ancoravam ali, durante aquilo que os chineses chamam de século de humilhações, muitos artefatos eram vendidos em bazares da Hollywood Road. A moda pegou – e o interesse só aumentou com a instalação das escadas rolantes e a revitalização do bairro, já nos anos 1990.

Além de bares, restaurantes e compras, essa região de Hong Kong guarda o primeiro templo da cidade. Ali, a luz do dia encontra seu caminho pela fumaça das centenas de espirais de incenso que tomam conta do teto do Man Mo Temple, um tributo aos deuses da literatura e da guerra.

As escadas seguem seu caminho, que passa pelo animado SoHo e suas boates e termina na Conduit Road, uma das mais elevadas do bairro. Mais um motivo para seguir morro acima.

Como passear pelas escadas rolantes da Hollywood Street

Comece seu passeio pela estação Central, das linhas Tsuen Wan e Island do metrô. A entrada das escadas rolantes está no cruzamento da Queens Road com a Cochrane Street. Também é possível acessá-las a partir de uma passarela do IFC Mall.

Perto de completar 30 anos, o sistema está passando por reformas e alguns setores podem não estar funcionando no dia da sua visita. A obra será feita em etapas, de modo que o complexo nunca será fechado totalmente. Detalhes aqui.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “Escada rolante ladeira acima na Hollywood Street, em Hong Kong

  1. Quando comecei a ler o texto pensei “grande coisa, em Barcelona também tem escadas rolantes pra subir pro Park Guell. Nem deve ser tão diferente.”

    E agora queria pedir desculpas por subestimar a relevância de escrever sobre as escadas de Hong Kong. Ahahhahah

    Incrível como esse mundo é cheio de surpresas e como cada comunidade se adapta de um jeito diferente, com soluções diferentes.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.