Tags:

11 lugares incríveis que você nunca pensou em visitar

O mundo é muito maior que Miami e Paris. Nada contra dois dos destinos favoritos dos brasileiros, mas é que tem tanta coisa pra conhecer! Atrações incríveis em lugares que a gente nunca pensou em visitar, seja porque o país enfrenta instabilidade política, guerras e outros perigos ou por pura desinformação mesmo. Veja agora 11 lugares incríveis que você nunca sonhou em ver um dia.

1. Tribo Kalash, Paquistão

Tribo Kalash Paquistão

Foto: manalahmadkhan (CC BY 2.0)

Esse povo indígena que vive no vale do Rumbur, no Paquistão, não utiliza nenhuma tecnologia moderna para viver. Nem mesmo eletricidade. Eles possuem uma cultura única, totalmente diferente dos outros grupos étnicos que vivem por ali. Politeístas, eles cultuam a natureza e não impedem o contato entre homens e mulheres, como é comum no Paquistão. Os festivais dessa tribo são coloridos e envolvem muitas música e dança.  Além disso, região é lindíssima, cercada por montanhas nevadas.

2. Namaqualand, Namíbia

Namaqualand - Namíbia

 Foto: Stephanjvv (CC BY-SA 3.0)

Esse campo florido fica no meio do deserto da Namíbia. A região, que se estende por quase 1000 km, chegando até a Africa do Sul, fica repleta de flores coloridas toda a primavera.

3. Porta do Inferno, Turcomenistão

Porta do Inferno - Turcomenistão

Foto: Tormod Sandtorv (CC BY-SA 2.0)

Em 1971, os soviéticos tentaram perfurar a região para armazenar o gás natural que é abundante por ali. No entanto, no meio das escavações, o solo cedeu e abriu uma cratera que engoliu os equipamentos e liberou enormes quantidades de gás metano na atmosfera, o que causou um problemão para o ambiente e para as tribos que viviam próximas dali. Com medo de que mais gás tóxico vazasse, eles resolveram queimá-lo. O fogo estava previsto para durar apenas um dia, mas até hoje continua firme, forte e incrível. O nome oficial do lugar é Cratera de Darvaz.

4. Ohrid, Macedônia

Lago Ohrid

Foto: (CC BY-SA 3.0)

Essa cidade de 50.000 habitantes guarda inúmeras construções históricas bem conservadas, que vão desde anfiteatros romanos a castelos e muralhas medievais. O lugar, no entanto, ainda não foi descoberto pelos turistas e possui poucos hotéis.

5. Deadvlei, Namíbia

Deadvlei - Namíbia

Foto: Desertman (CC BY-SA 3.0)

Parece pintura, mas é de verdade. Árvores mortas se estendem nas proximidades das gigantescas dunas do deserto, na Namíbia, formando um cenário surreal.

6. Olho da África, Mauritânia

Olho da África - Mauritânia

 Foto: Domínio Público

Localizada no meio do Deserto do Saara, a Estrutura de Richat possui 50 km de diâmetro e só pode ser vista por completo do espaço. Ninguém sabe ao certo como surgiu essa formação impressionante, mas estudos geológicos recentes acreditam que teria sido resultado de uma erupção vulcânica ocorrida há 100 milhões de anos.

7. Bukhara, Usbequistão

Bukhara - Usbequistão

Foto: Vladimir Jirnov (CC BY-NC-SA 2.0)

Quem nunca quis viajar no tempo? Em Bukhara isso é quase possível. Essa cidade com história de mais de dois mil anos fazia parte da rota da seda e mantém suas construções muito bem conservadas.

8. Caxemira, Índia

Caxemira - India

Foto: Hector Blaru (CC BY-NC-SA 2.0)

No meio da disputa entre a Índia, China e Paquistão está uma das regiões mais bonitas do mundo. E, por mais que os noticiários tenham te deixado ressabiado quanto a visitar a Caxemira, acredite: existem áreas seguras e turísticas na região, basta procurar por Leh e Jammu.

