Nova York barato: o que fazer com pouco dinheiro na Big Apple?

Da primeira vez que fui a Nova York, era uma estudante universitária quebrada. Fiz uma viagem foi do tipo “economize-nem-que-for-a-última-coisa-que-você-faça” e descobri que, apesar dos pesares, dá pra deixar um passeio em Nova York barato.  Neste post, tento passar para vocês os passeios que fiz pela Big Apple e espero, assim, te contar o que fazer em Nova York gastando muito pouco.

Nova York barato: economize na comida, locomoção e hospedagem

Para conseguir fazer tudo o que eu queria, foi importante economizar muito na comida e na hospedagem. Ou seja, minhas dicas de gastronomia só poderiam incluir os famosos fast food e os seus salvadores dollar menus. E, se você não se importar de se alimentar dessa porcaria por uns dias, essa dica é de ouro para quem tem pouco dinheiro: dá para comer uma “refeição” completa por apenas três dólares. Mas, se você não aguenta nem passar na frente de um McDonalds (nós entendemos o drama), não deixe de conferir dicas legais de onde comer bem em Nova York sem gastar uma fortuna.

Quanto à hospedagem, recomendo o excelente HI New York, localizado no Upper West Side: quarto bom, banheiro limpo e café da manhã honesto. O que mais esperar de um hostel? Quando se trata de transporte, a melhor opção é o famoso e onipresente metrô, que em Nova York eles chamam de “train”. Você talvez tenha aquele sonho de parar os táxis amarelos no meio de uma avenida movimentada, igual aos filmes, mas preciso alertar que o valor da tarifa é bem salgado. Aqui a gente explica como se locomover em Nova York.

Planeje sua viagem: Em qual região ficar em Nova York?

Nova York barato: Brooklyn Promenade

Atenção: Não é uma boa ideia viajar para os Estados Unidos sem um seguro de saúde internacional, já que os custos hospitalares lá são altíssimos. Leia aqui como achar um seguro com bom custo/benefício (e com desconto!)

Passeios legais e baratos em Nova York

Roteiros a pé por Nova York

Perambular pelas ruas da cidade é uma das atividades mais legais da cidade, e o melhor é que isso não tira dólar nenhum da sua carteira. É ótimo, interessante e barato andar por Nova York. Você pode começar pela Times Square para ver o movimento das pessoas, das lojas e as luzes. A Praça do Tempo fica no cruzamento da Broadway com a 7ª Avenida. Por ali também estão os teatros e com alguma sorte, à noite, você pode ver alguma performance que eles fazem para promover o show de verdade.

Também é legal andar pela região mais ao sul da ilha, em Lower Manhattan, como Chinatown, Soho, Tribeca (bairros mais “alternativos”) e o Financial District, onde estão a Wall Street e o Marco Zero, que é onde estavam as Torres Gêmeas. Não deixe de andar pelas ruas do Upper East Side, como a Quinta Avenida, que você já deve estar acostumado a ver em filmes e séries. É lá que ficam as pessoas ricas e as principais lojas de grife da cidade.

Little Italy - NYC E, claro, não pode faltar o famoso Central Park. São 3,4 km² de área verde no meio da Big Apple. É lá que os americanos vão para se distrair da movimentação da cidade grande, aproveitando o parque para correr, andar de bicicleta e patins, jogar futebol, ou só se sentar na grama e aproveitar o dia.

É bacana para observar o dia a dia local ou para tentar achar lugares que você acha que viu em filmes. A vista também é uma atração à parte, já que lá dentro tem várias fontes, observatórios e atrações para esportes ou arte. E também para quem curte ficar sem fazer nada.

Outro lugar que você não gasta nada além da sola do sapato é a Ponte do Brooklyn, uma ponte de cerca de 500 metros que leva de Manhattan ao Brooklyn e uma das mais antigas dos Estados Unidos. Além da construção linda, a caminhada pela ponte rende fotos ótimas e uma vista excelente da cidade. Só aconselho a tomar cuidado com as bicicletas: eu fui atropelada por uma enquanto tirava uma foto. Quando chegar ao Brooklyn, continue a caminhada pelo Brooklyn Highs Promenade para mais vistas incríveis do panorama de Manhattan.

Nova York barato: ponte do Brooklyn

Outro parque que rende uma caminhada é o High Line Park, um parque suspenso no meio da cidade, que foi construído sobre uma antiga linha de trem. Hoje serve como ponto de encontro, pista de corrida ou apenas como um espaço verde para dar um tempo na correria de Manhattan. Começa ali na rua 12 e subindo até a 30 e tem diversos pontos de acesso em sua extensão.

