Tags:
Atlas: Veneza, Itália

Ilhas de Veneza: Murano, Burano e Torcello

Um passeio interessante para quem fica mais dias em Veneza é conhecer as ilhas da região metropolitana: Murano, Burano e Torcello, cada uma com sua própria história e atrativos. Esse passeio toma uma tarde inteira e pode ser completado em cerca de 4 horas. Conte também o tempo que leva para se locomover de Vaporetto – o transporte público da região – até as ilhas de Veneza e entre elas, ida e volta.

Você pode contratar um tour em qualquer agência de viagem em Veneza (custa 20 euros) ou fazer por sua conta. Se você escolher pela segunda opção, como nós fizemos, basta comprar o passe de 12 horas do Vaporetto, que custa 18 euros. A diferença é pequena, mas nós preferimos ter a liberdade de chegar e sair a hora que queríamos, em vez de ficarmos presos a um grupo.

Planeje sua viagem: Onde ficar em Veneza

ilhas de veneza vista

Murano

Murano é a maior das ilhas e a que fica mais próxima da ilha principal de Veneza. É lá que fica o maior cemitério da cidade, numa área onde durante centenas de anos existiu um monastério, que foi destruído pelo exército de Napoleão.

ilhas de veneza murano

ilhas de veneza murano central

Em 1291, todos os produtores de vidro de Veneza se mudaram para Murano. Com isso a produção cresceu e se tornou famosa – por algum tempo, Murano foi a maior produtora de cristal da Europa. Essa produção hoje não é tão importante, mas os cristais de Murano ainda são bem conhecidos. Na visita à ilha você consegue presenciar, de graça, o pessoal  trabalhando na criação desse material.

Em geral, as fábricas convidam os turistas para entrar, explicam o processo de fabricação e depois te levam para conhecer as peças prontas, mas você não é obrigado a comprar nada. Algumas fábricas cobram pela visita, então informe-se sobre isso antes de entrar na área de produção. Você também pode visitar o Museo del Vitro para saber sobre a história dessa indústria.

ilhas de veneza murano glass

Além da produção de cristais, em Murano fica a Basilica dei Santi Maria e Donato, construída no século 8, com mosaicos muito bonitos. Outra Igreja importante é a San Pietro Martire, de 1506.

Burano

Se você só tiver tempo para visitar uma das ilhas, minha sugestão é que você vá direto para Burano. A ilha é bem lindinha, com todas as casas pintadas de cores diferentes, uma espécie de Veneza colorida.

As paredes pintadas tem uma tradição que remonta ao século 16 e seguem um sistema específico de cores. Antes dos donos pintarem as casas eles precisam pedir uma autorização do governo, que define quais cores são permitidas para aquela área. O resultado, como você pode ver, é incrível:

ilhas de veneza burano central

ilhas de veneza burano janela

ilhas de veneza burano rua

A ilha também é famosa pela produção de renda, que começou a ser desenvolvida pelas mulheres de lá em 1500. Você pode visitar o Burano Lace Museum, que fica na praça Baldassare Galuppi.

Torcello

Das três ilhas, Torcello pode ser a menos interessante visualmente, mas é a que tem mais história. Essa ilha, que hoje é bem tranquila e praticamente sem residentes, foi o lugar onde os primeiros habitantes que fugiram da queda do império romano se instalaram.

Ali, eles conseguiram se manter seguros dos ataques bárbaros de Átila, o Uno, além das invasões germânicas dos Lombardos e Francos. Em 638, o Bispo de Altino fez da ilha sua residência oficial e trouxe com ele relíquias religiosas, além de construir lá uma basílica com influências bizantinas.

ilhas de veneza torcello

ilhas de veneza torcello pantano

Há mil anos, a população na ilha era de pelo menos 10 mil pessoas. A verba de Torcello vinha do sal retirado da lagoa em seu entorno. O negócio era tão próspero que o lugar era mais importante que Veneza nessa época.

O sal rendeu bem até o século 12, quando a região gradualmente se tornou um pântano. Com a dificuldade de navegação na antiga área da lagoa e uma epidemia de malária, a população abandonou Torcello, partindo para Veneza, Murano e Burano. Hoje a ilha é quase deserta: cerca de 20 pessoas vivem ali.

ilhas de veneza torcello igreja

O principal ponto turístico de Torcello é a Catedral de Santa Maria Assunta, construída em 639, com mosaicos bizantinos impressionantes. Também tem o Estuario Museum, com objetos arqueológicos dos períodos Romano, Bizantino e Medieval. A entrada para a igreja custa 5 euros, enquanto o passeio combinado com o museu custa 8 euros. Ao lado fica a Igreja di Santa Fosca, construída no século 11, entrada gratuita.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

7 comentários sobre o texto “Ilhas de Veneza: Murano, Burano e Torcello

  1. Quero muito conhecer as ilhas. Sempre procuro dicas aqui no seu blog. Elas ja me ajudaram muito.
    Qual seria a ordem de visitar as ilhas? Começo em Murano, de la pego o vaporeto novamente para Burano e por ultimo Torcello? E nessa ultima ilha encontro o vaporetto para voltar direto para Veneza?
    Obrigada!

  2. estou a caminho de veneza (dia 1 de setembro)comprando o passe de 12 h do vaporetto da direito a qualquer deslocaçao ou sao so algumas especificas? obrg

  3. Boa tarde,
    Quanto tempo leva ir de Vaporetto da Praça de São Marcos até Murano?
    Uma vez lá, 1 hora e meia é tempo suficiente para conhecer?
    Até que horas há vaporettos saindo de Murano e retornando à Veneza?
    Grato,

  4. Luiza, boa tarde. Parabéns pelo seu blog! Tenho obtido muitas informações nele e tem sido muito útil! Obrigada.
    Então vou aproveitar mais um pouquinho! Esse tempo de 4 horas que vc fala, seria prá visitar as 3 ilhas? Ou cada uma? Quanto tempo acha que eu levaria prá visitar só Murano e Burano? Dá prá eu sair de Veneza em torno de 14 horas e voltar lá pelas 18h?
    Obrigada.

    1. OI Mônica,

      4 horas para conhecer as três ilhas!

      Dá tempo de conhecer só as duas nessa tarde que você programou. Só lembra de conferir os horários dos Vaporettos direitinho, para não perder nenhum.

      abraço

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.