9. Armênia

Armenia

Foto:  Simon le nippon (CC BY-SA 2.0)

Um país do tamanho de Alagoas escondido em uma região montanhosa na Ásia não é o destino turístico mais provável do mundo. No entanto, os historiadores acreditam que ali foi o berço da civilização. É ali que supostamente ficaria o Jardim do Éden bíblico. Além disso, a Armênia possui uma história milenar e paisagens estonteantes.

10. Valle Karakol, Quirguistão

Karakol_Quirguistão

Foto: Ondřej Žváček (CC BY-SA 3.0)

Um trilha de trekking de três ou quatro dias que revela paisagens deslumbrantes como essa da foto. Topa? Então fique sabendo que a cidade de Karakol também possui contruções que valem a visita.

11. Bam, Irã

Bam - Irã

Foto: Arad Mojtahedi (CC BY-SA 3.0)

Com mais de 2000 anos de história, a fortaleza de Arg-Bam é uma impressionante construção que fez parte da rota da seda. Feita de adobe, é a maior do tipo que existe no mundo. A cidadela é considerada Patrimônio Histórico da Humanidade e estava muito bem conservada até 2003, quando um forte terremoto levou quase tudo ao chão.  Hoje o país trabalha para reconstruir o lugar, cuja importância histórica permanece.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

31 comentários sobre o texto “11 lugares incríveis que você nunca pensou em visitar

  1. Olá, estou tentando me inscrever no site mas no campo nome, mesmo preenchido ele insiste que eu não preenchi, podem me ajudar? Obrigada.

  2. Belos lugares, já estive em alguns da lista, mas a Macedonia e a Armenia foram os que mais me surpreenderam. Paisagens incríveis em que você tira fotos e parece que existe um filtro Instragram natural no ambiente. É difícil você ter uma foto desses lugares em que não se registre o exotismo medieval da Europa que eu sou suuuper fã.
    Gostei da matéria e indico mais dois lugares pouco visitados que provavelmente a galera vai gostar (principalmente os loucos por castelos, como eu): Moldávia e País de Gales. Quem tiver tempo sobrando, vale a pena dar uma volta neles..

  3. Ai, morri! Quero muito visitar todos!
    Nos últimos tempos estou meio obcecada com a ideia de fazer a Transiberiana (Moscou-Pequim), depois da minha próxima viagem já programada (mochilão pela América do Sul, no final do ano, HAHA). Sim, pois eu planejo coisas a LOOOONGO prazo!
    Mas estou seriamente pensando em esticar minha viagem da Transiberiana por alguns destinos mais exóticos, como Cazaquistão, Quirguistão e demais “stão”.
    Enfim. Agora só me falta tempo e dinheiro (“só”).

  4. Lugares maravilhosos, mas ainda estou no jardim-de-infância da arte de turistar, o que significa viajar para lugares mais óbvios! Mas vontade de um dia me aventurar por estas paisagens mais inóspitas não falta!

    1. Ei Fernanda! Não seja por isso, meu primeiro país foi a África do Sul (não é esse exotismo todo, mas também não é tão convencional). De lá, fui pra Índia (com um stop over na Europa), mas só agora vou conhecer os mais óbvios, tipo Buenos Aires e Miami.

      Abraços!

  5. Adorei a lista! Já fui para Ohrid e é um dos lugares mais lindos que já fui. Cruzei a fronteira vindo da Albania, onde eles compatilham o lago Ohrid e o sol estava se pondo e foi simplesmente lindo… Os outros lugares já estão na lista! 🙂

  6. Acho que não sou uma turista muito convencional, pois vou a Ohrid em breve e ainda não conheço Paris e Miami. rsrs E quando a gente lê muitos blogs e livros esses lugares tão diferentes para a maioria das pessoas acabam sendo familiares para nós, né? Turcomenistão, Quirguistão, Uzbequistão e Armênia são alguns dos meus sonhos de consumo. 😉

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.