Veja a Estátua de Liberdade (de longe) sem pagar nada

Nova York barato: Estátua da Liberdade de graça

A ferry que leva turistas até a ilha em que fica a Estátua da Liberdade custa $25.50 por pessoa. Se você não morrer de vontade de subir até a coroa e só quiser umas fotos boas da estátua, no entanto, é possível pegar a ferry gratuita para Staten Island, um dos cincos bairros de Nova York. A balsa passa em frente à ilha, sem parar nela, mas é suficiente para tirar uns bons cliques desse cartão postal. A Ferry saí do Whitehall Terminal, que fica em Lower Manhattan, pertinho da Wall Street e do antigo World Trade Center. E chega no Staten Island St. George Terminal. Ela circula o dia inteiro, dá para checar os horários no site do governo da cidade.

Leia mais sobre Como conhecer a Estátua da Liberdade sem gastar nada

Opte pelo ingresso mais barato do Empire States Building

O passeio mais tradicional e clássico em Nova York é o Empire State Building. O arranha-céu fica na Quinta Avenida com a 34th Street, e é o segundo maior edifício de Nova York (antigamente menor do que o World Trade Center, hoje em dia, menor do que a Freedom Tower, que eles construíram no lugar). O prédio tem 102 andares.

É possível fazer a visita só até o deck principal, no 89˚ andar, que custa 25 dólares. Para ir até o topo, no 102˚ andar, são 42 dólares. Eu gosto muito de altura e de apreciar vistas de cidades e quis ir até o topo. Fiquei profundamente arrependida. Primeiro, porque a vista do 89˚ andar já é impressionante. Segundo, porque lá no topo é tudo circulado por um vidro, então não faz uma grande diferença, exceto que as fotos ficam uma droga com o vidro na frente. Então, pode pagar o ingresso mais barato sem medo.

Leia esse post para ter uma ideia melhor sobre quanto gastar em Nova York.

Nova York barato: museus e outras atrações têm dias gratuitos

Nova York tem vário museus. Escolhi visitar dois bem conhecidos e importantes: o Metropolitan Museum of Art e o Museu de História Natural. E digo sem nenhuma sombra de dúvida que são museus interessantes até para quem não curte muito esse tipo de passeio. O primeiro tem uma coleção que vai do Egito Antigo à arte contemporânea sem ser entediante para quem não entende muito do assunto.

Moma - Museu em NYC

O segundo é aquele do filme Uma Noite no Museu e possui muitas galerias interessantes sobre a história do mundo e sobre a natureza, desde de ossadas de dinossauros a diversos tipos diferentes de insetos. Além disso, o Museu de História Natural abriga o Planetário Hayden, o prédio com um modelo de planeta no meio de uma estrutura de vidro. O planetário tem atrações em 3D emocionantes sobre o universo. Assisti a sessão que contava sobre o surgimento da Lua. Parecia que as estrelas estavam em formação a menos de um metro do meu nariz.

A dica para quem quer visitar esses e outros museus da cidade gastando bem pouco é ficar atento à programação. Alguns museus, como o MoMA, têm um dia de visitação gratuita (no caso, sexta-feira, das 16h às 20h). Já o MET e o Museu de História Natural não cobram entrada, apenas pedem uma doação dos visitantes. Nesses casos, você pode pagar o que seu bolso permitir.

Como ver um show da Broadway com desconto

Por fim, outra atração muito legal da cidade é assistir a algum show da Broadway. Eu assisti o Fantasma da Ópera, mas me sentei bem do fundo, admito. Ainda assim o show não perdeu nada da magia.

Veja também: Como comprar ingressos baratos para a Broadway

Compramos o ingresso com desconto através de um cupom disponível no hostel, mas se você digitar algo como “Broadway cheap tickets” no Google, é possível encontrar outros cupons. Você pode descobrir quais peças estão em cartaz no site da Broadway. Algumas delas, como o Fantasma, ficam anos em cartaz.

Times Square NYC

Outra dica é deixar para a última hora. A bilheteria da TKTS vende os ingressos que sobraram para as apresentações do dia com bons descontos a partir das 15h, mas chegue cedo porque costuma ter fila e pode ser que esgotem as entradas para o show que você quer. O posto principal da TKTS fica na Times Square, mas você também pode comprar seus ingressos no Brooklyn (Jay Street com Myrthe Avenue – 11h às 18h) ou na Front Street com John Street (11h às 18h).

