Tags:
Atlas: Chiang Mai, Tailândia

Cinco mercados para visitar em Chiang Mai, na Tailândia

Mercados locais são uma ótima forma de entrar em contato com o cotidiano de uma cidade, conhecer os hábitos de seus moradores e desfrutar um pouco da gastronomia popular e de ingredientes muito diferentes dos que temos em casa. Na Tailândia, visitar mercados é quase que um ritual e um passeio obrigatório para quem busca um pouco de inserção cultural. Veja agora alguns dos melhores mercados para visitar em Chiang Mai, no norte do país.

Leia também: 
O que fazer em Chiang Mai
Onde ficar em Chiang Mai

Os melhores mercados de Chiang Mai

1. Muang Mai, comida orgânica e produtores locais

Esse mercado abastece os restaurantes locais e as casas das pessoas que vivem ali com frutas e vegetais. É um bom lugar para comprar comida orgânica e de pequenos produtores se você pretende cozinhar em Chiang Mai. Fica próximo ao rio Mae Ping, na 1/1 Wichayanon Road, Thesaban Nakhon, mais ou menos na altura do consulado dos Estado Unidos, mas qualquer morador local vai saber te ajudar a encontrá-lo. Funciona todos os dias, o dia inteiro, mas o melhor horário para visitá-lo é entre as 6h e 9h da manhã, quando enormes caminhões de mangas, durians, melancias, maracujás e uma infinidade de outras frutas coloridas chegam para abastecer as tendas.

2. Warorot (Kad Luang), o mercado do bairro chinês

É o mercado público mais antigo de Chiang Mai, localizado dentro do bairro chinês (90 Wichayanon Rd, Tambon Chang Moi). Ao contrário do Night Bazaar, o lugar ainda é frequentado por moradores locais e por isso conta com diversas tendas que vendem itens utilizados na vida comum da cidade, como brinquedos, redes de pesca, artigos para preparo de chás, panelas de arroz, roupas e estátuas para proteção de casas e rituais budistas.

Antes dos shoppings, esse era o único lugar de Chiang Mai para fazer compras e o maior ponto de encontro da cidade. É fácil gastar metade de um dia ali, caminhando entre os corredores e observando a vida cotidiana do lugar. Assim como o Muang Mai, está localizado à beira do rio porque, no passado, os produtos que abasteciam os mercados chegavam de barco das fazendas da região. O principal mercado de flores da cidade, o Talat Ton Lam Yai, é imediatamente adjacente ao Warorot.

Mercados para visitar em Chiang Mai

3. Pratu Chiang Mai, para refeições baratas

Localizado na porta sul de Chiang Mai, dentro da cidade amuralhada, esse é outro mercado onde moradores da cidade vão diariamente para reabastecer a geladeira de frutas, verduras e peixes. Ali também se pode comprar refeições baratas e preparadas na hora. Quem quiser fazer uma oferenda aos monges deve chegar cedo e procurar pela mulher que vende os pratos para doação. Ela vai explicar todo o procedimento. As melhores horas para visitar são pela manhã e pela noite.

Mercados para visitar em Chiang Mai

4. Night Bazar, o mercado noturno de Chiang Mai

Esse é o mercado mais famoso entre turistas. Todos as noites, entre 18h e 23h, a rua Chanklan, bem no centro turístico da cidade, se transforma com as barracas que vendem de tudo, de produtos típicos de artesanato local a roupas, antiguidades, cd’s e dvd’s piratas, comida, lembrancinhas de viagem e tudo mais o que você imaginar. O local se enche de visitantes e também de artistas que fazem apresentações com música. Essa é sem dúvidas uma das grandes atrações da Tailândia. Não dá para ir embora de Chiang Mai sem passar por ali.

Há algumas excursões voltadas para a culinária local nos mercados de Chiang Mai. Você pode contratá-las com antecedência aqui ou clicando nos passeios abaixo:

 

Mercados para visitar em Chiang Mai

5. Mercados de fim de semana em Chiang Mai

Todos os fins de semana, entre 17h e 23h, as barracas tomam conta das ruas de Chiang Mai, fechando o trânsito e atraindo turistas e locais para comprar artesanato, joias e bijuterias, lembranças e artigos de decoração muitas vezes de fabricação própria. Nos sábados, ocorre em frente à porta sul da cidade e costuma ser menor e mais barato que o de domingo, quando toda a rua principal da cidade amuralhada desde a Porta Thapae até o Templo de Wat Phrasing se enche de gente.

O 360meridianos viajou a convite da Embaixada da Tailândia no Brasil.

Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um comentário sobre o texto “Cinco mercados para visitar em Chiang Mai, na Tailândia

  1. o mercado de domingo na rua principal é insano, não dá para andar, você demora 30 minutos para andar m quarteirão! vá com o espírito preparado. @nao_gosto_de_canela

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.