O que fazer em Auckland: os principais pontos turísticos

Você vai escutar muita gente dizer que não há muito o que fazer em Auckland e que a beleza da Nova Zelândia está nas belas paisagens de fundo de tela do Windows. Discordo. Quem ama a diversidade dos lugares cosmopolitas tem muito o que ver por ali e pode aproveitar muito bem dois ou três dias por ali antes de explorar o restante do país – que sim, é dos lugares mais bonitos que já vi.

A cidade é caldeirão de lava e culturas. Lava porque, como boa parte da Nova Zelândia, Auckland está em cima de nada mais, nada menos, que 50 vulcões. Todos eles extintos ou em sono profundo há 600 anos, é verdade. Culturas porque, no meio dos mais de um milhão de habitantes da cidade – um terço da população do país – existem centenas de imigrantes chineses, malaios, indianos, polinésios e de outras partes do mundo. Sem falar nos 250 mil turistas que desembarcam na cidade todos os meses e no povo Maori, população nativa da Nova Zelândia que ainda preserva, mesmo que pouco, sua antiga cultura.

Principal porta de entrada da Nova Zelândia, Auckland não guarda exatamente as maiores atrações turísticas da terra dos Kiwis, mas encanta pela organização, limpeza e pelo clima cosmopolita em um país que conta mais cabeças de gado do que de gente. Veja agora algumas dicas de viagem e o que fazer em Auckland.

Vai viajar? Não deixe de contratar um seguro de viagem para visitar a Nova Zelândia e evitar perrengues. Veja aqui como conseguir o seu seguro com o melhor custo benefício (tem cupom de desconto!)

O que fazer em Auckland

O que fazer em Auckland: principais atrações

As principais atrações e atividades para fazer em Auckland são:

  • Queens Street e arredores
  • Skytower
  • Museu de Auckland
  • Albert Park
  • Fish Market
  • Harbour Bridge
  • Vulcões: One Tree Hill, Mount Eden e Rangitoto
  • Praias da North Sore

O que fazer em Auckland: atrações no centro

O melhor lugar para começar a explorar a multicultural Auckland é, sem dúvida, a Queens Street. É que a homenagem à rainha não foi despropositada: a rua é o principal centro comercial da cidade e possui diversas lojas, hotéis e restaurantes, além de uma vida noturna agitada.

Ali pertinho está, talvez, o maior cartão-postal da cidade, a Skytower (NZ $29, Victoria St. W). A maior torre da Nova Zelândia tem 328 metros e oferece uma vista panorâmica da cidade, além de um restaurante no topo. Também no centrinho fica o bonito Albert Park, um espaço verde bem no meio do burburinho, perfeito para relaxar, ler um livro ou fazer um piquenique.

Torre de Auckland

O que fazer em Auckland: ver a cidade do topo da Skytower

Museu de Auckland (The Auckland Domain, Parnell, Auckland Central) já vale a visita só por sua fachada. O lugar é construído em um prédio lindo que lembra um pouco as construções gregas neo-clássicas. Lá dentro, o museu conta a história do país, da cultura Maori e da fauna e flora únicas que se desenvolveram nas ilhas da Nova Zelândia.

Essa vai ser provavelmente a primeira vez que você vai ver um Kiwi de verdade, mesmo que empalhado. O museu fica dentro de um parque, o Auckland Domain e, assim como em muitos museus de Auckland, não cobra ingresso, apenas uma doação que fica a critério do visitante.

Museu de Auckland

O que fazer em Auckland: Museu de Auckland

Siga em direção ao porto da cidade. Lá dentro fica o Fish Market (22 Jellicoe St, Freemans Bay,), um ótimo lugar para você provar algumas das delícias da culinária local. A dica é visitar o mercado às quintas-feiras ou primeiros domingos de cada mês, quando os restaurantes fazem promoções especiais e viram palco para apresentações musicais. De lá se pode ver a Harbour Bridge, um dos cartões postais da cidade. É comum ver pessoas praticando bungee jumping em suas estruturas.

O que fazer em Auckland: passeios pelos vulcões da cidade

É de se esperar que algumas das principais coisas para fazer em Auckland sejam os vulcões. Afinal, a cidade está em uma ilha vulcânica, não é mesmo? Como já foi dito, Auckland tem 50 deles: de todas as formas e tamanhos, cones, lagoas, lagos, ilhas e depressões. Enfim, tem pra todos os gostos.