*A imagem destacada: Wikimedia Commons, de Ed Yourdon


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

18 comentários sobre o texto “Nova York barato: o que fazer com pouco dinheiro na Big Apple?

  1. Boa noite, Luiza! Estou com uma dúvida, você me recomenda comprar os passeios no hotel ou hostel? Pois vou ficar no Hi NYC gostaria de saber também se eu comprar pela internet ficaria mais em conta? Amo seu blog! Desde já muito obrigado… Há estou indo agora dia 20/06/2017

  2. Luiza seu blog e o máximo !! To adorando!!
    Queria saber em media quanto gastamos para os passeios em uma viagem de 1 semana ?
    Obrigado pela dicas!!!

  3. Uma dúvida! no intercâmbio work and experience vc tem 3 meses de trabalho mais 1 de “ferias” mas e se vc tiver gastado todo o dinheiro ou não tiver muito sobrando o que acontece? vc volta para o Brasil ou fica esse mês trabalhando?

    1. Oi Ana Paula,

      O quarto mês não permite mais trabalhar. Se você não tiver mais dinheiro, precisa voltar para o Brasil.

      Mas os empregos permitem juntar bastante grana para viajar….

  4. Olá, muito obrigada pelas informações. Minhas filhas estarão indo para intercâmbio em NYC dia 16/1/16 ou seja na próxima semana! Já pagamos host family e Scholl.Somos classe média, então tudo é planejado. Desde cedo ambas filhas, que hoje estão com 15 e 17 anos fazem intercâmbio. A de 17 Samira já foi para Inglaterra, Escócia e ao redores, Vancouver e Chile (Santiago e Valparaiso). A mais nova Amanda foi para Inglaterra e escócia e ao redores.Este ano fizemos um esforço e raspamos o que não tinhamos para elas irem de 15 anos e pq a Samira passou em Jornalismo na Puc de Porto Alegre em 1o lugar e ainda ganhou bolsa integral. Demos 500 dolares para elas gastarem por semana e ainda irão 4 dias para Washington tb. com hotel pago. Pergunto: é um valor que dá para comer e passeios e sobra para uas compras? Estou pensando em comprar o ticket para elas.Grata. Aguardo resposta. Grande abraço.

  5. Adorei as dicas, vou aplicar em breve, viajando para NY com a grana contada! Muito bacana o site de vcs, um dos melhores de dicas de viagens que já vi!

  6. Adorei o post, estava olhando todos os seus outros posts sobre Nova Iorque e adorei… vou passar 6 dias em NYC em Maio após ir a Washington por 7 dias! Vou sozinho, e ficarei no HI espero aproveitar bastante tbm, pois será minha primeira viagem internacional e NYC é meu sonho de criança conhecer ajkhkahsdkhas Enfim Parabéns pelo Post

  7. Olá, Luíza! Vou passar cerca de 15 dias com a família em Miami e Orlando em dezembro de 2013/e janeiro de 2014.
    Como acho que é bastante tempo, estou pensando em conhecer NYC.
    Nem que seja só por 2 dias, tipo um bate e volta.
    A minha família ficará na Fl. Eu vou sozinha. Medinho.
    Nunca me hospedei em hostel, mas já tinha visto uma indicação desse que você ficou, o HI.
    Foi bom ter lido suas dicas econômicas de viagens.
    Obrigada!
    Uma sugestão pro blog: Tenho lido o blog de vocês, mas estou com dificuldades para ler SÓ SOBRE a história da volta ao mundo, tipo: lugares visitados, histórias. Os textos estão dispersos? Obrigada. Bjs. Camila.

    1. Oi Camila,

      Não precisa ter medo, hehe. Nova York é incrível e certamente vale a visita. Além do mais, lá você terá muita estrutura em uma cidade enorme, com bom transporte público e relativamente segura. O HI de lá é ótimo e bem localizado. Hostels também são bons lugares para você fazer amigos e conseguir companhia para visitar a cidade.

      Ah, obrigada pela sugestão. Na verdade, nós já tínhamos uma página, mas não estava tão organizada. Dá uma olhada como ficou: https://www.360meridianos.com/organizar-viagem-volta-mundo

      Você pode acessar clicando nessa imagem “volta ao mundo”, na barra lateral.

      bjs

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.