Tags:
Atlas: Ilha da Madeira, Portugal

Ilha da Madeira: Porto Moniz e arredores

Quando eu consultei minhas amigas portuguesas sobre o que visitar nos meus cinco dias na Ilha da Madeira, Porto Moniz foi uma unanimidade. Todo mundo me avisou que o lugar era maravilhoso. E o que tem lá? Piscinas Naturais. Provavelmente algumas das mais bonitas que você vai ver na vida.

As piscinas se formaram por conta das rochas vulcânicas na região. A água salgada do mar entra naturalmente, deixando o ambiente sempre fresco. O fato da água na Ilha da Madeira ter uma temperatura amena, mesmo no outono, ajuda bastante.

O engraçado é que, apesar de Porto Moniz ser um dos cartões-postais da Ilha da Madeira, o guia de viagens da menina que viajou comigo não falava nem duas linhas sobre o lugar. Já o meu Lonely Planet sequer cita a ilha como uma das atrações de Portugal. #fail.

Veja também: O que fazer na Ilha da Madeira

Comidas e Bebidas típicas da Ilha da Madeira

porto moniz piscinas

porto moniz o que fazer na ilha da madeira

Para começar, a informação mais importante é que em Porto Moniz existem dois grupos de piscinas naturais, as pagas e as públicas. Esse segundo grupo é um famoso cartão-postal de Madeira, com pedras e água límpida formando um cenário incrível. Mesmo sendo gratuitas, há uma pequena estrutura em volta, com loja, restaurante e banheiros limpos.

luiza porto moniz ilha da madeira

Porto moniz ilha da madeira

As pagas eu só vi de longe e não me arrependo. Apesar delas também serem piscinas de água natural e o visual ser maravilhoso, toda a estrutura construída lembra um clube. Mesmo sendo bem barato (1,50 euros), não era isso que eu buscava. No entanto, essa pode ser uma boa opção para quem vai com família, porque são lugares legais para crianças e com salva-vidas.

piscinas privadas porto moniz

As piscinas privadas de Porto Moniz

Em Porto Moniz também há um aquário (5 euros), mas eu já tinha lido no Phototravel360 que não valia a pena, então não me dei ao trabalho de conhecer. Como fizemos uma viagem de dia inteiro, levamos sanduíches para fazer piquenique. Por isso, não sei falar sobre os restaurantes de lá.

É fácil conhecer Porto Moniz a partir de Funchal. Nós fomos de carro e a estrada é muito tranquila, além de lindíssima. Vários túneis passam por dentro da montanha. Quando você sai dos túneis, se depara com vistas maravilhosas. É uma viagem de 55km – vá com o tanque cheio, porque existem poucos postos de gasolina no caminho.

estrada ilha da madeira

Na volta, paramos para conhecer as Grutas de São Vicente. É um passeio interessante, porque explica bem a formação do arquipélago da Madeira, que está no topo de grandes cadeias montanhosas oceânicas. As grutas se formaram há 890 mil anos, a partir de uma erupção vulcânica.

grutas são vicente ilha da madeira

Ou seja, o que você vê nas fotos são tubos formados pela lava que escorria do vulcão em direção ao mar. É um percurso subterrâneo com cerca de 1km. A altura das grutas vai de 5 a 6 metros. O passeio inclui também a visita ao Centro de Vulcanismo, com material multimídia sobre vulcões e sua relação com a ilha. Eu, que sou meio nerd, gostei bastante. O passeio custa 8 euros e toda a visita é guiada.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

9 comentários sobre o texto “Ilha da Madeira: Porto Moniz e arredores

  1. Luiza, preciso de ajudar. Num outro post, você falou sobre as estradas na Ilha da Madeira incluirem morros e ribanceiras. Gostaria de saber se isso é uma realidade entre Funchal e Porto Moniz. E se há pontos da ilha em que dá pra se locomover de carro sem passar por estradas assim. Essa informação é bem importante, porque tenho certo medo de dirigir sobre essas condições.

    Agradeço desde já.

    1. Oi Gabriela,

      Olha, as estradas na ilha acabam envolvendo sempre uma dose de morros. Talvez se você for pela costa, ao invés ir pelo centro, onde ficam as montanhas, seja mais fácil.

      bjs

    2. Olá.
      Se tem medo dessas situações, não conduza na Madeira. A sério! Recomendo que faça as excursões programadas, porque não há estradas na Madeira, exceto no centro do Funchal, que não tenham abismos, montanhas, rinanceiras, ribeiras, etc.

  2. Luiza,
    Seus posts sobre Madeira estão me deixando com vontade de ir para lá. Um lugar que eu nunca dei muita importância. Imaginava que era bonito por ser uma ilha e tal, mas nunca pensei que poderia ser tão lindo e interessante!

    1. Ei Lili,

      Vale muito a pena! A próxima na minha lista são os Açores, porque toda vez que eu conto para um português que amei a Madeira eles começam o discurso sobre como os Açores são 100 vezes mais legais, rs

  3. Uau! Nunca tinha ouvido falar deste lugar, estou adorando todos os posts sobre Portugal, pois sinceramente nunca realmente pensei em viajar para lá ou imaginei quais seriam os pontos turísticos de lá. Muito bom, beijão

    1. Portugal é incrível Camila. Os brasileiros não dão muita bola para o país, mas sinceramente, vale muito a pena, sem contar que é bem mais barato!

      bjss

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.