Alguns dos mais importantes são o o One Tree Hill, o Mount Eden e o Rangitoto (que significa “céu sangrento” em maori).

No topo do One Tree Hill há um memorial construído em homenagem ao povo Maori de onde se pode ter uma vista 360 da cidade. Para chegar lá, pegue o trem para a Greenlane e caminha por um quilômetro pela Green Lane West. Ali perto fica o agradável Cornwall Park.

O Mount Eden é o mais alto cone vulcânico da cidade e era considerado sagrado pelos Maori. Possui uma cratera simétrica com 50 metros de diâmetro e é uma das opções de passeios naturais mais populares em Auckland.  A subida partindo da base dura cerca de 10 minutos. Para chegar pegue um ônibus ou táxi para a 250 Mt Eden Rd.

Rangitoto é o maior vulcão e também o mais jovem deles, só se formou há 600 anos. Para chegar até ele é preciso pegar uma ferry (NZ$27) do porto de Auckland até a ilha onde ele fica. Aproveite também para visitar algumas estruturas construídas na segunda guerra. Site oficial.

Hospedagem em Auckland

Como no resto do país, a hospedagem não é exatamente barata. No entanto, conseguimos uma pechincha muito bem localizada a um quarteirão da Queens St. É o Choice Plaza. Acredito que esse seja O LUGAR mais barato para dormir no centro de Auckland, mas como você tem aquilo que você paga, não espere grandes coisas.

Passamos um pouco de frio durante a noite (era inverno) e os cobertores tinham cheiro de cigarro. Fora isso, foi tudo bem. Se você preferir  um lugar mais confortável ou quiser explorar outras opções em outros cantos da cidade, confira nosso guia de Onde ficar em Auckland.

Encontre hospedagem em Auckland

O que fazer em Auckland

Transporte em Auckland

O metrô de Auckland estava em construção quando estivemos lá, mas nós não tivemos problemas para nos locomovermos de ônibus, que são confortáveis e baratos. Apesar de ser a maior cidade do país, Auckland não sofre com engarrafamentos (no máximo um trânsito mais pesado). Para sair do aeroporto, existem diversas empresas que fazem o serviço e te deixam ou buscam no seu hotel. Algumas deles oferecem descontos para grupos de duas ou mais pessoas.

Considere alugar um carro para a sua viagem pela Nova Zelândia.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma e compartilho minhas impressões de mundo também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

9 comentários sobre o texto “O que fazer em Auckland: os principais pontos turísticos

  1. Olá Natália, comprei uma passagem pra Austrália no inicio de setembro que inclui uma parada em Auckland. Chego no sábado a tarde(08-09) e volto para o Brasil na quarta a tarde(12-09), ou seja 4 dias em Auckuland. Vc acha que e muito tempo pra ficar lá e caso seja muitos dias qual outra cidade deveria conhecer na Nova Zelândia?

    1. Kleydson,

      Com quatro dias, dá pra no máximo fazer uns bate-volta nas cidades ao redor. Tem várias atrações perto de Auckland que você pode ir e voltar no mesmo dia, como o vulcão rangitoto, as praias do Mar da Tasmânia, Waiheke Island. Se você for fã de O Senhor dos Anéis, pode ir a Hobbinton, que está a 2 horas.

      Abraços

  2. Olá!
    Estou indo a Auckland por 2 dias, mas nao faço ideia do que fazer… voltei de lá há 1 semana, quando tambem fiquei por 2 dias, mas fiquei meio perdido e sem nada pra fazer, entao nao tive uma experiência muito legal. Gostaria de saber se você recomenda algo, algum passeio de 1 dia, pra eu nao ficar a toa na cidade de novo… Já pesquisei tanto mas só me confunde mais o monte de nome estranho de ilha hahaha
    Obrigado!!!

  3. Olá!
    Estou incluindo a ida a Rangitoto na minha viagem e fiquei com uma dúvida. Vocês pagaram apenas o ferry e passearam por conta própria? Vi que tem uma opção com tour que custa o dobro do ferry atualmente ($60). Sabem se vale à pena ou não tem necessidade?
    Mais uma vez, obrigada por tantas informações.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.